Empreendedorismo Social - Quando o lucro é fazer o bem!

1.077 visualizações

Publicada em

Empreendedores Sociais querem usar todas as suas características empreendedoras para ganhar a vida e mudar o mundo. Para eles só interessa um trabalho que tenha significado e propósito.

Publicada em: Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.077
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
49
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Empreendedorismo Social - Quando o lucro é fazer o bem!

  1. 1. EMPREENDEDORISMO SOCIAL “Quando o lucro é fazer o bem”
  2. 2. O que são negócios Sociais? O que são Negócios Sociais https://www.youtube.com/watch?v=3OtzJUfVhLw ( Animação Choice.org.br)
  3. 3. Onde tudo começou?
  4. 4. Muhammad Yunus - Nobel da Paz em 2006 http://www.grameen-info.org/
  5. 5. http://www.ashoka.org.br Bill Drayton – Fundador Ashoka “O novo fator-chave de mudança é: qual a proporção de pessoas da sua população que são Agentes de Transformação, até que ponto, e o quê você está fazendo para que eles possam sê-lo de maneira aberta e fluida.” Fonte: http://goo.gl/bHTrJR A Ashoka é uma organização mundial, sem fins lucrativos, pioneira no campo da inovação social, trabalho e apoio aos empreendedores sociais – pessoas com ideias criativas e inovadoras capazes de provocar transformações com amplo impacto social. Presente em mais de 60 países e criada na Índia em 1980, pelo norte americano Bill Drayton, trabalha com diferentes públicos comprometidos com a mudança do mundo. Além de uma rede ampla de empreendedores sociais, a Ashoka promove protagonismo, transformação e empatia em diversas esferas na sociedade.
  6. 6. "Quando me perguntam se eu sou pessimista ou otimista sobre o futuro minha resposta é sempre a mesma: Se você olhar para a ciência sobre o que está acontecendo na terra e não for pessimista, você não está entendendo nada. Mas se você conhecer as pessoas que estão trabalhando para restaurar esta terra e as vidas dos pobres, e você não for otimista, você não tem um pulso. O que eu vejo em todos os lugares no mundo são pessoas comuns dispostas a enfrentar o desespero, o poder e as probabilidades incalculáveis ​​para restaurar a graça, justiça e a beleza deste mundo. " (Paul Hawken - Blessed Unrest - 2007)
  7. 7. “Nós não herdamos a Terra dos nossos antepassados, pedimos emprestada aos nossos filhos” provérbio indígena icv.org.br Década de 80
  8. 8. Década de 90
  9. 9. “8 em cada 10 norte-americanos têm estresse causado pelo trabalho excessivo, apenas 30% sentem prazer em realizar seu trabalho, metade não tem inspiração e outros 30% estão profundamente descontentes com o que fazem” Fonte: http://www.huffingtonpost.com/2013/06/21/third-metric-_n_3479629.html (2013) Século 21
  10. 10. http://www.quemseimporta.com.br
  11. 11. Swarming { Comportamento auto organizado, coletivo e em rede na natureza } O poder transformador das redes https://www.youtube.com/watch?v=o4QRouhIKwo&feature=youtu.be
  12. 12. Atitude de negócio + Cidadania ou Indignação + Oportunidade Existem para melhorar comunidades / pessoas / meio ambiente EMPRESAS SOCIAIS SÃO Intermediárias entre a iniciativa privada e as ONGs Também chamadas de “setor 2.5” Definição Empresas sociais promovem impacto social “entre ganhar dinheiro e fazer a diferença no mundo, fique com os dois”
  13. 13. “A principal diferença é que, num empreendimento social, os donos criam o negócio para resolver um problema. O lucro é um meio, não o fim. Os donos decidem, desde o princípio, que nunca receberão dividendos. Ele recebe um pró-labore, como em qualquer empresa. Mas é um negócio sem fins lucrativos, criado para resolver problemas sociais(...) os negócios sociais são autossustentáveis e têm o dinamismo e a eficiência dos negócios tradicionais.” M. Yunus Fonte: http://revistaepoca.globo.com/tempo/noticia/2013/06/muhammad-yunus-dar-dinheiro-para-os-pobres-mascara-miseria.html Definição
