Metodologia da pesquisa científica

158 visualizações

Publicada em

Aulas de Metodologia do Ensino e da Pesquisa em Teologia.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
158
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Metodologia da pesquisa científica

  1. 1. INSTITUTO DE TEOLOFIA SÃO JOÃO XXIII BACHARELADO EM TEOLOGIA PAULO CÉSAR DOS SANTOS BACHARELANDO EM TEOLOGIA REFORMA ORTOGRÁFICA E AS REGRAS DA ABNT: BREVE EXPOSIÇÃO Breve trabalho sobre a Reforma Ortográfica entre Brasil e Portugal, como requisito do curso de Metodologia do Estudo e da Pesquisa em Teologia, do Instituto de Teologia São João XXII, Bacharelado em Teologia, Primeiro Período, ministrada pelo Professor Padre Wagner. Estância – Sergipe 2015
  2. 2. APRESENTAÇÃO O presente trabalho é uma brevíssima exposição da Reforma Ortográfica em curso nos seguintes países: República Federativa do Brasil, República Portuguesa, República Popular de Angola, República de Cabo Verde, República da Guiné-Bissau, República de Moçambique e República Democrática de São Tomé e Príncipe. Trata também, o presente trabalho, em apresentar informações sobre as normas expedidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT, para a confecção de Trabalhos Acadêmicos.
  3. 3. A REFORMA ORTOGRÁFICA A busca pela unificação da Língua Portuguesa é uma aspiração antiga, que remonta ao início do Século XX, sendo que em 1924, a Academia de Ciências de Lisboa e a Academia Brasileira de Letras iniciam a busca de uma grafia comum aos dois países, sendo que em 1931 foi aprovado o primeiro acordo ortográfico entre Brasil e Portugal, porém nunca entrou em vigor. Já em 1975, é firmado um segundo acordo entre Brasil e Portugal, mas que não fora aprovado oficialmente, vindo somente em 1986 a ser convocado, por sugestão do então Presidente e Acadêmico José Sarney, a reunião de sete países de língua portuguesa na cidade do Rio de Janeiro, onde foi apresentado um Memorando da Reforma Ortográfica da Língua Portuguesa. Finalmente, em 16 de Dezembro de 1996 é assinado em Lisboa o Acordo de Reforma Ortográfica que, no Brasil é promulgado pelo Decreto nº 6.583, de 29 de Setembro de 2008, que dispõe sobre o referido acordo, e com previsão de entrada em vigor no dia 1º. de Janeiro de 2009 (Art. 2º., caput). No entanto, por força do Decreto nº 7875, de 2012, foi adiado para entra em vigor tão somente em 31 de Dezembro de 2015. Alheio a esse deslize legislativo, livros, jornais e universidades já adotam as novas regras, sendo que em concursos e exames vigoram ambas.
  4. 4. AS NORMAS DA ABNT A Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT, é a instituição responsável pela normatização dos procedimentos metodológicos para produção de trabalhos acadêmicos. A norma ABNT NBR 14724:2011, publicado em 17 de Março de 2011, com entrada em vigor no dia 17 de abril daquele ano. Diz a ABTN: “Esta Norma específica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses, dissertações e outros), visando sua apresentação à instituição (banca, comissão examinadora de professores, especialistas e designados e/ou outros”. (ABNT, 2015). Quanto a estrutura do trabalho acadêmico, seguindo as normas ABNT NBR 14724:2011, ela está dividida em: Fontes Consultadas ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas http://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=86662. Acessado em 10 de março de 2015. BRASIL. Site do Governo Brasileiro. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Decreto/D6583.htm. Acessado em 10 de março de 2015. Site Só Português: http://www.soportugues.com.br/secoes/acordo_ortografico/acordo_ortografico1. php. Acessado em 10 de março de 2015.

×