1
MyBrain
Magazine
N.º6ABR-MAI-JUN2013
2
3
Í N D I C E
CAPA
Vista de uma das
praias de Bávaro.
VISÃO 7
MEDITAÇÃO 8
ENTREVISTA 9
ROTEIRO DE VIAGEM 10
GEOGRAFIA: REP...
4
BIOLOGIA: FORMIGAS 29
BIOLOGIA: HAMSTERS 30
BIOLOGIA: CÃES 31
BIOLOGIA: CARACTERÍSTICAS DAS AVES 32
BIOLOGIA: FETOS 33
B...
5
ARTE: COMO FAZER REBUÇADOS 54
ARTE: PORCELANA CHINESA 55
ARTE: VITRAIS 56
ARTE: GAITAS DE FOLES 57
CULTURA: POPULAÇÃO NO...
6
GÓIS
Este local, perto de Coimbra, é um sítio perfeito para
fazer um piquenique e para fugir da confusão das
cidades.
7
O MESTRE E O BOLO DELICIOSO
Há muito tempo atrás, um velho mestre zen aguardava os seus últimos momentos de vida. O seu
...
8
ENTREVISTA COM AARON CIECHANOVER
Repórter (R) - Por que motivo foi honrado com o Prémio Nobel da Química de 2004?
Aaron ...
9
ANDALUZIA (5 DIAS)
1.º Dia
Viagem para Córdova
EXE Conquistador
(Calle Magistral González Francés, 15-17)
2.º Dia
Córdov...
10
El Albaicín, El Bañuelo e Mirador de San Nicolás
5.º Dia
Granada > Sevilha (247 km, 2h 27) > Viagem de regresso
+ Passe...
11
A República Dominicana possui paisagens fascinantes:
desde a montanha mais alta das Caraíbas a belas praias
paradisíaca...
12
A costa do Coco, na zona de Punta Cana, possui praias de areia branca
e com três contrastes: desde os resorts, aos merc...
13
Uma medina é a parte antiga de uma cidade
do Norte de África. Tem ruas estreitas e labirínticas
pelas quais é quase imp...
14
As ondas de calor podem causar o aumento da mortalidade e incêndios.
As secas devem-se devido à reduzida precipitação n...
15
As salinas são terrenos onde se faz entrar a água do mar para retirar, por evaporação, o
sal marinho que ela contém, e ...
16
I Poço do Inferno; queijeiras; vale glacial do Zêzere; represa de Vale do Rossim; Cabeça do Velho;
flora na serra.
O Pa...
17
I Formação de um geode; ágatas e outro geode.
Os geodes parecem rochas normais, mas por dentro
escondem uma sinfonia de...
18
I Flora nas dunas
marítimas (duas
primeiras); dunas
marítimas;
deslizamento de
areia; tipos de dunas;
sua formação.
As ...
19
I Pátio das Ecolas; rua da Sofia; Sé Velha; interior da mesma; Sé Nova; Laboratório Chimico/ Museu da Ciência;
Mosteiro...
20
I Capela de S. Miguel;
Sala dos Capelos; Sala
do Exame Privado,
Sala das Armas e
Biblioteca Joanina.
A Porta Férrea era...
21
Os cavalos são mamíferos herbívoros, com uma
esperança de vida entre os 25 e os 30 anos. Podem
pesar até 1 tonelada e m...
22
Os
líquenes são
indicadores da
qualidade do ar.
O grau da
poluição do ar
pode ser avaliado
por eles. Os
líquenes são
as...
23
A camuflagem é a capacidade que muitos animais possuem
de modificarem as cores da sua pele de forma a não serem facilme...
24
As piranhas são peixes carnívoros que vivem nalguns rios da América do Sul.
Trata-se de um peixe com mandíbulas fortíss...
25
As formigas são muito pequenas mas
fazem coisas espetaculares. A maioria constrói
formigueiros, com um complexo sistema...
26
Os hamsters são roedores e têm grandes dentes
incisivos e estes estão sempre a crescer. Têm uma
esperança média de vida...
27
Os cães evoluíram na China e descendem do lobo
asiático. Os cães são os melhores amigos do Homem e são
muito comuns com...
28
As aves têm o corpo revestido de penas. Estas
facilitam o voo, ajudam a manter a temperatura e o corpo
impermeável à ág...
29
I Fetos, fetos arbóreos, feto, soros,
anatomia de um feto, reprodução de um
feto.
Os fetos são plantas sem flor que viv...
30
Na lua nova, a seiva mobiliza-se para a
base, concentrando-se na raiz. Ideal para a
colheita de raízes (cenoura, nabo, ...
31
As ovelhas vivem em
rebanhos e comem ao
entardecer vegetais. Os
machos possuem fortes chifres,
embora as fêmeas
habitua...
32
As joaninhas são insetos
coleópteros que podem variar em
tamanho e cor consoante as
espécies, apesar de serem
conhecida...
33
O maracujá é um fruto que é fonte de vitaminas A, C e do complexo B e apresenta boa quantidade de sais
minerais (ferro,...
34
1. 25% do volume da maçã é ar. Por isso é que flutuam na água.
2. Por todo o mundo são cultivadas anualmente 60 milhões...
35
No Mesozoico só havia praticamente florestas de coníferas e planícies
de fetos. Aí vivem répteis chamados dinossauros. ...
36
No Cretácico formaram-se arribas onde poisavam os pterossauros e os pterodáctilos. Apesar de serem em maior
quantidade,...
37
I Reconstituição de uma feira medieval, loja de
sementes de girassol, feira medieval, reconstituição
da entrada da feir...
38
Para propaganda nazista, a empresa Luftschiffbau-Zeppelin GmbH construiu o Hindenburg, um símbolo na indústria
alemã. N...
39
A Arábia é uma península na Ásia onde praticamente é tudo deserto. Atualmente, o petróleo faz da Arábia um país rico. N...
40
Os Muçulmanos começaram então a invadir novos territórios para espalhar o Islamismo, sair da pobreza da Arábia e
domina...
41
A Torre de Miguelete, em Valência, foi construída como campanário
da catedral. Mede 50 metros de altura. É toda feita d...
42
Nefertiti era esbelta, misteriosa e foi
a mulher mais poderosa do mundo antigo.
Mulher de Akhenaton, Nefertiti, cujo no...
43I Esfinge e Pirâmide de Queóps, Jardins Suspensos
da Babilónia e Torre de Babel, Mausóleo de
Halicarnasso.
As 7 Maravilh...
44
I Templo de Artémis, Farol
de Alexandria, Colosso de
Rodes, Estátua de Zeus em
Olímpia.
A Estátua de Zeus em Olímpia fo...
45
I Hieróglifos (em
papiro ou em pedra:
1.ª a 6.ª), obelisco de
Teodósio com
hieróglifos, Istambul
e “alfabeto” egípcio.
...
46
I Estratos no Cabo Mondego com várias
amonites fossilizadas (1.ª e 2.ª),
amonites no Cabo Mondego (3.ª e 4.ª),
amonites...
47
I Retrato de Cristóvão Colombo e seu filho, Diego Colombo; barco
bibelot no Alcázar de Colombo, Santo Domingo; Estátuas...
48
I Catedral de Santa María
la Menor, em Santo
Domingo; Alcázar de
Colombo, Santo Domingo;
Farol de Colombo, Santo
Doming...
49
O nosso Universo é muito perigoso. Estamos em perigo iminente de que haja colisões de asteroides,
meteoroides e cometas...
50
Imagens das montanhas e planaltos de Vénus revelaram manchas brilhantes na sua superfície. Após uma
longa investigação,...
51
A Ponte Vasco da Gama, no estuário do Tejo, é a maior da Europa e nona maior do mundo inteiro. Tem 17,345 km
de comprim...
52
O vidro é um material transparente e está no ponto de fusão, ou seja, entre o estado líquido e o estado sólido.
A produ...
53
Os rebuçados são guloseimas de vários sabores. São muito simples de fazer.
Para fazer um rebuçado basta caramelizar açú...
54
A porcelana chinesa surgiu na época "Tang" mas teve na
época "Song" a sua mais refinada produção com o
afinamento da ma...
55
Os vitrais surgiram no século X, no Oriente.
Na Idade Média foram muito utilizados não para dar
luz mas sim para decora...
56
As gaitas de foles são
instrumentos de sopro que possuem um
fole, que se insufla de ar e que tem
ligado a si vários tub...
57
Os noruegueses são o povo mais calmo do mundo.
No centro e no norte da Noruega, vários mitos controlam a
população loca...
58I Casas típicas de campo, secagem de bacalhau, casa típica da costa,
cruz numa igreja protestante, quinta de campo, mari...
59
Enduro e motocross são diferentes. Para já, os campeonatos Enduro
realizam-se em caminhos abertos ao tráfego normal enq...
60
O Mercedes Classe CLA é um
coupé de 4 portas com carácter desportivo.
Tem 170 cavalos e o seu máximo é
230 km/h. Consom...
61
O Mercedes Classe A possui um carácter
desportivo.
Tem 109 cavalos e o seu máximo é 190
km/h. Consome 4.7–4.5 L por 100...
62
O Ford B-Max foi o primeiro carro sem o pilar B, a coluna central que divide
os lugares da frente dos de trás.
Assim, h...
63
As turbinas eólicas
precisam de estar sempre
alinhadas com o vento,
usando um mecanismo de
ajuste. O sistema de ajuste
...
64
Olhos, anatomia de um olho, olho,I
astigmatismo, hipermetropia, miopia.
O olho é o órgão que nos dá a visão. Este é pro...
65
O sistema endócrino liberta vários mediadores químicos,
designados por hormonais que atuam em locais afastados do seu
l...
66
Recém-nascido (1.ª e 2.ª),I
ecografia de um feto de
dezasseis semanas, gravidez
passo a passo.
Desde a nidação, quando ...
67
Símbolos das três religiões, menoráI
(símbolo judaico), interior de uma
mesquita, a cruz de Cristo.
O Cristianismo, o J...
