Utc fs versus gestao de projecto

304 visualizações

Publicada em

Apresentação APOGEP 2010

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
304
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Pedimos para nos fazerem chegar as apresentações concluídas até ao dia 17 de Setembro pelo endereço sgp2010@apogep.pt
  • Utc fs versus gestao de projecto

    1. 2. Nuno Tasso de Figueiredo Sales Manager - Portugal UTC-FS Portugal 2010 Segurança Electrónica ao Serviço do Gestor de Projecto
    2. 3. <ul><li>As novas Tecnologias Adaptadas à Sociedade Contemporânea </li></ul><ul><li>Mercado Global da Segurança Electrónica </li></ul><ul><li>Mercado Português da Segurança Electrónica </li></ul><ul><li>Gestão de Projectos Vs Fabricante de Equipamento Electrónico de Segurança </li></ul><ul><li>Observações & Expectativas </li></ul><ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>O que é a UTC </li></ul><ul><li>O que é a UTC-FS </li></ul>
    3. 4. As Novas Tecnologias Adaptadas à Sociedade Contemporânea <ul><li>Security </li></ul><ul><ul><li>Intrusão </li></ul></ul><ul><ul><li>Controlo de Acessos </li></ul></ul><ul><ul><li>Video Vigilância </li></ul></ul><ul><li>Safety </li></ul><ul><ul><li>Detecção de Incêndios </li></ul></ul><ul><ul><li>Detecção de gases </li></ul></ul><ul><li>Gestão Técnica Centralizada </li></ul><ul><li>... </li></ul>
    4. 5. As Novas Tecnologias Adaptadas à Sociedade Contemporânea <ul><li>Legislação </li></ul><ul><li>Tecnologia </li></ul><ul><li>Mercado </li></ul><ul><li>... </li></ul>
    5. 6. <ul><li>Legislação </li></ul><ul><ul><li>Directivas europeias </li></ul></ul><ul><ul><li>Legislação Nacional </li></ul></ul><ul><ul><li>Certificação </li></ul></ul><ul><ul><li>... </li></ul></ul>As Novas Tecnologias Adaptadas à Sociedade Contemporânea
    6. 7. <ul><li>Tecnologia </li></ul><ul><ul><li>Comunicação </li></ul></ul><ul><ul><li>Compatibilidade com o futuro </li></ul></ul><ul><ul><li>Retrocompatibilidade </li></ul></ul><ul><ul><li>... </li></ul></ul>As Novas Tecnologias Adaptadas à Sociedade Contemporânea
    7. 8. <ul><li>Mercado </li></ul><ul><ul><li>Diferenciação </li></ul></ul><ul><ul><li>Custos de Instalação </li></ul></ul><ul><ul><li>Custos de Operação </li></ul></ul><ul><ul><li>... </li></ul></ul>As Novas Tecnologias Adaptadas à Sociedade Contemporânea
    8. 9. Mercado Global da Segurança Electrónica
    9. 10. Porquê a segurança ? Mercado Global: + de $ 70 MM Taxas de Crescimento acima de 7% Fragmentação: >1000 fabricantes Tendência para consolidação Mercado Global
    10. 11. Mercado Global
    11. 12. Mercado Português da Segurança Electrónica
    12. 13. Mercado Português da Segurança Electrónica Fonte: Elaboração própria a partir dos Anuários Premivalor
    13. 14. Mercado Português da Segurança Electrónica Fonte: Elaboração própria a partir dos Anuários Premivalor
    14. 15. Gestão de Projectos Vs Fabricante de Equipamento Electrónico de Segurança
    15. 16. Gestão de Projectos?
    16. 17. Gestão de Projectos? “ ... a gestão de projectos é mais lidar com pessoas do que outra coisa...” Mark Brown, 1993 “ ...entre 50% a 80% do tempo dos gestores era gasto em funções de comunicação, a comunicar com outras pessoas dentro e fora da empresa..” Mintzberg, 1973
    17. 18. Gestão de Projectos?
    18. 19. Conceito de Projecto? <ul><li>“ um projecto é um trabalho não repetitivo, planificado e realizado de acordo com especificações técnicas determinadas, e com objectivos de custos, investimentos e prazos pré-definidos. Também se define um projecto como um trabalho de volume e complexidade consideráveis, que se realiza com a participação de vários departamentos de uma empresa e eventualmente com a colaboração de terceiros” </li></ul><ul><li>Brown Boveri </li></ul>
    19. 20. <ul><li>Fonte: Institut National de la Jeunesse et de L’Education Populaire (INJEP), Méthodologies de projet / Document 46 – Direction des Lycées et Collèges, 1990 </li></ul>
    20. 21. <ul><li>Fonte: Institut National de la Jeunesse et de L’Education Populaire (INJEP), Méthodologies de projet / Document 46 – Direction des Lycées et Collèges, 1990 </li></ul>
