Plano de transição 4 m´s

347 visualizações

Publicada em

A implementação de Planos Estratégicos associa-se fundamentalmente à ação de se conseguir a execução de aspectos de uma natureza estrutural importante e que, além disso, signifique mudança na ação seguida pela empresa no passado.
Logo, a etapa de implementação do processo de mudança estratégica ou estrutural nas organizações é a mais difícil de todo e qualquer projeto.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
347
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de transição 4 m´s

  1. 1. DIFICULDADES NA IMPLEMENTAÇÃO DO PLANO ESTRATÉGICO OS 4 M´S DO ALINHAMENTO OPERACIONAL Manuel Teixeira & mCotsn@sumltaonrueselteixeira.org
  2. 2. INTRODUÇÃO • A IMPLEMENTAÇÃO DE PLANOS ESTRATÉGICOS ASSOCIA-SE FUNDAMENTALMENTE À ACÇÃO DE SE CONSEGUIR A EXECUÇÃO DE ASPECTOS DE UMA NATUREZA ESTRUTURAL IMPORTANTE E QUE, ALÉM DISSO, SIGNIFIQUE MUDANÇA NA ACÇÃO SEGUIDA PELA EMPRESA NO PASSADO. • LOGO, A ETAPA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PROCESSO DE MUDANÇA ESTRATÉGICA OU ESTRUTURAL NAS ORGANIZAÇÕES É A MAIS DIFÍCIL DE TODO E QUALQUER PROJECTO. A importância de qualquer plano estratégico, a par da qualidade do seu conteúdo, está na sua operacionalidade ou viabilidade de implementação.
  3. 3. Manuel Teixeira & Consultores Dificuldades na Implementação do Planeamento Estratégico Falta de comprometimento das pessoas que dirigem a organização ? Ausência de uma estrutura que facilite a implementação  Implementação realizada de forma desconexa ou ? fragmentada Deficiência para comprometer as pessoas directamente envolvidas na implementação estratégica ? Implementação com prazos de execução fora da realidade ? Oposição de grupos de poder  Falta de estrutura de poder bem definida  Falta de "know how" na implementação  Falta de mecanismos de controlo para a avaliação 
  4. 4. A Estratégia em Acção PARA ULTRAPASSAR O GAP ENTRE A ESTRATÉGIA E A RESPECTIVA EXECUÇÃO DO DIA-A-DIA POR PARTE DOS COLABORADORES, OS EXECUTIVOS DA EMPRESA TÊM DE TER SUCESSO NESTAS QUATRO ÁREAS - OS 4 M(S) DO ALINHAMENTO OPERACIONAL: •MOTIVAR (MOTIVATE) •GERIR (MANAGE) •MONITORIZAR (MONITOR) •MEDIR (MEASURE)
  5. 5. Manuel Teixeira & Consultores A Estratégia em Acção •MOTIVAR (MOTIVATE) SOLUÇÃO PROBLEMA Divulgar de forma ampla e didáctica os objectivos, as vantagens e alcances do Planeamento Estratégico, o que contribuirá para uma formação de cultura para o planeamento e incentivará a vontade política das autoridades Institucionais para a sua Alguns colaboradores não entendem em que medida a estratégia pode afectar aquilo que fazem. Oposição de grupos de poder. Falta de vontade política. Falta de cultura para o planeamento. Falta de incentivos que induzam as unidades à adopção do planeamento estratégico.
  6. 6. Manuel Teixeira & Consultores A Estratégia em Acção •GERIR (MANAGE) SOLUÇÃO PROBLEMA Gerir os programas operacionais de modo que criem um maior empowerment junto de cada um, assim como um maior sentido de responsabilidade perante os objectivos estratégicos . Dificuldade na implementação de ferramentas que ajudem os executivos e outros colaboradores a gerir a execução de acordo com os objectivos da empresa (Adaptar ERP ao novo organigrama). Ausência de uma estrutura que facilite a implementação. Falta de estrutura de poder bem definida. Ausência de regras, recursos e métodos para identificar e resolver problemas ao nível da implementação.
  7. 7. Manuel Teixeira & Consultores A Estratégia em Acção •MONITORIZAR (MONITOR) SOLUÇÃO PROBLEMA Monitorizar pró-activamente a evolução da empresa com base no progresso atingido em “milestones” pré-definidos e alertar os diversos stakeholders em resultados inesperados. Dificuldade na definição de metas quantificadas. Implementação com prazos de execução fora da realidade Falta de "know how" na implementação
  8. 8. Manuel Teixeira & Consultores A Estratégia em Acção •MEDIR (MEASURE) SOLUÇÃO PROBLEMA Medir a performance operacional de modo a que seja possível identificar claramente quer os problemas, quer as áreas a desenvolver. Falta de quantificação e especificação das acções. Falta de acompanhamento e controle das acções. Implementação realizada de forma desconexa ou fragmentada Falta de mecanismos de controlo para a avaliação.
  9. 9. Manuel Teixeira & Consultores A Estratégia em Acção » QUANDO A EMPRESA ATINGE ESTAS QUATRO METAS, ESTÁ ALINHADA EM TERMOS OPERACIONAIS, E CONSEQUENTEMENTE, NUMA FORTE POSIÇÃO PARA SE CONSEGUIR ADAPTAR COM SUCESSO Á DINÂMICA TRANSFORMACIONAL DO MUNDO DE NEGÓCIOS DE HOJE (DE AMANHÃ!). Orientação PROBLEMA Mudar o enfoque da eficácia para o da eficiência. O grande impedimento ao sucesso organizacional é a estratégia definida não estar bem articulada/sincronizada com a execução.
  10. 10. Manuel Teixeira & Consultores O melhor executivo é aquele que tem o suficiente discernimento para escolher pessoas que façam o que ele quer que seja feito e suficiente auto controlo para não interferir enquanto elas o realizam. ROOSEVELT Manuel Teixeira & mCotsn@sumltaonrueselteixeira.org

×