Aula de psicomotricidade, 26 02-12 1

20.672 visualizações

Publicada em

0 comentários
11 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
20.672
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
943
Comentários
0
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula de psicomotricidade, 26 02-12 1

  1. 1. PSICOMOTRICIDADEProfª. Ivaneide SousaMEDICILÂNDIA - Pa26 /02/2012.
  2. 2. “É a ciência que tem comoobjeto de estudo o homematravés de seu corpo emmovimento e em relaçãoseu mundo interno eexterno. Está relacionadaao processo de maturação,onde o corpo é a origemcognitivas, afetivas eorgânicas...” (ABP).Fundamentos da Psicomotricidade
  3. 3. De acordo com Negrine “os primeiros trabalhosrelacionados à psicomotricidade foram realizadospor professores da disciplina de Ed. Infantil deescolas superiores de educação física...FUNDAMENTOS DAPSICOMOTRICIDADEPSICOMOTRICIDADE NO BRASIL
  4. 4.  “É a relação entremotricidade e inteligênciapermitindo relacionar omovimento ao afeto, àemoção, ao ambiente e aoshábitos da criança “.(WALLON).“Psicomotricidade a luz de alguns TeóricosÉ uma terapia que, agindo porintemédio do corpo, sobre as funçõesmentais pertubadas considera apessoa em sua totalidade, melhorandoas qualidades de atenção,representação e relacionamento,visando pelo movimento, umaorganização mental cada vez maior”.(VITOR DA FONSECA)
  5. 5. SUSTENTADA POR TRÊS CONHECIMENTOSBÁSICOS1- O MOVIMENTO2- O INTELECTO E,3- O AFETOSUSTENTADA POR TRÊS CONHECIMENTOSBÁSICOS
  6. 6. Origem grega,psyché, que significaalma, e do verbolatino “moto”, quesignifica MOVER,AGITAR FORTEMENTE.ORIGEM DA PALAVRAPSICOMOTRICIDADE
  7. 7. PICQ , VAYER E LE BOULCHDUPRÉ GUILMANPIAGETANDRÉLAPIERREBERNARDAUCOUTURIERWALLONNEGRINEALGUNS REPRESENTANTES
  8. 8. O DESENVOLVIMENTO PSICOMOTOR“O desenvolvimentopsicomotor pode serentendido como sendoa interação existenteentre o pensamento,consciente ou não, emovimento efetuadopelos músculos, comajuda do sistemanervoso”(...)
  9. 9. OS FATORES DA EVOLUÇÃO MOTORA EPSICOMOTORAÉ fundamental para nóseducadores, conhecer osfatores da evoluçãomotora e psicomotora dascrianças, afim de quepossamos facilitar e/ouaprimorar as aquisiçõesdelas, em consonânciacom o período dodesenvolvimento no qualse encontra.“A criança recém-nascida e de algumassemanas de vida não controla ocorpo, tem movimentosincoordenados. Por exemplo, éincapaz de manter-se sentada, acabeça cai para os lados quandonão está apoiada. Ao final daprimeira infância, o quadro énotavelmente diferente, osmovimentos são voluntários ecoordenados, a criança controlaa posição do corpo e dossegmentos corporais maisimportantes (braços, pernas,tronco) e é capaz de andar ecorrer”².
  10. 10. “O desenvolvimento psicomotor estárelacionado a componentes biológicos(maturativos) e relacionais, assim comohá implicações psicológicas”(…)
  11. 11. A MATURAÇÃO NERVOSA O bebê chega ao mundo numestado de desamparo quasetotal. Ele depende do adulto para sealimentar, não se defende suficientementecontra o frio, não consegue se locomoversozinho, ou seja, seus sentidosnão estão empleno estado defuncionamento.
  12. 12. DESENVOLVIMENTO DA PSICOMOTRICIDADEFINA E GLOBAL O crescimento físico observado nas criançasacontece de maneira muito rápida. O autorMarques (1979) fez uma divisão dodesenvolvimento físico da criança em: GrandesMúsculos e Motricidade Fina. (..)
  13. 13. DESENVOLVIMENTO DA PSICOMOTRICIDADEGLOBAL Na motricidade Globalsegundo Marques (1979), ascrianças podem começar apedalar um triciclo aos trêsanos e aos oito anos andarde bicicleta. O desenvolvimento físico dacriança é acompanhado porum gradativodesenvolvimentoneurológico Durante a infância as criançasgostam de espaços abertos,com bastante liberdade parapoderem correr e brincar avontade. Assim como, gostamde freqüentar parquespúblicos para brincar degangorra, balanços eescorregadores (MARQUES,1979).
