Nosso mosaico

1.739 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.739
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nosso mosaico

  1. 1. NOSSO MOSAICO CULTURAL
  2. 2. TiposRegionaisPopulares
  3. 3. Região NorteAbriga a maioria dos povos indígenas do Brasil, além de comunidadesde:
  4. 4. seringueiros População ribeirinha garimpeiroscastanheiros
  5. 5. Região Nordeste
  6. 6. baianas colhedores de cocojangadeiros Na porção litorânea dessa região aparecem os jangadeiros, os colhedores de coco e as baianas.
  7. 7. vaqueiros catadores de babaçu rendeiras No interior surgem os vaqueiros, as rendeiras e os catadores de babaçu.
  8. 8. Região Centro Oeste
  9. 9. barqueiros Nessa região os tipos mais comuns são os vaqueiros do pantanal, os garimpeiros, nas regiões ricas em minérios, e os barqueiros, que fazem o transporte de mercadorias e pessoas pelos rios.garimpeiros vaqueiros do pantanal
  10. 10. Região Sudeste
  11. 11. É a região que menos preserva seus tipos regionais populares. Ainda são encontrados no interior o caipira, os colhedores decafé, os retireiros de leite, os boiadeiros e, no litoral, os caiçaras. colhedores de café caipira
  12. 12. caiçaras caiçarasboiadeiros retireiros de leite
  13. 13. Região Sul
  14. 14. É a região com maior influência dos imigrantes em nosso país, onde tipos populares descendentes de portugueses, alemães,italianos e poloneses se misturam aos ervateiros e aos gaúchos.
  15. 15. ervateiros gaúchos
  16. 16. Habitação
  17. 17. Região Norte
  18. 18. Grande parte da população é ribeirinha, vivendo às margens dosrios. Por isso são comuns as palafitas, casas erguidas sobre altasestacas que abrigam os animais embaixo da moradia e também evitam inundações em época de enchentes. palafita
  19. 19. Região Nordeste
  20. 20. A população das áreas rurais e urbanas do interior constrói casas de pau a pique, feitas de madeira trançada e barro molhado, com cobertura de fibras vegetais, como o sapé.
  21. 21. Região Centro Oeste
  22. 22. A maioria da população atualmente vive nas cidades, por causa daconcentração de terras nas mãos de poucos proprietários. Assim a maioria das habitações é urbana, construída em alvenaria convencional. Por ter muitos rios, em sua porção norte surgem também as palafitas.
  23. 23. Casa de madeirapalafitas
  24. 24. Região Sudeste
  25. 25. Região mais urbanizada do país, onde o espaço é muito disputado. São comuns os arranha-céus, prédios com muitosandares e apartamentos, e as favelas formadas por aglomeradosde casas construídas com materiais descartados (madeira, tijolos, zinco, papelão, etc.).
  26. 26. Favela da Rocinha – Rio de Janeiro
  27. 27. Região Sul
  28. 28. Há grande influência da arquitetura europeia na construção das casas, que apresentam telhados pontiagudos e floreiras nasjanelas, pois é a região do Brasil que recebeu o maior número de imigrantes.
  29. 29. TRANSPORTE
  30. 30. Região Norte
  31. 31. As canoas e os barcos, com até três andares, são comuns, por ser uma região onde há muitos rios, poucas rodovias e ferrovias.
  32. 32. Região Nordeste
  33. 33. jegue mula Por ser uma região extremamente seca nointerior, as mulas e os jegues,animais bastante resistentes,são muito usados como meio de transporte.
  34. 34. Também é comum o pau de arara, caminhão que transporta pessoas na carroceria, sem nenhuma segurança para os passageiros.
  35. 35. No rio São Francisco, são tradicionais as embarcações que têm carrancas, cabeças deanimais ferozes esculpidosem madeira, colocadas na proa, para afugentar os maus espíritos.
  36. 36. Região Centro Oeste
  37. 37. O “boi de cela” e o cavalo são bastante usados na área rural dessa região. No pantanal onde há muitos rios, as embarcações também são comuns e recebem o nome de chalanas. cavaloboi de cela chalana
  38. 38. Região Sudeste
  39. 39. É a região onde há uma grande rede integrada de transportes, cominúmeras possibilidades de locomoção: automóveis, ônibus, trens, metrôs e aviões são os mais usados para passageiros. Os caminhões e os navios são usados para o transporte de cargas. Os congestionamentos de trânsito são um grande problema nas maiores cidades dessa região.
  40. 40. Região Sul
  41. 41. Região onde há uma boa rede de transporte na área urbana, com automóveis, ônibus, trens e aviõespara o transporte de passageiros . Na área rural, o cavalo é o meio de transporte mais utilizado.
  42. 42. Região Norte
  43. 43. boto boitatá curupira As lendas têm grande Iara influência da cultura indígena: Vitória-régia guaraná
  44. 44. Região Nordeste
  45. 45. O rio São Francisco é o cenário de muitas lendas:minhocão Mãe d’água Caboclo-d’água
  46. 46. Região Centro Oeste
  47. 47. A influência indígena está presente nas lendas que narram o Das estrelas surgimento:Do milho Do mundo Da mandioca
  48. 48. Região Sudeste
  49. 49. Percebem-se influências Do lobisomem portuguesas e indígenas nas lendas do:Do saci-pererê Do mula sem cabeça
  50. 50. A gruta dos amores E de como surgiram:Os diamantes
  51. 51. Região Sul
  52. 52. Primeiro gaúchoErva-mate Negrinho do pastoreio As lendas mais famosas são: Gralha-azul
  53. 53. DANÇAS E FESTIVAISFOLCLÓRICOS
  54. 54. Região Norte
  55. 55. MarujadaBoi-Bumbá
  56. 56. Região Nordeste
  57. 57. Quadrilha Maracatu Capoeira Frevo
  58. 58. Região Centro Oeste
  59. 59. Cavalhada
  60. 60. Região Sudeste
  61. 61. Cateretê
  62. 62. Carnaval
  63. 63. Região Sul
  64. 64. Chimarrita Chula Fandango
  65. 65. PRATOS TÍPICOS
  66. 66. Região Norte
  67. 67. TacacáPATO NO TUCUPI Munguzá
  68. 68. Região Nordeste
  69. 69. Sarapatel Arroz de cuxá Acarajé Carne de sol Vatapá
  70. 70. Região Centro Oeste
  71. 71. Arroz com pequi Quibebe de MandiocaFeijão tropeiro
  72. 72. Região Sudeste
  73. 73. Pizza Doce de leiteTutu de feijão Cuscuz Pamonha
  74. 74. Região Sul
  75. 75. ChurrascoArroz de carreteiro Chimarrão
  76. 76. CréditosREFERÊNCIAS:• Coleção Tempo de Aprender – Educação de Jovens e Adultos – 8º ano, páginas 271 a 273.• www.google.com.brFORMATAÇÃO:• Profª Marta Gomes P. Miranda Rondonópolis – MT, 03 de fevereiro de 2013.

×