http://paroquiamodelo.blogspot.com      Paróquia Nossa Senhora Aparecida   Informativo Paroquial   Ano 2 - Edição 05 - Mai...
2                                                                                                   http://paroquiamodelo....
http://paroquiamodelo.blogspot.com                                                                                        ...
4                                                                                                         http://paroquiam...
http://paroquiamodelo.blogspot.com                                                                                        ...
6                                                                  http://paroquiamodelo.blogspot.com                     ...
http://paroquiamodelo.blogspot.com                          7                                            Fatos e fotos par...
8                                                   http://paroquiamodelo.blogspot.com                                    ...
http://paroquiamodelo.blogspot.com                                                                                        ...
10                                                                                                        http://paroquiam...
http://paroquiamodelo.blogspot.com                                                                                        ...
12                                                                                                       http://paroquiamo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Boletim Informativo - maio 2012

862 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
862
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Boletim Informativo - maio 2012

  1. 1. http://paroquiamodelo.blogspot.com Paróquia Nossa Senhora Aparecida Informativo Paroquial Ano 2 - Edição 05 - Maio 2012 Maria Santíssima Rogai por nós!CatequeseSaiba tudo a respeito daUnção dos Enfermos - OSacramento da Cura Página 5Cerco de JericóVeja toda a programa-ção e escala dessa se-mana abençoada Páginas 8 e 9Coluna JovemLeia sobre o verdadeirosim da jovem Maria ejunte-se a ela na cami-nhada com Jesus Página 10
  2. 2. 2 http://paroquiamodelo.blogspot.com Editorial Sua Santidade Aprender com Maria a ser repleta de amor, para poder anunciar com valentia a todos os homens que construtores de uma nova ele é o salvador do mundo. Quando do encerramento do humanidade mês mariano de 2009, disse o Santo C idade do Vaticano – O Padre: “Em Pentecostes, a Virgem Mãe se mostra novamente como Papa iniciou, neste mês de março, uma nova série de catequeses sobre Esposa do Espírito para uma mater- a oração no Livro dos Atos dos Após- nidade universal em relação a todos tolos e nas Cartas de S. Paulo. aqueles que foram gerados por Deus mediante a fé em Cristo. Eis o motivo Maria foi a primeira a ter acolhido Bento XVI inaugurou esta Cristo e por isso recebeu a alegria nova série falando da presença oran- pelo qual Maria é para todas as gera- ções imagem e modelo da Igreja, que plena do Espírito Santo. Seguindo-a te de Maria. Enquanto a anunciação e imitando-a, somos todos chamados nos narra a presença de Maria no com o Espírito caminha no tempo in- vocando o retorno glorioso de Cristo: a viver esse estado de graça: começo da vida terrena de Jesus, nos “Na escola de Maria apren- Atos dos Apóstolos a vemos reunida “Vem, Senhor Jesus”” No encerramento do mês demos também nós a reconhecer a com eles, à espera da vinda do Es- presença do Espírito Santo em nossa pírito Santo, acompanhando com sua mariano de 2005, já havia sido dito: vida” e a “crescer segundo a plenitude Estamos em plena oração silenciosa os primeiros pas- Nós podemos dirigir-nos a Maria com a oração – exortava o Pontífice. de Cristo”. O Pontífice convida-nos aPáscoa, e nada melhor que viver sos da Igreja. Em particular, com o Terço que “nos aprendermos de Maria “cuja fé nãoeste tempo, na presença de Maria A presença de Maria, de Naz- tem sombras nem manchas”, disse oSantíssima! Nossa cultura e de- aré a Jerusalém, passando pela cruz, faz repercorrer os eventos da vida do Senhor na companhia de Nossa Santo Padre em maio de 2010.voção popular é consagrar o mês é caracterizada pela capacidade de manter um clima perseverante de Senhora, conservando-os, como Ela,de Maio a Maria Santíssima, mês em nosso coração”. Desse modo, o Por: Flávio Tambelinidas flores, mês das mães, mês recolhimento. Com os apóstolos, Ma- Fonte: Radio Vaticano ria se encontra em oração com e na Santo Padre dirige o seu pensamentodas noivas (embora ninguém es- à relação especial entre Maria, o Es- Igreja. Maria nos ensina a necessi-tar casando mais neste mês) . Um pírito Santo e a Igreja: dade da oração e de manter com seumês muito bonito nos envolvendo Filho uma relação constante, íntima e O Pontífice recorda-nos quena mística do amor maternal deMaria. Com Maria, vivemos a ex-periência do Cristo Ressuscitado, O Pastor entre nósque nos comunica a sua paz e nos apelo: Arrependam-se e convertam- escolhas, que não estão nos levando se para que seus pecados sejam per- para nos realizar conforme o projetoenvia em missão. Com Maria ai- doados (At 2,38). do Senhor. Mas a segunda atitude énda, reunida com os apóstolos no Fé é receber, acolher com a resposta que