Nutricia Cares about Training_Suplementos

676 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
676
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nutricia Cares about Training_Suplementos

  1. 1. Suplementos –Conheça as diferenças! Julho 2012
  2. 2. Suplementos…Nutricionais Alimentares
  3. 3. Suplementos alimentares  Concentrados de determinados nutrientesO que são? e destinam-se a ser tomados em quantidades reduzidas, devido aos efeitos adversos da sua ingestão em excesso  Não devem ser utilizados como substitutos de um regime alimentar variado, já que não constituem fontes nutricionais completas, contendo apenas vitaminas, minerais, fibras e/ou extractos de ervas (interacção com nutrientes) Crenças!  Alimentação habitual não é suficiente  Procura do “emagrecimento fácil e rápido”  Isentos de risco para a saúde DL nº 136/2003
  4. 4. Suplementos alimentares Entre 2009 e 2010 as vendas de suplementos alimentares em farmácias em parafarmácias em Portugal aumentaram 1,8% em número de embalagens De Julho de 2009 até Junho de 2010, foram vendidas o que corresponde a 28,831 milhões de euros contra 24,584 milhões
  5. 5. Suplementos alimentares• Emagrecimento• Reforço da memória• Aumento da massa muscular• Gravidez (ácido fólico e ferro)• Combate ao desgaste físico• Melhorias de concentração e capacidade de estudo• Suplementação da alimentação vegetariana (Vit. B12)• Estimulantes (ganho de energia) ASAE 2006
  6. 6. Suplementos alimentares ASAE 2006
  7. 7. Aumento da massa muscular  Aumento da eficácia do treino de musculaçãoCreatina no ganho da massa muscular (treinos mais intensos e prolongados)  Fontes: Carne, peixe  A ingestão através de suplementos inibe a sua síntese  Recomendação: 5g /dia para desportistas (curta intensidade)  Associada a doença renal e cãibras  Sem evidência clara HBM  Hidroxi-β-metilbutirato  Estimular o aumento de massa muscular  Diminuição dos níveis de colesterol e pressão arterial  Poucos estudos Teixeira P. 2008
  8. 8. Emagrecimento  Promoção de perda de peso e massa gorda Cafeína  Sem evidência quando não acompanhada de um plano alimentar adequado e exercício físico  Associado a ansiedade, arritmias cardíacas, desconforto gastrointestinal e insónias  Favorece a lipóliseEfedrina  Arritimias cardíacas, insónias, enfarte miocárdio  Proibido o uso nos USA e Europa Teixeira P. 2008
  9. 9. EmagrecimentoL-carnitina  Sem evidência na perda de peso  Associada a menor sensação de desconforto durante o exercício físico (ex: fadiga crónica)  Ácido linoleico conjugado CLA  Fontes: carne, leite e queijo  Redução de massa gorda – estudos com animais  Sem evidência significativa em humanos (perda em 1kg em 12 semanas; perda em 1,8kg em 12 meses) Teixeira P. 2008
  10. 10. Emagrecimento Glucomanano  Fibra solúvel  Inibidor de apetite (forma gel)  Estudos inconsistentes  Fibra Quitosano  Inibidor da absorção de lípidos  Trânsito intestinal mais rápido  Amostras reduzidas  Associar a ingestão hídrica devido a obstipação Teixeira P. 2008
  11. 11. Segurança alimentar Antes de tomar um suplemento: Sensibilizar para os efeitos indesejáveis do uso indiscriminado de suplementos alimentares Monitorização periódica para determinar as formas e as fontes da suplementação As recomendações para o uso deste tipo de suplementos tem de estar fundamentadas pela evidência científica Os suplementos alimentares não devem ser utilizados como substitutos de um regime alimentar variado Teixeira P. 2008
  12. 12. Suplementos nutricionais O que são? Destinam-se a umaalimentação especial com fins Devem ser consumidos sobmedicinais específicos, com o supervisão médica e objectivo de satisfazer as constituem, habitualmente, necessidades nutricionais de fontes nutricionais quem não as consegue completas, contendo alcançar apenas com a energia, proteínas, glícidos,alimentação habitual, quer seja lípidos, vitaminas e mineraiscomo fonte alimentar única oucomo suplemento das refeições diárias DL 216/2008
  13. 13. Suplementos nutricionais Obter a dose recomendada em 3-5 dias ou assim que o paciente tolere Dieta Suplementação Terapêutica Equilibrada Nutricional nutricionalEntre as refeições (≥1h antes)  Evita a saciação precoce  Aumenta a ingestão alimentar  Diminui a sensação de fome entre as refeições principais Darmon et al. 2008, Norman et al. 2006
  14. 14. Suplementos nutricionais
  15. 15. Suplementos nutricionais Segurança Eficácia Conveniência • Embalagem de Permite a sua ingestão • Fácil de manusear plástico sem palhinha • Permite o seu uso emEMBALAGEM • A forma da pacientes com deficiência “BOTLLE” embalagem permite funcional nas mãos um maior contacto • Embalagem atraente com a mão diminuindo o risco de queda • Permite voltar a • Abertura mais larga • Conservação após abertura TAMPA fechar que potencia o aroma e • De fácil manuseamento ao DE • Salvaguarda o sabor do produto abrir e fecharENROSCAR produto em caso de • Maximiza todos os • Menos desperdício de queda sentidos - melhoria da produto se não for adesão à terapia consumido no imediato nutricional • Reduz o risco de • Evita a entrada da palhinha vazamento de produto para o interior da garrafaPALHINHA
  16. 16. Suplementos nutricionaisMelhoria do Diminuição Melhoria da estado das condiçãonutricional complicações físicaMelhoria da Diminuição daqualidade de mortalidade vida
  17. 17. Suplementos nutricionais  Adicionado a refeições líquidas e sólidas Pó  Enriquecimento nutricional de um nutriente em específico ou de vários nutrientes  Esvaziamento gástrico mais rápidoLíquido  Pronto a usar  Melhoria da saciedade“Pudim”  Menor volume Nieuwenhuizen et al. 2010; Norman et al. 2006
  18. 18. Suplementos nutricionais Alto teor proteico  Proteína Completo  Modular Energia  Espessante Modular
  19. 19. Suplementos nutricionais Alto teor proteico  Alto teor energético Completo  Completo  Alto teor proteico e energético  Completo
  20. 20. Suplementos nutricionais Alto teor energético e proteico Completo  Alto teor energético e proteico  Completo
  21. 21. Suplementos nutricionais  Normoproteico  Completo  Paciente diabético Alto teor proteico e energético Completo Cicatrização de feridas
  22. 22. Conclusão Suplementos Suplementos alimentares nutricionais• Situações específicas de • Risco de malnutrição carência (osteoporose, • Patologias específicas gravidez) • Aconselhamento com• Disponíveis para a profissional de saúde população geral • Sustentação científica• Inconsistência científica
  23. 23. Obrigada!

×