Aluno e professor: a
formação de autores e
leitores de textos
 “O professor de português que vai assumir a
tarefa de ensinar a ler e a escrever literatura
brasileira como produção de ...
O professor leitor e
autor de textos é
capaz de

 Ler e elaborar o material que é utilizado
em aula;
 Ler e interagir co...
 “É dar às contrapalavras do aluno, em sua atividade
responsiva, a atenção que sua palavra merece. É
fornecer-lhe contrap...
O professor autor e leitor
forma um aluno autor e
leitor que é capaz de
 Ver a escrita como um trabalho, não como
inspira...
O professor autor e leitor
forma um aluno autor e
leitor que é capaz de
 Ver a escrita como um trabalho, não como
inspira...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aluno e professor: a formação de autores e leitores de textos

325 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
325
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aluno e professor: a formação de autores e leitores de textos

  1. 1. Aluno e professor: a formação de autores e leitores de textos
  2. 2.  “O professor de português que vai assumir a tarefa de ensinar a ler e a escrever literatura brasileira como produção de conhecimento a respeito de nossa realidade pessoal interior e de nossa realidade social mais próxima precisa aprender a ler e a escrever literatura brasileira como produção de conhecimento a respeito de nossa realidade pessoal interior e de nossa realidade social mais próxima.” Paulo Guedes A formação do professor de português – Que língua vamos ensinar?
  3. 3. O professor leitor e autor de textos é capaz de  Ler e elaborar o material que é utilizado em aula;  Ler e interagir com os textos dos alunos;  Produzir textos;  Mediar a leitura dos alunos.
  4. 4.  “É dar às contrapalavras do aluno, em sua atividade responsiva, a atenção que sua palavra merece. É fornecer-lhe contrapalavras que outros leitores deram aos mesmos textos. Não é por nenhuma opção ideológica prévia que é necessário dar a palavra a quem foi silenciado: é uma necessidade linguística ouvi-la se se quiser compreender a atividade com texto como uma atividade de produção de sentidos” Wanderlei Geraldi Portos de Passagem
  5. 5. O professor autor e leitor forma um aluno autor e leitor que é capaz de  Ver a escrita como um trabalho, não como inspiração;  Se questionar quanto à finalidade do texto;  Se ver como autor de seu próprio texto;  Valorizar seu trabalho;  Entender criticamente o cânone literário e relacionar sua produção com esse cânone;  Criticar textos com critérios objetivos.
  6. 6. O professor autor e leitor forma um aluno autor e leitor que é capaz de  Ver a escrita como um trabalho, não como inspiração;  Se questionar quanto à finalidade do texto;  Se ver como autor de seu próprio texto;  Valorizar seu trabalho;  Entender criticamente o cânone literário e relacionar sua produção com esse cânone;  Criticar textos com critérios objetivos.

×