MDT

1.093 visualizações

Publicada em

Publicada em: Indústria automotiva
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.093
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

MDT

  1. 1. Faculdade novos horizontes Logística Empresarial
  2. 2. MODAIS DO TRANSPORTE • • RODOVIÁRIO FERROVIÁRIO Curso: Logística Empresarial Turma: 1TL-1N Integrantes: I. David Tadeu de Oliveira II. Guilherme Henrique Miranda Peixoto III. Márcio Felipe Pereira Silva
  3. 3. O que são modais de transporte  Os transportes de cargas possuem cinco tipos de modais, cada um com custos e características operacionais próprias, que os tornam mais adequados para certos tipos de operações e produtos. Todas as modalidades têm suas vantagens e desvantagens, analisando os custos, características de serviços, rotas possíveis, capacidade de transporte, versatilidade, segurança e rapidez.  São eles: I. Rodoviário II. Ferroviário III. Aquaviário IV. Aeroviário V. Dutoviário Fonte: http://www.fiesp.com.br/transporte-e-logistica/modais-de-transporte/
  4. 4. MODAIS A SEREM ABORDADOS • Rodoviário: “O transporte rodoviário é aquele feito através de ruas, estradas e rodovias, sejam elas pavimentadas ou não, com a intenção de transpor de um ponto ao outro, produtos, animais ou pessoas” LIMA, Maurício Pimenta • Ferroviário: O transporte ferroviário é lento, muito utilizado para transportar matérias-primas e manufaturados de baixo valor para longas distâncias. Comparado ao rodoviário, oferece fretes mais baratos e desempenho inferior. Fonte: http://www.infoescola.com/administracao_/logistica-modais-de-transporte/
  5. 5. Transporte rodoviário O serviço rodoviário é o transporte de produtos semi-prontos ou acabados. O transporte rodoviário proporciona entrega razoavelmente rápida e confiável. Características: • Obtém 60% dos transportes de cargas e 96% do movimento de passageiros; • Veículos automotores como carros, ônibus e caminhões; Fonte: http://1.bp.blogspot.com/_J7juRm2vhZU/TDvhKh4RFfI/AAAAAAAAAHo/p5oR9l-Z_GU/s1600/ds%2Bcometa%2B10100.jpg
  6. 6.  Existem 130 mil empresas de transporte de cargas no Brasil com mais de 1,6 milhões de veículos que oferece trabalho, diretamente, a pelo menos 5 milhões de pessoas; Fonte: http://www.antt.gov.br/
  7. 7.  Recomendado para o transporte de mercadorias de alto valor agregado ou perecível;  O espaço no veiculo pode ser fretado em sua totalidade (carga completa) ou apenas frações de sua totalidade (Carga fracionada). O fracionamento do espaço de carga possibilita a diversificação de embarcadores num mesmo embarque, diluindo desta forma, o custo entre clientes na fração de sua utilização. Fonte:http://www.transmann.com.br/modalidade-transporte.php
  8. 8.  O modal rodoviário trabalha junto com todos os outros modais, pois é necessário o transporte rodoviário, para que as mercadorias cheguem no seu local de embarque. Fonte: http://4.bp.blogspot.com/_126GYjeev-Y/TKTWNribiJI/AAAAAAAACuQ/GJjsMi_y71c/s1600/dhl.jpg
  9. 9. Vantagens:  Adequados para curtas e médias distâncias;  Simplicidade no atendimento das demandas e agilidade no acesso as cargas;  Menor manuseio da carga e menor exigência de embalagem;  Serviço porta-a-porta;  Maior frequência e disponibilidade de vias de acesso;  Maior agilidade e flexibilidade na manipulação de cargas;  Facilidade na substituição de veículos, no caso de acidente ou quebra;