68
69
70
71
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

MyBrainMagazine 6

957 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
957
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

MyBrainMagazine 6

  1. 1. 1 MyBrain Magazine N.º6ABR-MAI-JUN2013
  2. 2. 2
  3. 3. 3 Í N D I C E CAPA Vista de uma das praias de Bávaro. VISÃO 7 MEDITAÇÃO 8 ENTREVISTA 9 ROTEIRO DE VIAGEM 10 GEOGRAFIA: REPÚBLICA DOMINICANA 12 GEOGRAFIA: MEDINAS 14 GEOGRAFIA: EXCESSO DE CALOR 15 GEOGRAFIA: SALINAS 16 GEOGRAFIA: PARQUE NATURAL DA SERRA DA ESTRELA 20 GEOGRAFIA: GEODES 21 GEOGRAFIA: DUNAS 22 GEOGRAFIA: UNIVERSIDADE DE COIMBRA, ALTA E SOFIA 23 BIOLOGIA: CAVALOS 25S 22 BIOLOGIA: LÍQUENES 26 BIOLOGIA: CAMUFLAGEM 27 BIOLOGIA: PIRANHAS 28 BIOLOGIA: O PEQUENO E O GRANDE 26 BIOLOGIA: SAPOS E RÃS 27 HISTÓRIA: FENÍCIOS, GREGOS E CARTAGINESES 26 HISTÓRIA: ARMADURAS MEDIEVAIS 27
  4. 4. 4 BIOLOGIA: FORMIGAS 29 BIOLOGIA: HAMSTERS 30 BIOLOGIA: CÃES 31 BIOLOGIA: CARACTERÍSTICAS DAS AVES 32 BIOLOGIA: FETOS 33 BIOLOGIA: AS FASES DA LUA E O COMPORTAMENTO DAS PLANTAS 34 BIOLOGIA: OVELHAS E CABRAS 35 BIOLOGIA: JOANINHAS 36 BIOLOGIA: MARACUJÁS 37 BIOLOGIA: 25 CURIOSIDADES FRUTÍCOLAS 38 HISTÓRIA: O TEMPO DOS DINOSSAUROS 39 HISTÓRIA: FEIRAS MEDIEVAIS 41 HISTÓRIA: HINDENBURG 40 HISTÓRIA: MOUROS 41 HISTÓRIA: TORRE DE MIGUELETE 43 HISTÓRIA: NEFERTITI 44 HISTÓRIA: AS 7 MARAVILHAS DO MUNDO ANTIGO 45 HISTÓRIA: A ESCRITA HIEROGLÍFICA 47 HISTÓRIA: NO RASTO DE AMONITES 48 HISTÓRIA: A DESCOBERTA DA AMÉRICA 49 ASTRONOMIA: PERIGO DE COLISÃO 50 ASTRONOMIA: NEVE METÁLICA DE VÉNUS 51 ARTE: PONTE VASCO DA GAMA 52 ARTE: O FABRICO DO VIDRO 53
  5. 5. 5 ARTE: COMO FAZER REBUÇADOS 54 ARTE: PORCELANA CHINESA 55 ARTE: VITRAIS 56 ARTE: GAITAS DE FOLES 57 CULTURA: POPULAÇÃO NORUEGUESA 58 VEÍCULOS: ENDURO E MOTOCROSS 60 VEÍCULOS: MERCEDES CLASSE CLA 61 VEÍCULOS: MERCEDES CLASSE A 62 VEÍCULOS: O PRIMEIRO OPEN-CAR DA HISTÓRIA 63 CIÊNCIA: TURBINAS EÓLICAS 64 CIÊNCIA: O OLHO 65 CIÊNCIA: O SISTEMA ENDÓCRINO 66 CIÊNCIA: DESENVOLVIMENTO DO EMBRIÃO E DO FETO 67 RELIGIÃO: AS TRÊS RELIGIÕES MONOTEÍSTAS 68 PRÓXIMA EDIÇÃO 70
  6. 6. 6 GÓIS Este local, perto de Coimbra, é um sítio perfeito para fazer um piquenique e para fugir da confusão das cidades.
  7. 7. 7 O MESTRE E O BOLO DELICIOSO Há muito tempo atrás, um velho mestre zen aguardava os seus últimos momentos de vida. O seu último dia chegara e ele declarou que naquela noite não estaria mais ali. Nesse momento, os seus seguidores, discípulos e amigos começaram a vir. Havia muitas pessoas que o amavam, todas elas começaram a chegar de todos os lugares do mundo. Um dos seus discípulos mais antigos, quando ouviu que o Mestre ia morrer, correu para o mercado. Então, alguém perguntou: — O Mestre está a morrer na sua cabana e tu vais ao mercado? — Sim, eu sei que o Mestre adora um determinado bolo — respondeu o discípulo. — Então vou lá comprar o bolo. Foi difícil encontrar o bolo. Mas à noite, quando finalmente conseguiu, ele correu para a cabana do Mestre. Todos estavam preocupados — era como se o Mestre estivesse à espera de alguém. Ele abria os olhos, olhava à sua volta e fechava-os novamente. Quando o discípulo chegou, ele disse: — Bem, finalmente chegaste! Onde está o bolo? O discípulo mostrou o bolo, muito contente com a pergunta do Mestre. À beira da morte, o mestre pegou o bolo na mão... mas a mão não tremia... Ele era muito velho, mas a mão dele não tremia. Então alguém perguntou: — O senhor é muito idoso e está à beira da morte, mas sua mão não treme. — Eu nunca tremo — respondeu o Mestre —, porque não tenho medo. O meu corpo ficou velho, mas eu ainda sou jovem, e permaneço jovem mesmo quando o meu corpo está a morrer. O Mestre deu uma mordida no bolo e começou a mastigar ruidosamente. Então alguém perguntou: — Qual é a sua última mensagem, Mestre? O senhor deixar-nos-á em breve. O que gostaria que nós recordássemos de si? O Mestre sorriu e disse: — Ah, este bolo está uma delícia!
  8. 8. 8 ENTREVISTA COM AARON CIECHANOVER Repórter (R) - Por que motivo foi honrado com o Prémio Nobel da Química de 2004? Aaron Ciechanover (AC) - Eu, juntamente com Avram Hershko e Irwin Rose descobri a degradação da proteína ubiquitina mediada. Ou seja, a principal forma através da qual a célula degrada as proteínas que já não fazem falta ou estão «estragadas» – o sistema das ubiquitinas (proteínas que servem para sinalizar aquelas que devem ser degradadas, ligando-se a elas) e do proteossoma, uma espécie de trituradora gigante que as destrói. R - Já ganhou mais algum prémio? AC - Sim, o Prémio Albert Lasker de Pesquisa Médica Básica, em 2000. R - De onde é que veio o seu interesse para a Medicina? AC - Eu sempre fui obcecado pela ciência e só me dedicava a isso.nada.
  9. 9. 9 ANDALUZIA (5 DIAS) 1.º Dia Viagem para Córdova EXE Conquistador (Calle Magistral González Francés, 15-17) 2.º Dia Córdova + Mesquita Alcazár de los Reyes Cristianos Judería Callejón de las Flores 3.º Dia Córdova > Granada (200 km, 2h) Vincci Granada (Avenida de la Constitución, 18) + Alhambra (NOTA: Os bilhetes esgotam rapidamente) 4.º Dia Granada + Catedral de Granada
  10. 10. 10 El Albaicín, El Bañuelo e Mirador de San Nicolás 5.º Dia Granada > Sevilha (247 km, 2h 27) > Viagem de regresso + Passeio de coche Real Alcazár Catedral e La Giralda
  11. 11. 11 A República Dominicana possui paisagens fascinantes: desde a montanha mais alta das Caraíbas a belas praias paradisíacas, vales luxuriantes, cascatas, desertos, grutas e edifícios históricos. O larimar é uma Rocha que só se encontra neste país. A 500 a.C., o povo taino chegou à ilha depois de um século de migrações pelo mar das Caraíbas, desde o delta do Orenoco. Eram pescadores e agricultores e veneravam os deuses da natureza e a vida após a morte. Faziam várias pinturas rupestres nas gritada ilha, sendo eles que inventaram o barbecue, as casas retangulares Bohío, as canoas, a farinha de cassava, a cama de rede, petróglifos, pictografias e o tabaco. Em 1492, Cristóvão Colombo chega a Quisqueya, chamada assim pelos índios taino, que pensa ser perto da China, dá-lhe o nome de Hispaniola e funda a cidade de Santo Domingo em 1498, que deve o seu nome ao dia da semana que era e a Santo Domingo de Guzmán. Em 1586, o pirata inglês Francis Drake saqueia Santo Domingo. Em 1697, o tratado de Ryswick divide Hispaniola entre Saint Domingue francesa e Santo Domingo espanhola. Em 1804, após 13 anos de guerra, ocorre a independência do Haiti e vários governantes haitianos trataram de unificar a ilha, o que fizeram no ano de 1822, algumas semanas depois de a República Dominicana adquirir a independência da Espanha. No ano de 1844, se inicia a gestão independentista, liderada por Juan Pablo Duarte e dirigida por Francisco del Rosario Sánchez e Pedro Santana. A independência aconteceu em 27 de fevereiro desse ano. Em 1861 anexaram-se outra vez a Espanha, pois a independência não estava a resultar. Em 1916, a República Dominicana é ocupada pelos Estados Unidos até 1924. A partir de 1930 até 1961, o país esteve sob a ditadura de Rafael Leónidas Trujillo. Foi a época mais obscura da história dominicana, com perseguições e assassinatos de opositores até que o assassinaram em 1961 no Malecón, em Santo Domingo ou Ciudad Trujillo, nome com que a cidade tinha ficado durante essa tremenda ditadura. Nos anos 70 foi desenvolvido o turismo e em 1996 foram feitas as primeiras eleições justas. Por baixo de Punta Cana aparece a ilha Saona, um paraíso de vida animal, e logo a seguir La Romana e os Altos de Chavón, uma imitação da Toscana, em Itália onde se localiza a I Praias de Bávaro (uma delas com lojas típicas), estátua taino da deusa da Lua e lago na Gruta de los Tres Ojos.
  12. 12. 12 A costa do Coco, na zona de Punta Cana, possui praias de areia branca e com três contrastes: desde os resorts, aos mercados dominicanos da praia e às praias desertas raramente atravessadas por humanos. Mesmo quase na fronteira com o Haiti, há o lago Enriquillo, o ponto mais baixo das Caraíbas, com uma paisagem rica em vida animal: desde aves aos temidos crocodilos. Um bocado mais em baixo há um parque natural constituído por mangais. Por baixo de Punta Cana aparece a ilha Saona, um paraíso de vida animal, e logo a seguir La Romana e os Altos de Chavón, uma imitação da Toscana, em Itália onde se localiza a Casa de Campo, onde vários autores e cantores vão passar férias, as planícies de cana de açúcar e o anfiteatro, inaugurado por Frank Sinatra em 1982. Logo por cima da costa do Coco ergue-se a Península de Samaná, com praias paradisíacas e uma cascata de água de 40 metros, o Salto del Limón. Puerto Plata, com a sua areia de cor dourada, possui além de boas praias, o Pico Isabel de Torres, de 850 metros, com uma imitação do Cristo Redentor do Rio de Janeiro e a fortaleza de San Felipe, para deter o ataque de piratas no século XVI, o mais antigo do Novo Mundo. Santiago de los Caballeros é a segunda cidade maior da República Do iniciada e foi fundada em 1495 pelos 30 nobres espanhóis. No interior do país há a cordilheira mais alta das Caraíbas, os "Alpes Dominicanos", cujo pico mais alto é o Pico Duarte, com 3087 metros. Los Tres Ojos é um complexo de grutas ou cenotes com estalagmites e estalactites e com quatro lagos que na verdade são um único lago. Era um local sagrado taino. A maioria das rochas são de pedra coral. Santo Domingo é uma cidade cheia de contrastes. Desde a cidade moderna à cidade colonial. Na cidade moderna há o Malecón, uma marginal; o Palácio Nacional, uma imitação da Casa Branca e o Farol de Colombo, inaugurado para comemorar o 500.º aniversário da chegada de Colombo. Na cidade colonial há a casa del Cordón, o primeiro edifício de dois andares da América; as ruínas do primeiro hospital das Américas; as Casas Reais, onde a Real Audiencia ou Supremo Tribunal se situou, com um relógio de sol à frente do edifício para os juízes verem as horas; o Parque Colón, com uma estátua de Cristóvão Colombo; o Panteão Nacional, outrora um mosteiro jesuíta, agora é uma homenagem aos heróis independentistas do país, com um soldado fardado à porta guardando a chama interna que é alimentada por azeite de coco; a Torre del Homenaje, construída como torre de vigia em 1503, usada para detetar a aproximação de piratas, mais tarde servindo de prisão; a Catedral de Santa María la Menor, a primeira catedral das Américas, com influências góticas e clássicas data de 1540, possui várias capelas no interior, foi a última morada de Cristóvão Colombo e resistiu a terramotos e a ataques de piratas; o Alcázar de Diego Colombo, foi mandado construir por si, era uma mansão onde Diego vivia e onde havia até uma sala onde a comida era provada pois podia estar envenenada. I Gruta de los Tres Ojos, Catedral de Santo Domingo, uma das suas capelas, Alcázar de Colombo, Panteão Nacional, Palácio Presidencial e cozinha do alcázar.
