• Se a criança ainda não é “senhora” das suas 
ações, se não consegue obedecer à própria 
vontade, ainda menos conseguirá ...
• Experiências de uma professora; 
• “Lição do silêncio”: para se obter o silêncio 
absoluto é preciso que todos estejam d...
• O poder de obedecer é a última fase do 
desenvolvimento da vontade, a qual, por sua 
vez, torna possível a obediência; 
...
Referência 
• MONTESSORI, Maria. Mente Absorvente. Rio 
de Janeiro: Portugália, 1949.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Montessori

207 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
207
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Montessori

  1. 1. • Se a criança ainda não é “senhora” das suas ações, se não consegue obedecer à própria vontade, ainda menos conseguirá obedecer a outra pessoa (p. 215) PRIMEIRO GRAU DE OBEDIÊNCIA • A criança pode obedecer, mas nem sempre conseguirá fazê-lo. É o momento no qual obediência e desobediência caminham a par. SEGUNDO GRAU DE OBEDIÊNCIA • Obediência sempre, quando não há mais obstáculos dependentes do grau do seu desenvolvimento. TERCEIRO GRAU DE OBEDIÊNCIA • Obedece sempre com surpreendente prontidão e parece impaciente em fazê-lo.
  2. 2. • Experiências de uma professora; • “Lição do silêncio”: para se obter o silêncio absoluto é preciso que todos estejam de acordo: – Consciência de agir em conjunto para se chegar a um resultado. Daqui nasce um consciente acordo social. – Espécie de chamada (força de vontade das crianças). – Controle das próprias ações. – Método: de uma lado a vontade de escolher e de serem livremente operosos e do outro a inibição. – Todos os elementos lhes tinham sido preparados.
  3. 3. • O poder de obedecer é a última fase do desenvolvimento da vontade, a qual, por sua vez, torna possível a obediência; • Não é chefe quem tem um sentido de grande autoridade, mas sim quem tem um sentido de grande responsabilidade.
  4. 4. Referência • MONTESSORI, Maria. Mente Absorvente. Rio de Janeiro: Portugália, 1949.

×