ABORDAGEM CORPORAL PARA
IDOSOS: UMA MEDIDA
FISIOTERAPÊUTICA PREVENTIVA
Autor:
 MANOEL PAULINO DA COSTA NETO
INTRODUÇÃO
Para realizarmos as atividades do dia-a-dia o nosso corpo é
a ferramenta fundamental. Por isso, ele precisa est...
É necessário, então, medidas que objetivem prevenir e
intervir nas causas dos distúrbios músculo-esqueléticos em prol
da q...
OBJETIVOS
A Abordagem Corporal visa, para os idosos, os
seguintes benefícios:
 Prevenir e/ou atenuar dores articulares e ...
PROCEDIMENTO
Este trabalho é desenvolvido voluntariamente no
Centro de Convivência do Idoso, no bairro do Castelo
Branco, ...
Noções de Postura e Exercícios Posturais
A postura, também, está relacionada com a
atitude do corpo, com a maneira de vest...
Além das orientações posturais, são
realizados exercícios para o fortalecimento dos
principais grupos musculares responsáv...
AUTOMASSAGEM E ALONGAMENTOS
A massagem é fundamentalmente o toque. É uma prática tão
antiga quanto à história da humanidad...
LIAN GONG
O termo Lian Gong significa, trabalho persistente
forjando um corpo forte e saudável. O Lian Gong, ou
Ginástica ...
RELAXAMENTO E DINÂMICA DE GRUPO
O relaxamento é uma ótima ferramenta para aliviar tensões
musculares e mentais. A capacida...
RESULTADOS
Os resultados obtidos e relatados pelos idosos são:
 Diminuição das dores musculares (principalmente as
dorsai...
CONSIDERAÇÕES FINAIS
A terceira idade é um período da vida em que há uma maior
incidência de doenças crônico-degenerativas...
BIBLIOGRAFIA CONSULTADA
 ARCHANGE, G. Manual de massagem chinesa. São Paulo: Andrei, 1986.
 BROWN, Denise Whichello. Mas...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Abordagem corporal para idosos

449 visualizações

Publicada em

Um plano de abordagem corporal direcionado às pessoas idosas.

Publicada em: Saúde
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
449
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Abordagem corporal para idosos

