Universidade Federal da Grande Dourados<br />Programa de Pós-Graduação em Educação<br />Faculdade de Educação<br />® Mestr...
Estrutura do Artigo<br />
Metodologia de análise adotada<br />
Legislação que trata do Ensino Fundamental (EF) de Nove Anos<br />
Papel de intervenção do Ministério da Educação (MEC) sobre a transição dos anos de escolaridade<br />
Literatura<br />
Para Silva e Scaff (2010) existem dois grandes desafios que se impõem à educação atual, que são:<br />
As pesquisas evidenciaram aspectos importantes sobre a formação de professores no EF de nove anos, sejam eles:<br />
<ul><li> A política de ampliação do EF de nove anos tem como um de seus princípios básicos a garantia do direito da crianç...
 Foi destacado nas pesquisas que a qualidade da educação, especificamente do EF de nove anos é comprometida, o que exige m...
Referências Bibliográficas<br />ALVES, Maria Leila. A escola de nove anos: integrando as potencialidades da educação infan...
———. Lei n° 11.114, de 16 de maio de 2005. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília 2005a. Disponível em...
CORREIA, César. Crianças aos seis anos no ensino fundamental: desafios à garantia de direitos. In: Anais da 30° Reunião an...
SANTOS, Luciana Dalla Nora dos; BOLZAN, Dóris Pires Vargas. A inclusão de crianças de seis anos na escola obrigatória e su...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A politica do Ensino Fundamental de Nove Anos - implicações para a formação de professores - IV Encontro de Políticas e Práticas de Formação de Professores - Corumbá - MS - 2011

3.376 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Turismo, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.376
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
61
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A politica do Ensino Fundamental de Nove Anos - implicações para a formação de professores - IV Encontro de Políticas e Práticas de Formação de Professores - Corumbá - MS - 2011