vai dar sentido a meuCenáculo, clamamos e invocamos amor o dom da salvação que vem de gesto de renúncia para renovar deo Espírito Santo na Solenidade de Deus por meio do próprio Cristo. É fato toda a minha vida. É mais impor-Pentecostes, precedida pelo nos- entrega pessoal a Jesus, crendo nele tante, é o que desde o início deveriaso III Cerco de Jericó, momento como a única resposta certa, para re- ter feito e não o fiz.de muitas graças e bênçãos alizar nossa vida nesta terra e para A conversão é a manifesta-para nossa Paróquia, e desde conduzir as pessoas pelo melhor ção da fé: vamos viver de acordo comjá, fazemos o convite com Maria, caminho A fé é uma condição indis- o que cremos, como as novas criatu-venha participar conosco ado- pensável para receber e viver a sal- ras que Cristo nos fez, irmãos de to-rando ao Santíssimo Sacramento Fé e Conversão - em 19 de vação. Conversão é o chamado das as pessoas, filhos de um mesmosete dias e sete noites. Venha Pai e animados por um só Espírito. abril de 2012. para uma vida melhor perto e junto Então também saberemos usar dosbeber das fontes abundantes do de Deus. A iniciativa vem de Deus. Énosso Salvador. Em maio, Jesus E ntrando em contato com o Senhor que nos converte. É ele ai- bens materiais, como desenvolvim- ento e progresso para a vida humana,te espera, e Maria também... a evangelização, e ouvindo a men- nda que nos abre o coração para crer à luz dos critérios do Evangelho. sagem do evangelho de Cristo, o pri- em sua Palavra. Implica dois movi- O Espírito Santo, fonte de Por Pe. Rodrigo meiro gesto nosso é crer em Jesus mentos: Sair de, da vida de pecado. vida, completa o trabalho de Jesus, para viver sua vida. A salvação é em Deixar para trás os caminhos que nos confirmando tudo o que Jesus nos primeiro lugar um dom de Deus, que afastam do Senhor e dos irmãos. Ir a pede. Ele nos guia até a verdade começa a acontecer em nós quando Deus por meio de Jesus Cristo pelo completa, aumentando em nós a co- respondemos ao convite do Senhor. poder e amor. municação com Deus e realizando Sempre qualquer dom de Deus nos é O primeiro gesto tem um com todos um só corpo, uma só famí- apresentado não como uma entrega valor de decisão, afastar-se de uma lia. simples, mas esperando uma acolhi- vida em que Deus não tem lugar prin- Por: Flávio Tambelini da e uma resposta. Termina com este cipal. É um esvaziar-se de coisas, de Fonte: Diocese de Petrópolis
  3. 3. http://paroquiamodelo.blogspot.com 3 Matéria da capa Imaculada, precedeu a vinda do Sal- inicia-se a Nova Aliança. Ela acredi- Igreja, porRedemptores Mater vador, o nascer do Sol da Justiça na tou e na Anunciação, tem-se o ponto sua vez, nas história do gênero humano. Com isto, de partida para sua peregrinação, tentações o Concílio de Éfeso em 431 declarou, sua caminhada na fé. Acreditar pois, e tribula- N este mês de Maio, sendo com grande alegria dos cristãos,a quer dizer “abandonar-se” à própria ções, nãoo Mês de Maria, achei por sem tran- verdade sobre a maternidade divina verdade da Palavra de Deus vivo, deixa descrever alguns trechos da Carta Encí- de Maria, confirmada solenemente sabendo e reconhecendo humilde- repetirclica Redemptores Mater, ( A Mãe do como Mãe de Deus (Theotókos) , mente “quanto são insondáveis os com Ma-Redentor) de João Paulo II do ano uma vez que, por obra do Espírito seus desígnios, e Maria abandonou- ria as pa-de 1987, sugerindo ainda que pro- Santo, concebeu no seu seio virginal se na obscuridade da fé, aceitando lavras docurem ler na integra este documento e deu ao mundo Jesus Cristo o Filho plenamente e com o coração aberto Magnificatriquíssimo sobre a Mãe de Deus. Que de Deus consubstancial ao Pai. tudo aquilo que é disposição dos de- indican-posamos aprofundar mais a nossa fé O Concílio Vaticano II, apre- sígnios divinos. do-nosem Maria, e sabendo que amando-A, sentando Maria no mistério de Cristo, Na Cruz, Jesus no-la dá por todo oestamos fazendo a vontade do seu encontra desse modo o caminho para mãe “ Mulher, eis ai teu filho...Eis tua poderFilho. aprofundar também o conhecimento mãe”. Aqui, a maternidade de Maria d e A Mãe do Redentor, tem um do Mistério da Igreja. Maria de fato, em relação aos homens é claramente Deus.lugar bem preciso na historia da sal- como Mãe de Cristo, está unida de estabelecida, maternidade esta, gera- Por fim, Maria participa comovação, porque, “ ao chegar a pleni- modo especial com a Igreja. Sendo da pela fé, que é fruto do novo amor, já dissemos, por uma graça especialtude dos tempos, Deus enviou seu Maria “A cheia de graça”, como dis- que amadureceu definitivamente aos de Deus, sua cooperação participa,Filho nascido duma mulher, nascido sera o Anjo, coopera no plano divino pés da Cruz, mediante a sua partici- com seu caráter subordinado, na uni-sob a Lei, a fim de resgatar os que da Salvação, e em Maria, encontra- pação no Amor redentor do Filho. versalidade da mediação do Reden-estavam sujeitos à Lei e para que nós se já profeticamente delineada na Na Igreja nascente, Maria tor, único Mediador. Deste modo arecebêssemos a adoção de filhos, promessa da vitoria sobre a serpente, tem seu lugar, onde “assíduos os maternidade de Maria perdura inces-Deus enviou aos nossos corações feita aos primeiros pais caídos no apóstolos na oração com Maria, a santemente na Igreja, como media-o Espírito de seu Filho que clama: pecado. “Cheia de graça por que Mãe de Jesus(At 1,14) marca com ção que intercede, e a Igreja exprime“Abbá!”