Autor e responsável pelo Projeto Antonio Oliveira de Amorim – Pompéia – SP – (14) 9653-6432PROJETO CULTURAL APROVADO PELA ...
Pompéia, Estado de S ão PauloPrezado senhor (a) direção da EmpresaEstamos dependendo de recursos de Imposto de Renda, para...
111308                                   VIVART - CULTURA NA ME DIDA CE RTACNP J / CPF                              Propon...
encaminhar algum aluno, por desordem que os instrutores não consigam controlar, usarão os meios legais, sempre obedecendo ...
Crianças de 5 e 6 anos em apresentação no Associação de Convivência do IdosoComandadas pelo professor Amorim no ano de 200...
15Entre os integrantes da equipe temos: M úsicos, Professores graduados em; Pedagogia, Letras, jornalismo, contabilidade e...
FICHA DE MATRICULA  CIDADE: _________________________________                          Data de matricula: ____/____/20____...
Projeto cultural aprovado em brasilia vivart solicitando apoio de empresa
Projeto cultural aprovado em brasilia vivart solicitando apoio de empresa
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto cultural aprovado em brasilia vivart solicitando apoio de empresa

2.611 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.611
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
113
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto cultural aprovado em brasilia vivart solicitando apoio de empresa

  1. 1. Autor e responsável pelo Projeto Antonio Oliveira de Amorim – Pompéia – SP – (14) 9653-6432PROJETO CULTURAL APROVADO PELA CNIC, COMIS S ÃO NACIONAL D E INC ENTIVO A CULTURA desde maio de 2011 RESUMO DO PROJETO
  2. 2. Pompéia, Estado de S ão PauloPrezado senhor (a) direção da EmpresaEstamos dependendo de recursos de Imposto de Renda, para colocar em prát ica o projeto (Nº111.308) Vivart Cultura na Medid a Certa,Já aprovado e autorizado pelo M inistério da Cultura, para captação de recursos, para então, realizarmos esse importante trab alho naregião. Ajude-nos a realizar esse sonho que irá beneficiar 2.000 jovens. Segue abaixo o do projeto.Sou Antonio Oliveira de A morim RG 7.952.347, Residente à Rua Luiz Pinheiro da Silva, 27, da cidade de Po mpéia Estado de SãoPaulo. Trabalho co m projeto social desde 1997, ho je trabalham co migo minha esposa, meus filhos e amigos músicos, entre eles,pedagogos, assistente social e psicóloga.Tenho um projeto aprovado pel a CNIC, Comissão Nacional de Incenti vo a Cultura, do Mi nistério da Cultura, conforme costaabaixo no projeto. O mesmo está Aprovado e Liberado para captação de recursos, a empresa que contribuir, terá seu nome d ivulgado epoderá abater o total em Imposto de Renda. Será emiti do um reci bo de Mecenato em 3 vi as, uma para a empresa para abater emImposto de Renda (IR),outra para o Ministério da Cultura e outra para o proponente Antonio Oli veira de Amori m. Ess a ficha seencontra no site do Mi nistério da Cultura.O projeto será realizado em 4 municípios .Oriente, Po mpéia, Qu intana e Tupã, com cursos gratuitos de: violão popular, teoria musical,coral, teatro, dança, leitura e interpretação de poesia, durante um ano, co m vagas para 2.000 alunos. O projeto foi classificado pel osanalistas como Art.18, custo do projeto completo já aprovado pela CNIC e publicado no Diário Oficial da Un ião 26/05/2011,R$477.120,00 por u m ano, ou seja R$39.760,00 por mês envolvendo 15 profissionais direto. O recurso oferecido pela empresa, serádepositado em u ma conta bloqueada do Ministério da Cultura e do proponente já aberta no Banco do Brasil, Po mpéia,logo após opróprio Min istério fará a transferência para a conta livre, med iante acompanhamento do projeto, a empresa abate tudo em (IR).O projeto segue abaixo,aguardo resposta.Muito obrigado.ProponenteAntonio Oliveira de A morimProf. A morimemail ao,amorim@bol.co