Aae 8

1.650 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.650
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
115
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aae 8

  1. 1. FICHA 1SUSTENTABILIDADE NA TERRA1. SOM CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 8.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. Considera os seguintes instrumentos musicais e classifica-os em 5. Procura na sopa de letras as palavras a seguir apresentadas. instrumentos de corda (C), de percussão (P) ou de sopro (S). Som Frequência Eco Onda a) Viola d) Pandeireta g) Clarinete j) Guitarra b) Saxofone e) Contrabaixo h) Piano l) Harpa Amplitude Vazio Timbre Intensidade c) Violino f) Castanholas i) Tambor m) Trombeta Sonómetro Propagação Reflexão Agudo Difracção Grave2. Associa correctamente as três colunas. A) Comprimento 1) Tempo necessário para I) Hz de onda (l) qualquer partícula efectuar A T R I N T E N S I D A D E uma vibração completa. S O S T I M E C O T R A B O T Ã A C A T O M N A G U D O 2) Distância entre a posição A X T S T A S E D A O E R S B) Frequência (n) de equilíbrio e o ponto de T E O O N A T E A R S D T A vibração máxima. II) s I L S M B O G R A V E U T O 3) Distância mínima entre M F V A Z I O S A T A T A R duas partículas na mesma B E S O N T E R P R O I T T C) Período (T) fase de vibração. R R P R O P A F E T P L L E E P R O P A G A Ç Ã O P M M 4) Número de vibrações de uma partícula por um M A T O S O N T R A O M N Ó segundo. S T F R E Q U Ê N C I A O N D) Amplitude (A) III) m O L S O N T P R E F L E P O T A R D I F R A C Ç Ã O L S3. Completa as frases que se seguem, de forma que estas se tornem 6. Para cada uma das situações seguintes, selecciona a opção cor- cientificamente correctas. recta. O é a propriedade do som que permite distinguir 6.1. O som tem as seguintes características: sons produzidos por diferentes fontes sonoras. A – altura, velocidade, timbre A altura do som permite distinguir entre e B – altura, reflexão, refracção . Quanto maior for a frequência das ondas C – altura, intensidade, timbre sonoras é o som. Quanto menor for a frequên- D – altura, distância, comprimento cia das ondas sonoras é o som. 6.2. O conjunto de materiais que reflectem bem o som é: A é a propriedade que nos permite distinguir A – cobre, aço, cortiça de . B – aço, algodão, cortiça C – lã, algodão, cortiça Quanto maior for a das ondas sonoras maior D – cobre, aço, alumínio é a intensidade som. Quanto for a das ondas sonoras menor é a intensidade som. 6.3. O ouvido humano só é sensível a sons com determinada frequên- cia compreendida entre: A – 0 Hz e 20 Hz4. Classifica as seguintes frases em verdadeiras (V) ou falsas (F), B – 20 Hz e 200 Hz corrigindo as últimas, de forma que estas se tornem cientifica- mente correctas. C – 20 Hz e 2 kHz D – 20 Hz e 20 kHz A. Um corpo a vibrar é uma fonte sonora. 7. Na grelha em “caracol” dispões de um conjunto de palavras rela- B. O som propaga-se nos sólidos, líquidos e gases. cionadas com o som. A primeira letra da primeira palavra está rodeada por um ç. Segue o sentido das setas e encontrarás as palavras, registando-as nos quadrados em branco, ao lado. C. As ondas sonoras são ondas transversais. @A I C N A N O S S E L T O A X E L F E R A O B T O I Z A R B D. A intensidade do som permite distinguir sons agudos de sons M N A T E R B V I O graves. P D N L A T M A R C L A I T S A I G G E I T N U O M T E O E T E T R A T A D D T E. O timbre permite distinguir sons produzidos por diferentes U G E N S I D A U O fontes sonoras. D R A V E B O A G Ã E T E D I F R A C Ç