  1. 1. ABORDAGEM CORPORAL PARA IDOSOS: UMA MEDIDA FISIOTERAPÊUTICA PREVENTIVA Autor:  MANOEL PAULINO DA COSTA NETO
  2. 2. INTRODUÇÃO Para realizarmos as atividades do dia-a-dia o nosso corpo é a ferramenta fundamental. Por isso, ele precisa estar em bom funcionamento e assim realizar suas ações motoras como: deitar, sentar, levantar, caminhar etc. Com o avanço da idade, o organismo humano sofre alterações decorrentes do seu processo natural de envelhecimento. Dentre elas, a mais aparente reflete-se no aspecto motriz e funcional do corpo. Além das modificações fisiológicas no sistema ósteo-muscular, o desgaste decorrente de patologias, traumas e inúmeras situações nas quais suas estruturas inadequadamente foram submetidas como, excesso de esforço físico, hábitos nocivos à saúde, má postura e sedentarismo prejudicam a mobilidade e o desempenho corporal tornando-os deficientes e limitados, atingindo o cerne funcional da motricidade humana.
  3. 3. É necessário, então, medidas que objetivem prevenir e intervir nas causas dos distúrbios músculo-esqueléticos em prol da qualidade de vida na terceira idade. Esta abordagem corporal dirigida aos idosos propõe recursos para conhecer, sentir e cuidar melhor do próprio corpo, através de noções de postura, exercícios posturais, técnicas de automassagem, alongamentos, dinâmicas de grupo e de relaxamento e exercícios terapêuticos Lian Gong. Estes recursos utilizados complementam-se, interagem-se formando uma medida fisioterapêutica abrangente (holística), na qual o idoso é compreendido e tratado em sua totalidade. “O movimento que é transformação pode tornar-se multiplicidade ao mesmo tempo que guarda a sua unidade natural, princípio de toda eficácia, de toda vida.” M. Kaltenmark
  4. 4. OBJETIVOS A Abordagem Corporal visa, para os idosos, os seguintes benefícios:  Prevenir e/ou atenuar dores articulares e musculares;  Aumentar a flexibilidade e a mobilidade articular;  Melhorar a coordenação motora e a marcha;  Contribuir para o equilíbrio corporal;  Desenvolver a consciência corporal;  Promover a reeducação postural;  Prover a independência funcional para as AVD’s.
  5. 5. PROCEDIMENTO Este trabalho é desenvolvido voluntariamente no Centro de Convivência do Idoso, no bairro do Castelo Branco, em João Pessoa/PB. O material utilizado é um aparelho de som e cochonetes. São 30 idosos participantes, de ambos os sexos e com idades variando de 62 a 93 anos. São dois encontros semanais com atendimento em grupo, ao qual são repassadas orientações e exercícios posturais, técnicas de automassagem e de alongamento, exercícios terapêuticos Lian Gong e realizadas dinâmicas de grupo e de relaxamento.
  6. 6. Noções de Postura e Exercícios Posturais A postura, também, está relacionada com a atitude do corpo, com a maneira de vestir-se, de andar, sentar... É a posição do corpo, ou das partes dele no espaço. O sistema nervoso, os componentes sensoriais, os ossos e os músculos são responsáveis pelo controle da postura. Este controle proporciona estabilidade e equilíbrio para a realização dos movimentos. Mesmo trabalhando ou em repouso, manter uma boa postura protege as estruturas do corpo. Por outro lado, a má postura afeta a estabilidade e a harmonia, prejudica as estruturas do corpo provocando tensão, desconforto e dores. E na maioria das vezes pode ser a causa de dores na coluna. A postura inadequada está associada a um maior ou menor grau de tensão muscular inútil e desnecessário.
  7. 7. Além das orientações posturais, são realizados exercícios para o fortalecimento dos principais grupos musculares responsáveis pela manutenção das posturas adequadas. Ao aprender certos exercícios, o idoso tem a possibilidade de propiciar ao seu corpo economia de esforço, vigor físico, agilidade e espontaneidade dos movimentos. Ao compreender e sentir os benefícios da reeducação postural, ele pode estabelecer sua própria disciplina, utilizar alguns dos exercícios no seu dia-a-dia e incorporar mudanças de atitude, tanto posturais como de movimentos em suas atividades diárias. Porém, este processo de aprendizagem deve ser integrado à vida cotidiana do idoso, aos poucos, sem severidade ou auto-exigência.