m.br, ao,amo rim@hot mail.co mCel:, (14) 9653-6432Ministério da Cultura Fone (61)20242082Segue abai xo o Resumo do projeto.Cópia do projeto ret irado do meu p rojeto que já se encontra Aprovado e autorizado a captação de recursos, no site do Minist ério daCulturawww.min istteriodacultura.gov.br (aco mpanhamento de projetos)Cópias de páginas do meu projeto (vivart) ret irada do site WWW.ministériodacultura.gov.br Conta Bancária Identificação Nr Projeto Nome do Projeto 111308 VIVART - CULTURA NA ME DIDA CE RTA Banco / Agência Banco Agência 001 0328x Conta Bloqueada Número Dt.Abertura Ocorrência 11.608-4 22/06/ 2011 Conta de Livre Movimentação Número Dt.Abertura Ocorrência 11.742-0 06/10/ 2011PRONAC Nome do Projeto
  3. 3. 111308 VIVART - CULTURA NA ME DIDA CE RTACNP J / CPF Proponente796.789.988-15 Antonio Oliveira de Amorim UF / Mecanismo / Área / Segmento / ProcessoUF Mecanismo Área Cultural Segmento Processo EnquadramentoSP Mecenat o Música Música Popular 01400.002768/2011-39 Artigo 18 Síntese do ProjetoSerá realizado de forma gratuit a,p/ os alunos,( 1 ano), cursos de: violão popular, teoria musical, coral, teatro, dança, eleitura e interpret ação de poesia, para crianças (a partir de 5 anos), adolescentes e jovens . Os cursos serão em centrocomunitário e Associação de Bairros aberto a todos,(5 a 18 anos) uma hora de aula semanal por aluno, manhã e tarde,2.000 vagas, 4 munic ípios,( locais com aut orização anex a). Além da arte, levaremos cidadania, valorizaç ão do trabalho eda família. ValoresSolicitado Outra s Fontes Vl.Proposta (C = A + Aprovado Vl.Projeto (E = B + Captação / Convênio(A) (B) B) (D) D) (E)477.120,00 0,00 477.120,00 477.120,00 477.120,00 0,00 SituaçãoDt.Situação Situação03/01/ 2012 E10 - Autorizada a captação total dos recursosProvidência TomadaProrrogação aprovada Última TramitaçãoEmi ssor Dt. Envio EstadoEdmar M Oliveira 25/05/ 2011 RecebidoDestino Receptor Dt.RecebimentoSEFIC/GEAR/SACAV Ana P G Santana 25/05/ 2011DespachoPara elaboração da port aria que autoriz a captação de rec ursos. Localização atual do projetoA localização atual do projeto só será alterada após o recebimento do projeto na unidade destino.Cópias de páginas do meu projeto (vivart) retirada do site WWW.ministériodacultura.gov.brVoltar para DOU 26/05/2011. Diário Oficial da União de 26 de Maio de 2011Pg. 15. Seção 1. Diário Oficial da União (DOU) de 26/05/2011 111 1308 - VIVART - CULTURA NA MEDIDA CERTA Antonio Oliveira de Amorim CNPJ/CPF: 796.789.988-15 Processo: 01400.002768/20-11 SP - Pompéia Valor do Apoio R$: 477.120,00 Prazo de Captação: 26/05/2011 a 31/12/2011 Resumo do Projeto:Será realizado de forma gratuita,p/ os alunos,( 1 ano), cursos de: violão popular, teoria musical, coral, teatro, dança, e le itura e interpretação depoesia, para crianças (a partir de 5 anos), adolescentes e jovens . Os cursos serão em centro comunitário e Associação de Bairros aberto atodos,(5 a 18 anos) um a hora de aula sem anal por aluno, manhã e tarde, 2.000 vagas, 4 municípios,( locais com autorização ane xa). Além daarte, levaremos cidadania,valorização do trabalho e da fam ília.1 – PROJETO PEDAGÓGICO Vivart- “Cultura na Medida Certa”.O PROJETO O objetivo do projeto é utilizar da arte – cultural, tendo como base a música, para levar aos alunos, o desejo de viver e ser feliz, o amor pela nossacultura e pelo nosso Brasil. O projeto tem duas dimensões, a Política e a Pedagógica.Político, no sentido de compromisso com a formação do cidadão e da cidadã, pensando em uma sociedade cada vez melhor, alegre, de ação e de p az.Pedagógico, porque possibilita a efetivação da intencionalidade do projeto, que é a formação e a participação responsável, comp romissado, crítico ecriativo. O projeto busca forma de instaurar a organização do trabalho