  10. 10. Desvantagens:  Fretes mais altos em alguns casos;  Menor capacidade de carga entre todos os outros modais;  Menos competitivo para longas distâncias;  Trânsito constante;  Avarias em cargas devido a má conservação das vias;  Constante manutenção na frota;  Um modal bastante poluidor do meio-ambiente.
  11. 11. Regulamentação e fiscalização Fonte: http://www.folhape.com.br/blogdosconcursos/wp-content/uploads/2013/07/antt.jpg  Instituição que controla o modal rodoviário: ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres; Responsabilidade da ANTT: Concessão de rodovia, regulamentação das concessionárias e também pela cobrança de pedágio. Fonte: www.antt.com.br
  12. 12. Tipos de rodovias  Rodovia Federal: via sob jurisdição federal, caracterizada por ter a sigla BR no seu endereçamento e é seguida por três algarismos. Fonte: http://3.bp.blogspot.com/-F0bD0i-DGM/TZJSAjkG2sI/AAAAAAAAATQ/iRpH5vgaEpY/s160 0/Placa%2BVia%2BDutra.png  Rodovia Estadual: via sob jurisdição estadual, caracterizada por ter a sigla do estado no seu endereçamento. Fonte:http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/8/8e/SP348,_SP-021,_SP-150.png/250px-SP-348,_SP-021,_SP-150.png Fonte: http://www.dnit.gov.br/rodovias/rodovias-federais/mapas/Rodoviais%20Diagonais.jpg/view
  13. 13.  0 (zero) rodovias radiais – são as rodovias que partem da Capital Federal em direção aos extremos do país; Fonte: http://www.dnit.gov.br/rodovias/rodovias-federais/mapas/Rodovias%20Radiais.jpg/view
  14. 14.  1 (um) rodovias longitudinais – são as rodovias que cortam o país na direção Norte-Sul; Fonte: http://www.dnit.gov.br/rodovias/rodovias-federais/mapas/Rodovias%20Longitudinais.jpg/view
  15. 15.  2 (dois) rodovias transversais. – são as rodovias que cortam o país na direção Leste-Oeste; Fonte: http://www.dnit.gov.br/rodovias/rodovias-federais/mapas/Rodovias%20Transversais.jpg/view
  16. 16.  3 (três) rodovias diagonais – estas rodovias podem apresentar dois modos de orientação: Noroeste-Sudeste ou Nordeste-Sudoeste; Fonte: http://www.dnit.gov.br/rodovias/rodovias-federais/mapas/Rodoviais%20Diagonais.jpg/view
  17. 17.  4 (quatro) rodovias de ligação – estas rodovias apresentam-se em qualquer direção, geralmente ligando rodovias federais, ou pelo menos uma rodovia federal à cidades ou pontos importantes ou ainda à nossas fronteiras internacionais. Fonte: http://www.jescanteio.com/search/label/Copa%20do%20 Mundo?updated-max=2012-08-15T21:45:00-07:00&maxresults=20&start=207&by-date=false Fonte: http://www.dnit.gov.br/rodovias/rodovias-federais/mapas/Rodoviais%20Deligaçãos.jpg/view
  18. 18. Cenário atual malha rodoviária  Extremamente danificada pela falta de manutenção e descaso do poder público; Fonte: http://contentportal.istoedinheiro.com.br/istoeimagens/imagens/mi_715291810745817 .jpg Fonte: http://www.luizberto.com/wp-content/uploads/2013/12/estradas-br.jpg
  19. 19. Transporte Ferroviário  O transporte ferroviário é o ideal para o transporte de mercadorias pesadas e que necessitam percorrer longas distâncias. Seus maiores problemas são a dificuldade de percorrer áreas com declives e aclives acentuados e a necessidade de reembarcar a mercadoria em caminhões para entregá-las na porta do consumidor, pois os trens não têm a possibilidade de sair de seus trajetos. Fonte:http://api.ning.com/files/4J CXiA6*pFbVhCXWf9o*OGW8595p 6nzNOvP6XToINgWefMBo4UZTs1b VvwvdwugiA*9IMrGpieoQpqZSS6k RLzvbNOCGf95n/trem_carga_mrs. jpg Fonte: http://www.infoescola.com/transporte/ferroviario/