  2. 2. FICHA 2SUSTENTABILIDADE NA TERRA1. SOM CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 8.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. Observa as quatro ondas apresentadas na figura seguinte, que se 3. Associa correctamente as duas colunas. propagam no mesmo meio material. A) Reflexão do som 1 Fenómeno que ocorre quando a onda sonora muda de direcção por passar A B de um meio para o outro. B) Reverberação do som 2 Fenómeno que ocorre quando a fre- quência de um som emitido coincide com a frequência natural de um objecto C D que se encontra no seu caminho. C) Refracção do som 3 Fenómeno que causa a sobreposição entre o som emitido e o som reflectido. Ocorre reflexão da onda sonora no tecto, nas paredes e noutros obstáculos. Indica a onda que tem: D) Difracção do som 4 Fenómeno que ocorre quando há mudança de direcção ou de sentido de a) Maior amplitude f) Menor comprimento de onda propagação da onda sonora. Um dos b) Menor amplitude g) Som mais agudo efeitos deste fenómeno é o eco. c) Maior frequência h) Som mais grave E) Ressonância do som 5 Fenómeno que ocorre quando uma d) Menor frequência i) Som mais forte onda sonora contorna um obstáculo, dispersando-se numa série de ondas e) Maior comprimento de onda j) Som mais fraco concêntricas.2. Completa o diagrama com os seguintes termos que se seguem: 4. É possível produzir sons musicais diferentes batendo com uma vareta em diferentes balões de Erlenmeyer se estes tiverem diferentes sons vazio intensidade sólidos diferentes quantidades de líquido. líquidos altura vibração frequência timbre fonte sonora gases amplitude Som A. B. C. D. E. deve-se à a) Qual dos balões de Erlenmeyer produzirá um som mais grave? Justifica a tua resposta. tem as seguintes propaga-se propriedades b) Qual apresentará o som mais agudo? Justifica a tua resposta. da c) Menciona um instrumento musical que tenha o mesmo princípio de funcionamento. 5. Preenche os espaços de acordo com as afirmações e descobre a não se palavra oculta. propaga 1. 2. 3. 4. 5. 6. 1. Aplicação dos ultra-sons. distingue relaciona-se com relaciona-se com 2. Conjunto de todos os sons audíveis e não audíveis pelo Homem. 3. Aparelho para medir o nível e intensidade do som. 4. Onde o som não se propaga. 5. Propriedade que permite distinguir sons produzidos por diferentes fontes sonoras. 6. Técnica usada na localização de cardumes de peixes.
  3. 3. FICHA 3SUSTENTABILIDADE NA TERRA1. SOM CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 8.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. Descobre e sublinha os três erros que existem nos parágrafos que 4. Considera os valores da tabela que se segue: se seguem, corrigindo-os. A B C D E F I. A cadela Laika foi o primeiro animal a viajar no Espaço e talvez tivesse sido mais interessante se ela tivesse a companhia de 0,7 kHz 35 Hz 3 * 10 Hz 3 150 Hz 50 000 Hz 0,005 kHz outro cãozinho. Assim, no Espaço, ambos ouviriam o latir um do outro e a Laika não se sentiria tão só. 4.1. Coloca as frequências anteriores por ordem crescente. 4.2. Identifica, pela respectiva letra, as que são: II. Para além do Espaço, o Homem interessa-se também pelo a) infra-sons; estudo das profundezas oceânicas. Muitos submarinos e navios afundados foram detectados por sonares que utilizam a técnica b) ultra-sons; da refracção do som. c) sons audíveis pelo ser humano. III. No Espaço viajaríamos em naves, nos oceanos poderíamos recor- 4.3. Qual das frequências audíveis pelo ser humano representa o som rer aos navios e em “terra firme” muitos utilizaríamos o comboio mais agudo? Justifica a tua resposta. para nos deslocarmos. Se esperássemos pelo comboio numa estação, conseguiríamos ouvi-lo primeiro através do ar do que se encostássemos o ouvido à linha férrea. 4.4. E o som mais grave? Justifica a tua resposta.2. O gráfico seguinte apresenta, para diferentes meios, os respecti- 5. Qual a velocidade de propagação de uma onda que tem compri- vos valores da velocidade de propagação do som. mento de onda de 0,8 m e frequência igual a 500 Hz? diferentes meios materiais água betão 6. Uma campainha toca dentro do mar. Calcula o tempo necessário aço para se ouvir o som a 1 km de distância da fonte sonora. água do mar Dados: vsom (água) = 1522 m/s oxigénio alumínio ar 0 1000 2000 3000 4000 5000 6000 7000 7. João Garcia, o primeiro português a subir o Evereste, para deter- velocidade de propagação do som (m/s) minar a que distância se encontrava de uma montanha, decidiu Analisa e responde. colocar em prática os conhecimentos que tinha adquirido nas aulas a) Qual o meio material que apresenta a velocidade de propagação de Ciências Físico-Químicas. Quando se aproximou da montanha mais alta? gritou e verificou que o seu cronómetro registava 4 s após o grito. Calcula a distância a que o João Garcia se encontrava da montanha. b) Ordena os diferentes meios materiais por ordem crescente de Dados: vsom (ar) = 340 m/s velocidade de propagação do som. c) Identifica os estados físicos, em condições de pressão e tempera- tura normais, dos diferentes meios materiais. 