Determinismo radical

916 visualizações

Publicada em

Determinismo radical

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
916
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • 8
  • Determinismo radical

    1. 1. Trabalho realizado por: -Alexandra Silva -Aureliana Nunes -Mónica Martins -Tatiana Silva Filosofia 10º2
    2. 2. Com este trabalho pretendemos definir e clarificar o conceito de determinismo radical que se opõe ao livre arbítrio. O livre arbítrio/liberdade entende-se, habitualmente, a capacidade de fazer algo, podendo contudo não o executar. A ação depende somente das escolhas do agente. Por sua vez o determinismo é a teoria filosófica segundo a qual todos os acontecimentos fazem parte duma cadeia causal (slide seguinte), ou seja, todas as nossas ações são consequências inevitáveis de algo que fizemos no passado. Conclui-se que possuir liberdade é escolher realizar ou não a ação, contrariamente ao determinismo que afirma que uma ação não pode ser evitada e que esta não depende da escolha do agente.
    3. 3. Sequência de acontecimentos que conduz a um certo efeito final, onde cada membro da sequência causa a ocorrência do membro seguinte. Embora a noção se aplique a casos identificáveis (o empurrão causa a queda, que causa a fratura, que causa a ida ao hospital). O acontecimento H é o efeito inevitável das causas anteriores (A-G) Poluição Aquecimento global Derretimento das calotes polares
    4. 4. ‘ A vontade não pode ser chamada causa livre, mas unicamente necessária.’ – Frase de Espinosa
    5. 5. • Todos os acontecimentos são causalmente determinados por acontecimentos anteriores e pelas leis da natureza. • As escolhas e ações humanas são acontecimentos. •Logo, todas as escolhas humanas são causalmente determinadas por acontecimentos anteriores e pelas leis da natureza (não são livres) .
    6. 6. •Indeterminismo (slide seguinte). •Não havendo livre-arbítrio, também não é possível responsabilizar moralmente um agente pelas ações que pratica e, consequentemente, puni-lo ou recompensá-lo, elogiá-lo ou censurá-lo.
    7. 7. Teoria oposta ao determinismo radical pois, e como já foi referido , o determinismo radical afirma que todas as nossas ações são causadas por acontecimentos anteriores, negando o conceito de liberdade . Por sua vez, o indeterminismo declara que um acontecimento é determinado pelo acaso. Posto isto, concluímos que em ambas não há liberdade de escolha.
    8. 8. Com este trabalho concluímos que: •O determinismo radical diz que tudo o que acontece é determinado por leis causais. Tudo resulta de acontecimentos anteriores. • O indeterminismo diz que as ações humanas não são determinadas por leis causais nem por acontecimentos anteriores, mas pelo acaso. • Nem o determinismo nem o indeterminismo permitem afirmar que há ações livres, logo as ações não dependem da nossa vontade.

    ×