Dicionario de humor infantil pedro bloch

3.889 visualizações

Publicada em

1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.889
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.047
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dicionario de humor infantil pedro bloch

  1. 2. ALEGRIA - É um palhacinho no coração da gente. AMAR - É pensar no outro, mesmo quando a gente nem tá pensando . ABOLIÇÃO - Uma coisa assinada pela escrava Isaura. ABSTRATO - Sim, eu sei o que é abstrato. Esta sopa, por exemplo, leva abstrato de tomate.
  2. 3. <ul><li>BÚSSOLA - É uma coisa que toda criança deveria ter. </li></ul><ul><li>É que eu me perdo muito. </li></ul>BOCA - É a garagem da língua. BEBÊ - É uma coisa que ainda tem a cabeça verde. Não funciona como a gente. ADULTO - É uma pessoa que não entende de chuva, criança ou bala.
  3. 4. CABELO - É uma coisa que serve pra gente não ficar careca. CALCANHAR - É o queixo do pé. COBRA - É um bicho que só tem rabo. CHOCOLATE - É uma coisa que a gente nunca oferece aos amigos porque eles aceitam. CINEMA - É um lugar onde a gente come pipoca.
  4. 5. DIA - Hoje é amanhã de ontem. ESTUDIOSO - Ser estudioso é pensar pouco e decorar muito. ESPERANÇA - É um pedaço da gente que sabe que vai dar certo. FÉ - É uma menininha, na praia, esvaziando o mar com um baldezinho de plástico furado. GÊMEAS - Duas meninas de cara repetida.
  5. 6. ILHA - É um morro que caiu dentro do mar. INFERNO - É um lugar onde a gente morre muito mais. JUÍZO - É fazer tudo o que mamãe acha que tá certo, mesmo quando está errado. JARDIM ZOOLÓGICO – O bicho que eu mais gostei, no jardim zoológico, foi o vendedor de sorvete.
  6. 7. LÓGICA - Uma nota de dez rasgada no meio não dá duas de cinco, dá? MENTIRA - (ouve-se o estraçalhar de um vidro no banheiro e o menino grita) - &quot;É mentira do barulho!” MÃE – Quando você era menina, quem era minha mãe? NOITE - É o dia com luz apagada.
  7. 8. NAMORADO - É uma pessoa que tem medo do claro. NEVOEIRO - É poeira do frio. PACIÊNCIA - É uma coisa que a mamãe perde sempre. REDE - É uma porção de buracos amarrados com barbante. REFLEXO - É quando a água do lago se veste de árvores. RELÂMPAGO - É um barulho rabiscando o céu. SAUDADE - É quando uma pessoa que devia estar perto está longe.
  8. 9. TRISTEZA - É uma criança com gesso no pé, sem assinatura. ULTRASSONOGRAFIA - É parente da Geografia? É? VEIAS - São raízes que aparecem no pescoço das meninas que gritam. SONO - É saudade de dormir. SOL - Eu não errei na prova. Só disse que o Sol nasce no nascente e dorme no dormente.
  9. 10. VOCAÇÃO - É a voz do papai. XINGAR - Quando eu xingo a minha avó, só xingo a metade que é do meu irmão. W - São dois vês que nasceram gêmeos. Y - É uma letra parecida com um estilingue, que é intrometida.
  10. 11. Pedro Bloch passou toda a sua vida de médico e escritor recolhendo as maravilhas que saem da boca das crianças. São definições espontâneas, tiradas poéticas, achados engraçadíssimos que dificilmente uma cabeça adulta poderia produzir. Neste dicionário, ele reuniu o melhor de sua vasta coleção, para o leitor de todas as idades. Reproduzimos algumas. Imagens – Google Música – “Brilha, brilha, estrelinha Formatação – Christina Meirelles Neves

×