  13. 13. 13 Uma medina é a parte antiga de uma cidade do Norte de África. Tem ruas estreitas e labirínticas pelas quais é quase impossível passar. Estas eram consideradas os antigos centros comerciais árabes. Estas estão normalmente muralhadas e possuem palácios, fontes, mesquitas e um mercado (suq). Nesses mercados predomina o cheiro a especiarias e a pele. Já eram construídas no século IX, pelos árabes. I Loja numa medina; Medina de Oujda, Marrocos; Rosas do deserto na medina de Hammamet, Tunísia.
  14. 14. 14 As ondas de calor podem causar o aumento da mortalidade e incêndios. As secas devem-se devido à reduzida precipitação num local e levam a prejuízos na agricultura e na indústria, na produção de energia hidroelétrica e podem levar à ocorrência de incêndios florestais, à erosão dos solos e à desertificação. A desertificação consiste na perda da capacidade produtiva dos solos. Os desertos estão a avançar, principalmente no norte de África. O deserto do Sahara está cada vez mais a crescer levando à redução de alimentos, à pobreza e perda de espécies. Os incêndios florestais são causados praticamente por negligência e acidente e, raramente, por causas naturais. Estes são responsáveis pela perda de biodiversidade, destruição de bens e morte ferimentos nas populações e animais. O fogo faz parte da dinâmica natural dos ecossistemas e muitas espécies mediterrânicas utilizaram estratégias de recuperação depois dele. I Incêndios florestais (cinco primeiras); desertificação no norte de Marrocos (influência do deserto do Sahara); seca.
  15. 15. 15 As salinas são terrenos onde se faz entrar a água do mar para retirar, por evaporação, o sal marinho que ela contém, e donde se extraem, também, as águas-mães do magnésio , do bromo e da potassa. Graças à luz solar, a água salgada sofre uma cristalização: evapora e ficam lá os cristais de sal, permitindo obter sal a partir de água do mar.
  16. 16. 16 I Poço do Inferno; queijeiras; vale glacial do Zêzere; represa de Vale do Rossim; Cabeça do Velho; flora na serra. O Parque Natural da Serra da Estrela foi criado a 16 de julho de 1976. Como está a elevada altitude, tem uma rica diversidade de fauna e flora, nomeadamente: lagartixa-da-montanha (Lacerta monticola), o cão da Serra da Estrela, a lontra (Lutra lutra), a salamandra-lusitânica (Chioglossa lusitanica), o lagarto-de-água (Lacerta schreiberi), a toupeira-de-água (Galemys pyrenaicus), e ainda alguns invertebrados de distribuição reduzida, como é o caso do Geomalacus maculosus, do Lucanus cervus, do Callimorpha quadripunctaria e da Oxygastra curtisii. O parque divide-se em cinco áreas completamente diferentes: planalto central, vales, encostas, planaltos de menor altitude e picos. Além da rica fauna e flora, o parque apresenta também bizarras formas graníticas geológicas, como a Cabeça do Velho, a Cabeça da Velha, a Pedra do Urso e as queijeiras. As queijeiras são blocos graníticos com o formato de pilhas de queijo. Formaram-se devido à infiltração da água no granito que caulinizou algumas substâncias do granito e, por ação da chuva e do vento, as areias foram erodidas e a rocha "subiu", podendo-se ver agora as "queijeiras". O vale glaciar do Zêzere é o maior da Europa e formou-se devido à erosão pelos glaciares, ficando um vale em forma de "U". Junto ao vale glaciar há uma cascata, o Poço do Inferno, com 10 metros, pela ribeira de Leandres. O curso de água, que corre em rochas graníticas, encontra uma barreira natural resistente de rochas endurecidas, pelo metamorfismo de contacto, despenhando-se após o seu atravessamento. Na linha de água, junto à cascata, é visível o contacto do granito porfiróide com uma rocha negra muito dura e de aspecto compacto designada por comeana. Esta rocha forma-se por recristalização dos minerais de xistos e grauvaques, por acção do calor proveniente dos magmas graníticos que neles se instalaram há 300 milhões de anos.
  17. 17. 17 I Formação de um geode; ágatas e outro geode. Os geodes parecem rochas normais, mas por dentro escondem uma sinfonia de cores e cristais. Quando a lava solidifica em rochas ígneas, aprisiona bolhas de gás, deixando várias cavidades. A água subterrânea infiltra-se na rocha e, quando passa pelas cavidades, deposita vestígios nos lados que formam uma camada de calcedónia. Este processo repete-se e vão-se formando cada vez mais camadas. Por meteorização ou por atividade tectónica, as rochas podem partir-se, mostrando o seu tesouro no interior.
  18. 18. 18 I Flora nas dunas marítimas (duas primeiras); dunas marítimas; deslizamento de areia; tipos de dunas; sua formação. As dunas de areia situam-se em desertos, em praias e outros locais secos. Para estas se formarem tem que existir um obstáculo como rochas ou arbustos que obrigam a areia a assentar graças ao vento. Outra vez com a ajuda do vento, alguns grãos de areia saltam com o vento e quando atingem o solo colidem com outros grãos que os fazem saltar. O lado virado ao vento (barlavento) fica com um suave declive enquanto que o lado abrigado (sotavento) torna-se íngreme. As dunas avançam porque a areia de barlavento está sempre a ser removida e largada em sotavento. Podem haver mudanças: as dunas podem ficar fixas (por exemplo se estabilizadas por vegetação) ou fósseis (consolidadas e formadas em época geológica antiga). Quando o vento muda de direção, formam-se vários tipos de dunas: lineares e em estrela além dos outros tipos de dunas com vento de uma só direção: barcanoides, parabólicas, transversais e barcans. As dunas têm que ser preservadas: os veículos, as construções e as pessoas ao andarem em cima delas podem destruir as plantas e assustar os animais e sem plantas para segurar as dunas estas podem desaparecer e o mar pode avançar para o interior. O sistema dunar litoral tem que ser preservado e ficar ordenado da seguinte maneira: praia - duna primária - espaço interdunar - duna secundária - zona pós-dunar, onde já pode existir construção. As dunas têm uma rica fauna e flora. Na fauna há várias aves e insetos como os escaravelhos e as libelinhas e libélulas. Na flora há plantas rasteiras como os catos. Algumas dunas resmungam, assobiam, ladram, rugem e arrotam quando incomodadas. São as dunas cantantes. Nas praias as dunas chiam por causa da fricção entre grãos. Só se encontram em 30 locais no mundo. Pensa-se que ressoam quando os grãos de areia deslizam sobre uma camada inferior mais dura e húmida.
  19. 19. 19 I Pátio das Ecolas; rua da Sofia; Sé Velha; interior da mesma; Sé Nova; Laboratório Chimico/ Museu da Ciência; Mosteiro de Santa Cruz; casa da Alta. Situada numa colina com vista para a cidade, a Universidade de Coimbra, com as suas faculdades cresceu e evoluiu ao longo de mais de sete séculos dentro da cidade velha. Edifícios universitários notáveis incluem o mosteiro do século XII de Santa Cruz, onde estão sepultados os dois primeiros reis de Portugal e um número de faculdades do século XVI, o Palácio Real da Alcáçova, que passou a abrigar a Universidade desde 1537, a Biblioteca Joanina com a sua decoração barroca rica e o Jardim Botânico do século XVIII. a rua da Sofia, construída na primeira metade do século XVI, apresenta características renascentistas. Trata-se de uma via larga, comprida e retilínea, com 460 metros de comprimento e 12,5 metros de largura. Em tempos foi a rua mais larga da Europa. Começa no Mosteiro de Santa Cruz e termina na Ladeira de Santa Cruz. Era nesta zona que se localizavam, antigamente, os Colégios Universitários, daí o nome de Rua da Sofia (ou Sabedoria). Na Alta também se encontram a Sé Velha e a Sé Nova, onde está sepultado o primeiro oriental que chegou à Europa, não esquecendo a Torre de Almedina e o Museu Machado de Castro. A Universidade de Coimbra, a Alta e a Sofia fazem parte do Património Mundial da UNESCO desde junho de 2013. Desde 13 de outubro de 1537 que a Universidade de Coimbra ocupa, por cedência de D. João III, um dos mais antigos edifícios europeus e também uma das primeiras residências da família real. Era o Paço Real da Alcáçova. A sua edificação terá começado por 994. Era uma colossal alcáçova moura retangular. Em 1130, D. Afonso Henriques instalou a corte no edifício. Foi numa sala onde está a atual Sala dos Capelos que tiveram lugar as cortes de 1385, a solução para a crise económica de 1383 a 1385. Em 1537, no reinado de D. João III, a Universidade mudou-se de Lisboa para Coimbra. No século XX, no tempo de Salazar, no Estado Novo, a Universidade ganhou novos edifícios.
  20. 20. 20 I Capela de S. Miguel; Sala dos Capelos; Sala do Exame Privado, Sala das Armas e Biblioteca Joanina. A Porta Férrea era a entrada principal para a Universidade, fundada por D. Dinis e fixada em Coimbra por D. Fernando III. A Via Latina foi uma galeria construída no século XVIII para resolver o problema da circulação entre o Paço Reitoral, a Sala dos Capelos e Gerais. A Sala dos Capelos, edificada por Marcos Pires, é onde se fazem os doutoramentos. O Paço Reitoral, onde vivia o Reitor, possuía duas salas importantes: a Sala das Armas e a Sala do Exame Privado, com retratos dos reitores e onde se faziam as provas de licenciatura. Os gerais eram o núcleo propriamente escolar do palácio universitário. As Escadas de Minerva foram edificadas em 1724 segundo projeto de Gaspar Ferreira. O Colégio de S. Pedro foi onde o rei D. Sebastião estabeleceu um colégio para graduados em preparação para a docência universitária. A prisão académica era um privilégio disciplinar corporativo da corporação universitária. A torre da Universidade foi edificada entre 1728 e 1733 segundo projeto do arquiteto italiano António Canevari. O sino mais conhecido da Universidade foi apelidado de "cabra". A capela de S. Miguel deve a sua construção ao Infante D. Pedro e possui vários frescos e um sumptuoso órgão de Gabriel Ferreira. A Biblioteca Joanina é a mais sumptuosa biblioteca universitária do mundo. Foi edificada entre 1717 e 1728 sob o reinado de D. João V. Possui um retrato do monarca anteriormente referido, da autoria do pintor Domenico Duprà. Esta biblioteca possui pinturas orientais nas estantes, tem mobiliário feito de pau-brasil e revestido por talha dourada. Tem mais de 53000 livros sobre a história do conhecimento de conteúdos científicos, livros que podem ser consultados e que são protegidos pelos morcegos que vivem lá.