8. A Juliana encontrava-se a 60 m de distância do muro da escola. Ela gritou pelo nome da sua melhor amiga e ficou espantada quando d) O que podes concluir se relacionares os estados físicos com os após alguns segundos ouviu de novo a sua voz. valores da velocidade de propagação do som? a) Como se chama a propriedade do som evidenciada na situação anterior?3. Completa. Espectro sonoro b) Ao fim de quanto tempo a Juliana ouviu novamente a sua voz? f < 20 Hz Ultra-sons
  4. 4. FICHA 4SUSTENTABILIDADE NA TERRA2. LUZ CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 8.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. Classifica os corpos seguintes em luminosos (L) ou iluminados (I). 4. Em cada caso, representa o raio reflectido e indica o valor do ângulo de reflexão. a) Vela acesa e) Lápis i) Régua a) b) Lua f) Candeeiro aceso j) Flor c) Sol g) Livro k) Lanterna acesa 45˚ d) Terra h) Espelho l) Borracha2. Classifica os seguintes materiais em transparentes, translúcidos e opacos. Assinala com um . b) 75˚ Material Transparente Translúcido Opaco Papel vegetal Cadeira Água c) Livro Nevoeiro Cartolina Vidro3. Considera o seguinte esquema: 5. Observa o seguinte esquema: 5 1 4 2 3 meio 1 meio 2 6 7 a) Faz a legenda do esquema. 1– 2– a) Identifica o fenómeno óptico que está representado no esquema. 3– 4– b) O que aconteceu ao feixe de luz quando passou do meio 1 para o 5– meio 2? 6– 7– c) Por que motivo o feixe de luz muda de direcção? b) Como se chama o fenómeno óptico que ocorre? Enuncia-o. d) Indica um meio material possível para cada um dos meios. 6. A tabela seguinte indica valores da velocidade de propagação da luz no ar, na água, no diamante e no vidro. Preenche os espaços em branco, sabendo que o diamante é o meio mais denso. c) Que relação existe entre os dois ângulos? Velocidade de propagação da luz Meio (km/s) 3 000 000 d) Se o valor do ângulo de incidência for de 30°, qual o valor do ângulo 197 000 de reflexão? Justifica. 225 000 125 000
  5. 5. FICHA 5SUSTENTABILIDADE NA TERRA2. LUZ CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 8.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. a) Faz corresponder as letras da coluna I aos algarismos da coluna II. 3. Completa a seguinte tabela: Tipo de lente Vergência Distância focal Defeitos de visão Coluna I Coluna II + 3,2 D 10 cm Olho normal - 5,8 D 20 cm A 1 4. Uma lente tem de vergência + 2,0 D. (Assinala com um a opção correcta.) Olho hipermetrope a) Significa que: A lente é progressiva B 2 A lente é divergente A lente é convergente b) Que defeito de visão poderá corrigir esta lente: Olho míope Miopia Presbitia Hipermetropia Estrabismo c) A distância focal da lente é: C 3 50 m 0,05 m 50 cm b) Identifica os defeitos de visão nas figuras anteriores. 5. Uma lente tem de distância focal 25 cm. a) Calcula a vergência da lente. c) Quais as lentes adequadas para corrigir os defeitos que indicaste b) Que defeito de visão poderá corrigir a lente? anteriormente? 6. Descobre as palavras que se encontram com as sílabas trocadas e que se relacionam com a luz. Nota: A primeira sílaba começa sempre com letra maiúscula. ve xa Con2. As lentes dos óculos da Inês têm – 3,0 D. Hi pi me a per tro a) De que tipo de lentes se trata? mi lu do I na b) Que defeito de visão possui a Inês? ma le gné E co ctro ti c) Calcula a distância focal das lentes. fle xão Re pe Es lho d) A Inês vê mal ao longe ou ao perto? tra o Ul ta vi le
