Gestão

624 visualizações

Publicada em

Defesa do trabalho de gestão 2007

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
624
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão

  1. 1. Apresentação do trabalho de Semestre 2007/2008 UNIDADE CURRICULAR: Fundamentos de Gestão DOCENTE: Mestre Nuno Farinha
  2. 2. Índice <ul><li>Agradecimentos </li></ul><ul><li>Tema e Introdução </li></ul><ul><li>Objectivos </li></ul><ul><li>Metodologia </li></ul><ul><li>Enquadramento Empírico </li></ul><ul><li>Enquadramento Geral da Organização </li></ul><ul><li>Dinâmica de gestão no Departamento Operacional </li></ul><ul><li>Sínteses e Conclusões </li></ul>
  3. 3. Agradecimentos <ul><li>Gostaríamos de agradecer à empresa GE Security por nos terem cedido uma série de dados secundários que nos permitiram desenvolver este trabalho de uma forma mais objectiva. </li></ul><ul><li>Também uma grande referência e agradecimento ao nosso orientador Académico Dr. Nuno Farinha . Conseguiu transmitir-nos a importância da gestão como uma “ferramenta” fundamental para tentar obter respostas, assim como as várias formas de a conduzir. Um verdadeiro pedagogo a quem dirigimos um obrigado muito especial. </li></ul>
  4. 4. Tema e Introdução <ul><li>A GE no seu todo, e na nossa opinião, é uma empresa que consegue conciliar a eficácia e a eficiência. </li></ul><ul><li>Tentou-se verificar o tipo de gestão praticada ao nível de: </li></ul><ul><li>Planeamento </li></ul><ul><li>Organização </li></ul><ul><li>Liderança </li></ul><ul><li>Controlo </li></ul><ul><li>Tipo de Estrutura e Tipologia </li></ul><ul><li>Níveis de decisão existentes </li></ul><ul><li>Tipos de segmentação (Estratégica e ou Marketing) </li></ul><ul><li>Mecanisnos de Coordenação e Controlo </li></ul>
  5. 5. Objectivos <ul><li>Os Principais Objectivos: </li></ul><ul><li>A Ge Security: </li></ul><ul><li>-Como é constituída </li></ul><ul><li>Qual a gestão que está a ser feita </li></ul><ul><li>A evolução da empresa </li></ul><ul><li>Qual a politica da empresa </li></ul><ul><li>Meio Envolvente Organizacional </li></ul><ul><li>Ética da Empresa </li></ul><ul><li>Responsabilidade Social </li></ul><ul><li>Globalização </li></ul><ul><li>Processo de Tomada de Decisão </li></ul><ul><li>Contexto de Planeamento da empresa </li></ul><ul><li>Tipo de Estrutura e Características </li></ul><ul><li>Tipologia </li></ul><ul><li>Liderança implementada </li></ul><ul><li>Percepção da gestão em todos os contextos da gestão empresarial </li></ul>
  6. 6. Metodologia <ul><li>Como foi recolhida a informação? </li></ul><ul><li>Cedida pela Ge de forma directa; </li></ul><ul><li>Imprensa escrita </li></ul><ul><li>Quais os Intervenientes? </li></ul><ul><li>Ge Security: Director Geral (Country Manager); Director Comercial (Sales Manager) </li></ul><ul><li>Quais as principais fontes de informação quantitativa e qualitativa? </li></ul><ul><li>Através da própria empresa recolhemos: </li></ul><ul><li>Volume de Vendas </li></ul><ul><li>Recursos Humanos </li></ul><ul><li>Anuários de 2006 e 2007 (Valor do Mercado e a sua Segmentação) </li></ul><ul><li>Como foi trabalhada a informação? </li></ul><ul><li>Recolhida, Compilada, Analisada, Discutida e Sintetizada de forma descritiva, com o objectivo de ser Conclusiva. </li></ul>
  7. 7. General Electric <ul><li>“ A Tecnologia é a Chave do Crescimento” </li></ul><ul><li>Fundada por Thomas Edison em 1878, como Edison Electric Co. </li></ul><ul><li>A única empresa cotada no índice industrial Dow Jones </li></ul><ul><li>Um logótipo reconhecido em todo o mundo e praticamente inalterado desde a sua fundação: </li></ul><ul><li>6 Negócios Globais a operar em mais de 100 países: </li></ul><ul><li>316.000 Funcionários em todo o mundo </li></ul><ul><li>163.4 MM$ Receitas de 2006 </li></ul><ul><li>78 MM$ Receitas Internacionais fora dos E.U.A. de 2006 </li></ul><ul><li>40.7 MM$ Receitas EMEA de 2006. </li></ul>Logótipo
  8. 8. GE Industrial Composta por 8 áreas, são elas: Como podemos constatar é na Ge Industrial que se encontra a Ge Security.
