Gestao 1 2 empreendedorismo

707 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
707
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
484
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestao 1 2 empreendedorismo

  1. 1. EMPREENDEDORISMO
  2. 2. Empreendedorismo A Administração da revolução “O empreendedorismo é uma revolução silenciosa, que será para o século 21 mais do que a revolução industrial foi para o século 20” Timmons, 1990
  3. 3. Por que empreendedorismo?  Reino Unido, Alemanha, Finlândia, Israel, França, Estados Unidos desenvolveram políticas de incentivo ao ensino de empreendedorismo nas universidades, criaram incubadoras, visando envolver os estudantes numa competição de abertura de novas empresas.  “A conjunção desse intenso dinamismo empresarial e rápido crescimento econômico, somados aos baixos índices de desemprego e baixas taxas de inflação, aparentemente apontam para uma única conclusão: o empreendedorismo é o combustível para o crescimento econômico, criando emprego e prosperidade”.  Brasil segue tendência mundial, a discussão no meio acadêmico no início da década de 80. Disciplina de empreendedorismo são lançadas em todo país, ligada aos mais variados cursos superiores, principalmente de Administração,
  4. 4. O que é Empreendedorismo?  Historicamente, é uma maneira diferenciada e criativa de alocar recursos e melhorar os processos organizacionais, visando reduzir custos e aumentar os resultados  Também está relacionado à criação de novos negócios, através de pessoas com atitudes, conhecidas por empreendedores  A Harvard Business School considera que o empreendedorismo é “a identificação de novas oportunidades de negócio, independentemente dos recursos que se apresentam disponíveis ao empreendedor”
  5. 5. Quem é o empreendedor? “O empreendedor é aquele que destrói a ordem econômica existente através da introdução de novos produtos e serviços, pela criação de novas formas de organização, ou pela exploração de novos recursos e materiais” Joseph Schumpeter, 1949 “O empreendedor é aquele que faz acontecer, antecipa-se aos fatos e tem uma visão futura da organização” Dornelas, 2001 “O empreendedor é alguém capaz de identificar, agarrar e aproveitar oportunidade, buscando e gerenciando recursos para transformar a oportunidade em negócio de sucesso” Timmons, 2001
  6. 6. Quem é o empreendedor? “O empreendedor imagina, desenvolve e realiza visões” (Filion) “O empreendedor é alguém que sonha e tenta transformar o seu sonho em realidade” (Dolabela)  Para que o empreendedorismo ocorra nas organizações haverá a necessidade de pessoas que o façam acontecer  Portanto, o empreendedor é aquele que percebe uma oportunidade e cria meios (nova empresa, área de negócio, etc.) para persegui-la
  7. 7. Características dos empreendedores  São visionários, organizados e dedicados  São otimistas, determinados e dinâmicos  Sabem explorar ao máximo as oportunidades  Fazem a diferença, pois sabem tomar decisões  São líderes, formadores de equipes e bem relacionados  Possuem conhecimento e são apaixonados pelo negócio  São independentes e constroem seus próprios destinos  Planejam sempre, para assumir riscos calculados e criar valor para a sociedade
  8. 8. Mitos em empreendedorismo  Empreender é dom e destino de poucos  Empreender é abrir novos negócios  Empreendedores são natos, nascem para o sucesso  Empreendedores são “jogadores” que assumem riscos altíssimos  Os empreendedores são “lobos solitários” e não conseguem trabalhar em equipe
  9. 9. PERFIL DO EMPREENDEDOR  Intuitivo, otimista, competente, visionário e hábil gerencialmente  Autoconfiante, inovador, realista, tolerante a incertezas  Arrisca moderadamente, sem medo de errar e do ridículo  Sonhador e comprometido, é um trabalhador incansável  Tem objetivos pessoais, atitudes, filosofia e valores  Conhece o negócio, a rede de relações e o time gerencial  Tem energia, autonomia e necessidade de realização, por isso, questiona e enfrenta normas, autoridades e tradições
  10. 10. Perfil do empreendedor Alta Inventor Empreendedor A grande maioria Gerente, Administrador Baixa Alta Habilidades gerenciais e visão de negócios Criatividade e Inovação
