Professor Esp. Matheus Alvarenga Oliveira
Preocupação com o aumento da expectativa
de vida, principais causas de incapacidade
são:
* Doenças crônicas,
* Sequelas de...
* 84% >= 65 anos são dependentes para
realizar atividades diárias (Risco de
institucionalização);
* Atividade física pode ...
* VO2 (consumo máx. de O2) aos 60 anos é
¼ daqueles aos 20 anos;
* Atividade física corretamente orientada
altera favorave...
* Capacidade Aeróbica;
* Força muscular;
* flexibilidade
* Teste ergométrico: avaliar capacidade
cardiorrespiratória;
* Estratificação de risco (Anamnese);
* Evolução de programa ...
Programa de reabilitação cardiovascular
segue:
* Frequência, duração, intensidade e
supervisão de 3 a 5 x semanais, obedec...
* Exercícios contra resistência nos idosos
aumenta a força muscular e massa,
prevenção e tratamento da osteoporose,
melhor...
* Atenção para com o idoso desnutridos
(próteses dentárias mal adaptadas)
* Estados mentais diversos (depressão até
quadro...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Atividade física para melhor idade

189 visualizações

Publicada em

atividade física na melhor idade diagnósticos ,avaliação, prescrição

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
189
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividade física para melhor idade

  1. 1. Professor Esp. Matheus Alvarenga Oliveira
  2. 2. Preocupação com o aumento da expectativa de vida, principais causas de incapacidade são: * Doenças crônicas, * Sequelas de AVC; * Fraturas; * Doenças reumáticas; * Doenças cardiovasculares.
  3. 3. * 84% >= 65 anos são dependentes para realizar atividades diárias (Risco de institucionalização); * Atividade física pode retardar o início das restrições das atividades de vida diária; * Necessidades de introdução de programas de saúde, prevenção, detecção de moléstias crônicas;
  4. 4. * VO2 (consumo máx. de O2) aos 60 anos é ¼ daqueles aos 20 anos; * Atividade física corretamente orientada altera favoravelmente o metabolismo líquido e dos carboidratos, induz o aumento de HPL;
  5. 5. * Capacidade Aeróbica; * Força muscular; * flexibilidade
  6. 6. * Teste ergométrico: avaliar capacidade cardiorrespiratória; * Estratificação de risco (Anamnese); * Evolução de programa de exercício; * Escala de Borg. = relação com FC ideal de treinamento (para paciente/aluno com uso de Beta bloqueadores); * Hipertensos = exercícios aeróbios, 30 a 60 min diariamente
  7. 7. Programa de reabilitação cardiovascular segue: * Frequência, duração, intensidade e supervisão de 3 a 5 x semanais, obedecendo intensidade estabelecida pelo Teste de esforço; * Aquecimento, alongamento, mobilidade articular e caminhadas; * Evitar alto impacto ;
  8. 8. * Exercícios contra resistência nos idosos aumenta a força muscular e massa, prevenção e tratamento da osteoporose, melhorias de doenças degenerativas ósteo articulares , aumentando o equilíbrio e coordenação intra e inter musculares, diminuição de quedas, prevalência de depressão.
  9. 9. * Atenção para com o idoso desnutridos (próteses dentárias mal adaptadas) * Estados mentais diversos (depressão até quadros demenciais); * Planos de reabilitação devem ser instituídos (introdução de profissionais de Ed. Física nos programas de saúde da família- PSF)

×