  9. 9. Desde soluções domésticas a industriais ou segurança nacional, a tecnologia da GE cobre todo o espectro dos sistemas de segurança e prevenção, incluindo monitorização de vídeo de alta tecnologia, intrusão, detecção de incêndios, transmissão de alarme e comunicações, protecção de bens, detecção de explosivos e narcóticos. GE Security
  10. 10. Soluções GE Security Retalho, Banca, Hotéis, Entretenimento, Vigilância de Cidades, Protecção Residencial, Edifícios, Energia e Serviços, Industria, Forças Policiais, Aviação, Transportes, Controlo de Tráfego, Educação, Saúde, etc.
  11. 11. <ul><li>Networked Solutions </li></ul><ul><ul><li>Escritórios Locais Venda apenas a instaladores de segurança. </li></ul></ul><ul><ul><li>Distribuição Venda a distribuidores de equipamentos de segurança, nacionais e internacionais. </li></ul></ul><ul><ul><li>Asset Protection Venda e distribuição de sistemas mecânicos e electrónicos e de protecção de bens. </li></ul></ul>Estratégia de Canais <ul><li>Engineered Systems </li></ul><ul><li>Elabora soluções completas e adaptadas </li></ul><ul><li>a cada situação, para grandes clientes </li></ul><ul><li>e infra-estruturas públicas. </li></ul><ul><li>Homeland Protection </li></ul><ul><li>Venda de soluções tecnológicas para a </li></ul><ul><li>detecção de explosivos e narcóticos. </li></ul>
  12. 12. Tipo de Estrutura <ul><li>Estrutura Divisional onde salientamos: </li></ul><ul><li>Adaptada a um meio envolvente instável </li></ul><ul><li>Descentraliza decisões </li></ul><ul><li>Flexibilidade e autonomia local </li></ul><ul><li>Dificuldade de comunicação entre as diferentes linhas de produtos ou BU’s (SBU’s) </li></ul>Organigrama da GE Security; Ge Security EMEA; Ge Security Portugal.
  13. 13. Carta Organizacional <ul><li>A Ge Security subdivide o mundo em 3 áreas: EMEA (Europa, Médio Oriente e áfrica); Ásia; Pacifico e Américas. </li></ul><ul><li>Este é o enquadramento Organizacional: </li></ul>
  14. 14. GE Security em Portugal Foi constituída em 1982 denominou-se BZN Segurança Electrónica, Lda. Sofreu diversas alterações não só na “Denominação Social” mas também na mudança da Sede Social e no aumento do respectivo “Capital Social” Em 2002 a General Electric “GE” adquiriu o grupo “Interlogix” passando, nessa fase, a sua denominação a ser “GE Interlogix“. Neste momento a sua denominação é “GE Security“ e está integrada na divisão da “GE Industrial“ e o seu crescimento não tem parado. Em 1996 a BZN Segurança Electrónica, Lda. foi adquirida pelo Grupo Internacional “Interlogix B.V.” com sede Europeia em Bruxelas e com produção e distribuição própria de uma gama completa de equipamentos electrónicos de segurança. Assim, passou a fazer parte integrante de uma estrutura global. Sede Social: R. Bela Vista, Lt.18 Lj.E Murtal 2775-076 Parede –Portugal Telf: 214548180 Fax: 214548189 Filial: R. Campo Alegre nº 1306-C 4150-174 PORTO – Portugal Telef. 22 608 72 25 Fax: 22 608 72 71
  15. 15. Abordagem ao Mercado <ul><li>Abordagem ao Mercado sob três vertentes: </li></ul><ul><li>-Abordagem directa ao mercado (clientes finais), </li></ul><ul><li>-Trabalho directo com os profissionais da área (Projecto & Engenharia), </li></ul><ul><li>Comercialização de Equipamentos e formação </li></ul><ul><li>Técnico/Comercial só com Instaladores/Integradores. </li></ul><ul><li>Objectivos : </li></ul><ul><li>Cumprimento do Plano Operacional annual “double digit growth”, </li></ul><ul><li>em que os custos não podem ser superiores a 15% do volume das vendas. </li></ul>
  16. 16. Abordagem ao Mercado ...“Diferenciamo-nos não só por sermos um fornecedor, mas também por sermos um aliado a longo prazo”… ...“Queremos ser a primeira empresa mundial a oferecer soluções tecnológicas, para ajudar os nossos clientes a protegerem pessoas, bens e comunidades”... ...” A GE è uma empresa construída sobre princípios, movidos pela sua cultura e baseados na integridade”...