“ Pai!”(Gl 4,4-6). fora cumulada por uma “Graça ex- sua presença materna o início de um a sua fé nessa verdade invocando-a Esta “plenitude” indica o traordinária”, imune do pecado origi- novo Israel, que está a caminho até sob os títulos de Advogada, Auxiliad-momento da Encarnação, quando nal, redimida de um modo mais sub- que Jesus venha, um caminho que ora, Perpétuo Socorro e Medianeira.o Verbo se faz Carne, iniciando um lime, em virtude da riqueza da graça é marcado pela fé, pela virtude do Neste mês de maio, con-novo tempo de salvação. E Maria já do amado Filho e por motivo dos mer- Senhor Ressuscitado, e dissemos, fiemos mais em Maria , rezemos ofora preparada para a chegada desta ecimentos redentores daquele que que ao ,longo desta peregrinação, terço todos os dias, ou o Magnificat,plenitude, por sua Imaculada Con- haveria de tornar se seu Filho. Maria se faz presente , como aquela ofereçamos flores a alguma ima-ceição, e assim como a Estrela da Por que acredita, Maria que é feliz porque acreditou, torna-se gem, façamos algum gesto de amor,Manhã, conjutamente com a aurora, caminha, peregrina na fé, como então, espelho para a Igreja. Cantan- àquela que é nossa Mãe.precede o nascer do Sol, assim tam- Abraão, “nosso pai na fé”(Rm 4,12) do o “Magnificat”, Maria mostra a suabém Maria, desde a sua Conceição que inicia a Antiga Aliança, em Maria, presença na caminhada à Luz, e a Por Pe. Rodrigo Conheçendo a fé irá afundar. somos cristãos verdadeiramente, que para assim chegar à felicidade final.Principio, meio e fim. Porque comparar a nossa por atitude e vontade dizemos que Pois, é por Ele, Com Ele e n’Ele que (De operae vida com um barco? Diria o sábio: “Oh! Alma, pois quando és com- sim, e ai começa o nosso processo de conversão diária. Entre muitos somos e nos movemos. Se Cristo não é principio, meio e fim, da minha Christianorum) parada a algo inferior a ti, por von- barcos, entramos naquele de São Pe- fé, da minha casa, do meu trabalho, tade própria torna-te o que realmente dro, que o próprio Jesus Cristo entrou da minha pastoral, outra coisa será. és!” O que quer dizer isso? Quando para pregar aos povos, dessa mesma Quem fica por ai ficando de qualquer P odemos nos perguntar alguém nos trata com inferioridade, forma, pelo batismo e a configuração forma, vai ficar quando Jesus voltar.constantemente: Para que ou quem sempre queremos cobrar nosso di- com cristo, também subimos nesta Sejamos sábio, e colocaremos cadafaço isso? Porque ou por quem faço reito e dignidade. Se cremos, se pro- barca para pregar com a vida. Não coisa em seu devido lugar, e assimtal coisa? Essas perguntas deveriam fessamos, se pelo batismo somos somos o barco, mas estamos nele, faremos como o Divino Mestre: “deser constantes no decorrer do nosso cristãos. Não há o porque nos portar- para ir em direção a terra prometida, a Deus o que é de Deus e a Cesardia, em nossa casa, em nosso trabal- mos como se não fossemos. O cris- o Reino dos Céus. o que é de Cesar.” Quando o Mestreho, em nossas pastorais. Pois se não tão precisa ser um outro Cristo aonde Com isso, podemos agora não vem à frente, o discípulo entraa fazemos constantemente, começa- ele estiver, e principalmente nos am- entender e responder aquelas pri- por caminhos errados.mos a fazer tudo, e logo no meio para- bientes não religiosos, pois, ali que meiras perguntas que fizemos, e commos e não terminamos nada. Nota-se ele evangelizará, não pela pregação, toda certeza e clareza poderemos le- Por Seminarista Rafael Augustoque esse parece ser o mal do mundo mas, pelo testemunho de vida, em var o nome de cristãos sobre nossocontemporâneo e corremos o grande atitude orante, contemplativa, fra- semblante, pois é dele que parte todarisco de estar entrando em barco sem terna e servidora. Assim, tem razão o nossa força para atuar no mundo, erumo nem direção, que cedo ou tarde sábio, pois, é quando dizem que não é ele em nós que pratica toda ação,
  4. 4. 4 http://paroquiamodelo.blogspot.com Liturgia ção do mundo inteiro [1]. liturgia da Palavra se compõe essen- Evangelho: Jesus nos fala apre- Liturgia da Palavra É enorme a importância da cialmente da proclamação da Palavra sentando-nos o Reino de Deus. Sagrada Escritura na celebração da de Deus e a resposta da assembleia Homilia: O Padre explica as leituras e (1 ª parte) Liturgia. Porque é a ela que se vão pela oração. o Evangelho. A parte principal da liturgia buscar as leituras que se explicam na homilia e os salmos para cantar; Estrutura da Liturgia da Palavra: Primeira Leitura: Passagem tirada do Profissão de Fé (Credo): Momento em que professamos tudo aquilo queda palavra é constituída pelas leiturasda Sagrada Escritura e pelos cantos com o seu espírito e da sua inspira- Antigo Testamento (parte bíblica que como cristãos devemos acreditar.que ocorrem entre elas, sendo de- ção nasceram as preces, as orações prepara a vinda do Messias). Durante Oração dos Fiéis: A comunidade re-senvolvida e concluída pela homilia, e os hinos litúrgicos; dela tiram a sua a Páscoa se lê os Atos dos Apóstolos. unida reza pela Igreja e por todas asa profissão