 Escola: Célestin Freinet. Data: 18/07/12 Alunos: Paloma Santos, Mércia  Santos, Alana Kathleen, Marcus  Vinícius. Pro...
A partir de 1930 o setor industrial passou aser um dos grandes destaques por causa daforte mudança na estrutura da socieda...
Os direitos trabalhistas foram consolidadosno Estado Novo com a Consolidação dasLeis Trabalhistas (1943), que vigora atého...
Para a doutrina e mobilização popular e trabalhadora, o controle     da opinião pública e para a legitimação do governo, o...
O       Estado      também       mobilizou    intelectuais, artistas e músicos para    ajudarem       na      legitimação ...
Em 26 de novembro de 1930 é criado o Ministériodo Trabalho, Indústria e Comércio. No anoseguinte o Estado amplia o control...
Vargas, embora tenha sido um presidenteditador, trouxe muitos benefícios para apopulação. Ele tomou medidas favoráveisaos ...
http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20101027055510AA5r6Rlhttp://www.suapesquisa.com/vargas/http://www.mundovest...
Ações trabalhistas e sindicais na era vargas (slide)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ações trabalhistas e sindicais na era vargas (slide)

6.827 visualizações

Publicada em

0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.827
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ações trabalhistas e sindicais na era vargas (slide)

  1. 1.  Escola: Célestin Freinet. Data: 18/07/12 Alunos: Paloma Santos, Mércia Santos, Alana Kathleen, Marcus Vinícius. Professor: Jaime
  2. 2. A partir de 1930 o setor industrial passou aser um dos grandes destaques por causa daforte mudança na estrutura da sociedade.O desenvolvimento industrial favoreceubastante o crescimento das cidades e porconsequência também a da classe operária.Isso tudo graças ao ex-presidente do BrasilGetúlio Vargas, que governou de 1930-1945.Getúlio apesar de ter sido um ditador sepreocupou bastante com o crescimentoeconômico do país, fazendo com a classeoperária se expandisse.
  3. 3. Os direitos trabalhistas foram consolidadosno Estado Novo com a Consolidação dasLeis Trabalhistas (1943), que vigora atéhoje. Eram direitos trabalhistas de antigasreivindicações dos trabalhadores, como odescanso semanal remunerado, fériasremuneradas, regulamentação da jornadade trabalho de oito horas, salário mínimo e A legislação trabalhista acabou se tornando em um excelente instrumento de subordinação doaposentadoria. trabalhador ao universo das leis e da fábrica. A proteção do trabalhador vinha acompanhada de uma forte vigilância e um controle de sua conduta, com a supressão do direito de greve e da livre associação sindical. Os próprios sindicatos, a partir do Decreto-lei n° 19.770, estavam diretamente subordinados ao Ministério do Trabalho, que permitia somente um sindicato por categoria e impedia a realização de relações políticas e internacionais de seus associados.
  4. 4. Para a doutrina e mobilização popular e trabalhadora, o controle da opinião pública e para a legitimação do governo, o Estado Novo contou com uma forte máquina de propaganda, o Departamento de Imprensa e Propaganda(DIP), EM 1939, como instrumento de difundir as ideias que norteavam o Estado Novo. O DIP foi a verdadeira máquina de propaganda do governo varguista, construiu a imagem de Getúlio e o culto à sua personalidade. O DIP teve também forte atuação junto a todos os meios de comunicação, sobretudo o rádio e a imprensa escrita. Também incentivava e controlava, através da censura, as atividades culturais. O cinema, o teatro e, sobretudo, o rádio eram vistos e utilizados como elementos educadores por excelência, deviam exaltar a cultura nacional e o civismo, e formar o sentimento de nacionalidade no povo brasileiro. CensuraEm 1938, vai ao ar pela primeira vez oprograma Hora do Brasil, cujatransmissão tornou-se obrigatória emtodas as emissoras do país. Produzidopelo DIP, a Hora do Brasil tinha afinalidade de divulgar as realizações dogoverno, além de apresentarmúsicas, noticias e discursos queestimulassem o orgulho nacional, adisciplina e bons hábitos de trabalho. Hora do Brasil, cuja transmissão tornou-se obrigatória em todas as emissoras do país.
  5. 5. O Estado também mobilizou intelectuais, artistas e músicos para ajudarem na legitimação do governo, contribuindo para difundir sua ideologia. O uso da cultura popular de massas se fez principalmente com a utilização da música popular, sobretudo o samba. O SambaO governo de Getúlio buscouapoio nos sambistas para O sambaconquistar a simpatia dasmassas. O DIP promovia carnavalesco de Aryregularmente concursos Barroso conhecidomusicais, sempre incentivando como “Aquarela dotemas que exaltassem as Brasil” (1939) comvirtudes e belezas do Brasil, tais sua temática ufanistamúsicas firam conhecidas como e patriótica se“samba-exaltação” ou samba adequou“apologético-nacionalista”, que perfeitamente aose aliavam adequadamente àideologia do Estado Novo. governo nacionalista de Vargas.
  6. 6. Em 26 de novembro de 1930 é criado o Ministériodo Trabalho, Indústria e Comércio. No anoseguinte o Estado amplia o controle sobre ostrabalhadores com a lei da sindicalização: aparticipação de estrangeiros na diretoria dossindicatos é limitada, o mandato dos diretoressindicais é de apenas um ano, sem direito àreeleição.As entidades são proibidas de desenvolverqualquer atividade política e seus estatutos econtabilidade precisam ser aprovados peloMinistério do Trabalho. Mesmo com essasrestrições, o período é marcado por um grandenúmero de greves lideradas por comunistas e socialistas. Conquistas trabalhistas – O governo Vargas atende a várias reivindicações operárias. Em 1932 a jornada de trabalho passa a ser oficialmente de oito horas e o trabalho da mulher e do menor é regulamentado. É estabelecido o princípio de salário igual para trabalho igual e as mulheres ganham o direito à licença- maternidade de dois meses. A lei de férias, criada em 1926, é regulamentada em 1933, mas apenas algumas categorias de trabalhadores urbanos gozam de tal direito. Ainda em 1933, a previdência social começa a ser organizada sob o controle do Estado e são criados os institutos de aposentadorias e pensões (IAPs).
  7. 7. Vargas, embora tenha sido um presidenteditador, trouxe muitos benefícios para apopulação. Ele tomou medidas favoráveisaos trabalhadores, fazendo com quefossem gerados empregos noBrasil, favorecendo aos trabalhadoresempregos dignos. Essas medidas foramtão eficazes que foi nessa área que eledeixou a sua marca registrada.
  8. 8. http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20101027055510AA5r6Rlhttp://www.suapesquisa.com/vargas/http://www.mundovestibular.com.br/articles/2774/1/ERA-VARGAS-1930- 1945/Paacutegina1.htmlhttp://google.com.br/imagens

×