  21. 21. 21 Os cavalos são mamíferos herbívoros, com uma esperança de vida entre os 25 e os 30 anos. Podem pesar até 1 tonelada e medir até 183 cm na cernelha. Os cavalos têm quatro andamentos: o passo, o trote, o meio galope e o galope. O único verdadeiro cavalo selvagem é o cavalo de Przewalski, da Mongólia. São atarracados e têm a crina curta. As patas e o focinho são mais escuros. As características deste cavalo permaneceram inalteradas desde a Pré-História. O cavalo foi inicialmente domesticado por volta de 4000 a.C. Os cavalos vivem em planícies e evoluíram de animais pequenos que viviam em florestas. Quando começaram a haver prados, os cavalos mudaram-se e desenvolveram dentes mais duros para pastar e agruparam-se em manadas. Este animal, desde o ínicio dos tempos, tem ajudado os humanos em atividades agrícolas e transporte. Sempre que nasce uma nova abelha, proveniente do desenvolvimento de uma larva, as operárias inspetoras analisam a nova criatura e certificam- se se ela possui alguma deformação física. Caso detetem algum defeito, esse novo ser é imediatamente assassinado, a fim de não existirem inválidos na sociedade – a natureza não perdoa a incapacidade, é seletiva. Se algum intruso (ratos, lagartixas, cobras, humanos, etc.) tentar violar uma colmeia, de imediato centenas de operárias soldados atacam o inimigo introduzindo na pele o seu ferrão carregado de veneno, o que pode conduzir à morte, mesmo de seres humanos. I Cavalo, cavalos brancos a trotearem, cavalo a pastar, póneis e outros cavalos, cavalos, cavalo lusitano, evolução.
  22. 22. 22 Os líquenes são indicadores da qualidade do ar. O grau da poluição do ar pode ser avaliado por eles. Os líquenes são associações de um fungo e de uma alga que crescem em conjunto. O fungo protege a alga de altas temperaturas e da falta de água e a alga produz um alimento para si e para o fungo.
  23. 23. 23 A camuflagem é a capacidade que muitos animais possuem de modificarem as cores da sua pele de forma a não serem facilmente destacados do ambiente em que vivem para se protegerem dos predadores. A camuflagem pode ocorrer pela cor, ou forma de cobertura do animal. I Peixe camuflado na rocha, peixes camuflados na areia, caranguejo camuflado na rocha, grilo camuflado na palha, lagartixa camuflada na rocha.
  24. 24. 24 As piranhas são peixes carnívoros que vivem nalguns rios da América do Sul. Trata-se de um peixe com mandíbulas fortíssimas. A maioria das piranhas são rápidas, mas geralmente atacam quando estão estimuladas para isso. Algumas são canibais e outras não, mas todas possuem comportamentos agressivos. As piranhas só atacam quando detetam sangue.
  25. 25. 25 As formigas são muito pequenas mas fazem coisas espetaculares. A maioria constrói formigueiros, com um complexo sistema de túneis e câmaras com funções especiais – para o armazenamento de alimentos, para a rainha, o “berçário” onde são tratadas as larvas, o lixo,... As sociedades das formigas são organizadas por divisão de tarefas, muitas vezes chamados castas. As tarefas podem ser distribuídas pelo tamanho e/ou pela idade do indivíduo. A função da reprodução é realizada pela rainha e pelos machos. A reprodução é feita pelo voo nupcial. A rainha vive dentro do formigueiro, é maior que as restantes formigas, perde as asas depois de fecundada e durante toda a sua vida põe ovos. Não é a rainha que manda no formigueiro. Os machos aparecem apenas quando é necessário fecundar uma nova rainha, o que acontece durante um voo em que participam milhares de fêmeas e machos alados; depois da fecundação, os machos não são autorizados a entrar no formigueiro e geralmente morrem rapidamente. As restantes funções – procura de alimentos, construção e manutenção do formigueiro e sua defesa – são realizadas por fêmeas estéreis, as obreiras. Em certas espécies, as obreiras que realizam as diferentes funções estão também divididas em castas. Normalmente, as que se ocupam da defesa ou para o ataque. Existem também outras 2 funções: a de operário e a de soldado. As operárias tomam conta da cria, fazem a limpeza do formigueiro e procuram o alimento enquanto que as formigas soldado guardam a entrada do formigueiro sem descanso.
  26. 26. 26 Os hamsters são roedores e têm grandes dentes incisivos e estes estão sempre a crescer. Têm uma esperança média de vida de 2 anos e quando estão no meio selvagem vivem em tocas. As suas tocas têm vários túneis e câmaras para armazenar comida e dormir. Os hamsters são animais noturnos: dormem durante o dia e ficam acordados à noite. Eles veem mal , mas têm o olfato apurado e uma fantástica audição. Alguns hamsters têm as bochechas dilatáveis onde podem carregar comida. Os hamsters morrem de pernas para o ar e conseguem imitar tudo o que veem.
  27. 27. 27 Os cães evoluíram na China e descendem do lobo asiático. Os cães são os melhores amigos do Homem e são muito comuns como animais de estimação. Os cães realizar muitas tarefas, como puxar trenós, salvar pessoas, caçar,... Há substâncias que podem ser tóxicas para o sistema digestivo dos cães: chocolate, cebola, uva, noz-macadâmia,... O cão mais pesado é o mastim, com 155 kg. O mais pequeno é o Chihuahua, com 15 a 23 cm e o mais ruidoso é o pastor-alemão, com 108 decibéis. I Golden retriever (1.ª e 2.ª), Border Collie, Sabujo austríaco preto e castanho, dálmata, spaniel bretão, galgo de pelo curto.
  28. 28. 28 As aves têm o corpo revestido de penas. Estas facilitam o voo, ajudam a manter a temperatura e o corpo impermeável à água e ao ar. As aves capturam pequenos animais e outras alimentam-se de sementes e frutos. Estas têm bicos e dedos com garras para procurar e apanhar alimentos. Os pica-paus usam o bico comprido para fazer buracos nos troncos à procura de insetos. As garças têm o bico muito longo e direito, com o qual capturam os peixes. O flamingo é uma ave aquática filtradora que passa o bico curvo no lodo, enche-o e filtra os organismos que encontra. As águias têm o bico forte, aguçado e curvo para rasgar o alimento em pedaços. Nos patos, a membrana interdigital facilita a natação quando procuram alimento. Os dedos das garças facilitam a sua locomoção em águas pouco profundas nas margens dos rios e lagos à procura de peixes. As águias têm dedos fortes com garras para capturar e imobilizar as presas. Os pica-paus têm dois dedos para a frente e dois dedos para trás. Agarram-se ao tronco das árvores procurando insetos. I araras e flamingos, bicos das aves, pica-paus, ave de rapina, calopsita, cisne, pássaro, flamingos.
  29. 29. 29 I Fetos, fetos arbóreos, feto, soros, anatomia de um feto, reprodução de um feto. Os fetos são plantas sem flor que vivem em diversos ambientes. São constituídas pelas raízes, pelo rizoma e pelas folhas ou frondes. Na página inferior dos fetos encontram-se poros. Os soros, aumentados, são constituídos por pequenos sacos, os esporângios e, quando o tempo seca, eles abrem-se e deles caem esporos. Deles nascem lâminas verdes que se agarram ao solo. Essa lâmina é o protalo e é aí que se contêm os gâmetas masculino e feminino cuja união dará a futura planta. Alguns fetos crescem com um tronco elevando as frondes acima do solo - são os fetos arbóreos.
  30. 30. 30 Na lua nova, a seiva mobiliza-se para a base, concentrando-se na raiz. Ideal para a colheita de raízes (cenoura, nabo, beterraba, rabanete,...), podas e arrancar ervas. No quarto crescente, a seiva começa a mobilizar-se para cima. Ideal para semear hortaliças de folha (couves, espinafres, leitugas, acelgas, nabiças,...). Na lua cheia, a seiva movimenta-se para cima e acumula-se nos caules e folhas. Ideal para a colheita de frutas e hortaliças de folha. No quarto minguante, a seiva começa a dirigir-se para baixo e a acumular-se na raiz. Ideal para a sementeira de hortaliças de raiz (nabo, beterraba, cenoura,...), podas e mondas.
  31. 31. 31 As ovelhas vivem em rebanhos e comem ao entardecer vegetais. Os machos possuem fortes chifres, embora as fêmeas habitualmente não os possuam. O sentido da visão é o mais desenvolvido dos sentidos. Nos machos, a pelagem é castanha mais ou menos escura, sendo mais clara nas fêmeas. A partir do primeiro ano, nos machos, forma-se, no inverno, uma mancha branca no dorso, denominada sela pela sua semelhança com a sela de montar. O período de gestação é de cinco meses no fim dos quais nasce geralmente uma cria ou duas. Ao nascer, a cria é de cor branca uniforme e pesa cerca de dois quilos. Os ovinos asseguram três funções produtivas como a produção de carne, leite e lã. A cabra é muito atraída pela flora arbustiva e arbórea e fornece leite abundante, principalmente destinado a queijo. Durante o período do cio, que na Europa corresponde ao outono, os machos estabelecem hierarquias, através de combates à marrada que se ouvem a longas distâncias. A gestação demora cinco meses e a proliferação média é de 1,8 cabritos por ano. I Ovelhas (1.ª e 2.ª), ovelha a mamar, cabra.
  32. 32. 32 As joaninhas são insetos coleópteros que podem variar em tamanho e cor consoante as espécies, apesar de serem conhecidas pela sua cor vermelha com pintinhas pretas. Até à fase adulta elas passam por metamorfoses. Saem dos ovos larvas que crescem e sofrem mudas até ficarem adultas. Para não terem predadores, as joaninhas ostentam uma coloração que avisa os predadores do seu mau sabor e quando estão sobre ameaça podem exsudar um líquido tóxico e malcheiroso pelas articulações mas, mesmo assim, ainda têm predadores, como moscas e vespas. As joaninhas também são a arma biológica dos agricultores pois comem pragas agrícolas como os pulgões. Conseguem comer até 65 animais destes por dia. As suas antenas servem para sentirem cheiros e os seus olhos distinguem o verde do amarelo, ajudando-as a detetar pulgões. As joaninhas têm dois pares de asas: as anteriores endurecidas, que servem de proteção e que levantam expondo as asas posteriores para voar. I Joaninhas (1.ª e 2.ª), pulgões e outras pragas.
  33. 33. 33 O maracujá é um fruto que é fonte de vitaminas A, C e do complexo B e apresenta boa quantidade de sais minerais (ferro, sódio, cálcio e fósforo). Acredita-se que o fruto possua propriedades calmantes. É cultivado nas zonas tropicais e subtropicais da América, nomeadamente no Brasil. Os maracujás são mais doces quando a casca está ligeiramente enrugada. Este fruto é originário do Brasil. O maracujá roxo fertiliza-se a si próprio. A flor do maracujazeiro é conhecida como a flor da paixão devido à sua forma: coroa de espinhos, cinco chagas, três pregos com que Jesus Cristo foi crucificado. Também é a flor nacional do Paraguai. Esta flor é polinizada especialmente pelo zangão. I Flor do maracujazeiro e maracujá.