pedagógico, os conflitos, as contradições, explicitando princípios baseados naseriedade e no estímulo à participação de todos, portanto ele excede o simples agrupamento de planos de ensino, pois é um instrumento de trabalho queindica rumo, direção e é construído com a participação de todos os instrutores. O projeto nasceu da própria realidade tendo como suporte asexplicitações das causas de problemas, das situações nas quais problemas apareceram, busca uma ação articulada de todos os envolvidos na ação,construindo continuamente com intuito de melhorar cada vez mais.O projeto Vivart, não será superficial, ele levará, socialização, alfabetização, desenvolvimento da inteligência, capacidade, expressividade ecoordenação motora, leva também ocupação sadia alem de despertar aptidões musicais e até mesmo novos talentos.O projeto tem finalidade cultural e educacional, melhorando disciplina, concentração, dicção, coordenação motora, raciocínio, cidadania e valorizaçãoda família.O projeto não nasceu de uma vez, foi ao longo de anos de experiência, por isso hoje muitos problemas são resolvidos, muitas vidas tem sua direçãomudada para um caminho seguro em direção a vitória.O ALUNO O projeto representado pelos seus instrutores e instrutoras oferece ao aluno, muito mais que um simples curso, procura tratá-lo comrespeito, encontrando sempre um tempo para ouvi-lo, incentivando-o, trabalhando em sintonia com o conselho tutelar do município, e caso seja preciso
  4. 4. encaminhar algum aluno, por desordem que os instrutores não consigam controlar, usarão os meios legais, sempre obedecendo ao Estatuto da Criança e Adolescente. O INS TRUTOR, A INS TRUTORA Trabalharão sempre unidos, respeitando os alunos e alunas, tendo como meta futuros cidadãos e cidadãs, superando as dificuldades com paciência, educação, respeito e ao mesmo tempo com autoridade. Os instrutores e instrutoras levarão com muita responsabilidade cuja tendência é avançar participando do desenvolvimento do Brasil. 2 - APRES ENTAÇÃO O Projeto “VIVART – CULTURA NA M EDIDA CERTA” nasceu no ano de 1997, fruto de muito trabalho e amor do professor Amorim, pedagogo e professor de violão, respeitado e reconhecido pelo trabalho sério que faz com sua esposa, filhos e demais professores no município de Pompéia. O projeto foi tomando forma, aumentando o número de alunos e tendo o reconhecimento de autoridades e Imprensa. Sempre levando, de forma gratuita, às crianças, adolescentes e jovens, e priorizando aqueles de baixa renda, ensinando violão popular, teoria musical, canto em grupo para crianças de 5 e 6 anos, canto coral, teatro, dança, leitura e interpretação de poesia, disciplina, cidadania e valorização da família, sempre com resultados surpreendentes. O plano agora é realizar um Projeto maior juntamente com instrutores -músicos e pedagogos, com auxilio de psicóloga, assistente social e monitoras todos com experiência, e supervisionado pelo diretor. O projeto será implantado em M arília no Centro comunitário do Bairro comunidade Santa Antonieta, com apoio daquela comunidade e do padre Anderson Pároco daquela comu nidade. Em Oriente no Centro Comunitário da comunidade católica, com apoio do Padre M anoel Estevo e da comunidade local, em Pompéia no salão paroquial e Instituto Nossa Senhora de Fátima, e no Salão Paroquial, com apoio da Irmã Zélia e Padre Wilson, nesse mesmo local esse projeto foi realizado de 1997 a 2009 beneficiando centenas de jovens, em Tupã, na Associação de Bairros “Unidos Venceremos”com apoio do presidente Luiz Alves de Souza Padre Jurandir e da comunidade São José, e em Quintana no centro comunitário comunidade católica com apoio do Padre Claudin ei e da comunidade. O projeto atingirá 5 cidades, da região com uma população de mais de 350 mil habitantes com um ano de duração e vagas para 2.000 alunos, podendo ser permanente dependendo de apoio de empresas . 