África Medieval (7º ANO 2015)

1.368 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.368
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

África Medieval (7º ANO 2015)

  1. 1. África Medieval A história da África Medieval, não se restringe a chegada dos europeus no século XV, pois devido a descoberta de diferentes vestígios históricos tem revelado sociedade rica e variada.
  2. 2. Que informações podem ser tiradas do mapa abaixo? Obs.: O mesmo remonta ao período medieval africano.
  3. 3. África dos Grandes Reinos No período medieval havia na África diversos reinos, cada um com uma organização econômica, política e cultura particular.
  4. 4. África dos Grandes ReinosAlém de Grandes Reinos havia outros grupos sociais, como: povos nômades organizados em clãs (conjunto de famílias com ancestrais comuns).
  5. 5. África dos Grandes Reinos Os reinos ao sudoeste do Deserto do Saara formaram Grandes Reinos, onde a atividade comercial predominou.
  6. 6. Foi por meio do comércio que o Islã (crenças e ideias) foi introduzido na região, em função do movimento do jihad. Os ulemás.
  7. 7. Os comerciantes muçulmanos eram conhecidos como marabutos, negociavam...
  8. 8. Sociedade Sahelianas (Grandes Reinos) Sahel (borda), para os africanos, é uma extensa faixa de terra situada ao sul do Deserto do Saara e habitada por diferentes povos pastores e comerciantes.
  9. 9. Conhecendo o Continente Africano... Sahel = significa margem ou borda.
  10. 10. Os Grandes Reinos Importantes Cidades e Rios Página 93
  11. 11. Os Reinos Africanos que surgiram na Idade Média
  12. 12. O Reino de Gana  Foi o mais antigos dos reinos sahelianos.  Se desenvolveu no século IV e atingiu seu auge (apogeu) por volta dos séculos VIII e X. “terra do ouro” Localizada no deserto do Saara e ao longo dos rios Senegal e Níger. Saleh Tegdaoust Enquanto isso... (Pág. 94)
  13. 13.  O ouro em Gana era explorado ao sul dos rios Senegal e Gâmbia.  Mercadores trocavam ouro por sal, que era extraído das salinas do Deserto do Saara. O sal era usado como moeda de troca, uma vez que era utilizados para conservação dos alimentos.
  14. 14. Havia também o comércio.... goma sorgo milhete almíscar âmbar
  15. 15. Rotas Comerciais Transaarianas
  16. 16.  O rei em Gana recebia o título de gana e era visto como um elo entre os deuses e os homens. A sociedade era composta por sacerdotes, nobres e funcionários que cuidavam da administração do reino.
  17. 17. O rei possuía um poderoso exército.
  18. 18.  Foi somente no século XI que o Islã começou a crescer no Reino de Gana.
  19. 19. O Império de Mali  Se desenvolveu por volta do século XIII e XVI.  Mali foi um poderoso e rico império.  O reino era habitados por diversos povos, entre esses se destacava os malinquês (ou mandigas).  Eram muçulmanos como o povo de Gana.
  20. 20. Os governantes recebiam o título de mansa e tinham o poder militar, político e religioso. Sundiata e Mansa Musa foram os principais governantes do Império de Mali.
  21. 21.  No Império de Mali o comércio era a principal atividade econômica.  O controle do comércio eram fundamental para a manutenção do Estado.
  22. 22. A população não era favorecida pela riqueza do comércio, exceto pelo sal que era indispensável na sua alimentação. Viviam em pequenos vilarejos e dependiam da pesca e da agropecuária.
  23. 23. Os Griôs  Em Mali, em outras sociedade africanas, a transmissão da história era feita por meio da tradição oral, através do griôs. Narravam as histórias em forma de poesia. Utilizavam diversos instrumentos musicais. Essa tradição era transmitida de forma hereditária.
  24. 24. Sundjata Keita é considerado o fundado do Império de Mali. Leitura (Pág. 97)
  25. 25. Devido à influencia do Islã em algumas cidades forma construídas mesquitas e madrasas. Mesquita de Djénne (Jené).
  26. 26. O Império Songhai  Seu desenvolvimento foi a partir do século XV, com a decadência do Império de Mali e com predomínio do Reino de Gao.  O Reino de Gao falava a língua songhai e seguiam o islamismo. Sunni Ali e Ali Ber foram reis que se destacaram.
  27. 27. Rei Sunni Ali
  28. 28.  Timbuctu (Tombuctu) tornou- se capital do Império e centro cultural.
  29. 29. A Cidade de Timbuctu A falta de água na região foi resolvida com a canalização das águas do rio Níger e a construção dos poços artesianos.
  30. 30. A Mesquita de Sankore tornou- se um grande centro cultural, onde estudavam sábios sahelianos e eram produzidos textos diversos, como crônicas que exaltavam a história e o passado do reino. A educação foi uma das áreas que os songais mais se destacaram.
  31. 31.  No século XVI o Império Songhai sofreu um processo de decadência, devido a disputas pela sucessão do império.  Devido ao ataque do exército marroquinos (árabes, tuaregues e europeus mercenários) o império sofreu um processo de desestruturação.
  32. 32. As cidades em destaques foram importantes centros políticos, econômicos e culturais.
  33. 33. A cidade de Timbuctu no ano de 1988 foi considerada patrimônio mundial da Unesco, contudo processos naturais (desertificação e acumulo de areia) tem colocado em risco muitas construções históricas.
  34. 34. Os Reinos de Iorubás Na região da atual Nigéria se desenvolveu, principalmente a partir do século X, diferentes reinos formados por povos da etnia iorubá (Owo, Queto e Benin).
  35. 35. O Reino de Ifé  Ifé foi formada no século VI e ser tornou importante por ser uma importante entreposto comercial e pelo fato de seus moradores conhecerem desde cedo a metalurgia do ferro.  A cidade de Ifé era um importante centro religioso e político. Oni era o principal rei ioruba. Os demais reis eram denominados obás.
  36. 36. A arte de Ifé  Vestígios arqueológicos recentes revelaram que a arte iorubá era muito elaborada. Esculturas de terracota, cobre e bronze e latão são algumas representações dessa arte sofisticada.
  37. 37. O Reino de Benin  Foi um dos mais importante reinos de iorubá.  Fundado pelos edos prosperou no século XV, principalmente devido a atividade comercial.  Benin era a maior e mais importante cidade, onde comercializavam:Manilhas (moedas)
  38. 38. A arte de Benin  A arte em metal era uma especialidade desse povo, escultura e placas em placas de metal são exemplos da arte encantadora desse povo. Imagem (Pág. 100)
  39. 39. O Reino de Congo Banza Congo  O reino do Congo foi fundado próximo ao rio Congo, Centro-Oeste da África, no final do século XV. Mani Congo era seu principal representante. Com a invasão portuguesa no reino os povos aderiram gradativamente ao cristianismo.
  40. 40. O Reino de Aksun  Teve seu desenvolvimento no século I e foi um dos únicos reinos cristãos da África Medieval.  A região de Aksum encontrava-se diretamente no caminho rotas comerciais entre a África, a Arábia e a Índia e, como resultado, tornou-se uma região extremamente rica.
  41. 41. Além dos reinos estudados existiram outro grupos humanos na África, contudo o foco de estudo foram os povos da África Subsaariana.
  42. 42. Atividades de Fixação Reinos de Gana, Mali e Songai Pág. 102 Nos 1, 2, 3, 5, 6, 7, 8, 9, 10 e 11. Reino de Iorubás e do Congo Pág. 102 Nos 12 até 19.

×