  34. 34. 34 1. 25% do volume da maçã é ar. Por isso é que flutuam na água. 2. Por todo o mundo são cultivadas anualmente 60 milhões de toneladas de maçãs. 3. O kiwi era conhecido pelo seu nome chinês, yang tao, o pêssego do sol. 4. As nectarinas são pêssegos sem pelo. 5. Os ananases foram em tempos muito raros e foram chamados o rei dos frutos. 6. Pesquisas comprovam que comer maçãs reduz o risco de contrair vários cancros. 7. Os pêssegos e os morangos são da família das rosas. 8. Por norma, cada morango contém 200 sementes. 9. As ameixas japonesas são originárias da China. 10. As bananas ajudam a combater a depressão pois aumentam os níveis de seratonina. 11. Para obter o dobro do sumo de um limão, basta aquecê-lo antes de o espremer. 12. As sementes de maçã são ligeiramente venenosas. 13. A bananeira não é uma árvore, mas sim uma erva gigante. 14. Os morangos eram os símbolos sagrados dos pedreiros cristãos. 15. Os pêssegos maduros sabem melhor se comidos à temperatura ambiente. 16. Em Kerala, no sul da Índia, a flor do coqueiro deve ser presenteada durante a cerimónia de casamento. 17. Existem mais de 700 variedades de pêssego. 18. Nas laranjas de umbigo, quanto maior o umbigo, mais doce será a laranja. 19. As bananas contém vitamina B6, o que ajuda a regular os níveis de glicose e o humor. 20. O kiwi é o fruto nacional da China. 21. Há mais de 1200 variedades de melancia, cultivadas em 96 países. 22. A Califórnia produz 500 milhões de quilos de morango todos os anos. 23. Os Romanos usavam os morangos numa longa lista de remédios. 24. As laranjas são uma espécie de baga. 25. As peras desenvolvem manchas negras quando são armazenadas em ambientes com pouco oxigénio.
  35. 35. 35 No Mesozoico só havia praticamente florestas de coníferas e planícies de fetos. Aí vivem répteis chamados dinossauros. A maioria conseguia equilibrar-se com as duas patas traseiras. No Triásico não havia continentes separados. O mundo era muito árido e surgiram os primeiros dinossauros. Antes de eles surgirem havia placérias, de uma tonelada de peso, herbívoros inofensivos. Quando os dinossauros apareceram, algumas placérias foram comidas pelos Coelofisis, pequenos dinossauros ágeis. Também no Triásico viveram cinodontes que eram répteis que tinham pelo, faziam tocas e reproduziam-se por ovos apesar de mamarem. As placérias extinguiram- se devido aos seus predadores como o postosuco, um parente dos dinossauros que andam com quatro patas. Nos rios do Triásico, havia muitas libelinhas que eram comidas por répteis voadores chamados pterossauros. No Jurássico, os Diplodocos punham ovos do tamanho de bolas de futebol. Estes deslocavam-se em manadas de 30 indivíduos e podiam ter mais de 40 metros. Estes tinham répteis parasitas que viviam e procriavam em cima deles. Os recém-nascidos destes animais podiam ser mortos por Estegossauros e Alossauros. Os Diplodocos eram herbívoros e os seus bebés comiam fetos enquanto que os maiores comiam alta vegetação por isso precisavam de um grande tubo digestivo. Tinham pedras no estômago que engoliam para moer o alimento e cujas bactérias o façam fermentar e libertar os nutrientes, um processo que dava muitos gases. Os Braquiossauros, de 13 m de altura, alimentavam-se das copas das árvores. Com a separação dos continentes houve subida do mar ficando alguns vales cobertos de águas pouco profundas. Aí não reinavam os dinossauros mas sim vários animais, peixes, nautiloides, oftamossauros, tubarões e o temido liopleurodonte, de 25 metros com barbatanas de 3 metros. Os oftamossauros são presas fáceis de tubarões, uma espécie de golfinhos que vivem perto dos corais, os sítios menos perigosos. Estes caçam de noite e comem lulas e peixes. Apesar de não terem dentes, a sua boca funciona como bico, apanhando as suas presas. I Brachilofossauro fêmea grávido, Koreaceratops, Ornithomimus edmontonicus em adulto e juvenil.
  36. 36. 36 No Cretácico formaram-se arribas onde poisavam os pterossauros e os pterodáctilos. Apesar de serem em maior quantidade, eram os ornitoqueiros. Nas praias, algumas manadas de Iguanodons migravam. Nas florestas, as primeiras flores e as primeiras aves apareceram e desenvolve-se uma nova forma de digerir os alimentos: mastigá-los na boca. Às manadas de Iguanodons faziam companhia os poliacantos. Apareciam também Velociraptors que se alimentavam desses bandos. Os dinossauros começaram a viver em todo o planeta, até na Antártida. Esta era o único continente com estações. Aí viviam pequenos dinossauros e uns grandes anfíbios muito perigosos dentro de água mas inofensivos na terra. Também viviam lá Alossauros polares e Muttaburrassauros. Apareceram então os primeiros mamíferos. Surgiu também o maior carnívoro predador, o Tyranossaurus, um dinossauro gigante que come outros dinossauros do seu tamanho. Apenas o Anquilossauro, todo couraçado e com uma massa pesada na cauda consegue resistir ao Tyranossaurus. Os Triceratops usavam os seus chifres para lutarem e as suas cristas para se exibirem. De repente, vem um asteroide que choca com a Terra e forma densas nuvens de poeira que extinguem os dinossauros. I Dilongs e Braquiossauros, Permiano com pelicossauros e outros primeiros tetrápodes, Triásico com placérias e Smilosuchus.
  37. 37. 37 I Reconstituição de uma feira medieval, loja de sementes de girassol, feira medieval, reconstituição da entrada da feira num castelo, almoço medieval. Império Romano. As feiras medievais, de carácter regional, nacional ou até mesmo internacional, serviam para realizar trocas comerciais realizadas entre produtores, consumidores e distribuidores, em locais e prazos determinados, corrigindo assim a falta de comunicações fáceis e rápidas da época. No local onde se faziam existia uma paz especial, a paz de feira, que proibia toda a disputa ou vingança, ou todo o ato de hostilidade, sob penas severas em caso de transgressão. No século XIII houve 45 feiras. A mais antiga é a de Ponte de Lima, em 1125, A mais antiga de que há conhecimento é a de Ponte de Lima (1125), que aparece mencionada no foral outorgado por D. Teresa a esta povoação, sendo por isso anterior à fundação da nossa nacionalidade. Todos os que a ela ocorressem, tanto nacionais, como estrangeiros, teriam segurança desde oito dias antes até oito dias depois da feira, na ida e na volta, contra qualquer responsabilidade civil ou criminal que pesasse sobre ele. Para se incentivar o comércio de uma região, os reis criaram as Feiras Francas, assim designadas por isentarem os feirantes de alguns impostos. Com as feiras, as zonas ficavam mais desenvolvidas em termos económicos e comerciais. As feiras realizavam-se, normalmente, em cidades e vilas, com uma periodicidade de quinze dias a um ano e duravam vários dias. Às feiras deslocavam-se mercadores de todo o país e até mesmo do estrangeiro, o que fazia com que a variedade de produtos fosse muito grande. As feiras mais importantes foram realizadas na região de Champagne.
  38. 38. 38 Para propaganda nazista, a empresa Luftschiffbau-Zeppelin GmbH construiu o Hindenburg, um símbolo na indústria alemã. No dia 6 de maio de 1937, o Hindenburg sobrevoava Newark, onde era observado por milhares de pessoas. O dirigível tinha 245 metros de comprimento (era um pouco maior que o Titanic) e era sustentado no ar por 200 mil metros cúbicos de hidrogénio. Na noite de 6 de maio de 1937, o dirigível Hindenburg preparava-se para descer no campo de pouso da base naval de Lakehurst, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, com 97 ocupantes a bordo, sendo 36 passageiros e 61 tripulantes, vindos da Alemanha. O forte vento em Lakehurst havia obrigado o capitão Max Pruss a sobrevoar o atracador por duas vezes. Ao mesmo tempo, ordenou que fossem soltos gás e mais de uma tonelada de água para aliviar o peso. O dirigível já se estava a baixar quando, a 60 metros do chão, um incêndio iniciou-se na cauda do Hindenburg e matou 36 pessoas. Graças ao hidrogénio, altamente inflamável, o incêndio durou exatos 30 segundos. Generalizou-se também o consumo de alimentos como o pão e o leite.
  39. 39. 39 A Arábia é uma península na Ásia onde praticamente é tudo deserto. Atualmente, o petróleo faz da Arábia um país rico. No século VI, a Arábia era muito pobre. Os árabes viviam em tribos nos oásis. Dedicavam-se à pastorícia e ao comércio e eram monoteístas. Maomé nasceu a cerca de 570, em Meca. Começou a dedicar-se ao comércio e aos 40 anos, passou a isolar-se nas montanhas para meditar e rezar. Aí encontrou o anjo Gabriel que lhe disse para pregar a todos os homens. As suas palavras foram mal recebidas em Meca visto que se dedicavam ao culto de uma pedra negra que se encontra na Caaba, um templo no meio da mesquita de Meca, Maomé saiu, em 622, de Meca, a Hégira, e fugiu para Medina. O deus dos muçulmanos é Alá. O livro sagrado dos muçulmanos é o Alcorão. As suas cidades sagradas eram Meca e Medina. Os pilares da fé muçulmana são: acreditar e afirmar que existe só um Deus e que Maomé é o seu profeta; rezar cinco vezes ao dia com o rosto virado para Meca; jejuar durante o Ramadão; dar esmola aos pobres e ir a Meca pelo menos uma vez na vida, se se tiver meios para isso. Depois da morte de Maomé, os muçulmanos dividiram-se em Xiitas (só aceitam o Alcorão como livro sagrado) e Sunitas (aceitam o Alcorão e a Sunna). I Motivos árabes, tapete árabe, nora, Mesquita Azul, Istambul, Patio de los Leones, Alhambra, Granada. Heidelbergensis, crânio de Homo Ergaster, Vénus de Willendorf.
  40. 40. 40 Os Muçulmanos começaram então a invadir novos territórios para espalhar o Islamismo, sair da pobreza da Arábia e dominar as vias de comércio entre o Ocidente e o Oriente. Comandados por Tarik, em 711 invadiram a península ibérica. O território governado por árabes na Península Ibérica chamou-se Al-Andaluz, com capital em Córdova. Durante a ocupação muçulmana, alguns nobres visigodos refugiaram-se nas Astúrias (zona montanhosa no norte da península Ibérica). Os Cristãos, com o passar do tempo criaram núcleos de resistência contra os muçulmanos. A primeira vitória dos Cristãos foi na batalha de Covadonga, em 722. Criou-se o pequeno reino das Astúrias, com capital em Oviedo. O primeiro rei das Astúrias foi Pelágio. A reconquista cristã foi um período de tempo em que os Cristãos lutaram contra os Muçulmanos para reconquistar as terras perdidas. A pouco e pouco, embora com avanços e recuos, os Cristãos conseguiram alargar as suas terras para sul. Formaram vários reinos. Os Muçulmanos permaneceram cerca de 800 anos na Península Ibérica. Trouxeram-nos muitas coisas, mais a sul do que a norte, nós herdámos várias coisas árabes, como por exemplo: Na agricultura: a nora, a picota, a azenha, o açude, a levada,… mas também árvores de fruto como a laranjeira, o limoeiro, a alfarrobeira, a amendoeira e a figueira. Na língua, mais de 600 palavras de origem árabe, começadas pelo prefixo “al” ou sem ele. Por exemplo: almofada, alcatifa, alface, azenha, nora, arroba, almocreve, albarda, alguidar,… Nas ciências desenvolveram-se a matemática, a geografia, a medicina e a astronomia. No comércio, desenvolveram-se as trocas comerciais. A tapeçaria, a cerâmica, trabalhos em cobre e ouro, fabrico de armas e os arreios foram alguns exemplos de artesanato levados para a Península Ibérica. Na arte, criaram as casas adaptadas ao clima, as paredes caiadas, uso de azulejos, decorações geométricas, chaminés rendilhadas, castelos, mesquitas, medinas, palácios, arcos em ferradura, mosaicos, cobertura em cúpula,... I Arcos e colunas na Mesquita de Córdova, Mihrab na mesma mesquita e Basílica de Covadonga.
