Diagnóstico da realidademédica no país
Peru 0,9Chile 1,0Paraguai 1,1*Bolívia 1,2*Colômbia 1,4*Equador 1,7Brasil 1,8Venezuela 1,9*México 2,0Canadá 2,0Estados Unid...
A meta de 2,7 médicos pormil habitantes, usada comoreferência, é a proporçãoencontrada no Reino Unidoque, depois do Brasil...
22 estados abaixo da média nacional0,941,120,761,061,091,053,461,971,450,581,11,541,810,771,171,681,390,923,441,232,231,02...
Realidade dos municípios do interior e periferiaMais de 1900 municípios tem menosde 1 médico para 3 mil habitantes naatenç...
Hoje, o Brasil gerou 54 mil postos detrabalho a mais do que o número deformadosEsse número se refere ao acumulado de 10 an...
AnoTotal deadmissõesTotal dedesligamentosSaldo admissõese desligamentosAdmissõespor 1ºEmpregoVínculosativos em31/12Egresso...
Retrato do mercado detrabalho médico no BrasilMelhoria na empregabilidade da categoriae inexistência de desempregoFormaliz...
Fonte: SIPS-IPEA/2011População pede mais médicosEm estudo realizado pelo IPEA,58,1% dos 2.773 entrevistadosdisseram que a ...
O SUS precisa de mais médicos26.311 novos postos de trabalho abertossomente com investimentos do Ministério da Saúde até20...
Medidas estruturantes: oMinistério da Saúde investeno profissional brasileiro1234Abertura de 2.415 vagas em cursos demedic...
Ampliação de 129% no investimento para bolsasem residência médica, chegando a R$ 46,4milhões em 2013Especialidades priorit...
Maior programa de interiorização de médicosMS e MEC: especialização e bônus em seleção deresidência médica2012:381 médicos...
1087367488694179117115440014 269519132511679151 13825 11123 11163187AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR ...
Mas e a dona Rosa DicaManoel, que mora na zonarural, pode esperar tanto porum médico em sua cidade?
O Ministério da Saúde vemanalisando experiências deoutros países para atraçãode médicos com formaçãode qualidade para oint...
Inglaterra: 37% dos médicosse graduaram no exteriorEUA: 25% dos médicos segraduaram no exteriorCanadá: 22%Austrália: 17%Br...
O Ministério da Saúde estuda duas estratégias complementares,adotadas por outros países:1. O médico se submete a exame de ...
Estratégias estudadasMédicos formados em Portugal e na Espanha são vistoscomo prioridade das medidas em estudo pelo govern...
Estratégias descartadas Não haverá validação automática de diploma Os municípios que tiverem interesse em receber médico...
Melhorar sua vida, nosso compromisso
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Diagnóstico da realidade médica no país

903 visualizações

Publicada em

Diagnóstico da realidade médica no país.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
903
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Diagnóstico da realidade médica no país

