Proposta   pedra sobre pedra
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Proposta pedra sobre pedra

em

  • 1,757 visualizações

 

Estatísticas

Visualizações

Visualizações totais
1,757
Visualizações no SlideShare
1,502
Visualizações incorporadas
255

Actions

Curtidas
0
Downloads
5
Comentários
0

5 Incorporações 255

http://petgeoufpr.blogspot.com.br 249
http://petgeoufpr.blogspot.pt 3
http://petgeoufpr.blogspot.com 1
http://petgeoufpr.blogspot.com.es 1
http://petgeoufpr.blogspot.it 1

Categorias

Carregar detalhes

Uploaded via as Adobe PDF

Direitos de uso

© Todos os direitos reservados

Report content

Sinalizado como impróprio Sinalizar como impróprio
Sinalizar como impróprio

Selecione a razão para sinalizar essa apresentação como imprópria.

Cancelar
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Tem certeza que quer?
    Sua mensagem vai aqui
    Processing...
Publicar comentário
Editar seu comentário

Proposta pedra sobre pedra Document Transcript

  • 1. 1 Ministério da Educação Universidade Federal do Paraná Pró-Reitoria de Extensão e Cultura Coordenadoria de Extensão FORMULÁRIO PARA NOVA PROPOSTA DE PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA Resolução 72/11 - CEPEIDENTIFICAÇÃOTítulo Pedra sobre Pedra: construindo o conhecimento em Geociências.Área temática EducaçãoLinhas de Espaços de ciênciaExtensão Grupos sociais vulneráveis Metodologia e estratégias de ensino/aprendizagem Patrimônio cultural, histórico, natural e imaterialProjeto Isolado (X)Data do início (d/m/a) 02/05/2012Data do término (d/m/a) 30/04/2016Local de realização Curitiba e Região MetropolitanaPúblico-alvo O público alvo para o desenvolvimento do projeto em questão, englobados os quatro subprojetos que o compõem, está representado por alunos do ensino médio de escolas públicas dos municípios de Curitiba e Região Metropolitana, por crianças e adolescentes, entre 6 e 18 anos de idade, em situação de vulnerabilidade social e pessoal, acadêmicos dos cursos da área de Ciências da Terra, bem como por geocientistas.Autor da proposta (opcional)Coordenadora Nome: Cristina Valle Pinto-Coelho Função: Professora Adjunta II Unidade: Departamento de Geologia E-mail: cristinavpc@ufpr.br Telefone celular: 9134-5447Vice-coordenadora Nome: Barbara Trzaskos Função: Professora Adjunta I - efetivação em processo de tramitação. Unidade: Departamento de Geologia E-mail: barbaratrzaskos@gmail.com Telefone celular: 8874-2052
  • 2. 2DETALHAMENTOResumo O Projeto Pedra sobre pedra: construindo o conhecimento em Geociências estrutura- se em quatro vertentes, listadas no item a seguir, tendo todas como objetivo principal a divulgação científica das Ciências da Terra e o desenvolvimento de atividades lúdico- pedagógicas como complemento motivacional para a aprendizagem. Paralelamente a isto, o projeto busca promover a inclusão social de crianças e adolescentes que vivem em situação de fragilidade e vulnerabilidade social e pessoal, resgatando-lhes a dignidade, a esperança e preparando-os para o retorno familiar e à vida em sociedade. Para a divulgação geocientífica, o projeto atuará de forma a aprimorar a evolução cognitiva de alunos de ensino médio em escolas públicas de Curitiba e Região Metropolitana, no sentido de contextualizar os conhecimentos fornecidos pela própria escola, e inseri-los para além do universo de suas salas de aula, desenvolvendo novas metodologias de ensino-aprendizagem e valorizando o caráter multidimensional do conhecimento. No universo acadêmico, a divulgação dar-se-á a partir da discussão de temas ligados às Geociências, apresentados seja por acadêmicos envolvidos no projeto, seja por profissionais atuantes na área, seguida de debates, com o intuito principal de contextualizar o conhecimento para valorizar a sua pertinência.Apresentação O Projeto Pedra sobre pedra: construindo o conhecimento em Geociências será(opcional) executado pelos acadêmicos do Grupo PET - Geologia da Universidade Federal do Paraná e terá como linha de ação quatro vertentes distintas, mas interdependentes, a saber: a) Subprojeto Terra em Foco: tem como público alvo alunos do ensino médio de escolas públicas do município de Curitiba e Região Metropolitana para a divulgação de conceitos básicos das Geociências e sua relação com