  11. 11. HABILIDADES DO EMPREENDEDOR (negociação)  Saber ouvir  Jamais deixar o outro em desvantagem  Saber exatamente o que deseja, objetivos claros  Conhecimento profundo do parceiro da negociação Abertura e franqueza entre os negociadores: desarme Faz parte da vida do empreendedor negociar com clientes fornecedores, sócios, colaboradores, terceirizados e bancos
  12. 12. O PERFIL DO EMPREGADO  Descuida de outros conhecimentos que não sejam voltados à sua especialidade  Não se preocupa em transformar as necessidades dos clientes em produtos/serviços  Não busca conhecer o negócio como um todo: a cadeia produtiva, a dinâmica dos mercados, a evolução do setor  Não se preocupa com o que não existe ou não é feito; tenta entender, especializar-se e melhorar somente o que existe  Raramente é agente de inovações, não é pró-ativo, não é criativo, não gera mudanças e não muda a si mesmo, precisando de comando de outros para trabalhar
  13. 13.  Prioriza o que se passa dentro da organização, em detrimento do que acontece fora O PERFIL DO EMPREGADO  Colabora na construção e realização dos sonhos do empreendedor e do mercado  Tem medo do erro (é punido em nosso sistema de ensino e em nossa sociedade) e não o toma como fonte de aprendizagem  Não lê o meio ambiente externo: as ameaças e oportunidades, executa mais do que aprende  Não se preocupa em formar a sua rede de relações, estabelece baixo nível de comunicações
  14. 14. Gerente x empreendedor Diferenças nos sistemas de atividades Gerente Empreendedor Tenta otimizar os recursos e Estabelece uma visão e objetivos para atingir metas depois canalizar os recursos A chave é adaptar às mudanças A chave é iniciar mudanças Opera dentro de uma estrutura Define tarefa e papéis que criam existente uma estrutura de organização Busca aquisição de conhecimentos Apóia-se na auto-imagem, na visão, gerenciais e técnicos inovação. Aquisição de conhecimento Padrão de trabalho implica análise Padrão de trabalho implica racional imaginação e criatividade Centrado no trabalho em grupo Centrado na evolução individual e na comunicação grupal
  15. 15. Gerente x empreendedor Diferenças nos sistemas de atividades Gerente Empreendedor Trabalho centrado em processos Trabalho centrado no planejamento que levam em conta o meio em de processos que resultam de uma que ele se desenvolve visão diferenciada do meio Apoiado na cultura da afiliação Apoiado na cultura da liderança Desenvolve padrões em busca Desenvolve padrões em busca de de aplicações concretas e específicas regras gerais e abstratas Baseado no desenvolvimento Baseado no desenvolvimento do conceito de si, com ênfase na adaptabilidade de si, com ênfase na perseverança Voltado para a aquisição de know Voltado para a aquisição de know how how em gerenciamento de recursos que define contextos da área e levam à da própria especialização ocupação de espaço no mercado
  16. 16. Situações favoráveis ao empreendedor  Educação (nível de escolaridade)  Modelos de referência (família, amigos, empreendedores)  Necessidades financeiras pessoais  Economia local, regional e nacional  Oportunidades alternativas de carreira  Experiência (trabalho, hobby, interesses…)  Redes sociais de relacionamento (network)
  17. 17. O NEGÓCIO (Uma nova empresa ou uma empresa nova?) Comprar uma empresa Contratar uma Franquia Assumir empresa familiar Rotas alternativas Iniciar novo negócio
  18. 18. VISÃO DO NEGÓCIO
  19. 19. VISÃO DO NEGÓCIO
  20. 20. VISÃO DO NEGÓCIO
  21. 21. VISÃO DO NEGÓCIO
  22. 22. VISÃO DO NEGÓCIO
  23. 23. A oportunidade de negócios  Empreendedores potenciais que não sabem identificar o mercado alvo não estão preparados para implementar seus projetos empresariais. Eles apenas tiveram uma idéia, mas não identificaram uma necessidade de mercado!
  24. 24. Fontes de idéias  Franquias  Olhar nas ruas  Pesquisa universitária  Experiência de emprego  Mudanças demográficas e sociais  Caos econômico, crises, atrasos  Experiência enquanto consumidores  Idéias que deram certo em outros lugares  Uso das capacidades e habilidades pessoais
  25. 25. Fontes de idéias para novos negócios  Experiência prévia no ramo 43 % Fonte: Inc. magazine Fontes de idéias de tecnologia  Experiência prévia no ramo de negócio 90 %  Aperfeiçoamento de negócio existente 15 %  Oportunidade de negócios no mercado 11 %  Busca sistemática 7 %  Brainstorming ou hobby 5 %
  26. 26. Novos Negócios (Fontes de idéias) Experiência Hobby/interesse Casualidade Sugestões Cursos Empresa familia Amigos/parentes Outros 45 % 16 % 11 % 7 % 6 % 6 % 5 % 4 %

×