Redes dns

439 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
439
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Redes dns

  1. 1. DNS Domain Name System Prof. Mauro Duarte
  2. 2. DNS  A informática é feita de números, códigos e endereços o que não é natural para os humanos comuns.  A navegação em redes, inclusive na internet é feita desta forma.  O DNS tem a função de facilitar esta tarefa traduzindo nomes para números e vice-versa.
  3. 3. Hierarquia  Devido ao tamanho da internet, armazenar todos os pares domínio - endereço IP em um único servidor DNS seria inviável.  Confiabilidade  Volume de tráfego  Distância  Manutenção do banco de dados
  4. 4. Arquitetura Distribuída  Servidores raiz (Root Name Server)  No topo da hierarquia estão os 13 servidores raiz.  A sua função é responder diretamente às requisições de registros da zona raiz
  5. 5. Arquitetura Distribuída  A - Estados Unidos -Verisign Inc.  B - Estados Unidos - USC - ISI  C - Estados Unidos - Cogent Communications  D - Estados Unidos - Universidade de Maryland  E - Estados Unidos - NASA  F - Estados Unidos - Internet Systems Consortium
  6. 6. Arquitetura Distribuída  G - Estados Unidos - Defense Information Systems Agency  H - Estados Unidos - United States Army Research Laboratory  I – Suécia - Netnod  J - Estados Unidos -Versign Inc.  K - Países Baixos RIPE NCC  L - Estados Unidos - ICANN  M – Japão - Projeto
  7. 7. Arquitetura Distribuída  Servidores de domínio de topo (Top-Level Domain)  Cada domínio é formado por nomes separados por pontos. O nome mais à direita é chamado de domínio de topo. Exemplos de domínios de topo são .com, .org, .net, .edu, .inf e .gov.
  8. 8. Arquitetura Distribuída  Servidores autoritativos  O servidor autoritativo de um domínio possui os registros originais que associam aquele domínio a seu endereço de IP.Toda vez que um domínio adquire um novo endereço, essas informações devem ser adicionadas a pelo menos dois servidores autoritativos
  9. 9. Arquitetura Distribuída  Um deles será o servidor autoritativo principal e o outro, o secundário. Isso é feito para minimizar o risco de, em caso de erros em um servidor DNS, perder todas as informações originais do endereço daquele domínio.
  10. 10. Arquitetura Distribuída  Com essas três classes de servidores, já é possível resolver qualquer requisição DNS.  Basta fazer uma requisição a um servidor raiz, que retornará o endereço do servidor de topo responsável.
  11. 11. Arquitetura Distribuída  Então repete-se a requisição para o servidor de topo, que retornará o endereço do servidor autoritativo ou algum intermediário.  Repete-se a requisição aos servidores intermediários (se houver) até obter o endereço do servidor autoritativo, que finalmente retornará o endereço IP do domínio desejado.
  12. 12. Arquitetura Distribuída
  13. 13. Melhorias de performance  Cache  Toda vez que um servidor retorna o resultado de uma requisição para a qual ele não é autoridade, ele armazena aquele registro.  Se, dentro do tempo de vida do registro, alguma requisição igual for feita, ele pode retornar o resultado sem a necessidade de uma nova consulta.
  14. 14. Melhorias de performance  Cache  Note que isso pode provocar inconsistência, já que se um domínio mudar de endereço durante o tempo de vida do cache, o registro estará desatualizado.  É possível exigir na mensagem de requisição DNS que a resposta seja dada pelo servidor autoritativo.
  15. 15. Melhorias de performance  Servidor Local  Esse tipo de servidor não pertence a hierarquia DNS.  Em vez de fazer requisições a um servidor raiz, cada cliente faz sua requisição a um servidor local, que geralmente fica muito próximo do cliente fisicamente, por exemplo um Servidor Proxy.
  16. 16. Melhorias de performance  Servidor Local  Ele se encarrega de resolver a requisição. Com o uso de cache, esses servidores podem ter a resposta pronta, ou ao menos conhecer algum servidor mais próximo ao autoritativo que o raiz (por exemplo, o servidor de topo), reduzindo a carga dos servidores raiz.

×