o cotidiano. Para tanto, serão elaboradas apresentações sobre temas diversos, tais como “Minerais e Rochas”, “Ciclo das rochas”, “Tempo geológico” e “Tectônica de Placas”. Além das apresentações orais, serão expostos jogos didáticos, amostras de minerais e rochas e maquetes. A confecção de modelos de papel referentes aos temas abordados nestas apresentações será igualmente realizada; b) Subprojeto Caminho das Pedras: desenvolvido com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social e pessoal abrigados na organização não- governamental “Chácara Os Meninos de Quatro Pinheiros”. Baseia-se na realização de passeio por trilhas geológicas e turísticas, previamente selecionadas, com o objetivo de despertar o interesse pelo conhecimento geocientífico, desenvolver habilidades, favorecer a aptidão natural da mente em formular e resolver problemas essenciais e, de forma correlata, estimular a curiosidade. Pretende-se, posteriormente, estender a parceria a outras organizações não governamentais e instituições afins; c) Subprojeto Bamburrando: desenvolvido com adolescentes da mesma organização não governamental, consta de uma atividade de caça ao “tesouro”, onde após a introdução teórica de termos geológicos e com a ajuda de mapas previamente elaborados, os jovens serão levados a aplicar em campo os conhecimentos obtidos na busca de um “tesouro” escondido; d) Subprojeto Afloramento de Ideias: desenvolvido no ambiente acadêmico, consta de discussão de temas versados sobre as Geociências, debatidos por profissionais docentes ou convidados externos, visando à interação dos grupos, promovendo o caráter dialógico do conhecimento e construindo um território comum entre os interlocutores.
  • 3. 3Justificativa As ações extensionistas contempladas pelo projeto ora proposto são listadas abaixo, englobadas de acordo com a indissociabilidade ensino-pesquisa-extensão: a) Impacto e transformação: mudança de paradigmas no processo ensino/aprendizagem, com o desenvolvimento e aprimoramento de didáticas alternativas para o ensino de Geociências, sobretudo no Subprojeto “Terra em Foco”. O entendimento da Terra como um sistema permite explorar uma visão holística do planeta e tal entendimento servirá, igualmente, como alicerce fundamental para a conservação e preservação de recursos naturais. Para que assuntos como o emprego de recursos naturais, sua transformação ou sua conservação, a apropriação do espaço natural, bem como a interação dos seres vivos com o meio natural sejam abordados, é necessária e imprescindível uma base geológica. Essas atividades são comuns no cotidiano de diversas profissões ligadas direta ou indiretamente às Geociências. Nos subprojetos “Caminho das Pedras” e “Bamburrando”, a transformação do cotidiano de crianças e adolescentes em estado de vulnerabilidade social e pessoal trará condições de inserção e desenvolvimento de novas habilidades em jovens fragilizados; b) Interação dialógica: todas as ações propostas no projeto em discussão serão executadas em conjunto com o público alvo, ou seja, os diversos temas a serem apresentados estarão em consonância com a demanda dos estudantes de ensino médio; as atividades propostas para os subprojetos que serão desenvolvidos com jovens em situação de vulnerabilidade social serão planejadas e executadas em conjunto com os responsáveis pela organização não governamental contemplada por este projeto piloto; c) Interdisciplinaridade: manifesta-se pela participação entre docentes e discentes de departamentos distintos do Setor de Ciências da Terra (Geologia e Geomática), bem como profissionais da área de Saúde (psicólogos) e Humanas (pedagogos) ligados à organização não governamental parceira deste projeto; d) Indissociabilidade ensino-pesquisa-extensão: a tríade em que se baseiam as ações universitárias está contemplada neste projeto pela realização do diagnóstico das demandas dos alunos de ensino médio em escolas públicas, bem como das carências e necessidades dos jovens em situação de fragilidade social. Tal levantamento de demandas será efetuado por discentes bolsistas e não bolsistas que elaborarão questionários de avaliação e relatórios conjuntos, visando trazer, como resultado, o crescimento das comunidades envolvidas.Objetivo geral Promover a divulgação das