  6. 6. FICHA 6SUSTENTABILIDADE NA TERRA2. LUZ CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 8.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. Faz corresponder as duas colunas. 4. Procura na sopa de letras os seguintes aparelhos/materiais ópticos: Tipos de espelho Aplicações Microscópio Laser Retroprojector Máquina fotográfica Telescópio 1 Parte polida exterior de uma Binóculos colher Lupa Fibras ópticas 2 Extremo dos retrovisores A T R E F R T E R L E S C P Ó I O B laterais de alguns automó- M I C R Ó T E L E R T E S B I N I T veis A Côncavo O F I B R R E T T A T E V S E N C L I M R Á Q U I T R T A L M O Ó V E L 3 Espelho de “toilette” P R T E L E S C Ó P I O L C P O R T Ó T A M I C R O P A T E U T O A T E 4 Espelhos de segurança dos hipermercados C T E A L A M S R O P L A S E R M A S F O T O G R E O T O E R T A R T Z 5 Parte polida interior de uma O T L M E T E S J S T L M A B T A L Convexo colher R A R T E R O T E P R O J E T A T E B C A L M O P S T C T R O R T A R E B 6 Superfície exterior de uma I O P Q R S L A T A T E R R A T A B bola de Natal M Á Q U I N A F O T O G R Á F I C A A C E T A B O L R L M A B C Q T E P 7 Faróis dos automóveis ou O F I B R A S Ó P T I C A S L M A U motorizadas A P R O J E C R T A T E L M T A R L2. Preenche os espaços, de acordo com as afirmações, e descobre a 5. Completa o diagrama com os termos que se seguem. palavra oculta. 1. Microondas Curvos Infravermelhos Reflexão Mais energética 2. Planos Propriedades Raios X 3. Convexos Ondas electromagnéticas 4. Raios g Convergentes Espelhos 5. Ondas rádio Prismas Ultravioleta Refracção Raios cósmicos 6. 7. Luz 8. 9. é transportada tem diversas por 10. Menos 1. Tipo de espelhos em que as ima- 6. Tipo de lente em que a imagem que se forma energética gens que se formam têm o mesmo é virtual, direita e menor que o objecto. tamanho que o objecto, são direi- 7. Tipo de espelhos existentes nos faróis tas, são simétricas em relação ao dos automóveis (pl.). espelho e são virtuais (pl.). 8. Fenómeno óptico que ocorre quando que se 2. Corpos que emitem luz (pl.). uma colher ou uma palhinha mergu- agrupam 3. Tipo de lente da lupa. lhadas em água parecem quebradas. Dispersão 4. Abertura circular do olho 9. Materiais que não se deixam atraves- humano por onde entra a luz. sar pela luz (pl.). Espectro 5. Radiação electromagnética 10. Tipo de espelho existente na superfície Luz visível electro- ocorre ocorre ocorre menos energética. exterior de uma bola de Natal. magnético3. O espectro electromagnético é constituído por radiações electro- Lentes magnéticas. 3.1. Refere quatro tipos de radiações que constituem o espectro elec- podem ser podem ser tromagnético. Divergentes 3.2. Dos tipos de radiações que referiste, indica: podem ser a) a mais energética; b) a que apresenta menor frequência. Côncavos
  7. 7. FICHA 7SUSTENTABILIDADE NA TERRA3. REACÇÕES QUÍMICAS CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 8.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. Classifica as transformações a seguir referidas em físicas (F) ou 5. Considera as diferentes soluções. químicas (Q). Solução A B C D E F a) Leite a ferver e) Apodrecimento de uma fruta pH 7,5 4,0 5,2 13 7 2,5 b) Prato que parte f) Gelo a derreter c) Lenha a arder g) Folhas das árvores que amarelecem 5.1. Classifica as soluções anteriores em ácidas, básicas ou neutras. d) Ferro a enferrujar h) Carbonização do açúcar 5.2. Coloca as soluções por ordem crescente de acidez.2. A mãe do Ricardo está com azia (excesso de acidez no estômago). a) O que o Ricardo pode aconselhar à mãe para combater esse mal- 5.3. Indica: -estar? a) a solução mais ácida; b) a solução mais básica. b) O que acontece ao pH do estômago à medida que a acidez diminui? 5.4. Que cor irá apresentar a solução D se lhe adicionarmos umas gotas de fenolftaleína? c) Que tipo de reacção está a ocorrer? 