Patrick Thouin
A menina
que chorava
borboletasQuando nasceu sonhava ser a alegria de alguém.
Mas agora, não mais sonhava.
De sua comida que já é só restos
Hoje nem restos ela ganhou.
Está uma noite fria de inverno.
Morrendo de sede por água ela...
Patrick Thouin
Aline olhou mais uma vez para o canto e tudo
o que viu foi o escuro vazio. A luz de seu olhar
voltara a des...
Patrick Thouin
“Minha boneca de pano estou tão cansada...”
“Minha boneca de pano, estou triste...”
“Minha boneca da pano, ...
Patrick Thouin
Aline correu e se trancou no quarto.
Naquela noite a menina não sentiu fome,
não sentiu frio, e por incríve...
Ebook - "A menina que chorava borboletas"
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ebook - "A menina que chorava borboletas"

270 visualizações

Publicada em

A MENINA QUE CHORAVA BORBOLETAS

A triste história de uma menina que é mal tratada por sua madrasta e cuja única amiga, é uma velha boneca feita de trapos.
Esta menina sonha todos os dias com sua mãe, o único exemplo de amor que teve, mas que perdeu ainda muito cedo , seu sofrimento é tanto, que nem chorar ela consegue mais.

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
270
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ebook - "A menina que chorava borboletas"

  1. 1. Patrick Thouin A menina que chorava borboletasQuando nasceu sonhava ser a alegria de alguém. Mas agora, não mais sonhava.
  2. 2. De sua comida que já é só restos Hoje nem restos ela ganhou. Está uma noite fria de inverno. Morrendo de sede por água ela suplica, Mas aos berros é repreendida. Patrick Thouin
  3. 3. Patrick Thouin Aline olhou mais uma vez para o canto e tudo o que viu foi o escuro vazio. A luz de seu olhar voltara a desaparecer. Deu um longo e penoso suspiro, pegou sua boneca e voltou a se deitar.
  4. 4. Patrick Thouin “Minha boneca de pano estou tão cansada...” “Minha boneca de pano, estou triste...” “Minha boneca da pano, minhas mãos estão doendo tanto...” “Minha boneca de pano, estou com fome, não comi nada hoje...”
  5. 5. Patrick Thouin Aline correu e se trancou no quarto. Naquela noite a menina não sentiu fome, não sentiu frio, e por incrível que pareça, não sentiu dor.

×