Universidade Federal da Bahia
Faculdade de Odontologia
Programa de Educação Tutorial
Associação da Sinvastatina e
Hiperlip...
INTRODUÇÃO
 A periodontite é uma doença infecciosa que afeta os
tecidos que suportam os dentes e apresenta uma
ampla gama...
INTRODUÇÃO
 A evidência científica disponível parece
indicar uma associação entre hiperlipidemia
e periodontite.
LDL, VLD...
INTRODUÇÃO
Patógenos periodontais afetam
os processos oxidativos de
distintas lipoproteínas e
aumentam a expressão de
rece...
INTRODUÇÃO
 As estatinas podem exercer um impacto na
saúde periodontal por três mecanismos
diferentes:
.
1
Exercem uma aç...
INTRODUÇÃO
 Estudos em roedores têm mostrado:
Estatinas (sinvastatina e atorvastatina)
Estimulam
Células-tronco embionári...
OBJETIVO
 O objetivo do presente estudo é
determinar se consumo de sinvastatina
e hiperlipidemia estão associadas com
uma...
MATERIAIS E MÉTODOS
Estudo transversal
e analítico observacional
Pacientes
normolipidêmicas
e com
hiperlipidemia
Acompanha...
MATERIAIS E MÉTODOS
1) Pacientes com
hiperlipidemia tratada
com sinvastatina (S)
(10-40 mg / dia);
2) Pacientes com
hiperl...
MATERIAIS E MÉTODOS
Os critérios de inclusão foram:
1) Idade> 18 anos;
2) Presença de > 16 dentes (excluindo terceiro
mola...
MATERIAIS E MÉTODOS
 Variáveis avaliadas:
1. Variáveis ​​sociodemográficas e Periodontais :
1.1. Idade, Sexo, Índice de m...
MATERIAIS E MÉTODOS
2. Variáveis bioquímicas:
No centro de saúde, duas amostras de sangue foram
coletas de cada participan...
MATERIAIS E MÉTODOS
Google Imagens
3. Análises Estatísticas
Um pacote de software estatístico foi usado
para descrição e c...
RESULTADOS
RESULTADOS
RESULTADOS
DISCUSSÃO
• As concentrações séricas de OPG:
Elevados no grupo S do que nos grupos
D ou C.
• A perda do nível de inserção ...
DISCUSSÃO
• Sangwan et al. (2013) constataram que a
condição periodontal foi semelhante entre os
grupos S e C, mas pior no...
DISCUSSÃO
 Em um estudo clínico de pacientes
normolipidêmicos, com doença periodontal, tratados
com atorvastatina e terap...
DISCUSSÃO
 Constata-se que a sinvastatina impede que ocorra
perda óssea em animais com periodontite induzida,
atuando com...
DISCUSSÃO
 OPG age por ligação com ativador do receptor do
fator nuclear kappa B (RANK)
Ativação desse receptor por seu l...
DISCUSSÃO
A estatinas também proporcionam benefícios ao nível
do osso, através da sua ação anti-inflamatória
(IL) -6 e IL-...
DISCUSSÃO
HIPERLIPIDEMIA PERIODONTITE
Hiperlipidemia associada à
hiperatividade de células
brancas, alteração na função de...
DISCUSSÃO
 No presente estudo, a ESR foi significativamente
mais elevada (3,8 mm/hora) no grupo D do que no
grupo C.
 Is...
CONCLUSÃO
 Dentro dos limites de um estudo transversal, os
presentes achados sugerem que a ingestão de
sinvastatina está ...
REFERÊNCIAS
REFERÊNCIAS
Sessão Científica Bolsista Paula Casais - 2014.2
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sessão Científica Bolsista Paula Casais - 2014.2

381 visualizações

Publicada em

Artigo Consultado: Association of Simvastatin and Hyperlipidemia With Periodontal Status and Bone Metabolism Markers.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
381
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • demonstrado a capacidade de patógenos periodontais para alterar o perfil lipídico
  • O relação direta entre o consumo de estatina e concentrações de OPG evidenciado no presente estudo também foi observado anteriormente em vitro.
  • Sessão Científica Bolsista Paula Casais - 2014.2

