12.2.9. #1 marta calvache

148 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
148
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

12.2.9. #1 marta calvache

  1. 1. UNIVERSIDADE E TERRITÓRIO: OS DESAFIOS DA INOVAÇÃO DE BASE REGIONAL Marta Calvache, Artur Rosa Pires, Filipe Teles, Patrícia Silva
  2. 2. Quadro teórico: OBJECTIVOECONTEÚDO Explorar o contributo das Universidades para a Estratégia Europa 2020 • Quadro teórico • O papel da universidade no desenvolvimento regional • A universidade no contexto da EE2020 • A Universidade Cívica • Estudo de caso • Valorização Empresarial do Azulejo Tradicional de Ovar • Notas conclusivas
  3. 3. Quadro teórico: OPAPELDAUNIVERSIDADENO DESENVOLVIMENTOREGIONAL 1. Universidades e território: uma relação em evolução Transferência conhecimento adaptação conhecimento às necessidades região 2. Novos paradigmas de desenvolvimento regional Desenvolvimento “place-based” (lugar, sustentabilidade, bem-estar) Capital humano, capacidade inovação e especificidades locais Foco na base institucional promover aprendizagem colectiva e inovação 3. As universidades na economia do conhecimento Universidades nó de conhecimento facilitadoras Crise necessidade crescente de cooperação
  4. 4. Quadro teórico: OPAPELDAUNIVERSIDADENO DESENVOLVIMENTOREGIONAL 4. Abertura da produção de conhecimento: Necessidade de envolver outros actores na produção de conhecimento e na governança Problemas multidisciplinares e multi-escalares Sociedade de redes Novas oportunidades para as universidades no desenvolvimento regional novos desafios
  5. 5. Quadro teórico: AUNIVERSIDADENOCONTEXTODA ESTRATÉGIAEUROPA2020 Ensino e investigação, conhecimento multidisciplinar, conexão local/global Inovação regional, capacitação, desenvolvimento social e cultural, empreendedorismo ↓ Tradução e territorialização da EE2020 1º Objectivo: Crescimento inteligente: economia baseada no conhecimento e na inovação Papel central das universidades: capacidade de aprendizagem e base de conhecimento dos territórios
  6. 6. Quadro teórico: AUNIVERSIDADECÍVICA Desafio universidade Abertura à região e co-produção com actores regionais Estratégias enraizadas no potencial local e regional Enfoques tradicionais Universidade Cívica (inovação total) (Goddard, 2009) Promoção desenvolvimento integrado Desafios múltiplas escalas e integração vertical de lugares específicos Co-produção de conhecimento: combinação co-aprendizagem Mobilização holística da universidade
  7. 7. Estudo de caso: CONTEXTOINSTITUCIONAL Directrizes Fundos Estruturais 2007-2013 Contratualização ao nível intermunicipal PTD Nova relação Universidade Aveiro com atores regionais Algumas dificuldades iniciais trajectória de proximidade e uma multiplicidade de projectos (além do PTD)
  8. 8. Estudo de caso: INTRODUÇÃO Projecto de valorização empresarial azulejo Tradicional Ovar (PVEATO) Parceria ACRA + UA + outras instituições investigação + empresas (1) Apoiar mediante conhecimento científico a consolidação do saber técnico local (2) Acrescentar dimensão empreendedora Projecto AZULEJAR Instituições investigação + autarquia (ACRA) Aprofundar e divulgar conhecimento sobre restauro património azulejar DDL-Arg spin-off
  9. 9. Estudo de caso: ANÁLISE Desenvolvimento económico, social e cultural integrado Capital humano, inovação regional, empreendedorismo, qualificação urbana, identidade, empoderamento instituição local Valorização económica de um recurso cultural integração dimensões Conexão local-global Valorização recursos endógenos e conexão com agendas globais Articulação com não local: DDL-Arg, Congresso Azulejar, Rede cooperação interinstitucional Co-produção Transmissão colaboração: Incorporação de saberes locais e co-produção de conhecimento Conhecimento aplicável, e relevante ao nível local, nacional e internacional Universidade: fornecedor, mobilizador e parceiro Rede de co-produção, agente facilitador (ACRA) Mobilização das diversas missões Impacto mais holístico e de maior alcance
  10. 10. Estudo de caso: NOTASCONCLUSIVAS Conclusões: Ilustra um caso de aprendizagem colectiva e de inovação com base no potencial endógeno margem de mobilização do conhecimento científico Algumas questões requerem atenção: Baixa participação económica Não inclusão na agenda política local Fragilidade dos processos de cooperação (coexistência e integração) Potencial de envolvimento importantes desafios para universidades, parceiros regionais, e políticas públicas: Cooperação Barreiras: recursos, ‘linguagens’, resistência cultural à colaboração (intra e inter)

×