  1. 1. Universidade Federal da Grande Dourados<br />Programa de Pós-Graduação em Educação<br />Faculdade de Educação<br />® Mestrandas: Ana Paula Moreira de Sousa <br />KellciaRezende Souza<br />A política de ampliação do ensino fundamental: implicações à formação de professores<br />MATO GROSSO DO SUL<br />2011<br />
  2. 2. Estrutura do Artigo<br />
  3. 3. Metodologia de análise adotada<br />
  4. 4. Legislação que trata do Ensino Fundamental (EF) de Nove Anos<br />
  5. 5.
  6. 6. Papel de intervenção do Ministério da Educação (MEC) sobre a transição dos anos de escolaridade<br />
  7. 7. Literatura<br />
  8. 8.
  9. 9.
  10. 10. Para Silva e Scaff (2010) existem dois grandes desafios que se impõem à educação atual, que são:<br />
  11. 11. As pesquisas evidenciaram aspectos importantes sobre a formação de professores no EF de nove anos, sejam eles:<br />
  12. 12. <ul><li> A política de ampliação do EF de nove anos tem como um de seus princípios básicos a garantia do direito da criança em ingressar mais cedo no EF, garantia da melhoria do trabalho pedagógico nas escolas por meio da formação de professores;
  13. 13. Foi destacado nas pesquisas que a qualidade da educação, especificamente do EF de nove anos é comprometida, o que exige mudanças, uma delas, a implantação de políticas que possibilitem aos professores estarem em constantes processos formativos. A partir disso, lançamos um questionamento:</li></li></ul><li>Considerações Finais<br />
  14. 14. Referências Bibliográficas<br />ALVES, Maria Leila. A escola de nove anos: integrando as potencialidades da educação infantil e do ensino fundamental. In: Anais eletrônicos do Encontro Nacional de Didáticas e Práticas de Ensino - ENDIPE, Recife – PE, abr. 2006.<br />BRAGAGNOLO, A.; SANTOS, M. L. L. dos. A criança de seis anos no ensino fundamental: as armadilhas e os desafios da formação. In: Anais eletrônicos do16° Congresso de Leitura do Brasil. Campinas- SP, jul. 2007.<br />BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 5 de outubro de 1988. Disponível em: <http: planalto.gov.br/ccivil_03/constituição/constitui%C3%A7ao.htm>. Acesso em: 25/02/11.<br />———. Lei n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 1996. Disponível em http://www.planalto.gov.br/gov.br/ccivil/LEIS/L9394.htm Acesso em: 04/05/2011.<br />———. Lei n° 10.172, de 9 de janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 2001. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil/ccivil/LEIS/LEIS_2001/L10172.htm. Acesso em: 20/02/11.<br />———. Ensino Fundamental de nove anos: orientações gerais. Ministério da Educação. Brasília, 2004. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/Ensfund/noveanorienger.pdf. Acesso em 09/02/2011.<br />
  15. 15. ———. Lei n° 11.114, de 16 de maio de 2005. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília 2005a. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato20042006/2005/Lei/L11114.htm. Acesso em: 04/05/2011.<br />———. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer 06/05, Câmara de Educação Básica, reexame do Parecer 24/04, que visa o estabelecimento de normas para a ampliação do ensino fundamental para nove anos de duração. Secretaria da Educação Básica. Brasília: Ministério da Educação, 2005b.<br />———. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer 18/05, Câmara de Educação Básica, Orientações para a matrícula das crianças de 6 (seis) anos de idade no Ensino Fundamental obrigatório, em atendimento à Lei nº 11.114/2005. Secretaria da Educação Básica. Brasília: Ministério da Educação, 2005c.<br />———. Lei n° 11.274, de 6 de fevereiro de 2006. Altera a redação dos artigos 29, 30, 32 e 87 da Lei n°. 9.394. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 2006. Disponível em: http://www.planalo.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Lei/L11274.htm. Acesso em: 04/05/2011.<br />———. Ensino Fundamental de Nove Anos: Orientações para a Inclusão da Criança de Seis Anos de idade. Ministério da Educação. Brasília, 2007.<br />———. Passo a passo da implementação do Ensino Fundamental de nove anos. Ministério da Educação. Brasília, 2009. <br />BROTTO, I. J. de O. As práticas de Alfabetização para um ensino fundamental de nove anos. In: Anais eletrônicos do16° Congresso de Leitura do Brasil. Campinas- SP, jul. 2007.<br />
  16. 16. CORREIA, César. Crianças aos seis anos no ensino fundamental: desafios à garantia de direitos. In: Anais da 30° Reunião anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação - ANPED. Caxambu - MG, out. 2007.<br />DANTAS, Angélica Guedes. MACIEL, Diva Maria M. A. Ensino Fundamental de nove anos e a inserção de crianças de seis anos na escolarização obrigatória no Distrito Federal: estudo de caso. In: Educação e Sociedade, Campinas, n°110, p. 157-175, 2010.<br />DURLI, Zenilde; SCHNEIDER, Marilda Pasqual. Ensino Fundamental de nove anos: e agora? In: Anais eletrônicos do IX Congresso Nacional de Educação – EDUCERE e III Encontro Sul Brasileiro de Psicopedagogia, Curitiba, out. 2009. Disponível em: http://www.pucpr.br/eventos/educere/educere2009/anais/pdf/1977_1005.pdf. Acesso em 01/04/11 às 18h.<br />GORNI, D.A.P. Ensino fundamental de nove anos: estamos preparados para implantá-lo? In: Revista Ensaio: Avaliação, Políticas Públicas e Educação, Rio de Janeiro, n. 54, p. 67-80, 2007. <br />GOULART, C. M. A. Linguagem, práticas culturais e ensino fundamental de nove anos. In: Revista Presença Pedagógica, Belo Horizonte, n. 76, p. 14-25, 2007.<br />KRAMER, Sonia. As crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no Brasil: educação infantil e/é fundamental. Educação e Sociedade, Campinas, v. 27, n. 96, p. 797-818, out. 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v27n96/a09v2796.pdf. Acesso em: 05/05/2011.<br />MARTINS, Ângela Maria. Os municípios e a escola de nove anos: dilemas e perspectivas. In: In: Anais do Encontro Nacional de Didáticas e Práticas de Ensino - ENDIPE, Recife – PE, abr. 2006.<br />
  17. 17. SANTOS, Luciana Dalla Nora dos; BOLZAN, Dóris Pires Vargas. A inclusão de crianças de seis anos na escola obrigatória e sua repercussão na organização do trabalho pedagógico. In: Anais VIII Congresso Nacional de Educação – EDUCERE e III Congresso Ibero-Americano sobre violências na escola – CIAVE, Curitiba, out. 2008. Disponível em: http://www.pucpr.br/eventos/educere/educere2008/anais/pdf/955_891.pdf. Acesso em: 10/05/2011.<br />SANTOS, Lucíola Licínio de Castro Paixão; VIEIRA, Lívia Maria Fraga. “Agora seu filho entra mais cedo na escola”: a criança de seis anos no ensino fundamental de nove anos em Minas Gerais. Educação e Sociedade, Campinas, v. 27, n. 96, p. 775-796, out. 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v27n96/a08v2796.pdf. Acesso em: 05/05/2011.<br />SAVELI, E. L. Ensino fundamental de nove anos: bases legais para sua implantação. In: Práxis Educativa, Ponta Grossa, n. 1, p. 67-72, 2008.<br />SILVA, Antônia Almeida; SCAFF, Elisângela Alves da Silva. O Ensino Fundamental de nove anos: política de integração ou de conformação social? In: Práxis Educativa, Ponta Grossa, n. 1, p. 97-107, 2010.<br />E-mails para contato: <br />Ana Paula – profanapaulamoreira@hotmail.com<br />Kellcia – kellcia@hotmail.com<br />Muito obrigada pela atenção de todos (as)!<br />

×