Trabalho e Energia Mecânica

53.973 visualizações

Publicada em

Energia é um conceito muito abrangente e, por isso mesmo, muito abstrato e difícil de ser definido com poucas palavras de um modo preciso. Usando apenas a experiência do nosso cotidiano, poderíamos conceituar energia como: “ALGO QUE É CAPAZ DE ORIGINAR MUDANÇAS NO MUNDO”. Por meio desse pensamento percebemos que a
energia relaciona-se diretamente com o trabalho.

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
0 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
53.973
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
773
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.082
Comentários
0
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho e Energia Mecânica

  1. 1. Trabalho<br />e<br />Energia Mecânica<br />
  2. 2. Professoras: Ana Paula<br />Elessandra<br /> Roberta<br />
  3. 3. O que é Energia?<br />
  4. 4. Energia é um conceito muito abrangente e, por isso mesmo, muito abstrato e difícil de ser definido com poucas palavras de um modo preciso.<br />
  5. 5. Usando apenas a experiência do nosso cotidiano, poderíamos conceituar energia como:<br />“ALGO QUE É CAPAZ DE ORIGINAR MUDANÇAS NO MUNDO”<br />
  6. 6. Por definição:<br /> ENERGIA É A CAPACIDADE QUE UM CORPO TEM DE REALIZAR TRABALHO OU UMA AÇÃO.<br />
  7. 7. A Energia relaciona-se diretamente com o trabalho. Se um sistema físico possui energia, ele é capaz de realizar trabalho.<br />
  8. 8. E o que é Trabalho?<br />
  9. 9. TRABALHO:<br />É uma medida da Energia transferida pela aplicação de uma Força ao longo de um deslocamento.<br />
  10. 10. Normalmente representado por W, do inglês work, ou pela letra grega tau .<br />
  11. 11.
  12. 12.
  13. 13. Onde “θ” é o ângulo formado entre a força e o deslocamento sofrido pelo corpo.<br />
  14. 14. Energia e Trabalho tem a mesma unidade de medida no Sistema Internacional de Medidas:<br />Joule (J)<br />
  15. 15. Essa unidade é uma homenagem ao físico britânico James Prescott Joule, físico inglês do século XIX.<br />
  16. 16. a)<br />b)<br />c)<br />d)<br />e)<br />
  17. 17. Cos 0º = 1<br />Cos 37º ~ 0,8 <br />Cos 90º = 0<br />Cos 120º = -0,5<br />Cos 180º = -1<br />
  18. 18. RESPOSTAS:<br />a) W = 50 J<br />b) W = 40 J<br />c) W = 0<br />d) W = -25 J<br />e) W = -50 J<br />
  19. 19. TRABALHO E ENERGIA CINÉTICA<br />
  20. 20. A energia cinética está associada ao movimento relativo dos corpos, logo podemos associá-la ao trabalho, pois este é a força que provoca o deslocamento num corpo.<br />
  21. 21.
  22. 22. Como já sabemos calcular o trabalho de uma força constante, é possível encontrar uma expressão matemática para a energia cinética.<br />
  23. 23. Temos então:<br />
  24. 24. Mas, pela segunda lei de Newton:<br />
  25. 25. Temos, portanto:<br />W = m . a . d . 1<br />(1)<br />
  26. 26. Usando a equação de Torricelli, que é obtida quando eliminamos o tempo das funções horárias da posição e da velocidade no MRUV:<br />
  27. 27. Podemos determinar a velocidade do bloco ao final do deslocamento d. Como ele parte do repouso a expressão se simplifica:<br />
  28. 28. Pode-se obter o valor do produto a . d:<br />
  29. 29. Substituindo esse valor de a . d na expressão (1), obtemos:<br />
  30. 30. Como a energia cinética é igual ao trabalho realizado pela força, a sua unidade de medida também será a mesma de trabalho, J (Joule).<br />
  31. 31. TEOREMA DA ENERGIA CINÉTICA<br /> O trabalho de uma força resultante é medido pela variação da energia cinética.<br />
  32. 32. Energia Potencial<br />
  33. 33. Observando a imagem acima podemos dizer que:<br />
  34. 34. Quando um objeto de massa m está a uma determinada altura em relação a um nível de referência, ele tem capacidade de realizar um trabalho.<br />
  35. 35. Esta energia associada à posição na qual o objeto está que é denominada energia potencial gravitacional (Ep).<br />
  36. 36. A energia potencial gravitacional (Ep) é calculada como sendo o produto do peso do objeto com a altura que ele está em relação a um nível de referência:<br />
  37. 37. Epg= P.h<br />Como P = m.g, temos:<br />
  38. 38. EnergiaMecânica<br />
  39. 39. A energia mecânica (Emec) de um sistema é a soma da energia cinética e da energia potencial.<br />.<br />
  40. 40. Energia Mecânica = Ec+ Ep<br />.<br />
  41. 41. CONSERVAÇÃO DA ENERGIA MECÂNICA<br />
  42. 42. Observe a figura:<br />
  43. 43. Quando um objeto está a uma altura h, como já foi visto, ele possui energia potencial;<br />
  44. 44. À medida que está caindo, desprezando a resistência do ar, a energia potencial gravitacional do objeto que ele possui no topo da trajetória vai se transformando em energia cinética. <br />
  45. 45. E quando atinge o nível de referência a energia potencial é totalmente transformada em energia cinética.<br />
  46. 46. Na ausência de forças dissipativas, a energia mecânica total do sistema se conserva, ocorrendo transformação de energia potencial em cinética e vice-versa.<br />
  47. 47. &quot;Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma&quot;. <br />Lei de Lavoisier<br />
  48. 48. NESTA AULA VOCÊ APRENDEU:<br />O que é trabalho e como se calcula;<br />O que é energia cinética;<br />O que é energia pontencial gravitacional;<br />O que é energia mecânica e conservação de energia mecânica.<br />

×