3 - Síntese do Projeto Será realizado de forma gratuita, para os alunos, cursos de: violão popular, teoria musical, coral, teatro, dança, e leitura e int erpretação de poesia, para crianças (a partir de 5 anos), adolescentes e jovens . Os cursos serão em centro comunitário e Associaç ão de Bairros aberto a todos (5 a 18 anos) uma hora de aula semanal por aluno, manhã e tarde, 2.000 vagas, 4 municípios,( locais com autorização anexa). Obs., como o responsável pelo Centro Comunitário não forneceu no prazo a autorização do local, o projeto será implantado oficialmente apenas em 4 municípios, PROJETO 2011 PARA ATENDER 2.000 ALUNOS, EM 4 MUNICÍPIOS VIVART CULTURA NA MEDIDA CERTA E A EMPRESA 4-OBJETIVOS Promover a inclusão sócio-cultural de crianças, adolescentes e jovens por meio do ensino da arte, levando ocupação sadia e descobrindo novos talentos. Tem também a finalidade Cultural e Educacional, melhorando a postura, disciplina, concentração, respiração, dicção, coordenação motora, noções de ritmos, raciocínio além de levar cidadania,valorização da família através de reuniões com os pais ou responsáveis, fal ará também, da importância do trabalho na vida de cada um. Uma equipe de profissionais experientes, competentes, músicos e professo res graduados em pedagogia, letras, contador, e jornalista, buscando o desenvolvimento do trabalho com responsabilidade e eficiência, explorando o lado cultural. Os locais escolhidos para a realização dos cursos serão realizados fora do centro da cidade para facilitar os menos favorecidos. 5- JUS TIFICATIVA Nesta região não existe projeto semelhante. A ociosidade dos jovens, leva muitas vezes às drogas e a tantas outras ações prejudiciais a nossa sociedade. Sabemos que, pesquisas de respeitados órgãos mundiais mostram que a música e a arte cultural quando bem aplicadas, desenvolvem na criança e adolescente, a socialização, alfabetização, inteligência, capacidade, expressividade e coordenação motora e que, desde a Grécia antiga já se considerava fundamental na formação do cidadão, ao lado da matemática e da filosofia. A arte é, sem dúvida, uma importante fonte de estímulo, interação e desenvolvimento da criança e do adolescente, considerada um facilitador na educação, é a linguagem que se traduz em forma sonora e é capaz de expressar e comunicar sensações, sentimentos e pensamentos. Diante disso e levando em consideração a experiência de 13 anos nesse município, trabalhando em um prédio cedido pelo Instituto Nossa Senhora de Fátima, (Irmã M argarida, freira Zélia) atendendo centenas de jovens de Pompéia e de municípios vizinhos, nesse período muitos jovens mudaram para melhor, para nossa alegria e para a felicidade própria e de seus pais. Depois de muitas vitórias, unimos a teoria e prática para levarmos um trabalho sério e competente através da Arte Cultural em outros município s desse querido Brasil. Pensando até, na possibilidade de um dia ser mais um caminho, para que jovens brasileiros possam mostrar para outros países a nossa riqueza cultural e os talentos que existem em nosso país. 6-METAS Atingir 2.000 alunos em 5 municípios da região: M arília, Oriente, Pompéia, Quintana e Tupã, levando arte, descobrindo novos talentos, elem de disciplina e cidadania.7 – ACESSIB ILIDADE Os locais, (Centro Comunitário e Associação de Bairros), cedidos pelas igrejas e comunidades, para ministrarmos as aulas, alguns são planos e outros que não são já tem rampas para facilitar o acesso de cadeirantes, temos na equipe pedagogas com cursos de Braille e Libras, outras com cursos de especialização em Deficiência Física realizados na UNESP 7 DOCUMENTOS Destaque do Professor Amorim pela imp rensa local no ano de 1999.