5.5. Dá exemplo de um produto de uso doméstico que apresente o mesmo carácter químico que a solução B.3. Quando te levantas uma das primeiras coisas que fazes é lavar os 6. Completa a seguinte tabela: dentes. Cor da solução Cor da solução a) Que carácter químico apresenta a pasta dentífrica? Produto Solução adicionando umas adicionando umas gotas de tornesol gotas de fenolftaleína b) Como podes confirmar o carácter químico desta solução? vermelho Sumo de limão incolor4. Completa as frases que se seguem, de forma que estas se tornem cientificamente correctas. Sumo de laranja A de substâncias origina muitas vezes a sua transformação em substâncias diferentes. Ocorrem, desta forma, trans- formações químicas que também se chamam . Às substâncias iniciais, que dão origem às novas substâncias, Detergente amoniacal chamamos . Às substâncias formadas chamamos . Existem três tipos de reacções: , ácida e reacções de oxidação-redução, nas quais se encontram as Vinagre . As reacções de combustão são reacções químicas que ocorrem entre um e um .O éo material que arde. O é a substância que reage com o Pasta combustível. dos dentes A reacção entre uma solução ácida e uma solução básica chama- -se ou de . As reacções químicas durante as quais ocorre a formação de sais insolúveis são . Água destilada
  8. 8. FICHA 8 SUSTENTABILIDADE NA TERRA 3. REACÇÕES QUÍMICAS CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 8.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. O portão de ferro da Quinta do Sr. José encontra-se cheio de ferru- 4. Preenche os espaços de acordo com as afirmações e descobre a gem. palavra oculta. a) Que tipo de transformação sofre o ferro quando está exposto ao ar? Justifica a tua resposta. 1. 2. 3. 4. 5. 6. b) Escreve a equação de palavras que traduz o que tem vindo a ocor- 7. rer ao portão do Sr. José. 8. 1. Substâncias iniciais de qualquer reacção química (pl.). c) Indica os reagentes e os produtos da reacção. 2. Substâncias onde existe apenas um elemento químico (pl.). 3. Corpúsculos que existem em toda a matéria (pl.). 4. Soluções em que o pH é inferior a 7 (pl.). d) A reacção ocorrida no portão do Sr. José é lenta ou rápida? 5. Reacções de combustão. 6. O que dá uma indicação sobre o pH das soluções. e) O que deveria ter feito o Sr. José para evitar tal situação? 7. Factor que afecta a velocidade de uma reacção. 8. Sal que se dissolve mal na água.2. Das equações químicas que se seguem, identifica as reacções 5. Selecciona a opção correcta. de ácido-base, as de precipitação e as de oxidação-redução 5.1. O depósito “esbranquiçado” que se forma na resistência da (combustão). máquina de lavar roupa deve-se ao: a) HCl(aq) + NaHO(aq) NaCl(aq) + H2O(aq) A – sulfato de cálcio B – carbonato de sódio C – carbonato de cálcio b) AgNO3(aq) + KBr(aq) AgB(s) + KNO3(aq) 5.2. As águas dos rios muitas vezes são poluídas com descargas áci- das provenientes das indústrias. Qual a substância que poderá c) 4 Na(s) + O2(g) 2 Na2O(s) combater a acidez do rio? A – ácido sulfúrico d) H2SO4(aq) + 2 NaHO(aq) Na2SO4(aq) + 2 H2O(l) B – hidróxido de cálcio C – cloreto de sódio 5.3. Quando, durante a digestão, ocorre a produção de suco gástrico,3. Sempre que coze couves, a Dona Rosa adiciona uma colher de café é necessário compensar o organismo com produtos de carácter: de soda. A – alcalino a) Como é conhecida pelos químicos a soda da comida? B – ácido C – neutro b) Porque é que a dona Rosa adiciona uma colher de café de soda às couves? 5.4. As estalactites e estalagmites são fruto da: A – deposição de ácidos B – precipitação de sais C – decomposição da água c) Que nome se dá aos reagentes que desempenham a mesma fun- ção que a soda? E os que desempenham funções contrárias? 5.5. As combustões da madeira, do gás butano e do carvão são: A – combustões vivas B – combustões lentas C – combustões explosivasMC7CFQAA2-02