de fé e a oração univer- capacidade de significação as ações Salmo de Resposta: É um canto ou pessoas do mundo.sal ou dos fiéis. Pois nas leituras ex- e os sinais. Para promover a reforma, um salmo que nos ajuda a entenderplanadas pela homilia, Deus fala ao o progresso e adaptação da sagrada melhor a mensagem da primeira lei- Liturgia, é necessário, por conse- tura.seu povo, revela o mistério da reden-ção e da salvação, e oferece alimento guinte, desenvolver aquele amor Segunda Leitura: Passagem tirada do “A palavra se fazespiritual; e o próprio Cristo, por sua suave e vivo da Sagrada Escritura Novo Testamento, de uma das cartas oração.”palavra, se acha presente no meio de que dá testemunho a venerável (epístolas) dos Apóstolos (Filipens- Deus abençoe.dos fiéis. Pelo silêncio e pelos cantos tradição dos ritos tanto orientais como es, Gálatas, Romanos, 1ªCoríntios,o povo se apropria dessa palavra de ocidentais [2]. 2ªCoríntios, etc.).Deus e a ela adere pela profissão de Desde os primeiros séculos do Cris- Aclamação do Evangelho: Nesta hora Por Paulo Roberto de Oliveira.fé; alimentado por essa palavra, reza tianismo, a celebração Eucarística ouvimos o padre anunciar a Mensa- era precedida de leituras da Sagrada gem de Jesus. Por isso cantamos [1] Instrução Geral do missal Romano, nº 55na oração universal pelas necessi- Escritura. Hoje, como antigamente, a “Aleluia” (que significa “alegria”). [2] Sacrosantum Concilium, nº24dades de toda a Igreja e pela salva- Devoção litúrgicos; outros são históricos, que nhora, confiança na intercessão de Maio - Mês das vem através dos séculos, oriundos Santa Rita de Cássia São João Batista e de Santo Agosti- da devoção, piedade, gratidão, confi-Mães, Mês de Maria! ança, carinho e amor dos fiéis à Mãe nho. No coração de Santa Rita de Deus. crescia o desejo da vida religiosa, C hegamos ao mês de maio! O título dado à Virgem Ma- ria, através do conhecimento e en- porém foi casada pelos pais com Paulo Ferdinando, que de inícioMês destinado as mães e em espe-cial à nossa querida Mãe Santíssima tendimento da razão de cada título, aparentava de boa índole, porémMaria, e vamos saber um pouco mais tem por objetivo despertar em nós começou a se mostrar grosseiro, vio-sobre os diversos títulos destinados a um amor e devoção ainda maiores lento e fanfarrão.esta Mãe tão especial para todos nós. Àquela que nos deu Jesus, nosso Santa Rita de Cássia grandeInfelizmente não são poucos os que Salvador e que como Ele, nos ama e intercessora sofreu muito com o es-pensam que existem muitas “Nossas deseja nossa salvação. poso, até que este foi assassinadoSenhoras”. Maria é totalmente dependente e acabou gerando nos dois filhos Na verdade, a mãe de Deus, de Deus e ao lado de seu Filho, Ela gêmeos grande revolta e vontade deNossa Senhora, é uma só, mas é é a imagem mais perfeita de liberta- vingança.honrada com muitos e muitos títulos. ção da humanidade e do universo. É Santa Rita de Cássia se en-Sabemos que as mães amam seus a Ela, que a igreja tem que procurar tregava constantemente a oração, efilhos até as últimas consequências. como Mãe e Modelo, para entender ao testemunho de caridade, tanto queSão mães das dores, das aflições, também o significado de sua missão perdoou o esposo e assassinos, masdos sofrimentos, da agonia, das libertadora. infelizmente perdeu cedo os filhos.tristezas, das angústias, das derro- Em nossa Paróquia, existem Como viúva conseguiu a gra-tas, dos infortúnios. Mães da guia, algumas capelas destinadas a alguns ça de entrar na vida religiosa. Chaga- títulos de Nossa Senhora, como por No dia 22 de maio celebra- da, e em meio a novas situações hu-educadoras que ensinam seus filhos mos a vida santa da esposa, mãe,o melhor caminho. exemplo Nossa Senhora de Fátima manamente impossíveis, conseguiu situada no Sertão, Santa Terezinha viúva e depois religiosa : Santa Rita superar com a graça de Deus todos São também mães das alegri- de Cássia que tornou-se popular pelaas, dos risos e festas, dos sucessos, no Km 11 e agora haverá também os desafios pela santidade. uma capela designada à Santa Rita, sua intercessão em casos impos-das vitórias, etc... síveis. Se as mais simples mães aqui onde o terreno já foi adquirido no Por Lenalda Assis Parque Santa Eugênia. Nascida em 1381 de umada terra possuem tantos títulos, quan- pobre família que muito bem comu-to mais nossa Mãe Celestial, Mãe Rezemos pelo menos neste mês de Maio o Terço, que é um pedi- nicou-lhe a riqueza que é viver oSantíssima, toda pura e bela, nos os Evangelho.deve possuí-los em abundância! do que Nossa Senhora faz a todos seus filhos amados. Desde pequena manifestava Alguns títulos lhe foram dados sua grande devoção a Nossa Se-pela igreja e são chamados títulos