  17. 17. Segmentação por Área de Negócio Áreas mais relevantes: 34% Sistemas de Detecção de Incêndios 22% Video Vigilância 21% Detecção de Intrusão 14% Centrais de Det. de Intrusão. Fonte: GE Security Portugal
  18. 18. Evolução do Volume de Vendas Salientam-se taxas de crescimento muito acima do crescimento económico do País e da União Europeia, onde se prevê um crescimento do PIB entre 1,8% e 1,9% Fonte: Reuters: http:// diarioeconomico . sapo .pt/ edicion / diarioeconomico / internacional / economia /pt/ desarrollo /1069887.html Fonte: GE Security Portugal
  19. 19. Quotas de Mercado Só 26% do equipamento colocado no mercado nacional é efectuado por Fabricantes/Distribuidores. Face a 2006 a Ge Security face ao segmento (Distribuição) têm 28.36% do mercado. Face à totalidade o mercado têm 7.37% do mercado. Os sistemas de: Detecção de Intrusos (SADIR) com 13.60% Controlo de Acessos (SACA) com 9.40% São os negócios onde a Ge Security têm mais “market share”. O mercado registou um crescimento em 2006 face a 2005 de 4.27%.
  20. 20. Organigrama Local Estrutura Funcional (Local) embora inserida numa organização com Tipologia Organizacional de Estrutura Divisional.
  21. 21. Recursos Humanos Neste organização o Gestor (Country Manager) faz parte da força de vendas que é denominada como SFE (Sales Force Effectiveness). É notório que o Dep. Comercial têm maior volume até porque a vocação da estrutura é “VENDAS”
  22. 22. Produtos e Qualidade <ul><li>Produtos </li></ul><ul><li>Video Vigilância </li></ul><ul><li>Redes de Video </li></ul><ul><li>Fibra Óptica </li></ul><ul><li>Detecção de Incêndio </li></ul><ul><li>Sistemas de evacuação </li></ul><ul><li>Detecção de Intrusão </li></ul><ul><li>Controlo de acessos </li></ul><ul><li>Protecção de bens </li></ul><ul><li>Detecção de Gases Tóxicos e Explosivos </li></ul><ul><li>Software de Gestão Integrada </li></ul><ul><li>Qualidade </li></ul><ul><li>É determinada por vários factores: </li></ul><ul><li>-Organizacionais com as ISO9001 </li></ul><ul><li>Normas Europeias (EN) </li></ul><ul><li>Certificação específica por laboratórios acreditados na EU, </li></ul><ul><li>Certificação CE, entre outras. </li></ul>
  23. 23. Segmentação de Clientes <ul><li>Gráfico refere a segmentação e identificação dos canais: </li></ul><ul><li>“ Business to Business”, para os clientes da Ge Security Portugal: </li></ul><ul><li>Instaladores/Integradores: 92% </li></ul><ul><li>Distribuidores: 8% </li></ul>internacionais nacionais regionais distribuidores 0% > 10.000,00 ano -10% > 12.000,00 ano -20% > 25.000,00 ano -30% > 50.000,00 ano -40% > 100.000,00 ano Desconto Segmentação Preços por volume
  24. 24. Gestão e descrição do Dep. Operacional
  25. 25. Gestão e descrição do Dep. Operacional <ul><li>Objectivos Quantitativos </li></ul><ul><li>Lucro; Volume de vendas; Unidades vendidas; Quota de mercado; Taxa de penetração no mercado; Volume ou densidade  da distribuição; Custos associados; Valor acrescentado </li></ul><ul><li>Objectivos Qualitativos </li></ul><ul><li>Carteira de clientes; Novos produtos; Gama coberta; Cobertura geográfica; Clientes chave; Novos negócios; Novos mercados; Satisfação dos públicos relacionais; Notoriedade. </li></ul>
  26. 26. Gestão e descrição do Dep. Operacional <ul><li>Serviço Pós-Venda: </li></ul><ul><li>Entrada de encomendas no sistema informático global; Informações sobre questões de Stocks; Logística; Funcionamento de equipamentos; Envio de documentação variada (manuais, catálogos). Coordenação de RMA’s com os serviços do Armazém Central e do Service Centre na Holanda (reparações; garantias e devoluções). </li></ul><ul><li>Apoio Técnico: </li></ul><ul><li>Formações </li></ul><ul><li>Apoio em Obra </li></ul>
  27. 27. Plano Operacional Plano Operacional anual a apresentar anualmente aos HQ – Discutido e elaborado préviamente com o quadro directivo. Este tem duas fases distintas, “Session II” efectuado em Agosto e em que baseado no 1º Semestre se faz a projecção possível para o proximo ano, e a finalização e concretização em Dezembro onde podem ser observadas as mais diversas variações ocorridas durante o 2º Semestre. Enquadrar e implementar o Plano após aprovação dos HQ a nível da estrutura operacional. Liderar , cativar e motivar a equipa e enquadrá-la dentro dos parâmetros exigidos. Ajudando a gerir frustrações e incentivando á inovação e pro-actividade. Controlar através de mecanismos e ferramentas se o que está estipulado e aceite está a ser cumprido dentro dos parâmetros exigidos pelos Accionistas.