  14. 14. DESENVOLVIMENTO DA PSICOMOTRICIDADEFINA Na Motricidade Fina, porconseqüência da dependência deuma progressiva integração ediferenciação de movimentos, amotricidade fina só se desenvolve,depois de a criança ter dominadoos movimentos ligados aos grandesmúsculos (MARQUES, 1979). O desenvolvimento damotricidade é acompanhadoainda por aprendizagens que irãocomplementar e auxiliarhabilidades finas, como: a distinção entre esquerda edireita, organização espaço-temporal, aumento dos lapsos de atençãoconcentrada, distinção do antes e depois, resistência a fadiga e asimbolização e reversibilidade dopensamento em suas relaçõescom a linguagem (MARQUES,1979).
  15. 15.  As habilidades motoras finas,como abotoar camisas edesenhar figuras, envolvem acoordenação de músculospequenos e coordenação entreolhos e mãos
  16. 16. 3 –EDUCATIVA - trabalhacom as aprendizagens escolares.4 – RELACIONAL-trabalha dificuldades decomunicação, hiperatividade,agressividade e outros.PSICOMOTRICIDADELINHA DE ATUAÇÃO
  17. 17. DISTÚRBIOS PSICOMOTORES O que éDistúrbiospsicomotores?dificuldades intelectuais eemocionais…qualquerproblema psicomotor temligação com problemas queenvolve os individuos em suatotalidade (JOSÉ & COELHO,2002)
  18. 18. SEGUNDO GRÜNSPUN, OS DISTÚRBIOS PODEM SERCLASSIFICADOR EM QUATRO:1- INSTABILIDADEPSICOMOTORA2- DEBILIDADEPSICOMOTORA3- INIBIDADEPSICOMOTORA4- LATERALIDADECRUZADA5- IMPERÍCIAS
  19. 19. DISTURBIOD PSICOMTORES1-Instabilidade psicomotora-É o tipo mais complexo e causauma série de transtornos pelasreações que o portador apresenta,com o predomínio de uma atividademuscular contínua e incessante...2-Debilidade psicomotora- Limitação nas quatroextremidades do corpo (ou apenasem duas) – “deselegância” aocorrer – limitações e rigidez nasmãos e nas pernas; e SINCINESIA– Participação de músculos emmovimentos aos quais eles nãosão necessários – descontinuidadede gestos; imprecisão nosmovimentos dos braços e daspernas; dificuldade de realizar osmovimentos finos dos dedos…3- Inibidade psicomotora– Além das características daDEBILIDADE PSICOMOTORA,neste caso a ansiedade é presençaconstante – a criança apresentasobrancelha franzida; cabeçabaixa; problemas de coordenaçãomotora; distúrbios de conduta,dentre outros
  20. 20. DISTURBIOD PSICOMTORES4- Lateralidade cruzada– A maioria dos autoresacredita que existe no cérebroum hemisfério predominanteresponsável pela lateralidadedo indivíduo – desta maneira,de acordo com a ordemenviada pelo cérebrodominante, teremos o destro ouo canhoto.5- Imperícias – É umdistúrbio de menor gravidade, acriança apresenta inteligêncianormal, apesar de uma certafrustração pela dificuldade derealizar certas tarefas queexijam apurada habilidademanual. Apresentamdificuldades na coordenaçãomotora fina; quebra constantede objetos; letra irregular;movimentos rígidos; alto índicede fadiga
  21. 21. PRÁTICAS PSICOMOTORAS
  22. 22. REEDUCAÇÃOPSICOMOTORAO trabalho da reeducaçãoprivilegia a três situações:1 – o alívio do problema2- a redução do sintoma3- adaptação ao problema,através de jogos e exercíciospsicomotoresEDUCAÇÃOPSICOMOTORAÉ dirigida basicamente acrianças normaispretendendo favorecer aoMaximo, o desenvolvimentopsicomotor e evitardesviações demasiadoneurótica da personalidade
  23. 23. REEDUCAÇÃO NÃODIRETIVAO cliente, no caminhoterapêutico , é queescolhe o caminhoadequado, através demateriais (objetocomo intermediário).REEDUCAÇÃO DIRETIVAO educador tem auma posição dedecidir sobreestratégias o métodoa adotar
  24. 24. EDUCAÇÃO PSICOMOTORAÉ uma atividade PREVENTIVA queatravés da prática psicomotorapropicia o desenvolvimento dascapacidades básicas, sensoriais,perceptivas e motoras....
  25. 25. AVALIAÇÃO PSICOMOTORAA avaliação psicomotora tem grande valor , poispossibilita ao professor verificar se osconhecimentos e as atividades propostas estãoadequados e cumprindo suas funções. Aavaliação deve ser feita por um psicólogo
  26. 26. AVALIAÇÃO PSICOMOTORAA avaliação deve ser feita por um psicólogo e com oobjetivo de:- a dinâmica da coordenação psicomotora esensório – motora;- o equilíbrio- a percepção- a linguagem- a lateralidade- o perfil.
  27. 27. CONCLUSÃO

×