O Método Científico 
(em mais ou menos dez minutos)
Ciência 
1 – Corpo de conhecimento científico sobre o mundo físico e natural 
2 – Método através do qual se obtém conhecim...
Como podemos saber o que é verdade? 
A ciência fala a linguagem da evidência. 
A evidência é obtida observando a natureza ...
Como podemos saber o que é verdade?
Todas as experiências apontarão no mesmo sentido? 
Evidência 
Evidência 
Evidência 
Evidência 
Evidência 
Evidência 
Evidê...
Com o acumular de evidência em favor de uma hipótese, 
aumenta a confiança na mesma. Contudo… 
O Tio Alberto diz que o cas...
Um pouco mais complicado do que 
parece…mas nada que não possais fazer! 
Questões a ponderar: 
• A hipótese está de acordo...
O que devemos ter em atenção ao 
desenhar uma experiência? 
• A experiência deve ser desenhada de modo a permitir testar a...
O que devemos ter em atenção para 
desenhar uma experiência? 
• Devemos definir modelos e controlos tais a que a única dif...
Vamos fazer Ciência!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Método Científico (em mais ou menos 10 minutos)

263 visualizações

Publicada em

Apresentação introdutória para alunos da Universidade Júnior no Programa Verão em Projecto, no estágio "Comportamento e Bem-estar Animal", no IBMC, Universidade do Porto

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
263
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Método Científico (em mais ou menos 10 minutos)

  1. 1. O Método Científico (em mais ou menos dez minutos)
  2. 2. Ciência 1 – Corpo de conhecimento científico sobre o mundo físico e natural 2 – Método através do qual se obtém conhecimento científico, pela observação e experimentação. 3 – Actividade intelectual que engloba aquisição sistemática de conhecimento através do método científico Ciência é muito mais que um corpo de conhecimentos, é um modo de pensar. – Carl Sagan É um método para encontrar a verdade sobre o Universo: - Os átomos e moléculas - Os astros - A vida - O comportamento animal - Etc, etc, etc, etc, etc, etc.
  3. 3. Como podemos saber o que é verdade? A ciência fala a linguagem da evidência. A evidência é obtida observando a natureza e testando hipóteses. Por outras palavras, é um modo de “perguntar ao Universo, deixando a realidade falar por si”. “Não importa quão bonita é a hipótese, quão inteligente for quem a propuser, ou qual o seu nome. Se estiver em desacordo com a experimentação, está errada.” – Richard Feynman Para testar uma hipótese, é necessário fazer previsões. Exemplo: - “Se um porco preferir um espaço aberto a um ambiente fechado, passará mais tempo num espaço aberto, se puder escolher.” - “Se uma galinha estiver motivada para adquirir material de ninho, estará disposta a trabalhar para o obter.”
  4. 4. Como podemos saber o que é verdade?
  5. 5. Todas as experiências apontarão no mesmo sentido? Evidência Evidência Evidência Evidência Evidência Evidência Evidência Evidência Evidência Evidência Evidência Evidência Evidência Evidência Evidência
  6. 6. Com o acumular de evidência em favor de uma hipótese, aumenta a confiança na mesma. Contudo… O Tio Alberto diz que o caso nunca está encerrado… “Muitas experiências podem provar que estou certo, mas uma só poderá provar que estou errado” - Albert Einstein
  7. 7. Um pouco mais complicado do que parece…mas nada que não possais fazer! Questões a ponderar: • A hipótese está de acordo com o que se sabe sobre o tema? • A experiência foi bem desenhada e conduzida? • Os resultados obtidos permitem responder à hipótese colocada? • Podemos confiar nos dados? • Houve algum enviesamento? • As conclusões são validadas pelos resultados? REVISÃO PELOS PARES Mas isto já é uma história para depois…
  8. 8. O que devemos ter em atenção ao desenhar uma experiência? • A experiência deve ser desenhada de modo a permitir testar as previsões , confirmando ou rejeitando as hipóteses formuladas. • A ocorrência de erros e enviesamentos (biases) deve ser minimizada através de desenho e execução da experiência adequados, com especial atenção a randomização e blinding dos observadores. • Outras fontes de erro e variabilidade indesejada incluem factores ambientais, dos instrumentos, dos métodos, intrínsecas aos modelos ou resultado da interacção entre estes (por exemplo, stress nos animais devido a manuseamento incorrecto).
  9. 9. O que devemos ter em atenção para desenhar uma experiência? • Devemos definir modelos e controlos tais a que a única diferença entre os grupos seja a variável em estudo. • A validade dos modelos depende da sua capacidade de representarem o que se pretende estudar (construct validity) e deverá ser frequentemente reavaliada segundo este critério. • A variabilidade é algo com que devemos sempre contar, mas controlar na medida do possível, ou usar em nosso favor: – Como um factor em estudo – Para verificar se os resultados são consistentes e reprodutíveis em diferentes condições. “Há o que sabemos saber, o que sabemos desconhecer, e o que não sabemos que desconhecemos” – Donald Rumsfeld (Ex-Ministro da Defesa dos Estados Unidos)
  10. 10. Vamos fazer Ciência!

×