    1. 1. Universidade Federal da Bahia Faculdade de Odontologia Programa de Educação Tutorial Associação da Sinvastatina e Hiperlipidemia com o Status Periodontal e Marcadores de Metabolismo Ósseo Bolsista: Paula Milena Melo Casais Magán-Fernández, Papay-Ramírez, Tomás, et al. Association of Simvastatin and Hyperlipidemia With Periodontal Status and Bone Metabolism Markers. J Periodontol 85(10) 2014.
    2. 2. INTRODUÇÃO  A periodontite é uma doença infecciosa que afeta os tecidos que suportam os dentes e apresenta uma ampla gama de manifestações clínicas, microbiológicas e imunológicas.  Interação dinâmica multifacetada entre: . Propens ão genética Exposição ambiental Resposta imune do hospedeiro Agentes infecciosos específicos (SLOTS J, 2000)
    3. 3. INTRODUÇÃO  A evidência científica disponível parece indicar uma associação entre hiperlipidemia e periodontite. LDL, VLDL, COLESTEROL TOTAL HDL HIPERLIPIDEMI A ? (LEE et al., 2013) (BOLAND et al., 2013)
    4. 4. INTRODUÇÃO Patógenos periodontais afetam os processos oxidativos de distintas lipoproteínas e aumentam a expressão de receptor celular do LDL. • PERIODONTITE • HIPERLIPIDEMIA Perfil lipídico alterado associada com a expressão de citocinas pró-inflamatórias. • HIPERLIPIDEMIA • PERIODONTITE (D’AIUTO et al., 2005; JIA et al., 2013; MORISHITA et al., 2013; FENOGLU et al., 2011; RIZZO et al., 2012)
    5. 5. INTRODUÇÃO  As estatinas podem exercer um impacto na saúde periodontal por três mecanismos diferentes: . 1 Exercem uma ação anti-inflamatória direta através de uma diminuição das citocinas pró- inflamatórias. 2Efeito hipolipidêmico levaria a uma melhora indireta de variáveis ​​periodontais. 3 (MUNDY et al., 1999; SANGWAN et al., 2013; SURESH et al.,
    6. 6. INTRODUÇÃO  Estudos em roedores têm mostrado: Estatinas (sinvastatina e atorvastatina) Estimulam Células-tronco embionárias em direção a linhas de diferenciação osteogênica Reabsorção óssea. (PAGKALOS et al., 2010)
    7. 7. OBJETIVO  O objetivo do presente estudo é determinar se consumo de sinvastatina e hiperlipidemia estão associadas com uma condição periodontal debilitada e com biomarcadores de atividade óssea específica.
    8. 8. MATERIAIS E MÉTODOS Estudo transversal e analítico observacional Pacientes normolipidêmicas e com hiperlipidemia Acompanhamento no Centro Zaidı'n Sur Saúde, Granada, Espanha Março de 2013 a junho de 2013
    9. 9. MATERIAIS E MÉTODOS 1) Pacientes com hiperlipidemia tratada com sinvastatina (S) (10-40 mg / dia); 2) Pacientes com hiperlipidemia tratados apenas com dieta (D); 3) Normolipidêmicos (C). A hiperlipidemia foi definida como: (colesterol total> 200 mg / dL, de triglicerideos [TG]> 150 mg / dL, colesterol de LDL > 130 mg / dL)
    10. 10. MATERIAIS E MÉTODOS Os critérios de inclusão foram: 1) Idade> 18 anos; 2) Presença de > 16 dentes (excluindo terceiro molares); 3) Não submetido ao tratamento periodontal nos últimos 6 meses. Os critérios de exclusão foram: 1) Gravidez; 2) Aleitamento materno; 3) A presença de doença sistêmica com envolvimento do metabolismo lipídico/ósseo ou relacionado à condição periodontal ou doença neoplásica; 4 Tratamento com antibióticos durante 3 meses anteriores; 5) Tratamento com drogas que afetam o metabolismo ósseo; 6) Recebimento de hormônio
    11. 11. MATERIAIS E MÉTODOS  Variáveis avaliadas: 1. Variáveis ​​sociodemográficas e Periodontais : 1.1. Idade, Sexo, Índice de massa corporal (IMC) e consumo de álcool (gramas por dia) e tabaco (cigarros por dia). 1.2 O exame periodontal:  Profundidade de sondagem, perda do nível de inserção clínica, índice de sangramento gengival, índice de placa.  Seis sítios por dente foram sondados. (AINAMO et al., 1975; O’LEARY et al., 197
    12. 12. MATERIAIS E MÉTODOS 2. Variáveis bioquímicas: No centro de saúde, duas amostras de sangue foram coletas de cada participante, após 12 horas de jejum: O colesterol total, triglicerídeos e HDL : Método padrão ​​enzimático- colorimétrico LDL: Fórmula de Friedewald. Proteína C reativa(CRP): Imunoturbidimetria Tipo de procolágeno I, propeptido N-terminal (PINP) e telopeptido do terminal C do colágeno do tipo I (CTX): Imunoensaio de eletroquimioluminescência. Osteoprotegerina e osteocalcina: Ensaio Imunoenzimático. Amostra 1 2 mL com EDTA como anticoagulante, para detectar a taxa de sedimentação de eritrócitos (ESR) em milímetros por hora pela Técnica Westergreen Amostra 2 8,5 ml para extração de soro, o qual foi armazenado a -40º C para determinação subsequente das outras variáveis ​​bioquímicas.
