Dia Mundial
								Contra o Cancro
EscolhasdeVidaSaudáveis
DeteçãoPrecoceTratamentoparatodos
QualidadedeVida
Todos juntos...
Dia
Mundial
do Cancro
2015
Escolhas de Vida
Saudáveis
É possível lutar
Dar competências aos indivíduos para que possam faz...
educacaosaude.nrnorte@ligacontracancro.pt [f] DES: Educação para a Saúde LPCC – NRN Estrada Interior da Circunvalação, 665...
Tratamentoparatodos
educacaosaude.nrnorte@ligacontracancro.pt [f] DES: Educação para a Saúde LPCC – NRN Estrada Interior da Circunvalação, 665...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dia mundial contra_cancro

517 visualizações

Publicada em

Dia Mundial Contra o Cancro - Liga Portuguesa Contra o Cancro

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
517
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
135
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dia mundial contra_cancro

  1. 1. Dia Mundial Contra o Cancro EscolhasdeVidaSaudáveis DeteçãoPrecoceTratamentoparatodos QualidadedeVida Todos juntos... é possível lutar! DESIGNBYINÊSOLIVEIRA
  2. 2. Dia Mundial do Cancro 2015 Escolhas de Vida Saudáveis É possível lutar Dar competências aos indivíduos para que possam fazer escolhas saudáveis e reduzir os fatores de risco sociais e ambientais é essencial para atingir o objetivo de reduzir as mortes prematuras por doenças não transmissíveis em 25% até 2025 e assim cumprir as metas da Declaração Mundial do Cancro. O Desafio Em muitos países, as perceções negativas e o estigma associado ao cancro impedem a discussão pública informada e perpetuam mitos sobre a doença. Isto dificulta os esforços para aumentar a consciência acerca da prevenção do cancro, adotar comportamentos saudáveis e procurar o diagnóstico precoce para sinais e sintomas. Os indivíduos e as comunidades têm que ser alertados que pelo menos 1/3 dos cancros mais comuns podem ser prevenidos reduzindo o consumo de álcool, adotando dietas mais saudáveis e melhorando os níveis de atividade física. Se o comportamento tabágico for incluído podem prevenir-se 50% dos cancros. Para além dos quatro fatores de risco mais comuns, a proteção da radiação ultravioleta (UV) é também essencial para a prevenção do cancro de pele. Para além disso, a exposição ambiental e ocupacional incluindo ao amianto, contribui substancialmente para a carga do cancro. De realçar também que muitos dos cancros mais comuns como o de fígado ou de cérvix estão associados a infeções por HBV e HPV, respetivamente. Metas da Declaração Mundial do Cancro a atingir até 2025 reforçar o sistema de saúde para assegurar programas de controlo de cancro eficazes e compreensivos ao longo do ciclo de vida diminuir significativamente o consumo de tabaco, o excesso de peso e obesidade, a dieta não saudável e o consumo de álcool, os níveis de inatividade física bem como a exposição a outros fatores de risco programas universais de vacinação para HPV (Vírus do Papiloma Humano) e HBV (Vírus da Hepatite B) É possível atingir estas metas se: - os indivíduos forem capacitados no seu direito à saúde - ambientes promotores de vida saudável forem promovidos - o governo investir em sistemas de saúde que apoiem os estilos de vida saudáveis educacaosaude.nrnorte@ligacontracancro.pt [f] DES: Educação para a Saúde LPCC – NRN Estrada Interior da Circunvalação, 6657 Porto
  3. 3. educacaosaude.nrnorte@ligacontracancro.pt [f] DES: Educação para a Saúde LPCC – NRN Estrada Interior da Circunvalação, 6657 Porto Dia Mundial do Cancro 2015 Deteção Precoce É possível lutar Assegurar a disponibilidade e o acesso a programas de deteção precoce de cancro pode reduzir significativamente a carga atribuída ao cancro em todos os países. Metas da Declaração Mundial do Cancro a atingir até 2025 implementar rastreios de base populacional e programas de deteção precoce universalmente e melhorar os níveis de consciência pública e profissional acerca do sinais e sintomas do cancro melhorar significativamente e de forma inovadora todas as disciplinas relativas ao controlo do cancro bem como as oportunidades de formação para os profissionais de saúde É possível atingir estas metas se: - a consciência sobre o cancro aumentar nas comunidades, profissionais de saúde e políticos - o sistema nacional de saúde integrar a deteção precoce e os rastreios - houver investimento na formação de profissionais dedicados à deteção precoce O Desafio • Sinais e sintomas precoces não são conhecidos para todos os cancros mas para muitos, incluindo a mama, o colo do útero, o colo-retal, a pele, da cavidade oral e alguns cancros pediátricos, os benefícios de implementar abordagens planeadas para a deteção e cuidado precoce são claros. Apesar das evidências, para muitas populações, especialmente as de contextos socio-económicos mais baixos, a importância da deteção precoce e a importância de procurar cuidados quando os sintomas aparecem não é compreendida. • Em alguns contextos mais desfavorecidos há falta de profissionais de saúde com formação especializada, o que constitui um obstáculo para assegurar deteção e diagnóstico precoce de forma eficaz e com qualidade.
  4. 4. Tratamentoparatodos
  5. 5. educacaosaude.nrnorte@ligacontracancro.pt [f] DES: Educação para a Saúde LPCC – NRN Estrada Interior da Circunvalação, 6657 Porto Dia Mundial do Cancro 2015 Qualidade de Vida É possível lutar Compreender e responder ao impacto total do cancro ao nível do bem-estar emocional, mental e físico irá maximizar a qualidade de vida dos doentes, das suas famílias e dos seus cuidadores. Metas da Declaração Mundial do Cancro a atingir até 2025 Diminuir o estigma associado ao cancro e clarificar os mitos e preconceitos que prejudicam a prevenção do cancro melhorar o acesso a meios de diagnóstico precisos, tratamentos multimodais de qualidade, serviços de reabilitação, apoio e cuidados paliativos, bem como a disponibilidade de fármacos e tecnologias essenciais disponibilizar serviços de gestão de stress e de controlo eficaz da dor de forma universal. É possível atingir estas metas se: - os indivíduos forem capacitados para maximizar a sua qualidade de vida - comunidades e sistemas de saúde fomentarem uma vida com qualidade - os governos facilitarem acesso aos cuidados paliativos. O Desafio • Em muitas culturas e sociedades o cancro continua a ser um assunto tabu e as pessoas que vivem com cancro sofrem de discriminação que pode implicar que não procurem apoio • O cancro pode ter um impacto sério no estado mental, físico e emocional do indivíduo, pelo que os sobreviventes de cancro estão em risco de ter uma menor qualidade de vida, até vários anos depois do diagnóstico • Os efeitos fisiológicos de alguns tratamentos de cancro, nomeadamente perturbações de fertilidade, disfunção sexual, perda de cabelo e aumento de peso podem também resultar em estigma e discriminação e, em alguns casos, pode ser causa de rejeição pelo parceiro • A carga psicológica de cuidar de alguém com cancro pode também ser enorme, e muitos cuidadores experimentam distress e algum declínio da sua saúde mental e física

×