  14. 14. Negócios Sociais Baixo custo Profissionalização Escala Padronização Transparência Foco Parcerias Zona de conforto zero Inclusão
  15. 15. Ações em Rede Ética do Cuidar Colaboração Inovação Cocriação Crowdfunding Fluxo Digital Propósito Comprometimento
  16. 16. A Ética do Cuidar https://www.youtube.com/watch?v=5nivihNqbXk&feature=youtu.be Bernardo Toro
  17. 17. Mesma raiz “Proficiency” Associado à Eficiência e Mérito LUCRO “Logro” Se alguém ganhou o outro perdeu Diferença entre Lucro e Profit
  18. 18. Fonte: http://www.quemseimporta.com.br/a-terceira-metrica-redefinindo-o-sucesso Terceira Métrica
  19. 19. Sete Modelos de Negócios
  20. 20. Fonte http://revistapegn.globo.com/Revista/Common/0,,EMI337151-17180,00-SETE+MODELOS+DE+IMPACTO.html
  21. 21. “Modelos de negócio mostram a lógica de como uma organização cria, captura e entrega valor“ @AlexOsterwalder Escalável / Replicável/ Rentável
  22. 22. http://www.bielbaum.com/ Exemplos de Empreendedores Sociais
  23. 23. Exemplos de Empreendedores Sociais
  24. 24. Quem é Quem no empreendedorismo social no Brasil e pelo mundo ?
  25. 25. Quem é Quem no empreendedorismo social no Brasil Eduardo Lyra jovensfalcoes.com.br Alessandra França bancoperola.org.br/site Palestra Choice: http://goo.gl/xay7uO Palestra Endeavor: http://goo.gl/Bb7LKA
  26. 26. http://www.yunusnegociossociais.com/ http://www.yunussb.com/ http://www.movimentobuenaonda.com.br/ “Somos um rede de jovens que cansaram de viver suas vidas de forma automática. Paramos de fingir que nos adaptávamos aos modelos tradicionais nas empresas tradicionais e largamos nossas carreiras para contribuir com a chegada de um novo mundo que já surgiu.” http://www.voxcapital.com.br/ “Não sabemos qual é o equilíbrio entre lucro e impacto social, mas temos interesse em buscar um modelo. O nosso retorno financeiro como fundo é que estamos desenvolvendo negócios para o longo prazo.” Daniel Izzo, da Vox Capital, no painel “Lucro e Impacto Social: Como Equilibrar a Equação” no Fórum Brasileiro de Finanças Sociais e Negócios de Impacto.
  27. 27. http://bliive.com/ Rede colaborativa de troca de tempo http://www.technologyreview.com.br/tr35/ Lorrana Scarpione
  28. 28. http://danielepstein.me/ http://unreasonable.is/ Quem é quem no Empreendedorismo Social pelo Mundo Muhammad Yunus - Nobel da Paz em 2006 http://www.grameen-info.org/ “A principal diferença é que, num empreendimento social, os donos criam o negócio para resolver um problema. O lucro é um meio, não o fim. Os donos decidem, desde o princípio, que nunca receberão dividendos. Ele recebe um pró-labore, como em qualquer empresa. Mas é um negócio sem fins lucrativos, criado para resolver problemas sociais, como se fosse uma ONG. (...) os negócios sociais são autossustentáveis e têm o dinamismo e a eficiência dos negócios tradicionais.” Fonte: http://revistaepoca.globo.com/tempo/noticia/2013/06/muhammad-yunus-dar- dinheiro-para-os-pobres-mascara-miseria.html http://www.socialenterprise.org.uk/
  29. 29. http://www.kiva.org/ http://planocde.com.br/ http://www.drconsulta.com/ http://www.dartington.org/sse http://www.fundacaolemann.org.br/khanportugues/ http://www.potenciaventures.net/ http://www.artemisia.org.br/ http://www.geekie.com.br/ http://www.wpensar.com.br/ http://www.confiancemedical.com.br/ http://inclub.me/pagina/projeto http://www.aoka.com.br/
  30. 30. https://www.youtube.com/watch?v=NLqj_ZIlMyA
  31. 31. "Todas estas informações têm soberba desimportância científica — como andar de costas." (Manoel de Barros)
  32. 32. E engaje-se! Como se não houvesse amanhã...
  33. 33. Maristela Moura, Educadora com especialização em Marketing e Neuropsicologia pela UFPR. Sempre conectada com empreendedores em função da experiência de seu trabalho no Senai e Sebrae. Consultora para o segmento small business também atuando com educação corporativa com treinamentos sob medida em marketing de serviços e digital. Mentoring e Orientação Profissional. @maristelanm 19 98110-8229

×