  5. 5. http://paroquiamodelo.blogspot.com 5 Catequese Sacramentos unção com óleo santo feita pelo sac- erdote, concede ao doente a graça que o recebiam e a seus familiares. Muitos ti- Unção dos Enfermos e o alívio espiritual e muitas vezes nham medo de chamar o conforto corporal, isto é, concede o sacerdote para minis- (Sacramento da cura) a saúde da alma e do corpo. O óleo trá-lo aos seus parentes utilizado neste sacramento é um dos com medo de apressa- Neste mês vamos conhecer óleos que o Bispo abençoa na Quin- rem a morte do doente.melhor o sacramento ministrado pelo ta-feira Santa. O sacerdote unge a A impressão é tão er-sacerdote às pessoas com uma forte fronte e as mãos do enfermo. O cor- rônea que há muitosenfermidade, chamado Unção dos po do homem ungido pelo Batismo casos de pessoas queEnfermos. é santo e por meio deste fazemos o já receberam a unção Pelos sacramentos da inicia- bem. O Sacramento da Unção dos dos enfermos diversasção cristã, o homem recebe a vida Enfermos faz com que estes tenham vezes.nova em Cristo. Ora, esta vida nós forças para testemunhar Jesus Cristo Podem recebertrazemos em “vasos de argila” (2Cor em meio ao sofrimento porque pas- a Unção dos Enfermos4,7). Agora, ela se encontra “escon- sam unindo-se a obra redentora do os que estão grave-dida com Cristo, em Deus”, estamos Filho de Deus. mente doentes, na maio-ainda em “nossa morada terrestre” A Igreja passou a chamar de ria das vezes com idade da graça. Caso contrário, não haveria(2Cor 5,1) sujeitos ao sofrimento, à unção dos Enfermos o sacramento avançada, com enfermidade crônica sentido em recebê-lo. É preciso tam-doença e à morte. Esta nova vida de que antes era mais conhecido como dificuldade para buscar o sacra- bém ter um espírito de esperança,filhos de Deus pode se tornar debi- Extrema Unção. Tinha-se uma ideia mento da confissão. São condições caridade e resignação à vontade delitada e até perdia pelo pecado. errada sobre a visita do padre como básicas para receber o sacramento o Deus. O Sacramento da Unção dos um selo de despedida ao provável fato da pessoa professar a fé católicaenfermos que mediante a oração e a moribundo, que trazia mal-estar aos e viver uma busca sincera pela vida Por Glauco Gomes Movimentos mental cristão, finalidade mediata - criar núcleos de cristãos finalidade Patrono última - fermentar de Evangelho os ambientes – homens e mulheres, jo- São Paulo Apóstolo vens ou adultos – que passam pelo Cursilho tem por missão fazer com O convertido fervoroso: dos 28 aos que os ambientes nos quais vivem, 41 anos de idade: sejam impregnados pelos valores e pelos critérios do Reino de Deus, an- 1. Queda na estrada de Damasco unciado por Jesus, tornando-os as- É importante lembrar que sim, ambientes dignos de hospedar Paulo não caiu do cavalo como os filhos e as filhas de Deus neste costumeiramente falamos. Estava mundo. com 28 anos de idade, tinha poder O Cursilho é uma palavra es- e prestígio. Em nome do Sinédrio panhola, que quer dizer “pequeno cur- liderava a perseguição contra os cris- so”, de pouca duração. Teve origem tãos. Em At 9,1-2; 26,9-12, ele pede Cursilhos de na Espanha, através de um grupo de jovens pertencentes à juventude de licença para persegui-los até em Da- masco da Síria (200 km de distância) Cristandade ação católica espanhola (JACE), da – sete dias de viagem. No caminho acontece algo novo: Paulo cai por Diocese de Palma de Maiorca – Ilha de Maiorca, em agosto de 1948. O terra e ouve uma voz: “SAULO, SAU- É um Movimento de Igreja Movimento se espalhou por toda a LO, PORQUE ME PERSEGUES?” (At 9,4). Paulo estava perseguindo aque, mediante um método próprio, Espanha e transpôs fronteiras pro-possibilita a vivência do fundamental pagando-se por todo o mundo. No comunidade. Jesus se identifica com Datas dos próximos cursilhoscristão, ajudar a descobrir, a realizar Brasil, foi realizado o 1º. Cursilho em a comunidade. Coloca-se ao lado no Decanato:e respeitar a vocação pessoal, visan- abril de 1962, em Valinhos, Diocese do perseguido, desaprova o perse-do criar núcleos de cristãos que fe- de Campinas. Atualmente, realizam- guidor. Estava sozinho, sem rumo, Masculino: 03 a 06/05rmentes de Evangelho os ambientes. se Cursilhos em todos os estados perdido no meio do caminho. Feminino: 24 a 27/05 MCC tem uma finalidade que brasileiros. Em nosso município da A queda na estrada de Da-pode ser dividida em três, conforme o diocese de Petrópolis , foi realizado masco foi o divisor das águas: aqui a Rezemos pelo êxito espiritual dosprazo em que deve ser atingida: o 1ºcursilho, em 1980. vida de Paulo se divide em ANTES e cursilhos.finalidade imediata – possibilitar a DEPOIS. A entrada de Jesus em suavivência e a convivência do funda- vida não foi pacífica, mas uma tem- Por Carlos Alberto pestade violenta.
  6. 6. 6 http://paroquiamodelo.blogspot.com Fatos e fotos paroquiais Foi concluido na noite do sábado (14), com uma santa missa celebrada pelo Administrador Di- ocesano Monsenhor Paulo Daher e concelebrada pelo pároco Pe. Rodrigo Alberti, o primeiro ciclo do catecumenato instituido no ano passado na paróquia. As diversas turmas da comunidade, junto aos seus introdutores estiveram presentes, além dos padrinhos familiares e amigos. Na homilia Mons. Paulo disse que o relacionamento de cada pessoa com Deus passa, também, pela relação de caridade e com os irmãos. “A cruz de Cristo nos ensina que, na forma vertical, que toda a nossa vida está intimamente ligada ao criador, de reconhecermos nossa pequenez e a grandeza Dele, e na forma horizontal ela lembra-nos que para sermos bons filhos é preciso sermos bons irmãos, unidos, capazes de perceber o bem que é o outro em nossa vida”, salientou o religioso. Ele falou também da importância dos dons do Espírito Santo na vida do cristão, fazendo uma breve catequese sobre cada um deles.