  28. 28. Papeis do Gestor As principais tarefas ou actividades do gestor responsável prendem-se com a coordenação do bom funcionamento da área de negócios A função tem um instrumento de gestão, Plano de Operações a partir do qual se desenvolvem as principais acções de estratégia. Naturalmente que esta função tem grandes preocupações com o meio envolvente , onde a monitorização do mesmo se pretende que seja constante. Os principais mecanismos de controlo dos colaboradores, encontram-se sustentados como seria de esperar, no Plano de Negócios. As expectativas que julgo que os colaboradores têm em relação ao estilo de liderança , resumem-se ao que se considera uma obrigação por parte de qualquer liderança; melhoria da qualidade de vida.
  29. 29. Ferramentas As principais ferramentas utilizadas em termos de gestão são: Relatórios (internos e externos) diários, semanais, mensais, trimestrais, semestrais e anuais com especial incidência no volume de vendas mas também relativos aos custos operacionais face ao plano operacional. Estudos de mercado . Informações económicas e sociais do País. Bases de dados e redes de contactos.
  30. 30. Sintese e Conclusões É uma empresa que aposta na ética e responsabilidade social. Tem uma prática corrente ao nível de apoiar quem Serve, Ecologia e a Educação. A opinião dos colaboradores é válida e levada em consideração “Imagination at Work”. Formação e valorização constante (qualificações) . Visibilidade É uma empresa que em termos de estrutura apresenta alguma complexidade, no entanto parece-nos ser de cariz divisional (6 divisões globais com uma série de sub-divisões) onde poderemos verificar vários patamares Hierárquicos e de gestão. A Globalização tem um peso extremo.
  31. 31. Sintese e Conclusões Procura um estilo Pró-activo ao nível das decisões Utiliza o Planeamento prospectivo no sentido construír o futuro. Estratégias corporativas, competitivas (SBU’s) e funcionais . Objectivos de curto, médio e longo prazo (Segmentação estratégica e de MKT) . Desenvolve mercados e aposta na diversificação e diferenciação. Forte componente em Investigação e Desenvolvimento. Últimamente aposta no crescimento Orgânico (não à custa de aquisições). Conjuga a segmentação estratégica (Competencias tecnológicas; Divisão dos clientes por necessidades gerais; Competitividade do negócio; médio e longo prazo) e de Marketing (Competências comerciais; Divisão dos clientes por hábitos ou comportamentos; MKT Mix; Curto prazo). Notoriedade da Marca tem um peso tremendo Os imperativos estratégicos EMEA : Crescer globalmente ; Criar procura; Liderar em tecnologia ; Canais fortes e Melhorar maneira de fazer negócio .
  32. 32. Bibliografia e Netgrafia <ul><li>Bibliografia: </li></ul><ul><li>Mintzberg H (1979), Estrutura e Dinâmica das Organizações, Publicações D. Quioxote: Lisboa </li></ul><ul><li>Stoner, J, Freeman, R. (1999), Administração, 5ª Edição, McGraw-Hill International Edition. </li></ul><ul><li>Farinha, Nuno (2007/2008), Fundamentos de Gestão, IPAM: Lisboa </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Netgrafia: </li></ul><ul><li>http://www.gesecurity.com/portal/site/GESecurity </li></ul>
  33. 33. G1 NA - Grupo 3 Natércia Santos Nuno Figueiredo Susana Alcântara Vanda Gameiro Obrigado!

×