1836 a 1881
Alunos: Odilon Voss
Daniel de Andrade
Gabriel Luiz Martinelli
 A segunda geração esquece todo o
nacionalismo pertencente a primeira geração.
Assim sendo muito mais sentimental.
 Egocentrismo preocupação com sigo mesmo.
 Sentimentalismo exagerado.
 Traz uma visão pessimista do mundo. A morte é
um...
 Spleen(tédio), descanso, insatisfação e
melancolismo.
 Fuga da realidade, evasão através da morte,
sonho, loucuras, vin...
 Mulher idealizada e distante.
 Saudosismo (saudade da infância e do
passado).
 Byronismo – Mostrar um estilo de vida e...
 Eu deixo a vida como deixa o tédio
Do deserto, o poento caminheiro,
... Como as horas de um longo pesadelo
Que se desfaz...
 Só levo uma saudade... é dessas sombras
Que eu sentia velar nas noites minhas...
De ti, ó minha mãe, pobre coitada,
Que ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Romantismo 2ª geração

614 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
614
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Romantismo 2ª geração

  1. 1. 1836 a 1881
  2. 2. Alunos: Odilon Voss Daniel de Andrade Gabriel Luiz Martinelli
  3. 3.  A segunda geração esquece todo o nacionalismo pertencente a primeira geração. Assim sendo muito mais sentimental.
  4. 4.  Egocentrismo preocupação com sigo mesmo.  Sentimentalismo exagerado.  Traz uma visão pessimista do mundo. A morte é uma solução aos problemas.  Tristeza, solidão, tédio e melancólico.  Idealização da mulher (mulher perfeita com grau de beleza elevado).
  5. 5.  Spleen(tédio), descanso, insatisfação e melancolismo.  Fuga da realidade, evasão através da morte, sonho, loucuras, vinho, etc.  Satanismo, referência ao demônio.  A noite o mistério – Ambientes macabros.
  6. 6.  Mulher idealizada e distante.  Saudosismo (saudade da infância e do passado).  Byronismo – Mostrar um estilo de vida e uma forma particular de ver o mundo.
  7. 7.  Eu deixo a vida como deixa o tédio Do deserto, o poento caminheiro, ... Como as horas de um longo pesadelo Que se desfaz ao dobre de um sineiro; Como o desterro de minh’alma errante, Onde fogo insensato a consumia: Só levo uma saudade... é desses tempos Que amorosa ilusão embelecia.
  8. 8.  Só levo uma saudade... é dessas sombras Que eu sentia velar nas noites minhas... De ti, ó minha mãe, pobre coitada, Que por minha tristeza te definhas! De meu pai... de meus únicos amigos, Pouco - bem poucos... e que não zombavam Quando, em noites de febre endoudecido, Minhas pálidas crenças duvidavam. ÁLVARES DE AZEVEDO

×