  9. 9. FICHA 9SUSTENTABILIDADE NA TERRA3. REACÇÕES QUÍMICAS CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 8.° ANONOME N.º TURMAPROFESSOR AVALIAÇÃO1. Completa o quadro. 6. Considera a seguinte tabela de iões: Nome Ião Escreve as fórmulas químicas Nome do elemento dos seguintes compostos iónicos: Cloro Magnésio Potássio químico Bário Ba2+ Símbolo químico Hg Na S Sódio Na+ a) óxido de sódio; 3+ Alumínio Al b) cloreto de alumínio; Potássio K+2. Representa simbolicamente. Cloreto Cl- a) nitrato de potássio; a) um átomo de carbono; Óxido O2- d) carbonato de bário; b) três moléculas de água; Nitrato NO- 3 Carbonato CO2- 3 e) cloreto de amónio; c) sete átomos de hidrogénio; Amónio NH+ 4 d) cinco moléculas de hidrogénio; 7. O cloreto de sódio que, vulgarmente, é conhecido como sal das e) duas moléculas de azoto; cozinhas é constituído pelo catião sódio e pelo anião cloreto. f) uma molécula de oxigénio. a) Escreve a fórmula química do cloreto de sódio.3. Indica quantos átomos de cada elemento possuem as moléculas b) De que tipo de substância se trata? Justifica a tua resposta. abaixo representadas. a) K2SO4 b) Ca3(PO4)2 c) CHCl34. Faz corresponder a cada diagrama uma das seguintes designa- 8. Considera o seguinte esquema químico: ções: substância elementar/substância composta/mistura de K(s) + O2(g) K2O(s) substâncias. a) Indica os reagentes e os produtos da reacção. b) Acerta o esquema químico de modo a representar uma equação A. ___________ B. ___________ C. ___________ D. ___________ química. ___________ ___________ ___________ ___________ c) Como se designa esta reacção?5. Os dados apresentados abaixo dizem respeito a uma água mineral gaseificada. Analisa atentamente e responde. RESUMO DA COMPOSIÇÃO QUÍMICA 9. Considera o seguinte esquema químico: pH (a 20,0 ºC) . . . . . . . . . . 5,43 C(s) + O2(g) CO2(g) Resíduo seco (a 180 ºC) . . 497 mg/l 2- Sulfato (SO4 ) a) Efectua a leitura da equação química. Sódio (Na+) Cálcio (Ca2+) - Bicarbonato (HCO3 ) Magnésio (Mg2+) Cloreto (Cl-) b) Indica os reagentes e os produtos da reacção. 5.1. Identifica os aniões e os catiões. 5.2. Indica um ião que resulte: c) Será que a equação traduz a conservação dos átomos? a) de um átomo que perdeu 2 electrões; b) de um átomo ou conjunto de átomos que ganhou 1 electrão; 10. Acerta os seguintes esquemas químicos: 10.1. NaClO(aq) 2 NaCl(aq) + NaClO3(aq) c) de um átomo que perdeu 1 electrão. 10.2. 2 H2O(l) H2(g) + O2(g) 10.3. Zn(s) + HCl(aq) ZnCl2(aq) + H2(g) 5.3. Qual o carácter químico da água? 10.4. N2(g) + H2(g) NH3(g)
  10. 10. PROPOSTA DE RESOLUÇÃOFICHA 1 d) A velocidade de propagação varia com o estado físico dos diferentes meios mate- riais. Logo, podemos concluir que a velocidade de propagação nos sólidos é maior1 Instrumentos de corda: viola, violino, guitarra, harpa, piano, contrabaixo. do que nos líquidos e nestes maior do que nos gases. Instrumentos de percussão: pandeireta, castanholas, tambor. 3 Espectro sonoro Instrumentos de sopro: clarinete, saxofone, trombeta. f 20 Hz 20 Hz f 20 000 Hz f 20 000 Hz2 A) - 3) - III) B) – 4) – I) C) – 1) – II) D) – 2) – III) Infra-sons Sons audíveis Ultra-sons3 …timbre; …sons graves; …sons agudos; …mais agudo; …mais grave; …intensidade; 4 4.1. F B D A C E. 4.2. a) F; b) E; c) A, B, C e D. …sons fortes ; …sons fracos; …amplitude; …menor … amplitude. 4.3. C, uma vez que quanto maior for a frequência mais agudo é o som.4 A. V. 4.4. B, uma vez que possui menor frequência. B. V. 5 vsom = l * f § vsom = 0,8 * 500 § 400 m/s C. F. As ondas sonoras são ondas longitudinais. D. F. A intensidade do som permite distinguir sons fortes de sons fracos. 6 vsom = d § Dt = d § Dt = 1000 § Dt = 0,66 s Dt vsom 1522 E. V. 7 vsom = 2d § d = vsom * Dt § d = 340 * 4 § d = 680 m5 A T R I N T E N S I D A D E Dt 2 2 S O S T I M E C O T R A B O 8 a) Reflexão do som. T Ã A C A T O M N A G U D O b) dtotal = dida + dvolta = 60 + 60 = 120 m A X T S T A S E D A O E R S d d 120 T E O O N A T E A R S D T A vsom = § Dt = § Dt = § Dt = 0,35 s Dt vsom 340 I L S M B O G R A V E U T O M B F E V S A O Z N I T O E S R A P T R A O T I A T R T FICHA 4 R R P R O P A F E T P L L E 1 Corpos luminosos – a), c), f), k). Corpos iluminados – b), d), e), g), h), i), j), l). E P R O P A G A Ç Ã O P M M M A T O S O N T R A O M N Ó 2 Material Transparente Translúcido Opaco S T F R