  1. 1. Diagnóstico da realidademédica no país
  2. 2. Peru 0,9Chile 1,0Paraguai 1,1*Bolívia 1,2*Colômbia 1,4*Equador 1,7Brasil 1,8Venezuela 1,9*México 2,0Canadá 2,0Estados Unidos 2,4Reino Unido 2,7Austrália 3,0Argentina 3,2*Itália 3,5Alemanha 3,6Uruguai 3,7Portugal 3,9Espanha 4,0Cuba 6,7Médicos por mil habitantes
  3. 3. A meta de 2,7 médicos pormil habitantes, usada comoreferência, é a proporçãoencontrada no Reino Unidoque, depois do Brasil, tem omaior sistema de saúdepúblico de caráter universalPara atingir 2,7 médicos,seriam necessários hoje mais168.424 médicos
  4. 4. 22 estados abaixo da média nacional0,941,120,761,061,091,053,461,971,450,581,11,541,810,771,171,681,390,923,441,232,231,021,211,692,491,31,08Brasil: 1,8 médicos por mil habitantes
  5. 5. Realidade dos municípios do interior e periferiaMais de 1900 municípios tem menosde 1 médico para 3 mil habitantes naatenção básica700 municípios apresentamaltos índices de insegurança porescassez de médicos: sendo quea maioria não tem sequer 1médico residindo no municípioFonte: Rede Observatório de Recursos Humanos
  6. 6. Hoje, o Brasil gerou 54 mil postos detrabalho a mais do que o número deformadosEsse número se refere ao acumulado de 10 anosde postos de trabalho que se abriram, 146.867, e onúmero de médicos que se formaram, 93.156.Carência de médicos no Brasil
  7. 7. AnoTotal deadmissõesTotal dedesligamentosSaldo admissõese desligamentosAdmissõespor 1ºEmpregoVínculosativos em31/12Egressos demedicina2003 39.461 30.496 8.965 10.650 203.787 8.4982004 43.969 34.987 8.982 12.050 210.733 9.1132005 55.944 39.757 16.187 15.345 226.021 9.3392006 59.019 45.290 13.729 15.943 235.191 10.0042007 61.639 49.057 12.582 15.286 254.056 10.3812008 67.749 57.389 10.360 17.865 261.558 10.1332009 74.454 59.818 14.636 21.645 277.440 10.8252010 75.070 59.360 15.710 19.361 280.426 11.8812011 71.625 63.134 8.491 18.722 282.127 12.982Acumulado 548.930 439.288 109.642 146.867 - 93.156Em 2011 foram criados quase 19 mil empregos, porém apenas 13mil médicos se formaram.Retrato do mercado de trabalho médico no Brasil
  8. 8. Retrato do mercado detrabalho médico no BrasilMelhoria na empregabilidade da categoriae inexistência de desempregoFormalização dos postos de trabalho e evolução dos salários mensaisO número de candidatos por vaga no vestibular passou de 25 para 41em uma década, mostrando atratividade crescente do cursoA demanda por postos de trabalho formais foi superior à oferta deprofissionais, sendo indicativo de escassez.
  9. 9. Fonte: SIPS-IPEA/2011População pede mais médicosEm estudo realizado pelo IPEA,58,1% dos 2.773 entrevistadosdisseram que a falta de médicosé o principal problema do SUSOs mesmos entrevistadossugeriram o aumento do númerode médicos como a principalmelhoria necessária
  10. 10. O SUS precisa de mais médicos26.311 novos postos de trabalho abertossomente com investimentos do Ministério da Saúde até2014UBS: 8.069Melhor em Casa: 1841Viver sem Limites: 180Saúde Mental: 826Atendimento ao câncer: 338UPAs: 14.479Saúde indígena: 578
  11. 11. Medidas estruturantes: oMinistério da Saúde investeno profissional brasileiro1234Abertura de 2.415 vagas em cursos demedicina até 2014Abertura de novas vagas de residência, emespecialidades nos estados que mais precisam4 mil bolsas até 2014Provab: 3.800 médicos atuam com recursosfederais nas periferias das grandes cidadese no interior.Desconto na dívida do FIES para osprofissionais que trabalham onde o SUS precisa
  12. 12. Ampliação de 129% no investimento para bolsasem residência médica, chegando a R$ 46,4milhões em 2013Especialidades prioritárias:Anestesiologia, Cancerologia nas áreas Clínica/Cirúrgica/Pediátrica,Cardiologia, Cirurgia do Trauma, Cirurgia Geral, Clínica Médica,Medicina de Família e Comunidade, Medicina de Urgência,Medicina Intensiva Adulto/Pediátrica, Nefrologia, Neonatologia,Neurologia/Neurocirurgia, Obstetrícia e Ginecologia, Ortopedia eTraumatologia, Pediatria, Psiquiatria, Radioterapia, Radiologia.Ampliação de residência médica
  13. 13. Maior programa de interiorização de médicosMS e MEC: especialização e bônus em seleção deresidência médica2012:381 médicos - 350 obtiveram conceito satisfatório para recebimento depontuação de 10% nas provas de admissão para residência 2013.2013:Demanda das prefeituras: 13 mil médicos para municípios deinterior e periferiasRealidade do Provab: 3,8 mil médicoscomeçam a atuar em 1,3 milmunicípiosProvab
  14. 14. 1087367488694179117115440014 269519132511679151 13825 11123 11163187AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP821 médicos atuam em 333 municípiosda região Sudeste pelo PROVABDistribuição de médicos por estado
  15. 15. Mas e a dona Rosa DicaManoel, que mora na zonarural, pode esperar tanto porum médico em sua cidade?
  16. 16. O Ministério da Saúde vemanalisando experiências deoutros países para atraçãode médicos com formaçãode qualidade para ointerior e periferias dasgrandes cidades
  17. 17. Inglaterra: 37% dos médicosse graduaram no exteriorEUA: 25% dos médicos segraduaram no exteriorCanadá: 22%Austrália: 17%Brasil: apenas 1,79% dosprofissionais se formouno exteriorAtuação dos médicosestrangeiros no mundo
  18. 18. O Ministério da Saúde estuda duas estratégias complementares,adotadas por outros países:1. O médico se submete a exame de validação do diploma eobtém o direito de exercer a medicina em qualquer região2. O médico recebe autorização especial paraatuação restrita nas áreas de escassez de médicos como periferiasdas grandes cidades e municípios de interior, por um período fixoEstratégias estudadas
  19. 19. Estratégias estudadasMédicos formados em Portugal e na Espanha são vistoscomo prioridade das medidas em estudo pelo governofederalNão será considerado atrair profissionais de países commenos médicos por mil habitantes que o Brasil, caso deBolívia e Paraguai, por exemplo.
  20. 20. Estratégias descartadas Não haverá validação automática de diploma Os municípios que tiverem interesse em receber médicosestrangeiros deverão, necessariamente, acessar recursos doMinistério da Saúde para estruturar suas unidades de saúde Só serão atraídos profissionais formados em instituições deensino autorizadas e reconhecidas e que tenham licença paraatuar em seus países de origem . Com isso, atrairprofissionais qualificados será mais uma das medidas paralevar mais médicos para onde os brasileiros mais precisam.
  21. 21. Melhorar sua vida, nosso compromisso

×