  7. 7. http://paroquiamodelo.blogspot.com 7 Fatos e fotos paroquiais 1º FAC - Chegada na Paróquia Nossa Senhora Aparecida
  8. 8. 8 http://paroquiamodelo.blogspot.com Programação do Cerco de JericóData Dia Padre Comunidades21/05 Segunda Feira Pe Alexandre Brandão Paraíso22/05 Terça Feira Pe Alex Km 1123/05 Quarta Feira Pe João Carlos Capim24/05 Quinta Feira Pe Moisés Citrolândia - Parada Ideal25/05 Sexta Feira Pe Luiz Melo Sertão26/05 Sábado Pe Rodrigo Bananal27/05 Domingo Pe Rodrigo Todas as ComunidadesData Dia Temas21/05 Segunda Feira Igreja em estado permanente de missão.22/05 Terça Feira Igreja, casa de iniciação à vida cristã.23/05 Quarta Feira Igreja, lugar de animação bíblica da Vida e da Pastoral24/05 Quinta Feira Igreja Comunidade de Comunidades25/05 Sexta Feira Igreja a serviço da vida plena para todos.
  9. 9. http://paroquiamodelo.blogspot.com 9 Espaço Dizimista ANIVERSARIANTES DE MAIO 19- Antonio Rosalvo Matos Domingos 01- Maria José Junger Siqueira 19- Eliana Telles Fonseca do Nascimento 01- Nery Peixoto Fonseca 20- Glauco Gomes Ribeiro 02- Elton Coimbra Farias 20- Maria Nailer Barros de Almeida 02- Paulo Cesar dos Santos 20- Nilcéia Juraci Coelho (São José) 02- Maria Vilma da Silva Oliveira (São José) 20- Aloan Cunha de Araújo (São José) 03- Generino Silva Gomes 21- Angela Maria Tuão Domingos Seixas T odos somos convidados para a vinha do 03- Wagner de Souza Silva 21- Claudio José Dias da SilvaSenhor e como é bom responder sim a este con- 04- Lenita Maria Ribeiro de Assis 22- Alba Angela Carvalho Monnerat Bandeiravite tornando-nos operários conscientes e ativos 04- Luciene Ferreira de Almeida 22- Rita de Cássia Tuão Bragana obra de evangelização. A Igreja peregrina e pre- 06- Marina Gomes Gabriel 22- Elvira de Oliveira Abreu (São Geraldo)sente em toda a terra é constituída por todos os ba- 06- Nele Rosa da Conceição Felipe (São Geraldo) 23- Marco Antonio Vardiero Nerestizados que precisam a cada instante do alimento 07- José Rodrigo Travassos de Mattos 23- Neide da Cruz Guimarães Alves (São Lázaro)da Palavra e dos Sacramentos, especialmente a 07- Marcio Greique dos Santos (São José) 24- Bruno Oliveira de AlmeidaEucaristia. 08- Leila de Oliveira Silva 24- Edson da Silva Freire Não é possível que um membro da Igreja 08- Antonio Januário do Nascimento 24- Roberto Silva Ferreirase sinta plenamente integrado ao povo de Deus en- 09- Sérgio Ferreira da Silva 25- Angelita Dias do Amaral Tavaresquanto não contribuir com parte de seu tempo, ta- 09- Lucas Domingos Seixas 25- Fernando Ferreira Lucio (São José)lentos e recursos – colocando-os em comum para 11- Allan Victor Oliveira Santos (São José) 27- Maria Flávia de Almeida Muniz Britoo benefício de todos e para a expansão do Reino 12- Valmir Pimentel Pedro 27- André Luiz Ximenes (São José)de Deus entre os homens. O Senhor nos chama in- 12- Mario Jorge dos Santos (São José) 27- Edvaldo da Silva Fonseca (São Geraldo)sistentemente, desejando inflamar com chamas de 13- Adriana Gomes de Souza 28- Jandira Maria Freireamor a Sua Igreja e o mundo inteiro. Assim somos 13- Milena Nogueira Ferreira 28- Zenir Fidelis Bucker (Sta. Teresinha)chamados a tornarmos evangelizadores protago- 13- Luis Carlos Almeida Gama Junior 28- José Bento dos Santos Sobrinho (São José)nistas e não meros pacientes da evangelização. 13- Denilda Ferreira Lucio (São José) 29- Marli Teodoro da Silva Santos Diante desta amorosa vocação cada um 14- Leila Aparecida de A. Medeiros 29- Katiuscia Pereira Ribeirode nós, cristãos, somos convocados a demonstrar 14- Nair Carvalho dos Santos 31- José Augusto Bastos Cardosoa nossa fidelidade. Existem múltiplas formas de 14- Silvia Regina Silva Gueiz (Sta. Teresinha) 31- Rosineide D. de Mello (São Geraldo)respostas possíveis, mas não há dúvida que entre 15- Juraci Alves do Nascimento Neves (São José)elas “o Dízimo é o sim do dizimista!” 16- Rosangela Maria Cabreira Chagas Feliz Aniversário! Escala de Oração do Cerco de Jericó Orações pelos 12:00 Cursilho Santo Rosário 00:00 ECC Sacerdotes 13:00 Cursilho Santo rosário 01:00 ECC Via Sacra Catequese, Past. da Crian- Devoções às Sagra- 14:00 02:00 Nova Evangelização e RCC Orações pela Igreja ça e Past. da Educação das Chagas Orações a São Miguel Catequese, Past. da Crian- 03:00 Nova Evangelização e RCC 15:00 Terço da misericórdia Arcanjo ça e Past. da Educação 04:00 Terço dos Homens Santo Rosário Orações ao Sagrado 16:00 Apostolado da Oração 05:00 Terço dos Homens Santo Rosário Coração Angelus, Oferecimento 17:00 Apostolado da Oração Via Sacra 06:00 Pastoral do Batismo do dia Orações ao Santís- 18:00 MESCE e Minist. de Música 07:00 Pastoral do Batismo Santa Missa simo Sacramento 08:00 Pasroral do Dízimo Hora Silenciosa 19:30 MESCE e Minist. de Música Santa Missa Orações ao Espírito 20:00 Santa Missa 09:00 Pastoral do Dízimo Santo 21:00 MESCE e Minist. de Música Oração Silenciosa Past. Vocacional e Liga Setor Juventude - ACJ - 10:00 Hora Santa Vocacional 22:00 Santo Rosário Católica FAC Past. Vocacional e Liga Setor Juventude - ACJ - 11:00 Terço Vocacional 23:00 Santo Rosário Católica FAC