  41. 41. 41 A Torre de Miguelete, em Valência, foi construída como campanário da catedral. Mede 50 metros de altura. É toda feita de pedra e possui uma planta octogonal. Em 1376, Andreu Julià que se inspirou no campanário da sé de Lérida, na Catalunha. Em 1414, Pere Balaguer enriqueceu-a com motivos góticos no último corpo, sendo que a torre está dividida em quatro corpos. No século XVII juntou-se a parte dos sinos. O dia de São Miguel, 29 de setembro) de 1418, o grande sino foi abençoado e por isso é que a torre se chama Miguelete, um diminutivo de Miguel. No interior tem 207 escadas em caracol que levam ao topo da torre que serve de miradouro.
  42. 42. 42 Nefertiti era esbelta, misteriosa e foi a mulher mais poderosa do mundo antigo. Mulher de Akhenaton, Nefertiti, cujo nome quer dizer "a bela chegou". O seu marido, Akhenaton, nascido Amen-Hotep IV, mudou o seu nome porque só acreditava num só deus, Aton, o disco solar. Para ele fundou a cidade de Akhetaton, cujo nome significa "Horizonte de Aton". Aí governou o Egito com Nefertiti. Pensa-se que Akhenaton tinha uma doença e cegou. Nefertiti desempenhou um papel político quase de um faraó. Nefertiti era muito amada por Akhenaton. Tiveram seis filhos. Este rei teve outra mulher Kiya, que se pensa ser a mãe de Tutankhamon. De repente, Nefertiti desapareceu e surgiu um co-regente com o nome semelhante ao da rainha, Anjjeperura Neferneferuaton que, quando Akhenaton morreu, ficou faraó Anjjeperura Semenkharé. O misterioso Anjjeperura podia ser Nefertiti. Quando Tutankhamon estava prestes a começar a ser faraó, Nefertiti pediu ajuda a um príncipe hitita para governarem juntos o Egito, mas este foi assassinado. Nefertiti era filha de Ai, que sucedeu a Tutankhamon e que era irmão de Tié, mãe de Akhenaton e mulher de Amen- Hotep III. Então, Nefertiti e Akhenaton eram primos. Quando Tutankhamon morreu, com 19 anos, ficou com uma espécie de caixão em segunda mão, pois foram desenhadas asas a umas figuras no caixão, o que se faz só aos faraós, por isso podia ter sido para Nefertiti pois ela morreu como um faraó e também teve direito a essas asas.
  43. 43. 43I Esfinge e Pirâmide de Queóps, Jardins Suspensos da Babilónia e Torre de Babel, Mausóleo de Halicarnasso. As 7 Maravilhas do Mundo Antigo eram a Grande Pirâmide de Quéops, O Templo de Artémis em Éfeso, o Mausoléu de Halicarnasso, o Colosso de Rodes, a Estátua de Zeus em Olímpia e o Farol de Alexandria. A Grande Pirâmide de Quéops é a única que ainda existe e é o maior túmulo alguma vez construído. Esta é uma das três pirâmides de Gizé, além das de Quéfren e de Miquerinos. Esta pirâmide, construída a cerca de 2890 a.C., foi durante quatro mil anos (até ao século XIX d.C.) o edifício mais alto do mundo, com 146,5 m. A sua base forma um quadrado perfeito. Cada lado da base mede 231 m de comprimento e os seus lados têm uma inclinação de 51 graus e 51 minutos. A pirâmide é composta por dois milhões de blocos de pedra cada um com mais de duas toneladas. Os Jardins Suspensos da Babilónia foram construídos nas margens do rio Eufrates. Estes jardins foram mandados erguer por Nabucodonosor II para a sua rainha entre os séculos VII e VI a.C. Utilizavam sistemas hidráulicos complexos para conseguir elevar milhares de litros de água do rio Eufrates e manter os jardins floridos. Calcula-se que tenham usado um parafuso de Arquimedes para elevar a água. O Templo de Artémis em Éfeso foi construído no século VI a.C., apesar de ter sido destruído e reconstruído diversas vezes. Era dedicado a deusa da caça, Diana / Artemisa. Na noite em que Alexandre Magno nasceu, um homem de nome Heróstrato queimou o templo para que o seu nome fosse recordado para sempre. O Mausoléu de Halicarnasso foi erguido para o rei Mausolo da Pérsia, que reinou entre 377 a 353 a.C. Por cima da câmara tumular, trinta e seis colunas apoiavam uma pirâmide com degraus e no topo estavam representados o rei e a sua mulher e irmã Artemísia num carro. Este mausoléu media 42,5 m de altura e foi destruído em 1522 quando os cruzados de S. João usaram os seus blocos de mármore para construir um castelo.
  44. 44. 44 I Templo de Artémis, Farol de Alexandria, Colosso de Rodes, Estátua de Zeus em Olímpia. A Estátua de Zeus em Olímpia foi esculpida por Fídias. Era composta por madeira foliada a ouro para os tecidos e de marfim para a pele. Na mão direita de Zeus figurava a imagem alada da deusa Vitória em marfim e ouro. Na mão esquerda tinha um ceptro de ouro com uma águia pousada no topo. A estátua foi tentada transferir para Roma, mas o andaime não suportava o peso. Foi então transferida para Constantinopla, onde foi destruída por um incêndio no século V d.C. O Colosso de Rodes, na ilha de Rodes, era uma estátua de Hélios com mais de 30 m de altura. Não se sabe bem onde se encontrava: ou no porto, no topo da ilha ou num promontório. A sua base era de mármore branco e a estátua era de bronze e ferro e era oca por dentro. Na mão direita havia um farol. Quem a esculpiu foi Carés. Ficou pronta a 280 d.C. Cerca de cinquenta anos depois, um terramoto destruiu a estátua. O seu joelho partiu-se e ela caiu ao chão. Oito séculos depois, foi levada por 900 camelos, vendida pelos invasores árabes. O Farol de Alexandria, na ilha de Faros em Alexandria, foi construído (297 a.C. a 280 a.C.) sob o reinado de Ptolomeu I e Ptolomeu II, ascendente de Cleópatra. A altura do farol, obra do arquiteto Sostratos de Cnide, aproxima-se dos 135 metros, visto que é visível a 48 km de distância. O primeiro piso com mais de 70 metros e de forma quadrada, continha umas 50 salas. Nos quatro ângulos deste piso , algumas trompas em forma de tritões serviam para alertar os navios em caso de nevoeiro. Em cima erguia-se um piso octogonal com 34 metros, sobreposto por um grande piso circular onde brilhava uma grande chama alimentada pelo fogo de archotes resinosos e pela combustão de carvão vegetal. Graças a uma sistema de lentes, o brilho do fogo era aumentado. No cimo estava uma estátua do protetor dos marinheiros, Zeus Soter. O farol foi destruído em 1303 por um tremor de terra. Os Celtas, pelo contrário, eram altos e tinham o cabelo loiro e os olhos azuis. Eram bons ourives. Trabalhavam o ouro e objetos em ferro. Ocupavam as regiões norte, oeste e centro da Península Ibérica. Alguns Celtas cremavam os mortos,
  45. 45. 45 I Hieróglifos (em papiro ou em pedra: 1.ª a 6.ª), obelisco de Teodósio com hieróglifos, Istambul e “alfabeto” egípcio. Apenas os sacerdotes, membros da realeza, altos cargos, e escribas conheciam a arte de ler e escrever hieróglifos. A escrita hieroglífica constitui provavelmente o mais antigo sistema organizado de escrita no mundo, e era vocacionada principalmente para inscrições formais nas paredes de templos e túmulos. Além de ser usada pelos egípcios, também era usada por outros povos, como os hititas e os maias. A Pedra de Roseta é um texto do Antigo Egito escrito em hieróglifos, grego e demótico egípcio num grande bloco de granito que foi decifrado por Jean- François Champollion e por Thomas Young. Esta pedra foi a chave para decifrar os hieróglifos egípcios. A escrita hieroglífica podia ser escrita em linhas ou colunas, tanto da esquerda para a direita, quando da direita para a esquerda. Para identificar a direção de leitura de um determinado texto, deve-se analisar a direção para onde os sinais estão voltados. Os sinais hieroglíficos estão sempre voltados para o início do texto. Os sinais superiores são sempre lidos antes dos inferiores. Os sinais hieroglíficos egípcios são divididos entre ideogramas e fonogramas. Quando um único sinal representa sozinho uma determinada ideia ou coisa, é considerado um ideograma. Estes serviam como determinativos. Por exemplo: o hieróglifo usado para a palavra "cidade" vinha depois de qualquer nome de uma cidade. Os cartuchos, onde era escrito o nome de reis e rainhas, era também um ideograma, relacionado à ideia de eternidade. Os fonogramas podiam ser de três tipos: unilíteros (que representam um só som e formam o "alfabeto" egípcio); bilíteros (que representam dois sons e também duas consoantes); trilíteros (que representam três sons). A escrita egípcia não representava vogais, apenas consoantes e semivogais. A partir do período ptolomaico, alguns sinais foram adaptados para representar vogais dos nomes dos governantes estrangeiros.
