Culto gratidao 1 ano

5.757 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.757
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Culto gratidao 1 ano

  1. 1. CULTO DE GRATIDÃO PELO1º ANIVERSÁRIO DE _______INSERIR FOTO DA CRIANÇA
  2. 2. SALMO145 Eu te exaltarei, ó Deus, rei meu; e bendirei o teu nome pelos séculos dos séculos. 2 Cada dia te bendirei, e louvarei o teu nome pelos séculos dos séculos. 3 Grande é o Senhor, e mui digno de ser louvado; e a sua grandeza é insondável.
  3. 3.  4 Uma geração louvará as tuas obras à outra geração, e anunciará os teus atos poderosos. 5 Na magnificência gloriosa da tua majestade e nas tuas obras maravilhosas meditarei; 6 falar-se-á do poder dos teus feitos tremendos, e eu contarei a tua grandeza.
  4. 4. 7 Publicarão a memória da tua grande bondade, e com júbilo celebrarão a tua justiça.8 Bondoso e compassivo é o Senhor, tardio em irar-se, e de grande benignidade.9 O Senhor é bom para todos, e as suas misericórdias estão sobre todas as suas obras.10 Todas as tuas obras te louvarão, ó Senhor, e os teus santos te bendirão.
  5. 5. 11 Falarão da glória do teu reino, e relatarão o teu poder,12 para que façam saber aos filhos dos homens os teus feitos poderosos e a glória do esplendor do teu reino.13 O teu reino é um reino eterno; o teu domínio dura por todas as gerações.14 O Senhor sustém a todos os que estão a cair, e levanta a todos os que estão abatidos.
  6. 6. 15 Os olhos de todos esperamem ti, e tu lhes dás o seumantimento a seu tempo;16 abres a mão, e satisfazes odesejo de todos os viventes.17 Justo é o Senhor em todos osseus caminhos, e benigno emtodas as suas obras.18 Perto está o Senhor de todosos que o invocam, de todos osque o invocam em verdade.
  7. 7. 11 Falarão da glória do teu reino, e relatarão o teu poder,12 para que façam saber aos filhos dos homens os teus feitos poderosos e a glória do esplendor do teu reino.13 O teu reino é um reino eterno; o teu domínio dura por todas as gerações.14 O Senhor sustém a todos os que estão a cair, e levanta a todos os que estão abatidos.
  8. 8. MEDITAÇÃO MUSICAL _________
  9. 9. SALMO 90.12Ensina-nos a contar os nossos dias de tal maneira que alcancemos corações sábios.
  10. 10. MEDITAÇÃO MUSICAL _________
  11. 11. INSERIR FOTO DA CRIANÇA
  12. 12. ORAÇÃO
  13. 13. Antes. que teformasse noventre teconheci, eantes quesaísses damadre, tesantifiquei. Jeremias 1:5
  14. 14. MEDITAÇÃO MUSICAL __________
  15. 15. É a capacidade deVISÃO visualizar objetos e pessoas. O olho capta a imagem e envia para o cérebro, para que este faça o reconhecimento e interpretação.
  16. 16. (1 SAM 16, 6-7) E sucedeu que, entrando eles, viu a Eliabe, e disse: Certamente está perante o Senhor o seu ungido. Mas o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque eu o rejeitei; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem olha para o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.
  17. 17. CÂNTICOS
  18. 18. É a capacidade de ouvir os sonsAUDIÇÃO (vozes, ruídos, barulh os, músicas) provenientes do mundo exterior. O ouvido capta as ondas sonoras e as envia para que o cérebro faça a interpretação daquele som.
  19. 19. (IS 55.3,10-11) Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá; porque convosco farei um pacto perpétuo, dando-vos as firmes beneficências prometidas a Davi. Porque, assim como a chuva e a neve descem dos céus e para lá não tornam, mas regam a terra, e a fazem produzir e brotar, para que dê semente ao semeador, e pão ao que come, assim será a palavra que sair da minha boca: ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.
  20. 20. CÂNTICO
  21. 21.  EstesentidoPALADAR (capacidade) permite ao ser humano sentir o gosto (sabor) dos alimentos e bebidas. Na superfície de nossas línguas existem milhares de papilas gustativas. São elas que captam o sabor dos alimentos e enviam as informações ao cérebro, através de milhões de neurônios.
  22. 22. (MT 26.26-28)Enquanto comiam, Jesus tomou o pão e, abençoando-o, o partiu e o deu aos discípulos, dizendo: Tomai, comei; isto é o meu corpo. E tomando um cálice, rendeu graças e deu-lho, dizendo: Bebei dele todos; pois isto é o meu sangue, o sangue do pacto, o qual é derramado por muitos para remissão dos pecados
  23. 23. CÂNTICO
  24. 24. Sentido relacionado àOLFATO capacidade de sentir o cheiro das coisas. O nariz humano possui a capacidade de captar os odores do meio externo. Estes cheiros são enviados ao cérebro que efetua a interpretação.
  25. 25. (GN 2.4-7) Eis as origens dos céus e da terra, quando foram criados. No dia em que o Senhor Deus fez a terra e os céus não havia ainda nenhuma planta do campo na terra, pois nenhuma erva do campo tinha ainda brotado; porque o Senhor Deus não tinha feito chover sobre a terra, nem havia homem para lavrar a terra. Um vapor, porém, subia da terra, e regava toda a face da terra. E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou-lhe nas narinas o fôlego da vida; e o homem tornou-se alma vivente.
  26. 26. CÂNTICO
  27. 27. TATO  É o sentido que permite ao ser humano sentir o mundo exterior através do contato com a pele. Abaixo da pele humana existem neurônios sensoriais. Quando a informação chega ao cérebro, uma reação pode ser tomada de acordo com a necessidade ou vontade.
  28. 28. (MARCOS 5.25-34) Ora, certa mulher, que havia doze anos padecia de uma hemorragia, e que tinha sofrido bastante às mãos de muitos médicos, e despendido tudo quanto possuía sem nada aproveitar, antes indo a pior, tendo ouvido falar a respeito de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou-lhe o manto; porque dizia: Se tão-somente tocar-lhe as vestes, ficaria curada. E imediatamente cessou a sua hemorragia; e sentiu no corpo estar já curada do seu mal.
  29. 29.  E logo Jesus, percebendo em si mesmo que saíra dele poder, virou-se no meio da multidão e perguntou: Quem me tocou as vestes? Responderam-lhe os seus discípulos: Vês que a multidão te aperta, e perguntas: Quem me tocou? Mas ele olhava em redor para ver a que isto fizera. Então a mulher, atemorizada e trêmula, cônscia do que nela se havia operado, veio e prostrou- se diante dele, e declarou-lhe toda a verdade. Disse-lhe ele: Filha, a tua fé te salvou; vai-te em paz, e fica livre desse teu mal.
  30. 30. CÂNTICO
  31. 31. ORAÇÃO
  32. 32. MENSAGEM

×