  10. 10. 10 http://paroquiamodelo.blogspot.com JMJ Rio 2013 Coluna Jovem das missas e em um mural que será e perto dela o discípulo que amava, Campanha “apadrinhe fixado na igreja com assuntos relacio- O “Sim” verdadeiro de disse à sua mãe: Mulher, eis aí teu um peregrino” nados ao evento. uma jovem filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí Quem quiser se tornar um tua mãe.” (Jo 19, 26-27) padrinho pode enviar um e-mail para O lá galera! Iniciamos o João era o discípulo mais Estão abertas as inscrições paroquiapmodelo@hotmail.com ou mês de maio, o mês dedicado à Ma- jovem e Jesus tinha por ele um es-para captação de padrinhos dos os deixar na secretaria da igreja nome, ria Santíssima, nossa rainha, mãe pecial afeto. Aos pés da cruz ele rep-jovens estrangeiros que virão partici- bairro de residência e um telefone amada, intercessora e advogada. resenta cada um de nós, representapar da Semana Missionária (pré-jor- para contato. Ela é tudo isso e muito mais porque fortemente a juventude que tornou-senada) em nossa paróquia. O número foi capaz de dar um sim verdadeiro. guardiã de Maria, guardiã da mãe.de inscritos esperado pela comissão Sabe o que é um sim verdadeiro? É Se somos estes que guardam Maria,organizadora deve chegar a duzen- aquele capaz de mudanças grandes mãe de todos, temos de ser íntimostos, número estimado de peregrinos e eternas, não qualquer mudança, dela, pois ela sempre nos leva a Seuque serão acolhidos pelas famílias da mas mudanças positivas, voltadas filho.comunidade. pra Cristo como fez esta jovem de Sejamos jovens marianos e A contribuição visa atender idade aproximada de 15/16 anos, que lembremos sempre que Deus confiao custeio de material de divulgação, ao receber a notícia de que seria mãe no jovem para mostrar ao mundo quesubsídio em diversos idiomas para sob a ação do Espírito Santo, disse a vida é uma alegria só quando seos jovens e para às famílias hospe- sim, sem mesmo saber como seria tem o verdadeiro sentido dela, e nãodeiras, como também transporte, dali para frente. Em todos os mo- esta onda de depressão que temosorganização de eventos e trabalhos Famílias de mentos Maria confiou em Deus e no visto, não esta onda de destruiçãoque fazem parte da programação da projeto que Ele tinha, sem saber ao que vemos dos jovens desespera-Semana Missionária. A colaboração acolhida certo como isso se daria. Deste sim dos, buscando algo para se apoiar. Omensal começara em maio deste A Comissão de Organiza- para cá, tivemos mudanças eternas, nosso apoio e a nossa força é Deus,ano, no valor mínimo de R$ 10,00, ção agradece a comunidade pela o novo testamento que foi contado a nosso pai, que conhece nosso poten-e se estenderá até julho do ano que disponibilidade em abrir seus lares partir daquele momento, a história da cial e que um dia confiou a humani-vem, mês em que os peregrinos es- para receber os jovens peregrinos humanidade que ganhou outro rumo, dade a uma jovem. Hoje Ele confia atarão na paróquia. na Semana Missionária do ano que pois do sim de Maria veio a salvação você a missão de fazer deste mundo Segundo Adriana Gomes, vem. Ultrapassamos a meta inicial que é Cristo... O sim de uma jovem foi que está corrompido pelo medo, ódio,responsável pela subcomissão de de vagas para peregrinos e já estão capaz de mudar o rumo da humani- vícios e todo tipo de pecado ... umSecretária, já está em fase de pre- sendo passadas as informações para dade. mundo novo, a civilização do amor,paração um carnê que será entregue a comissão diocesana. Lembramos É interessante perceber que de homens e mulheres que amem aoa quem quiser apadrinhar um jovem. que todas as famílias serão avali- Jesus, que era Deus, mais uma vez próximo e a Deus acima de tudo.O padrinho terá a opção de fazer o adas de acordo com os critérios bási- confia em um jovem uma missão im-pagamento na secretaria paroquial cos de vivência da fé católica, pa- portante, cuidar de sua própria mãe, SUGESTÃO (Propósito do mês) : Façaou uma segunda forma, que já está rticipação na comunidade, distância, cuidar deMaria que, estando com algo legal pra sua mãe no Dia das Mães,sendo estudada pela equipe finan- João aos pés da cruz, tornou-se mãe seja criativo! Além disso, procuremos entre outros. Nos próximos meses mais uma vez sermos fiéis ao Santo terço;ceira. A partir de 1º de maio mais in- todas as famílias selecionadas serão da humanidade.formações serão dadas nos avisos “Quando Jesus viu sua mãe Por Emanuelle Gomes informadas. Passatempo CatólicoVocê conhece os Dons do EspíritoSanto?Então preencha os quadros ao ladocom eles:
