Escola democrática

580 visualizações

Publicada em

Esse slide foi
preparado para uma apresentação em uma aula.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
580
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escola democrática

  1. 1. ESCOLADEMOCRÁTICA
  2. 2. TRATA-SE, PORTANTO, DAS MEDIDAS QUE VÊM SENDO TOMADAS COM A FINALIDADE DE PROMOVER A PARTILHA DO PODER ENTREDIRIGENTES, PROFESSORES, PAIS, FUN CIONÁRIOS, E DE FACILITAR A PARTICIPAÇÃO DETODOS OS ENVOLVIDOS NAS TOMADAS DE DECISÕES RELATIVAS AO EXERCÍCIO DAS FUNÇÕES DAESCOLA COM VISTAS À REALIZAÇÃO DE SUAS FINALIDADES.
  3. 3. Atualmente, redes articulam cerca de 500 escolas que se identificam como escolas democráticas, em paísescomo Austrália, Brasil, Canadá, Dinamarc a, Finlândia, Israel, Japão, Nova Zelândia,Rússia, África do Sul, Holanda, Inglaterra e Estados Unidos da América.Desde 1993 ocorre, anualmente, o Inter national Democratic Education Conference (IDEC), em um país diferente a cada ano.
  4. 4. Outro aspecto importante de uma escolademocrática é dar aos estudantes a possibilidade de escolher o que querem fazer com seu tempo. Os estudantes são livres para escolher as atividades que desejam ou que acham que devem fazer. Dessa forma aprendem a terem iniciativa. Eles também ganham a vantagem do aumento da velocidade e no aproveitamento do aprendizado, como acontece quando alguém está praticando uma atividade que édo seu interesse. Os estudantes dessas escolas são responsáveis pelo processo ensino aprendizagem e têm o poder de dirigir seus estudos desde muitos novos.
  5. 5. DEMOCRACIA NA ESCOLA SÓ TEMSIGNIFICADO SE TIVER VINCULADA AUMA PERCEPÇÃO DE DEMOCRATIZAÇÃO DA SOCIEDADE.
  6. 6. A temática sobre a melhoria da qualidadedo ensino das escolas é algo que sediscute e se rediscute há muito tempo. Areflexão acerca da gestão escolarrelativa ao processo docente educativo eo papel orientador do gestor, tendo compano de fundo o impacto nos resultadosdocente educativos. O gestor deve visar osucesso de sua instituição, além deexercer sua liderança administrativa epedagógica, visando à valorização edesenvolvimento de todos na escola.
  7. 7. É muito importante a elaboração doprojeto pedagógico nas escolas.
  8. 8. Com a nova Lei de Diretrizes e Bases(LDB), cada escola, como um todo, dentro de seus contextos, foi convidada a construir seu projeto pedagógico. O problema ainda e que não existe cultura da sua elaboração e, em especial, daconstrução coletiva e do papel orientador do gestor escolar principal pedagogo daescola, isto sem duvida alguma se traduze em resultados fracos no aproveitamento escolar.
  9. 9. O projeto pedagógico é um fator muito importanteno desenvolvimento do curso escolar, o papel dogestor da escola como principal pedagogo nodesenvolvimento do projeto pedagógico escolar deveinfluir de maneira determinante nos resultadosacadémicos positivos da escola, por queconsideramos que o trabalho de orientador e decontrole do gestor da escola, é fator determinanteno desenvolvimento das atividades pedagógicas.Analisar o papel do gestor na condução e nodesenvolvimento do trabalho pedagógico no processoensino aprendizagem visando melhorar as questõespedagógicas e consequentemente obter resultadossatisfatórios.
