Eduvirtua m3

719 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
719
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
156
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Eduvirtua m3

  1. 1. OBJETO DE APRENDIZAGEM EDUVIRTUA – EDUCADORES NOS MUNDOS VIRTUAIS MÓDULO 3 – FORMAÇÃO DE PROFESSORES ATRAVÉS DOS MUNDOS VIRTUAIS – ESTRATÉGIAS DIDÁTICO-PEDAGÓGICAS NOS MDV3DS
  2. 2. Nos MDV3Ds podemos aplicar diferenciadas estratégias para serem utilizadas na formação de professores da Educação Superior. Vamos conhecer cada uma delas!
  3. 3. Meios de comunicação e interação: Os meios de comunicação e interação acontecem através das linguagens gráfica, gestual, textual e oral.
  4. 4. Linguagem Oral: Avatares interagindo por áudio
  5. 5. Linguagem Gestual: Avatar expressando gestos
  6. 6. Linguagem Gráfica: Avatar personalizado como uma águia
  7. 7. Linguagem Textual: Avatares conversando por texto
  8. 8. A utilização dos MDV3Ds, mediada pelo professor, além de essencial para o desenvolvimento adequado de sua prática, estimula, incentiva e articula a construção do conhecimento dos alunos. O professor deve acompanhar e instigar a participação desses, que por sua vez, devem ter um perfil ativo, dinâmico e diferenciado neste processo.
  9. 9. A colaboração em MDV3D pode ocorrer em diversas e diferentes situações, mas principalmente apoiada pela utilização dos meios de comunicação e interação, o que estimula os processos de ação e reflexão entre os sujeitos (avatares). Somado a isso, os MDV3Ds proporcionam a sensação de realmente estar se encontrando com os outros, pois pode-se mover o avatar e falar como se estivesse naquele local. É gerada uma sensação de presença única na Internet.
  10. 10. Estratégias pedagógicas: O professor pode definir o local do encontro e utilizar diferentes meios de comunicação e interação. Este espaço virtual é caracterizado por um lugar que favorece o diálogo e que permite a visualização de todos os avatares. O objetivo desta organização é proporcionar o “sentir-se bem”, oportunizando o diálogo e o compartilhamento de saberes. Encontros, palestras ou aulas dialogadas:
  11. 11. Encontros, palestras ou aulas dialogadas: Avatares conversando em diferentes espaços de convivência
  12. 12. Avatares conversando em diferentes espaços de convivência Encontros, palestras ou aulas dialogadas:
  13. 13. São painéis que possibilitam a inclusão de slides, imagens e vídeos. O diferencial é que os avatares podem interagir com o objeto, avançando ou retrocedendo as informações e até mesmo editando-o para incluir novas informações. Além disso, estes painéis ficam constantemente disponíveis, podendo ser (re)vistos sempre que necessário. Displays:
  14. 14. Displays: Painéis utilizados para apresentações e vídeos
  15. 15. Displays: Painéis utilizados para apresentações e vídeos
  16. 16. Objetos de Aprendizagem (OAs): O objetivo do uso dos OAs em MDV3Ds é poder experienciar situações através de realidade virtual aumentada. A interação dos avatares com estes objetos podem acontecer de diversas formas, como através da sua exploração e manipulação, visitas à links relacionados, compartilhamento de novos saberes com os demais avatares, entre outros.
  17. 17. Objetos de Aprendizagem (OAs): OA: Acessibilidade
  18. 18. Objetos de Aprendizagem (OAs): OA: Núcleo Celular
  19. 19. Simuladores: Podem ser criados espaços para simular lugares reais, espaços que nunca existiram e qualquer outro elemento. Desta forma, incentiva-se o trabalho interdisciplinar através das trocas sociais e culturais, favorecendo o desenvolvimento do criar coletivo. Os avatares podem assumir diferentes papéis e participar de forma ativa e envolvente nestes espaços.
  20. 20. Simuladores: Laboratório Virtual Hallucionattions - Califórnia Davis
  21. 21. Simuladores: Simulação de um Tsunami através de uma viagem em um submarino
  22. 22. Exploração dos espaços digitais virtuais: A exploração pode ser realizada com toda a turma, em pequenos grupos ou individualmente, sendo mediada pelo professor. Este deve relacionar os espaços que serão visitados por seus alunos.
  23. 23. Exploração dos espaços digitais virtuais: Avatar visitando Museu de História Natural e África do Sul
  24. 24. Exploração dos espaços digitais virtuais: Avatar visitando Museu de História Natural e África do Sul
  25. 25. Modelagem e criação de objetos: Esta funcionalidade requer certa habilidade e conhecimentos relacionados à computação gráfica e programação. Seu diferencial possibilita ao(s) aluno(s) uma construção colaborativa, articulando os meios do processo de criação (relações sociais) e despertando assim a sua criatividade, a capacidade de planejar e produzir.
  26. 26. Modelagem e criação de objetos: Espaço desenvolvido por alunos da graduação de uma disciplina que ocorre no SL
  27. 27. Notecards: São documentos de textos simples que se pode criar e compartilhar no SL. São úteis para orientar alguma atividade, indicar links de locais interessantes, incluir imagens para ilustrar alguma explicação, entre outros.
  28. 28. Notecards: Exemplo de Notecard

×