    13. 13. MATERIAIS E MÉTODOS Google Imagens 3. Análises Estatísticas Um pacote de software estatístico foi usado para descrição e comparações entre os grupos. As variáveis ​​quantitativas foram expressas como média +/- desvio padrão e analisados ​​por meio de análise de variância
    14. 14. RESULTADOS
    15. 15. RESULTADOS
    16. 16. RESULTADOS
    17. 17. DISCUSSÃO • As concentrações séricas de OPG: Elevados no grupo S do que nos grupos D ou C. • A perda do nível de inserção periodontal (AL): Menor no S grupo C. • A condição periodontal dos participantes do estudo: Valores médios de Profundidade de sondagem (PD) e AL, observando também o número de bolsas. • Esta extensa avaliação do estado periodontal foi projetada para facilitar a detecção de sua possível associação com hiperlipidemia e / ou sinvastatina.
    18. 18. DISCUSSÃO • Sangwan et al. (2013) constataram que a condição periodontal foi semelhante entre os grupos S e C, mas pior no grupo D. • Diferentemente do atual estudo, consideraram apenas valores médios de PD. http://www.carpanez.com.br/image_componentes/oralb/oralb_005p.jpg
    19. 19. DISCUSSÃO  Em um estudo clínico de pacientes normolipidêmicos, com doença periodontal, tratados com atorvastatina e terapia periodontal habitual ou apenas com terapia periodontal habitual (FAJARDO et al. 2010) Melhora clínica e radiológica no grupo Estatina + TPH Estudo piloto teve uma pequena amostra (n = 38) e um seguimento de apenas 3 meses
    20. 20. DISCUSSÃO  Constata-se que a sinvastatina impede que ocorra perda óssea em animais com periodontite induzida, atuando como um anti-inflamatório e promotor de formação óssea.  Estudos experimentais também descobriram que a sua aplicação local ou em combinação com bisfosfonatos exerce efeitos positivos sobre a formação óssea.  Os valores AL melhorados no grupo S, no presente estudo, pode ser explicada por suas concentrações http://www.onofre.com.br/BackOffice/uploads//Produto/Normal/274640. jpg (DALCICO et al., 2013 PRICE et al., 20
    21. 21. DISCUSSÃO  OPG age por ligação com ativador do receptor do fator nuclear kappa B (RANK) Ativação desse receptor por seu ligante (RANKL), assim impedindo a osteoclastogênese. RANK RANKL RECEPTOR LIGANTE RANK OP G RECEPTOR (GORI et al., 2000)
    22. 22. DISCUSSÃO A estatinas também proporcionam benefícios ao nível do osso, através da sua ação anti-inflamatória (IL) -6 e IL-8 Efeito Angiogênico Estimulo ao fator de crescimento endotelial vascular (VEGF) . A administração sistêmica de estatinas produz efeitos potentes a nível periodontal e relatou-se que a sua concentração no fluido crevicular é 10 a 100 vezes mais elevada do que no soro, com um efeito anti-inflamatório sobre os níveis gengivais de IL-1b. (MAEDA et al., 2003; FENTOGLU et al., 2011; SURESH et al.
    23. 23. DISCUSSÃO HIPERLIPIDEMIA PERIODONTITE Hiperlipidemia associada à hiperatividade de células brancas, alteração na função de leucócitos polimorfonucleares (PMN) e maior produção de radicais livres HIPERLIPIDEMIA PERIODONTITE Em um estudo com 10.590 indivíduos, Katz et al. Encontraram que PD a está significantemente associada com o colesterol total e os níveis de LDL (FENTOGLU et al., 2011)
    24. 24. DISCUSSÃO  No presente estudo, a ESR foi significativamente mais elevada (3,8 mm/hora) no grupo D do que no grupo C.  Isto pode refletir um estado pró-inflamatório atribuível à hiperlipidemia, dada a capacidade desta doença em aumentar a expressão de IL-1b http://www.medicinapratica.com.br/tag/velocidade-de- hemossedimentacao/ A relação entre os níveis de PCR e Periodontite é controversa. Não foi observada associação no presente estudo. CUTLER et al., 1999
    25. 25. CONCLUSÃO  Dentro dos limites de um estudo transversal, os presentes achados sugerem que a ingestão de sinvastatina está associada com o aumento das concentrações de OPG, e isso poderia ter um efeito protetor contra a perda óssea e perda do nível de inserção periodontal.  O estado sistêmico inflamatório de pacientes com hiperlipidemia está associado ao aumento da taxa de sedimentação de eritrócitos (ESR)
    26. 26. REFERÊNCIAS
    27. 27. REFERÊNCIAS

    ×