  46. 46. 46 I Estratos no Cabo Mondego com várias amonites fossilizadas (1.ª e 2.ª), amonites no Cabo Mondego (3.ª e 4.ª), amonites (5.ª e 6.ª), reconstituição de amonites. As amonites viveram desde o Devónico até ao final do Mesozoico. Eram animais marinhos antepassados das lulas e do Nautilus. Estes moluscos eram carnívoros mas também se alimentavam de plâncton e usavam os seus tentáculos como pés para se deslocarem. Podiam ter desde alguns milímetros a dois metros de diâmetro. Este animal vivia dentro de uma concha espiralada. As amonites apresentavam dimorfismo sexual, visto que as conchas do macho eram ligeiramente mais pequenas e mais ornamentadas. Havia mais de 7000 espécies de amonites. Estas são um bom fóssil de idade. Eram velozes e tinham a visão bem desenvolvida. Vivam praticamente em todo o mundo. As amonites viviam numa concha subdividida em câmaras. A câmara mais interna era a cavidade mais antiga. Quando uma amonite crescia, construía uma câmara maior à frente da abertura, processo que se repetia à medida que o animal crescia. As câmaras mais antigas serviam como tanques flutuadores. Um tubo que corria através das câmaras bombeava água e enchia as câmaras com gás. Nos estratos do Cabo Mondego encontram-se vários fósseis de amonites e de belemnites, o que permite saber que aquelas rochas formaram-se há pelo menos 65,5 milhões de anos, que foi quando elas se extinguiram, ou seja, quando houve um impacto de um asteroide que dizimou quase todos os animais do planeta. Os Celtas, pelo contrário, eram altos e tinham o cabelo loiro e os olhos azuis. Eram bons ourives. Trabalhavam o ouro e objetos em ferro. Ocupavam as regiões norte, oeste e centro da Península Ibérica. Alguns Celtas cremavam os mortos,
  47. 47. 47 I Retrato de Cristóvão Colombo e seu filho, Diego Colombo; barco bibelot no Alcázar de Colombo, Santo Domingo; Estátuas referentes ao consentimento dos Reis Católicos perante a viagem às Índias de Colombo, Estátua de Cristóvão Colombo, Santo Domingo. Aos 25 anos, em 1476, foi vítima de um naufrágio na costa do Algarve, quando se encontrava no interior de uma caravela flamenga. Então foi viver para Lisboa, onde vivia o seu irmão Bartolomeu e casou-se com uma madeirense e passado uns anos foi viver para a Madeira. Cristóvão Colombo, o descobridor da América, nasceu em Génova, no ano de 1451, pertencente a uma rica família de artesãos. Aos 41 anos, Colombo foi pedir à família real portuguesa para fazer uma expedição para um caminho para a Índia por ocidente mas visto que o rei não deixou foi pedir aos Reis Católicos de Espanha, que deixaram. A Armada da primeira viagem de Colombo era constituída pelos navios Santa Maria, Pinta, cujo capitão era Martín Alonso de Pizón e Nina, comandada pelo capitão Vicente Yáñez Pinzón. Sai do porto espanhol de Palos a 3 de agosto de 1492. Houve 4 viagens: 1.ª - Ilha de San Salvador (Bahamas) > Costa nordeste de Cuba > Litoral norte de Hispaniola (atual Haiti e República Dominicana); 2.ª - Martinica > Porto Rico > Jamaica > Santo Domingo (República Dominicana); 3.ª - Trinidad > Santo Domingo; 4.ª - Ilha de Pinos (Honduras) > Hispaniola. Os Celtas, pelo contrário, eram altos e tinham o cabelo loiro e os olhos azuis. Eram bons ourives. Trabalhavam o ouro e objetos em ferro. Ocupavam as regiões norte, oeste e centro da Península Ibérica. Alguns Celtas cremavam os mortos, em vez de os sepultarem.
  48. 48. 48 I Catedral de Santa María la Menor, em Santo Domingo; Alcázar de Colombo, Santo Domingo; Farol de Colombo, Santo Domingo; Mapa das 4 viagens de Colombo. A Armada da primeira viagem de Colombo era constituída pelos navios Santa Maria, Pinta, cujo capitão era Martín Alonso de Pizón e Nina, comandada pelo capitão Vicente Yáñez Pinzón. Sai do porto espanhol de Palos a 3 de agosto de 1492. Houve 4 viagens: 1.ª - Ilha de San Salvador (Bahamas) > Costa nordeste de Cuba > Litoral norte de Hispaniola (atual Haiti e República Dominicana); 2.ª - Martinica > Porto Rico > Jamaica > Santo Domingo (República Dominicana); 3.ª - Trinidad > Santo Domingo; 4.ª - Ilha de Pinos (Honduras) > Hispaniola. Os Celtas, pelo contrário, eram altos e tinham o cabelo loiro e os olhos azuis. Eram bons ourives. Trabalhavam o ouro e objetos em ferro. Ocupavam as regiões norte, oeste e centro da Península Ibérica. Alguns Celtas cremavam os mortos, em vez de os sepultarem. Os Lusitanos viviam a norte do Tejo numa região situada à volta da serra da Estrela chamada Lusitânia. Eram fortes e corajosos. Dedicavam-se à agricultura e à pastorícia. O chefe que mais se destacou foi, certamente, Viriato.
  49. 49. 49 O nosso Universo é muito perigoso. Estamos em perigo iminente de que haja colisões de asteroides, meteoroides e cometas mas também de satélites que saiam de órbita, mais improvável. As colisões de asteroides e de cometas já marcaram a Terra com crateras, e muitos outros planetas. Apesar de todos os asteroides e cometas terem uma órbita, temos que estar sempre preparados e podemos evitar um impacto por 6 hipóteses: 1. Disparar uma bomba nuclear para o asteroide. 2. Detonar várias bombas nucleares para o asteroide mudar de órbita. 3. Disparar um projétil sólido contra o asteroide. 4. Prender uma vela solar ao asteroide para que houvesse pressão constante de luz solar que alterasse o seu rumo. 5. Disparar uma broca gigante contra o asteroide para que fosse escavado. 6. Pintar o lado do asteroide virado para o Sol de branco, para que aumentasse a radiação, alterando a sua trajetória.
  50. 50. 50 Imagens das montanhas e planaltos de Vénus revelaram manchas brilhantes na sua superfície. Após uma longa investigação, concluiu-se que era geada composta por minerais de galena (sulfeto de chumbo) e bismutinite (sulfeto de bismuto), ou seja, metal. Como Vénus é muito quente, os compostos metálicos expelidos pelos vulcões acabam por condensar nas regiões mais frias da atmosfera, formando esta neve metálica. As temperaturas podem chegar aos 480°C nos sítios mais baixos desse planeta, temperatura suficiente para que os minerais refletores da superfície de Vénus se vaporizem, entrando na atmosfera como neve metálica.
  51. 51. 51 A Ponte Vasco da Gama, no estuário do Tejo, é a maior da Europa e nona maior do mundo inteiro. Tem 17,345 km de comprimento. Demorou 18 meses de preparação e 18 meses de construção. A ponte tem uma esperança de vida de 120 anos, tendo sido projetada para suportar velocidades do vento de 250 km/h e resistir a um sismo 4,5 vezes mais forte do que um sismo de 8,7 na escala de Richter. As fundações mais profundas, com um diâmetro de 2,2 m, foram conduzidas a uma profundidade de 95 metros abaixo do nível médio do mar. Devido ao tamanho da ponte, foi necessário tomar em conta a curvatura da Terra, no planeamento correto senão um desvio de 80 cm seria verificado em cada extremidade desta.
  52. 52. 52 O vidro é um material transparente e está no ponto de fusão, ou seja, entre o estado líquido e o estado sólido. A produção de vidro faz-se através da moagem de sílica, proveniente da areia siliciosa, do óxido de cálcio e do óxido de sódio. A seguir, a mistura moída é cozida num forno. Após ter perdido toda a água, junta-se a esta massa o fundente, que é constituído por bocados de vidro finamente moídos. A temperatura é elevada até 1200 a 1400º C de acordo com a composição da matéria-prima. Nesta fase juntam-se-lhe os aditivos e os corantes, se for caso de se querer obter vidros coloridos. A partir daí a temperatura do forno desce até aos 800 a 400º C, sob a qual o vidro fica pronto a ser moldado. Em 4000 a.C., os fenícios e os egípcios inventaram o vidro. No século XVIII, na Marinha Grande, estabeleceu-se a indústria vidreira em Portugal. I Vidro da Marinha Grande, vidro, vasos gregos de vidro.
  53. 53. 53 Os rebuçados são guloseimas de vários sabores. São muito simples de fazer. Para fazer um rebuçado basta caramelizar açúcar. Isto aprende-se em 8 passos: 1- Primeiro põe-se açúcar numa panela. 2- Põe-se a panela no fogão. 3- Mete-se um sumo com o sabor dentro da panela. 4- Mistura-se tudo e junta-se mel. 5- Quando ele já estiver a formar bolhas, retira-se. 6- Mete-se então numa bacia de água gelada. 7- Tira-se a água e mete-se o rebuçado numa superfície antiaderente. 8- Vai ao congelador até ficar duro.
  54. 54. 54 A porcelana chinesa surgiu na época "Tang" mas teve na época "Song" a sua mais refinada produção com o afinamento da massa, elegância de formas e introdução de novos vernizes, culminando, na época "Ming" com expansão e desenvolvimento até o século XIX. É célebre a porcelana produzida durante a dinastia Ming – dinastia em que se iniciou a exportação por intermédio dos Portugueses – devido ao elevado grau de perfeição atingido. Após a qualidade ter decaído com o fim desta dinastia, o período áureo seguinte foi o do reinado de Kang Xi, com cerca de 3000 fornos a produzir objetos em porcelana.
  55. 55. 55 Os vitrais surgiram no século X, no Oriente. Na Idade Média foram muito utilizados não para dar luz mas sim para decoração. O fabrico de vitrais é demorado. Primeiro, representa-se o vitral num cartão. Esse, decalcado sob um papel transparente, é guardado. O decalque é trasladado para um papel rígido que se coloca num caixilho transparente onde é cortado em tantos pedaços quantas colorações que tem. Esses bocados constituem os perfis. Com esses perfis corta-se o vidro. Com um pincel, o profissional desenha os traços representados no cartão. São montados e vão ao forno e são montados de novo, ficando todos ligados por uma liga de chumbo.
  56. 56. 56 As gaitas de foles são instrumentos de sopro que possuem um fole, que se insufla de ar e que tem ligado a si vários tubos: um tubo insuflador e um ou mais tubos sonoros: um tubo melódico e um ou mais bordões. Primeiro o ar é introduzido pelo tubo insuflador para encher o fole e a válvula impede que volte para trás. Quando o fole está cheio de ar é pressionado, expelindo o ar para fora. Depois introduz-se o ar outra vez, fazendo um ciclo. Quando o ar é expelido atravessa o palhão, o ronco e a palheta que produz um som que, atravessando o tubo melódico, vai ser modulado pela colocação dos dedos nos buracos, como uma flauta. A Gaita-de-foles pode ter sido expandida e criada a partir da expansão dos povos pastoris do Mediterrâneo ou da Ásia, visto tratar-se de um instrumento profundamente associado ao contexto sócio-económico pastoril - basta pensar que os foles são feitos geralmente com peles de animais de pastoreio, que também serviam para fazer recipientes para líquidos ou grão. Estes instrumentos estão espalhados por todo o mundo, visto que cada região tem uma gaita de foles diferente, apesar destes instrumentos estarem intimamente ligados com a música celta.
  57. 57. 57 Os noruegueses são o povo mais calmo do mundo. No centro e no norte da Noruega, vários mitos controlam a população local como os trolls, figuras místicas que vivem nas florestas e se apanham sol são transformados em pedra. Para afugentar estas criaturas, os noruegueses empilham pedras. O povo sami, um povo especialmente do norte do país, está cheio de tradições e alguns vivem em tendas, as lavvu, que têm forma de um cone de cor branca. A maioria dos noruegueses é protestante. Este povo dedica-se a várias atividades: - pesca: em vários rios a pesca do salmão é muito comum, além de no mar ser comum a pesca de bacalhau, particularmente em Ålesund, e é secado em Kristiansund. - caça e criação de gado: por norma a caça de alces e renas, a carne mais apreciada na Noruega. Ás vezes, estes animais também são criados, além de outros animais como cabras, que produzem leite. - agricultura: são cultivados cereais e são procurados nos bosques os cogumelos e os frutos do bosque: frutos vermelhos e mirtilos. Os pratos típicos da Noruega são a fiskesuppe, uma sopa com natas, e o bacalao, receita de bacalhau, cujo nome é em honra dos portugueses. I Trondheim, carne de rena, fabrico artesanal de manteiga e mercearia típica.