  8. 8. AUTOMASSAGEM E ALONGAMENTOS A massagem é fundamentalmente o toque. É uma prática tão antiga quanto à história da humanidade. Destacando-se como uma alternativa terapêutica para o relaxamento e alívio das tensões emocionais e musculares, ela ativa a circulação sanguínea local, melhora a oxigenação e o fluxo de energia. Além disso, tem efeito analgésico e sedativo. A automassagem é massagear o próprio corpo, e também, uma forma de desenvolver a consciência corporal através do toque, ampliando a percepção e a sensibilidade das estruturas do corpo. Ela estimula o sistema nervoso a liberar endorfina, uma substância que promove o bem- estar, e ajuda a regular o sono. A automassagem é aplicada nos pés, nas mãos, no abdômen e no rosto. Os exercícios de alongamento ajudam a aumentar a flexibilidade corporal e a prevenir contraturas. Além de otimizar as propriedades elásticas (capacidade de retornar ao comprimento de repouso) e plásticas (tendência de aumentar seu comprimento) dos músculos e tendões.
  9. 9. LIAN GONG O termo Lian Gong significa, trabalho persistente forjando um corpo forte e saudável. O Lian Gong, ou Ginástica Terapêutica, foi desenvolvido na China, em 1974, pelo Dr. Zhuang Yuen Ming, médico ortopedista que, mantendo como base as milenares artes corporais chinesas, incorporou também os conhecimentos da medicina ocidental. A Ginástica Terapêutica foi introduzida no Brasil em 1987, pela professora de filosofia e artes corporais orientais, Maria Lúcia Lee. O Lian Gong constitui-se de seis séries, cada uma contendo seis exercícios com movimentos globais coordenados, que proporcionam flexibilidade, alongamento, equilíbrio, coordenação e dentre outros benefícios que harmonizam e contribuem para a saúde de quem a pratica. Não é uma atividade aeróbica de alto impacto e nem utiliza cargas. Portanto, uma prática de exercícios corporais ideais para idosos.
  10. 10. RELAXAMENTO E DINÂMICA DE GRUPO O relaxamento é uma ótima ferramenta para aliviar tensões musculares e mentais. A capacidade de relaxar está diretamente ligada à consciência corporal. Assim é possível reconhecer uma região muscular tensa e o estado de tensão em que ela se encontra. E por meio da consciência corporal, há uma possibilidade melhor de executar os movimentos para realizar as tarefas do dia-a-dia e detectar as tensões dos tecidos comprometidos. As técnicas de relaxamento utilizadas, nesta abordagem, são a de Jacobson e de Reconhecimento Corporal. Nas dinâmicas de grupo, os idosos têm a oportunidade de desenvolver e aprofundar o caminho da consciência corporal e, portanto, do autoconhecimento. As vivências ampliam a capacidade perceptiva, a sensibilidade, a relação corpo-espaço, volume e formas das estruturas corporais, direção e intensidade dos gestos, distribuição das tensões (associados ou não a um processo emocional ou mental).
  11. 11. RESULTADOS Os resultados obtidos e relatados pelos idosos são:  Diminuição das dores musculares (principalmente as dorsais);  Aumento da flexibilidade;  Melhoria do equilíbrio e da marcha;  Desenvolvimento da consciência corporal;  Maior controle postural;  Melhoria da qualidade do sono.
  12. 12. CONSIDERAÇÕES FINAIS A terceira idade é um período da vida em que há uma maior incidência de doenças crônico-degenerativas, e a atenção à saúde adquire maior relevância. Através de uma abordagem corporal simples e abrangente envolvendo correções posturais, automassagem, exercícios terapêuticos, alongamentos e dinâmicas de conscientização corporal, é possível prover ao idoso meios de conhecer, tratar e cuidar do seu próprio corpo, permitindo-lhe uma melhor independência funcional e qualidade de vida. “Trinta raios sustentam o eixo de uma roda Sirva-se da roda , mas é o vazio do seu eixo que torna possível o uso Abra portas e janelas nas paredes de uma casa Sirva-se da casa para utilizar o vazio de seu interior O Homem serve-se da forma para utilizar o vazio.” Dao De Jing
  13. 13. BIBLIOGRAFIA CONSULTADA  ARCHANGE, G. Manual de massagem chinesa. São Paulo: Andrei, 1986.  BROWN, Denise Whichello. Massagem terapêutica. São Paulo: Manole, 2001.  CARDIA, Maria Cláudia G.. Manual da escola de posturas. 2. ed. João Pessoa: Editora Universitária, 1998.  GREENMAN, Philip E.. Princípios da medicina manual. 2. ed. São Paulo: Manole, 2001.  KISNER, Carolyn. Exercícios terapêuticos. 2. ed. São Paulo: Manoel, 1992.  LEE, Maria Lúcia. Lian Gong em 18 terapias. São Paulo: Pensamento, 1997.  RIBEIRO, Ana Rita; MAGALHÃES, Romero. Guia de abordagens corporais. São Paulo: Summus Editorial, 1997.  SIMÕES, Regina. Corporeidade e terceira idade. 3. ed. Piracicaba: Unimep, 1998.  SOUCHARD, Philippe-Emmanuel. Reeducação postural global. 4. ed. São Paulo: Ícone, 1998.  TANAKA, Clarice; FARAH, Estela A..Anatomia funcional das cadeias musculares. São Paulo: Ícone, 1997.

×