Pt mac edias

171 visualizações

Publicada em

Fórum de Biodiversidade e Turismo Náutico. Açores

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
171
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pt mac edias

  1. 1. GESTÃO DE ECOSSISTEMAS INSULARES E RESTAURO DE SERVIÇOS AMBIENTAIS FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO Eduardo Dias Universidade dos Açores GEVA-Gabinete de Ecologia Vegetal e Aplicada Email: edias@uac.pt Angra do Heroísmo| Plataforma Tecnológica da Macaronésia| 5 Outubro 2015
  2. 2. GEVA – Gabinete de Ecologia Vegetal e Aplicada GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   Sumário:   o  A  fragmentação  da  paisagem  endémica   o  Ordenamento  e  gestão  ambiental   o  A  fragmentação  e  conservação  da   biodiversidade   o  Importância  da  conecLvidade  em  ilhas   o  Serviços  e  processos  inter-­‐sistémicos   •  As  florestas  de  nuvens   •  As  Turfeiras   •  As  zonas  costeiras   o  O  restauro  e  a  conservação  da  biodiversidade   •  A  estação  experimental  da  Lagoa  do   Negro   o  Conclusões  
  3. 3. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  A  fragmentação  da  paisagem  prisLna                              e  a  quebra  de  recursos  e  funções  
  4. 4. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  A  fragmentação  da  paisagem  prisLna                              e  a  quebra  de  recursos  e  funções   •  Erosão   •  Perda  de  solos   •  Desiquilibrios  ambientais   •  Cheias   •  Perda  de  recursos  hídricos  
  5. 5. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  Ordenamento  e  gestão  ambiental   •  Reserva  Ecológica  Nacional  (REN)   •  Reserva  Agrícola  Nacional  (RAN)   •  Planos  de  ordenamento  áreas   protegidas  (RN2000)  
  6. 6. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  A  fragmentação  dos  ecossistemas                    e  a  conservação  da  biodiversidade  
  7. 7. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  A  fragmentação  dos  ecossistemas                    e  a  conservação  da  biodiversidade   0 10000 20000 30000 40000 50000 60000 70000 80000 90000 Habitats C harn  mac  Falés  calh  rolados Florest  J uniper L auris  macar  Turf  cobert  Turf  altas  degr  *  Turf  arb  Grutas  não  explor  C ampos  de  lava  escav  P rad  mesó  Vert  roch  silici  Veg  det  maré Turf  altas  activas  L agos  charc  distró  Águas  estagn  Veg  calh  rol  Matos  termomed  R och  silici  C harn  alpin  P rad  S par  Turf  transição C harc  temp  med  C urs  de  água  alpin  P rad  salg  med L ag  cos Dun  fixas Área(ha) Área de habitats Corvo Faial Flores Graciosa Jorge Maria Miguel Pico Terceira
  8. 8. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  Importância  da  conecLvidade  em  ilhas   Euphrasia  grandiflora  
  9. 9. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  Importância  da  conecLvidade  em  ilhas   Angelica  lignensis  (Melanoselinum)  
  10. 10. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  Serviços  e  processos  inter-­‐sistémicos   •  As  Turfeiras  Angelica  lignensis  (Melanoselinum)   Turfeiras estudadas Açores Volume total estimado para os Açores (m3) / turfeira Tipologia das turfeiras Volume médio (m3 (água).m-3 (turfa)) Volume médio (m3 (água).m-2 (turfa)) ( Á r e a t u r f e i r a 10000 m2) Sobrelevadas 0.95 0.67 5.2 48952 Transição 0.98 0.78 133.0 1329453 Base 0.99 1.62 82.5 815116
  11. 11. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  Serviços  e  processos  inter-­‐sistémicos   •  As  Turfeiras   e  a   Angelica  lignensis  (Melanoselinum)  
  12. 12. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  Serviços  e  processos  inter-­‐sistémicos   •  As  Florestas  de  nuvens  
  13. 13. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  Serviços  e  processos  inter-­‐sistémicos   •  As  Florestas  de  nuvens  
  14. 14. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  Serviços  e  processos  inter-­‐sistémicos   •  As  Florestas  de  nuvens  
  15. 15. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  Serviços  e  processos  inter-­‐sistémicos   •  A  relação  com  as  zonas  costeiras  
  16. 16. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  O  restauro  e  a  conservação  da  biodiversidade   Model of potential distribution of peatlands, for Pico da Vara
  17. 17. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  O  restauro  e  a  conservação  da  biodiversidade   •  A  estação  experimental  da  Lagoa  do   Negro  
  18. 18. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  O  restauro  e  a  conservação  da  biodiversidade   •  A  estação  experimental  da  Lagoa  do   Negro   2006 (Source of the Photo: Secretaria Regional do Turismo e Transportes dos Açores, Governo Regional dos Açores 2013 (Source of the Photo: Google Earth) 2015 (Source of the Photo: Drone © Eduardo Dias) Distribuição do Sphagnum no Campo Experimental da Lagoa do Negro de 2006-2015
  19. 19. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   o  Conclusões   •  O  nível  de  fragmentação  do  território  é   muito  elevado  na  Macaronésia   •  A  dimensão  de  muitas  populações  é  muito   reduzido,  com  elevado  grau  de  isolamento   •  Em  sistemas  insulares  a  interdependência   entre  os  ecossistemas  de  uma  paisagem   pode  ser  mais  elevada  para  garanLr  os  níveis   de  serviços  essenciais  a  cada  habitat.   •  A  conservação  da  biodiversidade  pode   depender  fortemente  dos  níveis  de   conecLvidade  entre  ecossistemas   •  O  restauro  ecológico  mostra  ser  válido  para   garanLr  a  recuperação  das  funções  de   sustentabilidade  das  paisagens  insulares  e  a   conservação  das  espécies.  
  20. 20. FÓRUM DE BIODIVERSIDADE E TURISMO NÁUTICO GESTÃO  DE  ECOSSISTEMAS  INSULARES  E  RESTAURO  DE   SERVIÇOS  AMBIENTAIS   Obrigado  

×