  58. 58. 58I Casas típicas de campo, secagem de bacalhau, casa típica da costa, cruz numa igreja protestante, quinta de campo, marina de Ålesund, ritual que afasta os trolls, o troll.
  59. 59. 59 Enduro e motocross são diferentes. Para já, os campeonatos Enduro realizam-se em caminhos abertos ao tráfego normal enquanto que os campeonatos de motocross são em pistas montadas. Nas motos de enduro a curva de binário permite ter potência a rotações mais baixas. As relações do câmbio são diferentes, normalmente numa moto de Enduro a primeira e a segunda velocidade são mais curtas para permitir enfrentar as trilhas. Também acontece a última velocidade (quinta ou sexta) ser mais longa que em motocross. As motos de enduro têm normalmente um ângulo de suspensão da frente mais aberto, o que lhes dá mais estabilidade. As corridas de motocross ocorrem tradicionalmente em terreno molhado. As provas são divididas em varias categorias, onde grosseiramente podemos dizer que são amadores e profissionais, nas provas realizadas pelos profissionais as baterias podem durar ate 20 minutos, nas baterias amadoras 10 minutos. A sinalização numa prova de motocross ocorre geralmente por placas ou bandeiras, cada cor de bandeira tem um significado: - Bandeira xadrez ; Fim de prova; - Bandeira amarela: Reduza a velocidade; (ou quadriculada): Fim de prova; - Bandeira listrada em amarelo e vermelho: Proibido ultrapassar e saltar. Reduza a velocidade. Acidente particularmente grave; - Bandeira azul: Dê passagem (o retardatário) a uma moto mais veloz que quer ultrapassar; - Bandeira verde: Pista livre para iniciar processo de largada; - Bandeira vermelha: Corrida paralisada devido a problemas meteorológicos ou acidentes particularmente graves impossibilitando a continuação da corrida; - Bandeira preta: Desclassificação do piloto ao qual foi indicada; - Bandeira branca com cruz vermelha: Equipa médica na pista; - Placa Stop and Go: Será indicado na placa o numeral e o tempo de penalização em segundos do piloto a ser cumprido no pit-lane.
  60. 60. 60 O Mercedes Classe CLA é um coupé de 4 portas com carácter desportivo. Tem 170 cavalos e o seu máximo é 230 km/h. Consome 5.6–5.3L por 100 km.
  61. 61. 61 O Mercedes Classe A possui um carácter desportivo. Tem 109 cavalos e o seu máximo é 190 km/h. Consome 4.7–4.5 L por 100 km.
  62. 62. 62 O Ford B-Max foi o primeiro carro sem o pilar B, a coluna central que divide os lugares da frente dos de trás. Assim, há uma melhor acessibilidade mas o veículo, sem suporte nessa zona, fica estruturalmente fraco, tendo as portas reforçadas que, quando estão fechadas, formam um pilar B. .
  63. 63. 63 As turbinas eólicas precisam de estar sempre alinhadas com o vento, usando um mecanismo de ajuste. O sistema de ajuste consiste em motores elétricos e caixas de engrenagens que movam todo o rotor para a esquerda ou direita em pequenos incrementos. O controlador eletrónico da turbina lê a posição de um dispositivo cata-vento e ajusta a posição do rotor para capturar o máximo de energia eólica disponível. As turbinas usam uma torre para elevar os seus componentes a uma altura ideal para a velocidade do vento e ocupam muito pouco espaço no solo, já que todos os componentes estão a até 80 metros de altura. São frequentes nos ovários e testículos. Podem atingir grande volume pela acumulação de material seboso no seu interior.
  64. 64. 64 Olhos, anatomia de um olho, olho,I astigmatismo, hipermetropia, miopia. O olho é o órgão que nos dá a visão. Este é protegido pelas sobrancelhas da queda de suor da face e pelas pestanas do excesso de iluminação e poeiras. Um olho assemelha-se a uma máquina fotográfica. Eles são as estruturas responsáveis por captar a informação proveniente do meio externo, sob a forma de radiação luminosa. Essa luz atravessa a córnea e passa através da pupila chegando ao cristalino, uma lente que muda o trajeto da luz, produzindo na retina, que contém células sensíveis à luz, uma imagem invertida (pois os raios de luz cruzam-se no olho) e mais pequena. As ramificações do nervo ótico, que chegam à retina, enviam as informações selecionadas pela retina ao cérebro, que as interpreta, permitindo-nos ver os objetos como realmente são. A pupila abre mais em locais pouco iluminados e fecha em locais muito iluminados. A íris dá a cor aos olhos e ajusta a pupila nas variações da intensidade da luz. A córnea é um disco transparente e mantém-se saudável e húmida graças às lágrimas. O cristalino, no olho normal, tem a propriedade de alterar a sua forma: tornar-se mais ou menos convergente para que a imagem se forme sempre na retina, o poder de acomodação do cristalino. Há vários defeitos de visão: - Hipermetropia - dificuldade em conseguir ver com clareza objetos que se encontram próximos de nós. Quem sofre de hipermetropia vê os objetos próximos desfocados pois a imagem forma-se depois da retina. A Hipermetropia pode dever-se a dois fatores: a incapacidade do cristalino de se tornar mais convergente ou o facto de o olho ser mais pequeno do que o necessário para que a imagem se forme corretamente. Pode corrigir-se com lentes convergentes. - Miopia - dificuldade em conseguir ver nitidamente os objetos que se encontram longe de nós. Quem sofre de miopia vê os objetos que se encontram afastados muito desfocados pois a imagem forma-se antes da retina. A Miopia resulta da incapacidade do cristalino de se tornar menos convergente. O problema é corrigido com lentes divergentes. - Presbitia - deve-se ao facto de o cristalino, com o avançar da idade, perder a capacidade de se tornar mais convergente resultando na dificuldade em ver focados os objetos que estejam próximos de nós. Tal como a Hipermetropia pode ser corrigida utilizando lentes convergentes (ou convexas). - Astigmatismo - deve-se a uma forma irregular da córnea. Os raios de luz são focados em diferentes pontos e a imagem formada não é nítida. Este problema é corrigido com lentes cilíndricas.
  65. 65. 65 O sistema endócrino liberta vários mediadores químicos, designados por hormonais que atuam em locais afastados do seu local de origem. Regulando vários processos fisiológicos do nosso corpo. A função hormonal envolve quatro áreas fundamentais: reprodução; crescimento e desenvolvimento; manutenção do "ambiente interno"; produção, utilização e armazenamento de energia. As principais glândulas endócrinas são: - tiroide: uma glândula localizada ao nível da região cervical que produz as hormonas tiroideias (T3 e T4), que regulam vários metabolismos e são essenciais à vida. O teste do pezinho é realizado aos recém-nascidos doseamento da hormona TSH, para despiste de crianças que nascem sem tiroide e que precisam de fazer tratamento com hormonas tiroideias pois podem ficar anãs, com um défice de coeficiente de inteligiência e uma maior taxa de mortalidade. - hipófise: uma glândula situada na sela turca (ou esfenoide localizado no crânio) que produz várias hormonas que por sua vez regulam várias outras glândulas, o crescimento e a produção de leite durante a amamentação. - suprarrenais: duas glândulas localizadas por cima dos rins, que produzem várias hormonas entre as quais o cortisona e as catecolaminas que são hormonas que nos ajudam a sobreviver e vencer várias situações de stress. - ovários: produzem estrogénios e progesterona, que permitem a ovulação e permitem as mulheres ter filhos. - testículos: produzem testosterona que por sua vez permite a produção de esperma e permite ao homem a reprodução. - paratiroides: são quatro glândulas localizadas atrás da tiroide que ajudam a regular o nível de cálcio do sangue. - pâncreas: produz várias hormonas entre elas a insulina que permite manter os valores de glicemia dentro de níveis normais. A falta de insulina leva ao aparecimento de diabetes.
  66. 66. 66 Recém-nascido (1.ª e 2.ª),I ecografia de um feto de dezasseis semanas, gravidez passo a passo. Desde a nidação, quando a blástula se implanta na parede do útero, o botão embrionário começa a desenvolver-se e três semanas depois forma-se o encéfalo e a medula espinhal. Uma semana depois o coração já bate. Passado outra semana a cabeça cresce rapidamente e as mãos e os pés começam a formar-se. Outra semana depois o tamanho do embrião duplicou e os olhos e as orelhas começam a formar-se. Às oito semanas, os principais órgãos desenvolvem-se e o cordão umbilical funciona completamente. No final desta semana, o embrião passa a chamar-se feto pois já tem todos os membros formados. Às doze semanas, o feto está revestido por penugem, o lanugo, e coberto por uma substância gordurosa, o vérnix. O feto já reage à luz e ouve sons. Às dezasseis semanas o feto mede cerca de 16 cm e pesa cerca de 200 g. Às 38 semanas, o nascimento está próximo. O parto começa na dilatação do colo do útero. Continuam as contrações uterinas. O líquido amniótico sai. Sai a cabeça do feto. O feto sai para o exterior e a placenta é expulsa. A placenta é o intermediário essencial entre mãe e feto. Tem uma forma oval e possui um corpo que fica preso ao útero e é por esse corpo que se absorve o sangue da mãe. Com o cordão umbilical efetua-se a ligação entre a placenta e o feto. Por ele passam três vasos sanguíneos: dois levam o dióxido de carbono, ureia e outros resíduos do feto para fora da placenta e outro fornece nutrientes e oxigénio ao feto. Os vasos sanguíneos do cordão umbilical estão revestidos por uma substância gelatinosa, a geleia de Wharton e protegidos por uma membrana resistente mas flexível.
  67. 67. 67 Símbolos das três religiões, menoráI (símbolo judaico), interior de uma mesquita, a cruz de Cristo. O Cristianismo, o Judaísmo e o Islamismo têm mais semelhanças do que diferenças, ao contrário do que pensamos. Têm um profeta, formaram-se ambas no Médio Oriente e estão ligadas entre si, visto que as datas da sua formação são próximas e acreditam num só Deus. O Judaísmo é a religião monoteísta mais antiga. As suas cidades sagradas são Jerusalém, Hebron, Tiberíades e Safed. O profeta mais importante foi Moisés. O livro sagrado do Judaísmo é a Tora. O seu símbolo é a estrela de Davi. O calendário judaico conta-se desde 7 de outubro de 3761 a.C., a data da criação do mundo para os judeus. O local de culto é a sinagoga. O Cristianismo é uma das religiões monoteístas. As suas cidades sagradas são Jerusalém, Vaticano, Santiago de Compostela e Fátima. O profeta mais importante foi Jesus. O livro sagrado do Cristianismo é a Bíblia. O seu símbolo é a cruz. O calendário cristão conta-se desde 1 de janeiro de 1, a data do nascimento de Cristo. O local de culto é a igreja. O Islamismo é a religião monoteísta mais recente. As suas cidades sagradas são Jerusalém, Meca, Medina e Damasco. O profeta mais importante foi Maomé. O livro sagrado do Judaísmo é o Alcorão. O seu símbolo é a lua crescente e estrela. O calendário islâmico conta-se desde 16 de julho de 622, a data da Hégira. O local de culto é a mesquita.
  68. 68. 68
  69. 69. 69
  70. 70. 70
  71. 71. 71

×