  20. 20.  As ferrovias seria o meio de transporte ideal para ser utilizado no Brasil, pois no país existem a predominância de terrenos baixos e relativamente planos e as grandes distâncias a serem percorridas, são fatores que fazem do transporte ferroviário o ideal para o país. Fonte:https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTAqa2JNJ9Gtd4Y5ClY71rvT3o6b4fuFTmxKYSDb5I7hVedPC4LYg Fonte: http://www.infoescola.com/transporte/ferroviario/
  21. 21. Cenário atual malha ferroviária  A malha ferroviária brasileira possui aproximadamente 29.000 km. Os processos de privatização do sistema iniciou-se em 1996, e as empresas que adquiriram as concessões de operação desta malha, assumiram com grandes problemas estruturais. A transferência da operação das ferrovias para o setor privado foi fundamental para que esse setor voltasse a operar.
  22. 22. As empresas que operam a malha ferroviária brasileira são:  ALL – América Latina Logística,  CFN – Companhia Ferroviária do Nordeste,  CVRD/EFC – Cia. Vale do Rio Doce – Estrada de Ferro Carajás,  CVRD/EFVM – Cia. Vale do Rio Doce - Estrada de Ferro Vitória Minas,  FCA - Ferrovia Centro Atlântica,  Ferroban - Ferrovia Bandeirantes,  Ferronorte – Ferrovias Norte Brasil  Ferropar – Ferrovias do Paraná FTC –  Ferrovia Tereza Cristina, MRS Logística,  Ferrovia Novoeste, Ferrovia Norte-Sul, * Portofer**,  * Norte-Sul – administrada pelo governo federal **  Portofer – administra a malha ferroviária do Porto de Santos Fonte: http://www.fiesp.com.br/transporte-e-logistica/classificacao/ Fonte: http://4.bp.blogspot.c om/__AR4K_99Fg/TLW6NZW7pNI/A AAAAAAAAfA/8Lgh3jUKRk/s1600/loco-c307-all-7627-2.jpg
  23. 23.  Características:  O modal ferroviário caracteriza-se, especialmente, por sua capacidade de transportar grandes volumes, com elevada eficiência energética,  Apresenta, ainda, maior segurança, em relação ao modal rodoviário, com menor índice de acidentes e menor incidência de furtos e roubos.  Cargas típicas do modal ferroviário: I. Produtos Siderúrgicos; II. Grãos; III. Minério de Ferro; IV. Cimento e Cal; V. Adubos e Fertilizantes; VI. Derivados de Petróleo; VII. Calcário; VIII. Carvão Mineral; IX. Contêineres.
  24. 24. Principais ferrovias do brasil Fonte: http://appweb2.antt.gov.br/carga/ferroviario/ferroviario.asp
  25. 25. Vantagens  Adequado para longas distâncias;  Menor custo de seguro;  Menor custo de Frete;  Maior Segurança;  Grande capacidade de transporte;  Pouco poluente Fonte: http://appweb2.antt.gov.br/carga/ferroviario/ferroviario.asp
  26. 26. desvantagens  Diferença na largura de bitolas;  Menor flexibilidade no trajeto;  Necessidade maior de transporto;  Área de influencia limitada;  Elevado custos de construção e manutenção; Fonte: http://appweb2.antt.gov.br/carga/ferroviario/ferroviario.asp
  27. 27. Regulamentação e fiscalização Fonte: http://www.folhape.com.br/blogdosconcursos/wp-content/uploads/2013/07/antt.jpg  ANTT: Agencia Nacional de Transporte Terrestre – Coordena, regulamenta e controla as operações rodoviárias, ferroviárias e dutoviárias no país incluindo também transporte Multimodal.

×