  5. 5. Crianças de 5 e 6 anos em apresentação no Associação de Convivência do IdosoComandadas pelo professor Amorim no ano de 2006Professor Amorim trabalho em Creche 2007Professor Amorim com o coral de crianças 5 e 6 anos, apresentação em homenagem à policia militar 2006Obs. ; Fui vereador de 2000 a 2008, hoje não estou mais no meio político, me dedico apenas a cultura, de forma voluntária e através de apoio decomerciantesProfessor Antonio Oliveira de Amorim com seus alunos, apresentação no comércioObs. : Antes projeto Aprender, hoje Projeto VivartProfessor Amorim com seus alunos unidos com artistas da terceira idade apresentação na Casa da Cultura Pompéia-SP, Professor Amorim e seus alunos ano de 2000Professor Amorim e seus alunos, apresentações: Colégio das irmãs, Fundação Shunji Nishimura, e rua do comércio de Pompéia. 8- DEMOCRATIZAÇÃO DE ACESSOAs aulas serão ministradas para crianças, adolescentes e jovens, independente de: raça, nível social, cultural. Cor, crença, opção sexual ou necessidadesespeciais, desde que possa participar da aula. No caso de atingirmos o limite máximo de alunos, a prioridade será para aqueles de menos poderaquisitivo. As aulas serão ministradas no período da manhã e da tarde, com turmas diferentes para que todos possam ter acesso ás atividades do projeto.Embora o projeto seja realizado na maioria das cidades, em locais da igreja, o projeto não é religioso e sim cultural aberto a todos e a todas.9-DETALHAMENTO DA AÇÃO (CURS OS GRATUÍTOS DE)9-1 Grupo de canto com crianças de 5 e 6 anos repertório direcionado.9-2 Grupo de canto com crianças de 8 a 12 anos, repertório variado.9-3 Violão popular com adolescentes e jovens, repertório variado.9-4 Canto coral com adolescentes e jovens, repertório variado.9-5 Teatro com adolescentes e jovens.9-6 Dança para adolescentes e jovens.9-7 Teoria musical para adolescentes e jovens.9-8 Leitura e interpretação de poesia com crianças e adolescentes . PROJETO 2011 PARA ATENDER 2.000 ALUNOS, EM 4 MUNICÍPIOS VIVART CULTURA NA MEDIDA CERTA E A EMPRESAO que cada curso desenvolve na criança e adolescente:Violão popular ,Postura, disciplina, noções de tom, rit mo, defin ição de melodia e letra, música popular brasileira, sertanejo, resgate damúsica folclórica, conceitos, técnicas, facilidade na, construção de acordes, é oferecido exercícios e teorias aplic adas na prática para queo aluno possa tirar o melhor do seu instrumento.Grupo de canto para adolescente e crianças de creche 5 e 6 anos , Postura, disciplina, a música em nossa vida, tom, rit mo, tempo,afinação, percepção e raciocínio.Teatro, Postura disciplina, noções de interpretação, cenário, figurino, palco, ilu minação, história do teatro, televisão e cinema,apresentações de peças cênicasTeori a MusicalPostura, disciplina, teoria musical, conceitos da música, tempos e leitura de partituras.Canto coral, Postura disciplina, teoria e prática, defin ição de voz, masculina e feminina, técnicas de vocalizes, falsetes, respiração,exercícios vocais, entonação e impostação, com repertório popular, e clássico para coral (peças em português, inglês, espanho l, italiano,francês, latim, grego e alemão).Dança . Postura, disciplina, coordenação, e disciplina.Leitura e Interpretação de poesia, Ler melhor, desinibir, dicção e postura.10-RECURSOS HUM ANOSQuantidade profissional02 instrutores de violão para crianças de 8 a 12 anos02 instrutores de violão para alunos de 13 a 18 anos02 instrutores músico (canto) para crianças de 05 a 7 anos01 instrutor músico (coral) 13 a 18 anos02 instrutores de teatro 13 a 18 anos03 instrutores de treinamento de leitura e interpretação de poesia 08 a 13 anos02 instrutor de dança 13 a 18 anos01 instrutor de teoria musical 13 a 18 anos
  6. 6. 15Entre os integrantes da equipe temos: M úsicos, Professores graduados em; Pedagogia, Letras, jornalismo, contabilidade e universitária no 5º ano depsicologia 11 - OUTRAS DESPESA S, pasta plástica, combustível, Xerox, palheta, corda, material higiênico, alimentação para professores, impost os, manutençãoe lanches para alunos.12 - PARCERIAS M inistério da Cultura Comunidade Católica Oriente – SP Padre M anoel Instituto Nossa Senhora de Fátima ( Irmã Zélia ), Pompéia – SP Padre Wilson Comunidade Católica Quintana – SP Padre Claudinei Comunidade São José Tupã – SP Presidente Assoc.de Bairros “Unidos Venceremos” presidente Luiz Alves de Souza e Padre Jurandir Empresas Interessadas em levar esse importante trabalho social investindo recursos do Imposto de Renda, já autorizado pelo M inistério daCultura.13-DIVULGAÇÃO, O projeto será apresentado a prefeito, secretário de cultura e conselho tutelar do município, divulgado em escolas e igrejas,associação de bairros dos municípios envolvidos, jornais, rádio, internet e carro de som. Todo o andamento do projeto será documentado por meiode fotos e arquivado sob responsabilidade de Antonio Oliveira de Amorim (Coordenador do projeto) que enviará à empresa patrocinadora ese necessário para o Ministério da Cultura, sem alterar o custo do projeto. 14 – PLANO DE EXEC UÇÃO E D IS TRIBUIÇÃO DAS AULAS VIVARTProjeto VIVART no M unicípio de Oriente - SP, às Segundas Feiras. (Salão Paroquial). Tupã-SP Terça, . (Associação de Bairros “Unidos Venceremos”)Pompéia-SP, Quarta, (Salão Paroquial) Quintana, Quinta (Salão Paroquial) e Tupã Sexta Feira. (Associação de Bairros “Unidos Venceremos ”).