Geociências e o conhecimento científico como ferramenta de valorização social.Objetivos  Divulgar as Geociências junto a escolas públicas de ensino médio;específicos  Desenvolver técnicas didáticas alternativas;  Promover a socialização de grupos em situação de vulnerabilidade pessoal e social;  Incentivar o respeito ao meio ambiente e propiciar a interação responsável das atividades humanas com a dinâmica do meio natural;  Desenvolver o espírito competitivo saudável;  Desenvolver a habilidade de leitura de mapas;  Desenvolver o raciocínio abstrato e espacial;  Valorizar a matéria prima mineral no cotidiano, situando-se a questão dos recursos naturais disponíveis no quadro de sustentabilidade do Planeta e  Incentivar o desenvolvimento de senso crítico e da capacidade de observação/indagação.
  • 4. 4METODOLOGIADetalhamento A metodologia aplicada para o planejamento, execução e avaliação dos quatrometodológico subprojetos que compõem o Projeto “Pedra sobre Pedra: construindo o conhecimento em Geociências” está assim estabelecida: a) Subprojeto Terra em Foco: será realizado, junto a escolas públicas de ensino médio em Curitiba e Região Metropolitana, um levantamento das necessidades complementares no ensino de temas ligados às Geociências e, a partir dos resultados desta pesquisa, os temas serão apresentados aos estudantes por alunos bolsistas e não bolsistas envolvidos no Projeto. Além de apresentações orais, serão utilizados materiais alternativos como maquetes, exposição de rochas e minerais e modelos de papel. Os participantes responderão a questionários aplicados antes e após as palestras, com o intuito de avaliar conhecimentos prévios sobre os temas e analisar os resultados obtidos com as informações transmitidas com as palestras e os demais materiais didáticos; b) Subprojeto Caminho das Pedras: em consonância com o nível de escolarização dos jovens em situação de fragilidade social abrigados na organização não governamental parceira neste subprojeto piloto serão realizadas apresentações de temas geológicos diversos, adaptadas a este público alvo, incluindo métodos de localização geográfica e reconhecimento das principais feições geomorfológicas a serem observadas ao longo do percurso da trilha. Esta trilha será previamente escolhida por integrantes do projeto, em colaboração com profissionais responsáveis por estes jovens (psicólogos e pedagogos); c) Subprojeto Bamburrando: a equipe do projeto fará a confecção prévia de mapas que conduzirão os jovens participantes da atividade a encontrar um “tesouro” escondido na área da chácara que os abriga. Antes do início da caça ao tesouro, a equipe fará a construção de bússola que irá orientar os participantes na busca pelo tesouro. A atividade tem início com a entrega aos participantes da primeira instrução a ser seguida para que o objetivo final seja atingido. As demais instruções estarão dispostas ao longo da trilha; d) Subprojeto Afloramento de Ideias: com frequência bimensal serão escolhidos pelos participantes do projeto temas de relevância na área de Geociências a serem debatidos em mesas redondas, compostas por membros da comunidade geocientífica interna à Universidade Federal do Paraná, bem como profissionais externos convidados. O debate público será feito nas dependências da Universidade.Avaliação do A inserção de temas em Geociências nos diferentes segmentos de ensino necessita deProjeto iniciativas inovadoras e criativas que permitam disseminação e acesso efetivo para professores e estudantes. No projeto em proposição, a avaliação dos conhecimentos adquiridos por intermédio das palestras, juntamente com material didático utilizado (maquetes, amostras de minerais e rochas e modelos de papel) é feita a partir de questionários respondidos pelos participantes antes e após a aplicação dos conceitos. Assim, é possível avaliar quais os conceitos estão tendo melhor entendimento entre os participantes e quais devem ser reforçados. Dentre as questões pós-teste, existirão aquelas que farão a avaliação do desempenho dos integrantes do projeto e também do material utilizado. Nos subprojetos desenvolvidos em organizações não governamentais, a avaliação será feita por intermédio de depoimentos gravados dos jovens envolvidos. Haverá, igualmente, auto-avaliação com todos os integrantes e envolvidos no projeto ao longo de sua execução, com o objetivo de retroalimentá-lo e fornecer subsídios para o desenvolvimento de ações futuras.