E Q U Ê N C I A O N Papel vegetal O L S O N T P R E F L E P O Cadeira T A R D I F R A C Ç Ã O L S Água 6 6.1. C. 6.2. D. 6.3. D. Livro Nevoeiro 7 Som / altura / timbre / intensidade / vazio / onda / grave / agudo / Cartolina reflexão / amplitude / difracção / eco / ressonância Vidro FICHA 2 3 a) 1 – raio incidente, 2 – ângulo de incidência, 3 – ângulo de reflexão, 4 – raio reflectido, 5 – normal à superfície, 6 – ponto de incidência, 7 – superfície.1 a) C, b) A, c) B, d) A, e) A, f) B, g) B, h) A, i) C, j) A. b) Reflexão da luz – fenómeno que se verifica quando a luz incide na superfície de2 Som separação de dois meios diferentes e é reenviada para o meio donde provinha. deve-se à sólidos c) Os dois ângulos possuem valores iguais uma vez que o valor do ângulo de incidên- tem as seguintes vibração propaga-se líquidos cia é sempre igual ao valor do ângulo de reflexão. propriedades da gases d) O valor do ângulo reflectido é de 30° porque o valor do ângulo de incidência é sem- fonte sonora pre igual ao valor do ângulo de reflexão. não se propaga vazio 4 a) b) c) timbre intensidade altura 45˚ 45˚ 75˚ distingue relaciona-se com relaciona-se com qr = 45° qr = 75° qr = 0° diferentes sons amplitude frequência 75˚ 0˚3 A) 4 , B) 3 , C) 1 , D) 5 , E) 2 . 5 a) Refracção da luz.4 a) E. A coluna de ar é maior, provocando menor frequência de vibração, logo o som é b) O feixe de luz sofreu um desvio na sua trajectória. mais grave. c) O feixe de luz muda de direcção porque encontra um meio óptico diferente. b) A. A coluna de ar é menor, logo provoca uma maior frequência de vibração, o que d) Por exemplo: meio 1 – ar; meio 2 – água. Uma vez que vágua var ± qr qi . faz com que produza um som mais agudo. c) Flauta de Pã. 6 Meio Velocidade de propagação da luz (km/s)5 1. E C O G R A F I A Ar 3 000 000 2. E S P E C T R O S O N O R O Vidro 197 000 3. S O N Ó M E T R O Água 225 000 4. V A Z I O Diamante 125 000 5. T I M B R E 6. S O N A RFICHA 3 FICHA 5 1 a) A – 2), B – 1), C – 3) b) A – Hipermetropia. C – Miopia.1 I. …no Espaço, ambos ouviriam o latir um do outro (não há atmosfera para transmi- c) A – Lente convergente (hipermetropia). C – Lente divergente (miopia). tir o som através do Espaço, logo os animais não se ouviriam um ao outro). II. …sonares que utilizam a técnica da refracção do som (os sonares utilizam a téc- 2 a) Divergentes. b) Miopia. nica da reflexão do som). 1 1 1 c) V = § f = § f = § f = 0,33 m f = 33 cm d) Vê mal ao longe. III. …conseguiríamos ouvi-lo primeiro através do ar do que se encostássemos o ouvido f V 3,0 à linha férrea (conseguiríamos ouvir o comboio primeiro através da linha férrea 3 Tipo de lente Vergência Distância focal Defeitos de visão do que pelo ar porque o som propaga-se, em geral, mais rapidamente nos sólidos do Convergente + 3,2 D 31,2 cm hipermetropia que nos gases). Convergente + 10 D 10 cm hipermetropia2 a) O aço. b) Oxigénio ar água água do mar alumínio betão aço. Divergente - 5,8 D 17,2 cm miopia c) Estado sólido – betão, aço e alumínio. Estado líquido – água e água do mar. Estado gasoso – ar e oxigénio. Convergente +5D 20 cm hipermetropia
  11. 11. 4 a) A lente é convergente; b) Hipermetropia; c) 50 cm. 6 Cor da solução Cor da solução Produto Solução adicionando umas adicionando umas5 a) V = 1 § V = 1 § V = + 4 D b) Hipermetropia. f 0,25 gotas de tornesol gotas de fenolftaleína6 Convexa; Hipermetropia; Iluminado; Electromagnético; Reflexão; Espelho; Sumo de limão ácida vermelha incolor Ultravioleta; Sumo de laranja ácida vermelha incolorFICHA 6 Detergente básica azul-arroxeada rosa-carmim amoniacal1 A Espelhos côncavos: 3); 5); 7). Vinagre ácida vermelha incolor B Espelhos convexos: 1); 2); 4); 6). Pasta básica azul-arroxeada rosa-carmim dos dentes2 1. P L A N O S 2. C O R P O S L U M I N O S O S Água destilada neutra azul-arroxeada incolor 3. C O N V E R G E N T E 4. P U P I L A 5. O N D A S R Á D I O 6. D I V E R G E N T E 7. C Ô N C A V O S FICHA 8 8. R E F R A C Ç Ã O D A L U Z 1 a) Transformação química porque existe formação de novas substâncias. 