Reino monera: Bactérias e Arqueas

5.401 visualizações

Publicada em

Apresenta as principais características das bactérias e arqueas, representantes do Reino Monera.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.401
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
143
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Para as bactérias considera-se reprodução sexuada qualquer processo de transferência de fragmentos de DNA de uma célula para outra. Depois de transferido, o DNA da bactéria doadora se recombina com o da receptora, produzindo cromossomos com novas misturas de genes. Esses cromossomos recombinados serão transmitidos às células-filhas quando a bactéria se dividir.
  • Para as bactérias considera-se reprodução sexuada qualquer processo de transferência de fragmentos de DNA de uma célula para outra. Depois de transferido, o DNA da bactéria doadora se recombina com o da receptora, produzindo cromossomos com novas misturas de genes. Esses cromossomos recombinados serão transmitidos às células-filhas quando a bactéria se dividir.
  • Sapróbios: do grego sapros que significa “podre”
  • Reino monera: Bactérias e Arqueas

    1. 1. Bactérias e Aqueas.
    2. 2. REPRESENTANTES DO REINO MONERA  Incluem-se nesse Reino: ARQUEASBACTÉRIAS
    3. 3. BACTÉRIAS: CARACTERÍSTICAS  Seres unicelulares;  Procariontes;  Autótrofas ou heterótrofas;  Reproduzem-se principalmente de forma assexuada por cissiparidade.
    4. 4. CLASSIFICAÇÃO DAS BACTÉRIAS As bactérias são classificadas de acordo com sua forma:  Coco: formato esférico.  Bacilo: em forma de bastão.  Espiroquetas: em forma de hélice.  Vibrião: formato de vírgula.
    5. 5. CLASSIFICAÇÃO DAS BACTÉRIAS Coco Bacilo Espiroquetas Vibrião
    6. 6. COLÔNIAS Algumas bactérias vivem isoladas, ao passo que outras formam grupos com várias bactérias unidas entre si formando colônias.
    7. 7. Sarcina Estreptococos Estreptobacilo Diplococos Estafilococos
    8. 8. REPRODUÇÃO:  Assexuada: Cissiparidade.
    9. 9. REPRODUÇÃO:  Sexuada: Para as bactérias considera-se reprodução sexuada qualquer processo de transferência de fragmentos de DNA de uma célula para outra.
    10. 10. NUTRIÇÃO DAS BACTÉRIAS  A maioria é heterotrófica;  As bactérias autotrotróficas realizam fotossíntese para produzirem seu alimento; Cianobactérias: Organismos unicelulares que podem viver isolados ou em colônias são exemplo de organismos Monera fotossintetizantes.
    11. 11. RESPIRAÇÃO DAS BACTÉRIAS  Algumas são aeróbias - usam oxigênio do ar na respiração;  Outras são anaeróbias - produzem energia por meio da fermentação, processo muito importante para as indústria(produção de bebidas alcoólicas, iogurte, etc.).
    12. 12. AS BACTÉRIAS E A NATUREZA  Muitas são decompositoras: se alimentam de organismos mortos ou seus detritos (organismo sapróbio);  Recicladoras da matéria, importantes para a continuidade para a cadeia alimentar.
    13. 13. PRINCIPAIS ASSOCIAÇÕES  Mutualismo: associação que beneficia os participantes da relação. Ex.: algumas bactérias que vivem no intestino humano.
    14. 14. PRINCIPAIS ASSOCIAÇÕES  Comensalismo: a bactéria se beneficia sem prejudicar o outro organismo. Ex.: algumas bactérias que vivem na pele humana.
    15. 15. PRINCIPAIS ASSOCIAÇÕES  Parasitismo: bactérias que habitam o corpo de organismos vivos onde se reproduzem e se alimentam causando-lhes doenças (parasita e hospedeiro). Parasita: Bacilo de Koch. Hospedeiro: Ser humano.
    16. 16. NOSSAS DEFESAS CONTRA AS BACTÉRIAS Defesas naturais:  Proteção contra microrganismos: pele e mucosas;  Ataque pelos glóbulos brancos (por fagocitose);  Produção de anticorpos. Defesas artificiais:  Vacinas, soros e antibióticos.
    17. 17. ARQUEAS Também conhecidas como arqueobactérias, algumas espécies foram encontradas vivendo em condições ambientais onde normalmente outros grupos se seres vivos não conseguem sobreviver (fontes termais com altas taxas de sais minerais e temperaturas em torno de 100°C).
    18. 18. ARQUEAS: CARACTERÍSTICAS  Organismos unicelulares;  Procariontes;  Podem ser autótrofas ou heterótrofas;  São capazes de sobreviver em ambientes inóspitos.

    ×