  10. 10. O QUE DEVE FICAR CLARO PARA O GESTORESCOLAR É QUE ADMINISTRATIVO DEVE ESTARA SERVIÇO DO PEDAGÓGICO, ISTO É, DEVESERVIR DE SUPORTE PARA A CONSECUÇÃO DOSOBJETIVOS EDUCACIONAISDA UNIDADE ESCOLAR. ENTRETANTO, NAGESTÃO DE UMA ESCOLA, A PREPONDERÂNCIADOS ASPECTOS PEDAGÓGICOS SOBRE OSASPECTOS ADMINISTRATIVOS AINDA É, PARAMUITOS GESTORES, UM GRANDE DESAFIO A SERVENCIDO. ISSO SE DÁ DEVIDO À FORMA COMOA GESTÃO DAS ESCOLAS PÚBLICAS ESTÁESTRUTURADA
  11. 11. CONSIDERAÇÕES FINAIS:CONCLUÍMOS QUE OS GESTORES DEVEM TRABALHAR EM CONJUNTO COM A COMUNIDADE ESCOLAR: (PROFESSORES X ALUNOS X FUNCIONÁRIOS X PAIS X COMUNIDADE DO ENTORNO DAESCOLA), BUSCANDO ASSIM DIMINUIR AS DIFICULDADES ENCONTRADAS E NÃO MEDINDO ESFORÇOS PARA TORNAR AGRADÁVEL O AMBIENTEESCOLAR; ESTA FORMA DE GERIR A UNIDADE ESCOLAR NOS FAZ SENTIR QUE ESTAMOS CAMINHANDO PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE ENSINO. NÃO BASTA SIMPLESMENTE SE ARTICULAR COM ESSES SETORES DANDO SOMENTE UM SUPORTE BÁSICO, PRECISAMOS ENVOLVÊ-LOS, REVIGORANDO-OS, FAZENDO-OS SENTIR- SE PARTICIPANTES E SENDO ATUANTES NESSE PROCESSO. CRIAR, PENSAR, DISCUTIR, CONSCIENTIZAR, MOBILIZAR, SÃO INGREDIENTES NECESSÁRIOS PARA UMA BOA INTERAÇÃO DA ESCOLA COM A COMUNIDADE, ONDE TUDO ISSO FAZ PARTE DE UMA GESTÃO COMPARTILHADA. SE CONSEGUIRMOS SEMEAR ESTE SEMENTE NO SEIODA NOSSA ESCOLA, NO FUTURO BEM PRÓXIMO CONSEGUIREMOS COLHER BONS FRUTOS, TAIS COMO: REDUÇÃO DA EVASÃO, DA REPETÊNCIA E A MELHORIA DA QUALIDADE DO ENSINO.
  12. 12. A partir do momento que conseguirmos envolver todosnesta busca, teremos uma comunidade do entornoconservando e valorizando aescola, alunos, funcionários, professores, enfim, todoscomprometidos com a preservação do patrimônioescolar.É possível educar os nossos alunos contagiando-os coma paixão pelo ofício de aprender a ser, aprender afazer e aprender a conviver, por isso cada educadorprecisa conscientizar-se da importância do seu papel ecomprometer-se com a melhoria da vida das crianças edos jovens.Sendo assim, a participação da comunidade escolar nãodepende somente da abertura propiciada pelo corpodiretivo da Escola, mas principalmenteda CONSCIENTIZAÇÃO dos diversos segmentosacerca da importância de cada um no processopedagógico.
  13. 13. Entendemos que esse não é um processo rápido, mas se bem conduzido, será lento, mas eficiente, afinal nãoestaremos construindo paredes e muros e sim CONTRUINDOCIDADÃOS, autônomos, responsáveis e participativos.
  14. 14. REFERÊNCIAShttp://br.monografias.com/trabalhos3/gestao-escolar/gestao-escolar.shtmlwww.wikipédia.comhttp://escolademocracia.blogspot.com.br/http://www.moodle.ufba.br/mod/book/view.php?id=10246&chapterid=9731http://pedagogiaescolaradm.blogspot.com.br/2009_11_01_archive.html

×