9. O P A C O S b) Ferro(s) + Oxigénio(g) Óxido de ferro(s) 10. C O N V E X O c) Reagentes: Ferro (s) e oxigénio(g) Produtos: Óxido de ferro(s)3 3.1. Por exemplo: ondas rádio, microondas, luz visível, raios X. d) Reacção lenta. 3.2. a) Raios X. b) Ondas rádio. e) Deveria ter usado tinta para proteger o ferro do portão do oxigénio do ar.4 A T R E F R T E R L E S C P Ó I O B 2 a) Reacção de ácido-base. c) Reacção de combustão. M I C R Ó T E L E R T E S B I N I T b) Reacção de precipitação. d) Reacção de ácido-base. O F I B R R E T T A T E V S E N C L I M R Á Q U I T R T A L M O Ó V E L 3 a) Bicarbonato de sódio. P R T E L E S C Ó P I O L C P O R T Ó T A M I C R O P A T E U T O A T E b) O bicarbonato de sódio é usado para que as couves cozam mais rápido, ou seja, C T E A L A M S R O P L A S E R M A aumenta a velocidade da reacção. S F O T O G R E O T O E R T A R T Z c) Catalisadores. Inibidores. O T L M E T E S J S T L M A B T A L 4 1. R E A G E N T E S R A R T E R O T E P R O J E T A T E C A L M O P S T C T R O R T A R E B 2. E L E M E N T A R E S I O P Q R S L A T A T E R R A T A B 3. A T O M O S M Á Q U I N A F O T O G R Á F I C A 4. Á C I D A S A C E T A B O L R L M A B C Q T E P 5. O X I D A Ç Ã O R E D U Ç Ã O O F I B R A S Ó P T I C A S L M A U 6. I N D I C A D O R U N I V E R S A L A P R O J E C R T A T E L M T A R L 7. T E M P E R A T U R A 8. I N S O L Ú V E L5 Luz 5 5.1. C 5.2. B 5.3. A 5.4. B 5.5. A. Menos Ondas rádio energética é transportada tem diversas por Microondas Ondas electro- Propriedades FICHA 9 Infraverme- magnéticas 1 Nome do elemento lhos Mercúrio Cloro Sódio Magnésio Potássio Enxofre químico que se Reflexão Refracção Dispersão Luz visível agrupam Símbolo químico Hg Cl Na Mg K S ocorre ocorre ocorre Espectro elec- 2 a) C b) 3 H2O c) 7 H d) 5 H2 e) 2 N2 f) O2 Ultravioleta Espelhos Lentes Prismas tromagnético 3 a) Dois átomos de potássio, 1 átomo de enxofre e 4 átomos de oxigénio. Raios X podem ser podem ser b) 3 átomos de cálcio, 2 átomos de fósforo, 8 átomos de oxigénio. c) 1 átomo de carbono, 1 átomo de hidrogénio, 3 átomos de cloro. Raios g Planos Curvos Convergentes Divergentes 4 A – substância elementar, B – substância composta, C – mistura de substâncias, Mais Raios podem ser D – substância elementar. energética cósmicos 5 5.1. aniões: sulfato 2- (SO 4 ), cloreto (Cl - ), bicarbonato - (HCO 3 ) Côncavos Convexos catiões: sódio (Na+), cálcio (Ca2+), magnésio (Mg2+) 5.2. a) Ca2+ ou Mg2+; b) HCO- ou Cl-; c) Na+.FICHA 7 3 5.3. Ácida.1 Transformações físicas: a), b), f); Transformações químicas: c), d), e), g), h). 6 a) Na2O b) AlCl3 c) KNO3 d) BaCO3 e) NH4Cl2 a) Produtos que sejam básicos para combater a acidez no estômago (ex:. leite de 7 a) NaCl. magnésio). b) Substância composta, é formada por átomos de diferentes espécies químicas. b) O pH aumenta. 8 a) Reagentes: K , O2 Produtos: K2O. c) Reacção de ácido-base. b) 4 K(s) + O2(g) 2 K2O(s)3 a) É uma solução básica. c) Reacção de combustão. b) Para confirmar o carácter químico da pasta dos dentes basta retirar uma amostra 9 a) Carbono sólido reage com oxigénio gasoso dando origem a dióxido de carbono da mesma e adicionar-lhe umas gotas de fenolftaleína e verificar que a cor obtida gasoso. é rosa-carmim. b) Reagentes: carbono, oxigénio; Produtos: dióxido de carbono.4 junção… reacções químicas… reagentes… produtos… c) Verifica-se que o número de átomos de carbono é o mesmo nos reagentes e nos reacções ácido-base… reacções de precipitação… reacções de combustão… produtos e que o número de átomos de oxigénio também é o mesmo nos reagen- combustível… comburente… combustível… comburente… tes e nos produtos. reacção ácido-base… neutralização… 10 10.1. 3 NaClO(aq) 2 NaCl(aq) + NaClO3(aq) reacções de precipitação. 10.2. 2 H2O(l) 2 H2(g) + O2(g)5 5.1. Soluções ácidas: B, C, F. Soluções básicas: A, D. Soluções neutras: E. 10.3. Zn(s) + 2 HCl(aq) ZnCl2(aq) + H2(g) 5.2. C B F. 5.4. Rosa-carmim. 10.4. N2(g) + 3 H2(g) 2 NH3(g) 5.3. a) F b) D. 5.5. Por exemplo, vinagre.

×