    21. 22. <ul><li>Fonte: Institut National de la Jeunesse et de L’Education Populaire (INJEP), Méthodologies de projet / Document 46 – Direction des Lycées et Collèges, 1990 </li></ul><ul><li>Interpretar as especificações da especialidade </li></ul><ul><li>Integrador / Instalador </li></ul>
    22. 23. <ul><li>Fonte: Institut National de la Jeunesse et de L’Education Populaire (INJEP), Méthodologies de projet / Document 46 – Direction des Lycées et Collèges, 1990 </li></ul><ul><li>Interpretar as especificações da especialidade </li></ul><ul><li>Integrador / Instalador </li></ul>
    23. 24. <ul><li>Fonte: Institut National de la Jeunesse et de L’Education Populaire (INJEP), Méthodologies de projet / Document 46 – Direction des Lycées et Collèges, 1990 </li></ul><ul><li>Logística </li></ul><ul><li>Equivalências </li></ul><ul><li>Mais valias </li></ul><ul><li>Interpretar as especificações da especialidade </li></ul><ul><li>Integrador / Instalador </li></ul>
    24. 26. Observações & Expectativas
    25. 27. Onde Pode Haver Sinergias <ul><li>Meios importantes, variados e mutáveis </li></ul><ul><li>Evolução tecnológica dos equipamentos durante o “timing” compreendido entre a decisão, dotação financeira, projecto de segurança e a implementação; </li></ul>“ Qualidade Compatibilidade”
    26. 28. Onde Pode Haver Sinergias <ul><li>Meios importantes, variados e mutáveis </li></ul><ul><li>Evolução tecnológica dos equipamentos durante o “timing” compreendido entre a decisão, dotação financeira, projecto de segurança e a implementação; </li></ul><ul><li>Influências externas </li></ul><ul><li>Interpretação do que está projectado assim como normas, regulamentos e legislação; </li></ul><ul><li>Timing nos transportes e rupturas de stocks; </li></ul><ul><li>Integradores com competências técnicas adequadas. </li></ul>“ Qualidade Compatibilidade” Paz de Espírito
    27. 29. Onde Pode Haver Sinergias <ul><li>Meios importantes, variados e mutáveis </li></ul><ul><li>Evolução tecnológica dos equipamentos durante o “timing” compreendido entre a decisão, dotação financeira, projecto de segurança e a implementação; </li></ul><ul><li>Influências externas </li></ul><ul><li>Interpretação do que está projectado assim como normas, regulamentos e legislação; </li></ul><ul><li>Timing nos transportes e rupturas de stocks; </li></ul><ul><li>Integradores com competências técnicas adequadas. </li></ul><ul><li>Risco </li></ul><ul><li>Alternativas que permitam cumprir o projecto não comprometendo o seu espírito e o “budget” aprovado. </li></ul>“ Qualidade Compatibilidade” Paz de Espírito Controlo de Custos
    28. 30. Conclusões
    29. 31. Conclusões O Gestor de Projecto pode ter no Fabricante um Aliado que o ajude :
    30. 32. Conclusões O Gestor de Projecto pode ter no Fabricante um Aliado que o ajude : No cumprimento dos requisitos técnicos;
    31. 33. Conclusões O Gestor de Projecto pode ter no Fabricante um Aliado que o ajude : No cumprimento dos requisitos técnicos; No cumprimento do orçamento;
    32. 34. Conclusões O Gestor de Projecto pode ter no Fabricante um Aliado que o ajude : No cumprimento dos requisitos técnicos; No cumprimento do orçamento; No cumprimento dos “timings” estipulados.
    33. 35. O que é a UTC
    34. 36. UTC United Technologies Corporation É uma empresa fundada nos princípios da inovação, com diversas áreas de negócio, e cuja oferta para o mercado inclui: <ul><li>Presença global, em mais de 70 países </li></ul><ul><li>223.100 colaboradores </li></ul><ul><li>53 MM $ de receitas (2009) </li></ul>
    35. 37. O que é a UTC- FS
    36. 38. UTC Fire & Security Líder mundial em segurança na relação com toda a cadeia de valor, oferece em todo o mundo, paz de espírito para os indivíduos, empresas e a sociedade em geral. <ul><li>Sede Global - Farmington, CT, E.U. </li></ul><ul><li>Receita $ 6,5 MM (2008) </li></ul><ul><li>Cerca de 40 mil colaboradores </li></ul><ul><li>Presença em 35 países </li></ul>
    37. 39. UTC Fire & Security
    38. 40. UTC Fire & Security Relações próximas com toda a cadeia de valor
    39. 41. UTC Fire & Security Relações próximas com toda a cadeia de valor

    ×