  • 5. 5Produtos e/ou AnaisPublicações Artigo Relatório técnico Jogo educativo Produto artístico O projeto ora proposto será publicizado sob forma de resumos e artigos em eventos de divulgação científica, bem como relatórios técnicos apresentados à instituição parceira. Pretende-se também desenvolver jogos educativos, como o que será utilizado no Subprojeto “Caça ao Tesouro”, além de produtos artísticos representados pelos modelos em papel. Todo este material permanecerá nas instituições atendidas para utilização contínua e divulgação.PARCERIASParcerias externas à UFPRNome da instituição Fundação Educacional Meninos e Meninas de Rua Profeta Elias - Chácara Osou grupo Meninos de Quatro Pinheiros.Forma de inserção Geradora de demanda Participa da definição das Ações Fornece instalações Fornece equipamentos e/ou materiais de consumoTipo Organização não governamentalDocumento relativo Em anexoà parceria
  • 6. 6RECURSOS HUMANOSParticipantes do ProjetoCategoria Nome e Unidade de Forma de Carga link para o currículo Lattes lotação, participação horária Curso semanal previstaDocente UFPR Cristina Valle Pinto-Coelho DEGEOL Coordenadora 10 h do Projeto http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K 4786710A2Docente UFPR Barbara Trzaskos DEGEOL Vice- 6h coordenadora http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K 4763515E2Docente Luis Koenig Veiga Geomática Colaborador 2hUFPRDocente Eduardo Chemas Hindi DEGEOL Colaborador 2hUFPRDiscente Giovana Marques da Cruz DEGEOL Bolsista 12hUFPRDiscente Priscila D’Aroz DEGEOL Bolsista 12hUFPRDiscente Angela Lucia da Silva DEGEOL Voluntária 4hUFPRDiscente Bruno Felipe Roepke DEGEOL Voluntário 4hUFPRDiscente Francine Elizabeth Cardoso Geomática Voluntária 4hUFPRDiscente Jan Savaris Soares DEGEOL Voluntário 4hUFPRDiscente Jéssica Thaís Ferreira Oste DEGEOL Voluntária 4hUFPRDiscente Marcela Mederos Fregatto DEGEOL Voluntária 4hUFPRParticipante José Dircione Borges D’Aroz Fundação Colaborador 2hexterno Educacional Meninos e Meninas de Rua Profeta Elias
  • 7. 7RECURSOS MATERIAIS E FINANCEIROS4.1. Materiais de consumo e permanentes, disponíveis1 Projetor multimídia3 Computadores1 Impressora multifuncionalMaterial de escritório e papelaria4.2. Materiais de consumo e permanentes a serem adquiridos Materiais de escritório e papelaria que serão necessários para a montagem de modelos de papele jogos didáticos, a serem adquiridos com recurso de custeio repassado ao Grupo PET - Geologiapelo MEC/SESu/CAPES.Receita R$TOTAL DA RECEITA: R$ 0,00DespesasServiços: R$Hospedagem ou diária: R$Passagem: R$Apoio administrativo R$4% (quatro) FDA – (Res. 36/04 – COUN) R$2% (dois) Ressarcimento da UFPR - (Res. 36/04 – COUN) R$2% (dois) para o Departamento, Unidade Executora ou R$Coordenadoria - (Res. 36/04 – COUN)2% (dois) para o Setor, Unidade Administrativa ou Pró-Reitoria - R$(Res. 36/04 – COUN)Material didático para o curso - (Res. 36/04 – COUN) R$Material de expediente R$Material de divulgação R$Outros R$TOTAL DAS DESPESAS: R$ 0,00
  • 8. 8CRONOGRAMAAno: 2012Atividade mai jun jul ago set out nov dezContato com escolas públicasAnálise e definição dos temasApresentações oraisElaboração dos questionáriosAplicação dos questionáriosTabulação dos dadosConfecção dos modelos de papelMesa redondaElaboração de relatóriosAno: 2013Atividade jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dezContato com escolas públicasAnálise e definição dos temasApresentações oraisElaboração dos questionáriosAplicação dos questionáriosTabulação dos dadosConfecção dos modelos depapelMesa redondaPesquisa de temas paraapresentações na ONGReconhecimento da área datrilhaConfecção de mapas ebússolasTrilha - BamburrandoExecução da atividadegeopedagógica - Caminhodas PedrasElaboração de relatórios
