1195246231 vasos sanguineos

724 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
724
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
373
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1195246231 vasos sanguineos

  1. 1. Vasos sanguíneos e Sangue
  2. 2. Vasos Sanguíneos  Consistem num sistema de tubos fechados que transportam o sangue para todas as partes do corpo e o trazem de volta ao coração.
  3. 3. Vasos Sanguíneos  Os vasos condutores de sangue são classificados de acordo com a direcção dos líquidos que levam. Os que conduzem os líquidos que saem do coração são chamados artérias que, ao diminuírem de calibre, passam a chamar-se arteríolas. Os vasos que conduzem para o coração são chamados veias que, ao diminuírem de calibre, passam a chamarem-se vênulas.
  4. 4. Vasos Sanguíneos
  5. 5. Artérias  Artérias: são vasos de parede espessa que saem do coração levando sangue para os órgãos e tecidos do corpo.  Compõem-se de três camadas: a mais interna, chamada endotélio, formada por uma única camada de células achatadas; a mediana, constituída por tecido muscular liso; a mais externa, formada por tecido conjuntivo, rico em fibras elásticas.  Quando o sangue é bombeado pelos ventrículos e penetra nas artérias, elas relaxam e dilatam-se, o que diminui a pressão sanguínea, Caso as artérias não se relaxem o suficiente, a pressão do sangue em no seu interior sobe, com risco de ruptura das paredes arteriais. Assim, a cada sístole ventricular é gerada uma onda de relaxamento que se propaga pelas artérias, desde o coração até as extremidades das arteríolas. Durante a diástole ventricular, a pressão sanguínea diminui. Ocorre, então, contracção das artérias, o que mantém o sangue circulando até a próxima sístole. 
  6. 6. veias  Veias: são vasos que chegam ao coração, trazendo o sangue dos órgãos e tecidos.  A parede das veias, como a das artérias, também é formada por três camadas. A diferença, porém, é que a camada muscular e a conjuntiva são menos espessas que suas correspondentes arteriais. Além disso, diferentemente das artérias, as veias de maior calibre apresentam válvulas em seu interior, que impedem o refluxo de sangue e garante sua interior circulação em um único sentido.  Depois de passar pelas arteríolas e capilares, a pressão sanguínea diminui, atingindo valores muito baixos no interior das veias. O retorno do sangue ao coração deve-se, em grande parte, às contracções dos músculos esqueléticos, que comprimem as veias, fazendo com que o sangue desloque-se em seu interior. Devido às válvulas, o sangue só pode seguir rumo ao coração. 
  7. 7. Vasos Sanguíneos
  8. 8. Vasos Sanguíneos
  9. 9. Vasos Sanguíneos  Algumas principais artérias : -Artéria vertebral -Artéria braquial -Artéria basilar -Artéria carótida -Artéria subclávia -Artéria aorta -Artéria ilíaca Algumas principais veias -Veia braquial -Veia cava -Veia jugular -Veia ilíaca
  10. 10. Sangue  O sangue humano é constituído por um líquido amarelado, o plasma, e por células e pedaços de células, genericamente denominados elementos figurados.
  11. 11. Sangue Plasma:
  12. 12. Sangue Elementos Figurados: 1- Eritrócitos (glóbulos vermelhos ou hemácias): transporte de oxigénio dos pulmões para os tecidos, através da hemoglobina. São produzidas no interior dos ossos, a partir de células da medula óssea vermelha, 2- Leucócitos (glóbulos brancos): são células especializadas na defesa do organismo, combatendo vírus, bactérias e outros agentes invasores que penetram no corpo 3- Plaquetas ou trombócitos: são minúsculos discos redondos ou ovais, de cerca de 2 mm de diâmetro que participam do processo de coagulação sanguínea.
  13. 13.     Plaquetas (trombócitos) - são fragmentos celulares, sem núcleo, incolores, se não forem coradas, intervém na coagulação do sangue. Assim, a trombina, conjuntamente com a fibrina, resultante do fibrinogénio do plasma, formam um coágulo que impede a saída do sangue. Este processo, que resulta da intervenção das plaquetas designa-se por coagulação do sangue e é a principal função das plaquetas. Em um indivíduo normal, a coagulação é iniciada dentro de 20 segundos após a lesão ocorrer ao vaso sanguíneo causando dano às células endoteliais. As plaquetas formam imediatamente um tampão plaquetário no local da lesão. Essa é a chamada hemostasia primária. A hemostasia secundária acontece quando os componentes do plasma chamados factores de coagulação respondem (em uma completa cascata de reacções) para formar fios de fibrina, que fortalecem o tampão plaquetário. Ao contrário da crença comum, a coagulação a partir de um corte na pele não é iniciada pelo ar ou através da secagem da área, na verdade ocorre através das plaquetas que se aderem e que são activadas pelo colágeno do endotélio do vaso sanguíneo que fica exposto, quando cortado o vaso. As plaquetas activadas então liberam o conteúdo de seus grânulos, que contém uma grande variedade de substâncias que estimulam uma activação ainda maior de outras plaquetas e melhoram o processo hemostásico.

×