Sociologia• A sociedade capitalista e as classes  sociais
O que é classe?• Para a Sociologia, a palavra “classe” é usada  para classificar ou hierarquizar grupos sociais.  Assim, p...
As sociedades modernas caracterizam-se pelasdesigualdades:• Na apropriação da riqueza gerada pela   sociedade;• Na partici...
Qual a diferença da sociedade capitalista paraas outras?• Na sociedade capitalista, a desigualdade é  constitutiva (essenc...
Para Marx existem duas classes fundamentais:• A burguesia, que personifica o capital e;• O proletariado, que vive do traba...
Para Max Weber há uma distinção dasociedade em 3 dimensões:• Econômica – quantidade de riqueza;• Social – status ou prestí...
Ainda falando de Weber, o pensamento dele écontrário ao de Marx ao afirmar que as lutasde classes não são o “motor” da his...
Para Davis e Moore:• As desigualdades materiais não são  necessariamente negativas;• Todas as políticas que propõem iguald...
“Exclusão social”• Orientação transformadora: situação errônea  para identificar aqueles que estão na classe  trabalhadora...
Dados sobre a questão da fome no                Brasil• 14 milhões de brasileiros (7,7%) sofrem de insegurança  alimentar ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sociologia

8.620 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.620
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
31
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
103
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sociologia

  1. 1. Sociologia• A sociedade capitalista e as classes sociais
  2. 2. O que é classe?• Para a Sociologia, a palavra “classe” é usada para classificar ou hierarquizar grupos sociais. Assim, para se falar de profissões, deve-se usar a palavra “categoria”.• Classes sociais expressam, então, a forma como as desigualdades se estruturam na sociedade capitalista.
  3. 3. As sociedades modernas caracterizam-se pelasdesigualdades:• Na apropriação da riqueza gerada pela sociedade;• Na participação nas decisões políticas;• No acesso à educação, bens culturais, museus...A mobilidade social no capitalismo é mais flexívelque no sistema de castas ou estamentos, mas nãoé tão ampla quanto parece. As barreiras existemnas formas de convivência social.
  4. 4. Qual a diferença da sociedade capitalista paraas outras?• Na sociedade capitalista, a desigualdade é constitutiva (essencial, indispensável), apesar do discurso de que todos têm as mesmas oportunidades e que só pelo trabalho há o enriquecimento e a prosperidade.
  5. 5. Para Marx existem duas classes fundamentais:• A burguesia, que personifica o capital e;• O proletariado, que vive do trabalho assalariado.A priori, não há uma classificação das classesem sociedade. É necessário analisarhistoricamente cada sociedade e percebercomo as classes se constituíram no processo deprodução da vida social. Assim asdesigualdades não são questões teóricas, masrealistas, que se expressam no cotidiano.
  6. 6. Para Max Weber há uma distinção dasociedade em 3 dimensões:• Econômica – quantidade de riqueza;• Social – status ou prestígio;• Política – quantidade de poder.Para ele, a palavra “classe” só pode seraplicada em relação aos membros de umaclasse que têm as mesmas oportunidades deacesso a bens, a posição social e a um destinocomum.
  7. 7. Ainda falando de Weber, o pensamento dele écontrário ao de Marx ao afirmar que as lutasde classes não são o “motor” da história, masuma das manifestações para a manutenção depoder, renda ou prestígio. Além de tambémdizer que as lutas acontecem também dentrode uma mesma classe.
  8. 8. Para Davis e Moore:• As desigualdades materiais não são necessariamente negativas;• Todas as políticas que propõem igualdade de condições levam o indivíduo ao conformismo.
  9. 9. “Exclusão social”• Orientação transformadora: situação errônea para identificar aqueles que estão na classe trabalhadora de “excluídos”, enquanto estão sim incluídos, só que em condições precárias de vida.• Orientação conservadora: é necessário adotar medidas econômicas e políticas que permitam integrar os excluídos na sociedade. Nunca pensam em questionar a sociedade atual.
  10. 10. Dados sobre a questão da fome no Brasil• 14 milhões de brasileiros (7,7%) sofrem de insegurança alimentar grave (maioria Nordeste);• 37 milhões de pessoas vivem com menos de 2 dólares por dia;• 45% das crianças com menos de 5 anos sofrem de anemia crônica por falta de ferro;• 50 mil crianças nascem todos os anos com algum tipo de complicação mental por falta de iodo na alimentação;• O Brasil é recordista de produção de alimentos: 75 milhões de toneladas de grãos são produzidas por ano e levadas para a Europa e os Estados Unidos;• 1% dos proprietários rurais obtêm 46% das terras do país;• De acordo com José de Castro, a fome no país é ENDÊMICA.

×