  11. 11. http://paroquiamodelo.blogspot.com 11 Cultura e Lazer Missas nas comunidades Informações Paroquiais Um sonho possível Terça - Feira 1ª Terça - 19:00 – Km 11 Horário de Funcionamento da Secretaria Terça a Sexta-Feira 08:00 às 12:00 / 2ª Terça - 19:00 – Paraíso 13:00 às 17:00 O adolescente Michael 3ª Terça - 19:00 – Km 11 Sábado - 08:00 às 12:00 Tel.: 2632-8665 / 8828-0030 Oher (Quinton Aaron) sobre- 4ª Terça - 19:00 – Paraíso vive sozinho, vivendo como Quarta - Feira Missas na Adoração um sem-teto, quando é en- 1ª Quarta - 19:30 – Jardim Guapimirim Matriz Batizados ao 2ª Quarta - 19:00 – Parada Ideal Santíssimo contrado na rua por Leigh Anne Tuohy (Sandra Bull- 3ª Quarta - 19:30 – Jardim Guapimirim Terça-07:00 1º Domingo-08:00 Toda quinta ock). Tomando conhecimen- 4ª Quarta - 19:00 – Parada Ideal Quarta-07:00 Missa e prepara- na Matriz, Quinta - Feira Quinta-07:00 ção para Pais e de 08:00 às to de que o garoto é colega 1ª Quinta - 19:30 – Sertão Sexta-19:00 Padrinhos 18:00 de turma de sua filha, Leigh Sábado-19:30 2º Domingo-08:00Anne insiste que Michael - que veste apenas ber- 2ª Quinta - 19:30 – Citrolândia Domingo-08:00 Missa e Batiza-muda e camiseta em pleno inverno - deixe-a resga- 3ª Quinta - 19:30 – Sertão Domingo-19:00 dostá-lo do frio. Sem hesitar por um momento sequer, 4ª Quinta - 19:30 – Citrolândiaela o convida a passar a noite em sua casa. O que Sábado Confissõescomeça com um gesto de bondade evolui para algo 1ª Sábado - 17:30 – Paraíso Quinta-Feira - 09:00 às 12:00/15:00 às 18:00maior, pois Michael passa a fazer parte da família 2ª Sábado - 17:30 – Km 11 Missa da EsperançaTuohy, apesar de terem origens bem diferentes. 3ª Sábado - 17:30 – Paraíso Toda Segunda, na capela do Bananal, às 19:00 4ª Sábado - 17:30 – Km 11 LouvorVivendo no novo ambiente, o adolescente tem de Domingo Toda terça na Matriz, às 19:00encerar outros desafios. E à medida que a família 1ª Domingo - 10:30 – Citrolândia Terço dos Homensajuda Michael a desenvolver todo o seu potencial, 1ª Domingo - 17:00 – Parada Ideal Toda Sexta, na Matriz, às 19:00tanto no campo de futebol americano quanto fora 2ª Domingo - 10:30 – Sertãodele, a presença de Michael na vida da família Tuo- 2ª Domingo - 17:00 – Jardim Guapimirimhy conduz todos por uma jornada de autodesco-berta. 3ª Domingo - 10:30 – Citrolândia 3ª Domingo - 17:00 – Parada Ideal Calendário Paroquial Por Juliara Vasconcelos 4ª Domingo - 10:30 – Sertão 4ª Domingo - 17:00 – Jardim Guapimirim Próximas programações na paróquia Passatempo Católico 13/05 - Dia das mães 19/05 e 20/05 - Pré-congresso e Congresso da Pastoral da Juventude Teresópolis 21/05 a 27/05 - Cerco de Jericó – Pentecostes – Missa da Juventude 22/05 - Festividade de Santa Rita – Parque Santa Eugênia 24/05 a 27/05 – Cursilho Feminino (Magé) 31/05 - Encerramento do mês de maio - N. Sra. do Amor Divino – Padroeira da Diocese de Petrópolis 01/06 - Missa do Apostolado da Oração 04/06 a 06/06 - Tríduo de Corpus Christi 07/06 - Corpus Christi 10/06 - Domingo com Cristo – Curso de prepara- ção para o matrimônio de casais ainda não casa- dos no religioso 11/06 a 13/06 – Festividade de Santo Antônio – Paraíso
  12. 12. 12 http://paroquiamodelo.blogspot.com Mãe... Eis que existe uma mulher Mãe, Deus com certeza sabia que eu Que possui a beleza das flores jamais saberia viver sem a presença A delicadeza das borboletas dele... A coragem e a bravura dos leões Por isso És a fortaleza de muitos Mandou você para me cuidar, pois é Inclusive a minha... a cópia mais perfeita dele... Mãe, você é meu anjo... que mesmo És toda feita de coração sem asas é capaz de me levar ao Suas lágrimas me purificam céu com seu extremo amor. Suas palavras são mais que en- sinamentos... São graças que Deus expõe através de seus lábios... Seu sorriso, mais do que alegria É um jeito meigo de me ajudar Romaria Diocesana Saída - 03 de agosto Passagem R$ 60,00 (pode ser pago em 3x - abril, maio e junho) Reserva de passagem, só com sinal. Interessados procurar Angela - Papelaria Renalluc Expediente Informativo Paroquial - Modelo Católico Paróquia Nossa Senhora Aparecida - Parada Modelo - Guapimirim - RJ Pároco: Pe. Rodrigo Alberti Rua Marcionílio Ignácio, 209 - Parada Modelo - Guapimirim - RJ - Diocese de Petrópolis Gráfica: Tribuna de Petrópolis / Tiragem: 2.000 exemplares Diagramação: Juliara Vasconcelos Colaboradores: Pe. Rodrigo Alberti, Marlúcia Seixas, Emanuelle Gomes, Glauco Gomes, Carlos Alberto, Le- nalda, Alex Marcelino, Seminarista Rafael Augusto, Felipe Seixas, Flávio Tambelini, Vânia Marcelino e Juliara Vasconcelos. Fotos: Alex Marcelino

×