  • 9. 9Ano: 2014Atividade jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dezContato com escolas públicasAnálise e definição dos temasApresentações oraisElaboração dos questionáriosAplicação dos questionáriosTabulação dos dadosConfecção dos modelos depapelMesa redondaPesquisa de temas paraapresentações na ONGReconhecimento da área datrilhaConfecção de mapas ebússolasTrilha - BamburrandoExecução da atividadegeopedagógica - Caminhodas PedrasElaboração de relatóriosAno: 2015Atividade jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dezContato com escolas públicasAnálise e definição dos temasApresentações oraisElaboração dos questionáriosAplicação dos questionáriosTabulação dos dadosConfecção dos modelos depapelMesa redondaPesquisa de temas paraapresentações na ONGReconhecimento da área datrilhaConfecção de mapas ebússolasTrilha - BamburrandoExecução da atividadegeopedagógica - Caminhodas PedrasElaboração de relatórios
  • 10. 10Ano: 2016Atividade jan fev mar abrContato com escolas públicasAnálise e definição dos temasApresentações oraisElaboração dos questionáriosAplicação dos questionáriosTabulação dos dadosConfecção dos modelos depapelMesa redondaElaboração de relatóriosREFERÊNCIASBROMBERG, M. C., O material didático e sua importância. Disponível emwww.hiperatividade.com.br. Acesso: 09 de Dezembro de 2011.CARNEIRO, C.D.R.; TOLEDO, M.C.M. DE; ALMEIDA, F.F.M. Dez motivos para a inclusão detemas de Geologia na Educação Básica. Revista Brasileira de Geociências, v. 34, n. 4, p. 553-560. 2004.CONSTANTE, A.; VASCONCELOS, C. Actividades lúdico-práticas no ensino da Geologia:complemento motivacional para a aprendizagem. Terrae Didatica, v. 6, n.2, p. 101-123. 2010.LOPES, O.R.; CARNEIRO, C.D.R. O jogo “Ciclo das Rochas” para ensino de Geociências.Revista Brasileira de Geociências, v. 39, n. 1, p. 30-41. 2009.MORIN, E. Les sept savoris nécessaires à l’éducation du futur. Éditions du Seuil, Paris. 2000.130 p.PRESS, F.; SIEVER, R.; GROETZINGER, J.; JORDAN, T.H. 2006. Para Entender a Terra. PortoAlegre, Artmed. 656p.TEIXEIRA, W. TOLEDO, M.C.M.; FAIRCHILD, T.; TAIOLI, F. 2000. Decifrando a Terra. SãoPaulo, Oficina de Textos. 568p.
  • 11. 11Projeto Pedra sobre Pedra: construindo o conhecimento em Geociências.Coordenadora: Profa. Dra. Cristina Valle Pinto-CoelhoLocal/Data e Assinatura do Coordenador da propostaCuritiba, 14 de Dezembro de 2011. ____________________________ Coordenador do ProjetoAnálise do Departamento/Unidade1Data de apresentação da Proposta Ata da Reunião do Departamento/Unidadeem Reunião Plenária N 51ª14/12/2011 Nome do Chefe Departamento e/ou Unidade: AssinaturaAnálise do Comitê Setorial de ExtensãoAssinatura da Direção do SetorData: ___/____/________ ____________________________________ Assinatura do Diretor do Setor/Unidade
  • 12. 12 Ministério da Educação Universidade Federal do Paraná Pró-Reitoria de Extensão e Cultura Coordenadoria de Extensão ANEXO I SOLICITAÇÃO DE BOLSA EXTENSÃONúmero de bolsistas-extensão solicitadoMínimo: 3 (três) Máximo: 4 (quatro)Justificar a necessidade de bolsa extensão e do número de bolsas solicitado:Dada a diversidade de ações a serem desenvolvidas faz-se necessária um número maior de bolsistas paraatuar na elaboração das distintas atividades que compõem os quatro subprojetos mencionados nesta proposta.Especificar atividades a serem desenvolvidas pelo(s) bolsista(s):i) estabelecer contato com diversas escolas públicas, juntamente com a coordenadora e vice-coordenadora doprojeto, mapeando o público alvo;ii) participar da análise e definição dos temas a serem apresentados para as escolas públicas, bem comomontar maquetes, organizar coleção de minerais e rochas e auxiliar os alunos das escolas públicas namontagem dos modelos de papel;iii) aplicar os questionários de avaliação antes e após as apresentações orais;iv) tratar as informações obtidas com os questionários;v) participar, junto com a coordenadora e a vice-coordenadora do projeto, da escolha de novas organizaçõesnão governamentais e instituições afins, que receberão a equipe do projeto para a realização das atividadeslúdico-pedagógicas;vi) participar da escolha das trilhas a serem percorridas durante a execução das atividades de “Caça aotesouro” e da caminhada;vii) organizar as atividades de montagem de bússola, confecção de mapas e auxiliar os jovens participantesdas atividades a interpretarem as indicações dispostas ao longo das trilhas para se chegar ao “tesouro”;viii) elaborar relatórios e demais publicações ao longo da execução do projeto.Local e data: Curitiba, 14 de Dezembro de 2011.Assinatura do coordenador:
  • 13. 13
  • 14. 14
  • 15. 15