  7. 7. FICHA DE MATRICULA CIDADE: _________________________________ Data de matricula: ____/____/20____. DADOS CADA STRAIS NOME: _____________________________________________________________.TEL/CEL: ( )____________. DATA DE NASCIMENTO: _____/_____/______. IDADE: ______ANOS SEXO ( )M ( )F RG (OU CERTIDÃO DE NASCIMENTO):_________________________________________________________. NOME DO PAI: _________________________________________________. TEL/CEL:( )________________. NOME DA MÃE: ________________________________________________. TEL/CEL:( )________________. RESPONSÁVEL: ________________________________________________. TEL/CEL:( )_______________. ENDEREÇO:_________________________________________________________________Nº ____________. BAIRRO:_____________________________________________________CEP: _________________________. CURSO: ____________________________________/______________________________________________. PROBLEMA DE SAÚDE: ( ) SIM ( )NÃO QUAL?_________________________________. AUTORIZAÇÃO DE MATRÍCULA Eu _________________________________________________________RG______________, autorizo o (a) ________________________________________________________________, a matricular-se no curso de ________________________________do Projeto Vivart, participando das aulas no período de _______h. às _______h., no dia ___________________ . Ciente ______________________________________________ Assinatura do pai ou responsável AUTORIZAÇÃO PARA USO DE IMAGEM Eu ____________________________________________________________RG________________, autorizo o Projeto Vivart , e os veículos de comunicação (jornais, revistas, internet e televisão) a fazerem uso gratuitamente da imagem do(a) meu filho(a),_________________________________________________ _____________________________________________, aluno do Projeto Vivart. Esta autorização terá validade para o período de 4 anos. Assinatura do responsável: _______________________________________________ NO AT O DA INSCRIÇÃO DO ALUNO, O PAI OU RESPONSÁVEL ASSINARÁ AUT ORIZAÇÃO, LIBERANDO A DIVULGAÇÃO DA IMAGEM DOALUNO DO PROJETO VIVART , GRAT UITAMENTE, PARA JORNAIS, REVIST AS, INTERNET E T V, PARA QUE A IMPRENSA EM GERAL, POSSADIVULGAR LIVREMENTE SEM NENHUM IMPEDIMENTO, O APOIO DESSA EMPRESA, E DO GOVERNO, AOS FUTUROS CIDADÃOS E CIDADÃS,DESSE PAÍS. Para orientação Contábil, ligue Êxito assessoria contábil e Planejamento S/A LTDA Ismael Santos da Silva Fone (14) 3452-3064 (14) 81140485 E-mail: exitopomp@uol.com.br Ministério da Cultura (61) 20242082AUTOR E COORDENADOR DO PROJETO Antonio Oliveira de Amorim Casado RG-7.952.347 Curso superior, formado em pedagogia e professor de violão desde 1984. Iniciou esse trabalho com a esposa e filhos, em 1997 no Prédio do Instituto Nossa Senhora de Fátima do municípiode Pompéia, Projeto “Vivart – Cultura na Medida Certa” Rua Luiz Pinheiro da Silva, 27 Bairro Tufic Baracat CEP-17580-000 Cel: (14) 9653-6432 E-mail: ao.amorim@bol.com.br E-mail: vivart.cmc@bol.com.br E-mail:ao.amorim@hotmail.com Este é apenas um resumo do projeto aprovado pela CNIC em Maio de 2011 e ainda não consegui apoiopara implatá-lo, a empresa que contribuir poderá abater 100% em imposto de renda. Obs.Conseguindo o recursos as datas serão atualizadas e iniciaremos o projeto.

×