CASAMENTO

457 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
457
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CASAMENTO

  1. 1. OS PIONEIROS ADVENTISTAS E A QUESTÃO DO DIVÓRCIO E CASAMENTO
  2. 2. → Têm surgido dúvidas quanto à autoria do texto publicado nas edições de 11/01/1887 e 08/02/1887 da Review and Herald com relação à posição frente ao divórcio e novo casamento. → Veja a seguir as imagens da Revew and Herald
  3. 3. Na edição de 11.01.1887, aparece uma carta de um assinante perguntando se poderia se unir à igreja, uma vez que era divorciado e casado novamente. A resposta diz que se a igreja agisse de acordo com as Escrituras não deveria recebê-lo como membro, a menos que ele tivesse sido traído antes do novo casamento. A resposta provocou dúvidas nos leitores e muitas perguntas e comentários foram encaminhados à Revista, o que ensejou uma nova resposta. Nessa edição, de 08.02.1887, é então esclarecido que, de acordo com Mateus 19:9, no caso de ser comprovado o adultério da outra parte, o cônjuge traído ficaria livre.
  4. 4. Surge então a pergunta: – Mas quem escreveu essa resposta? Veja primeiro as imagens seguintes das duas edições da revista.
  5. 5. Tradução da parte salientada: Uriah Smith editor J. H. Waggoner editores George Ide Butler auxiliares (correspondentes)
  6. 6. Quem eram esses homens?
  7. 7. URIAH SMITH Editor da Review and Herald por mais de 45 anos. Autor que dedicou 50 anos de serviço à obra dos Adventistas do Sétimo Dia. Deu contribuições significativas ao desenvolvimento de várias doutrinas da denominação Adventista do Sétimo Dia. (Wikipedia).
  8. 8. J. H. WAGGONER Evangelista, editor, autor. Em 1881 era editor da Signs of the Times. Pai do pastor Waggoner (1888).
  9. 9. GEORGE IDE BUTLER Ministro Adventista do Sétimo Dia, administrador e autor. Em 1872, por causa do estado de saúde de James White, Butler foi eleito presidente da Conferência Geral.
  10. 10. Tradução da parte salientada “Todos os artigos, exceto os do departamento de Seleções de Escolha e da seção do Lar, que não contenham assinaturas ou outro crédito, são entendidos como sendo do Editor. Todas as assinaturas dos artigos escritos para a Revista serão impressos em letras maiúsculas e os demais dados, em itálico.”
  11. 11. Dentre as funções de um editor está a de revisar tudo o que será publicado. É ele quem define e aprova ou não o que será publicado. Ele é o elo de ligação entre o jornal/revista e o leitor final. As cartas são dirigidas a ele, pois é o responsável e o porta-voz do periódico.
  12. 12. Como foi mostrado, podemos concluir que os textos da Review sobre casamento não estão assinados pelo motivo de que foram escritos por Uriah Smith, o editor, pois como a própria revista anunciou, aquilo que não contém assinatura é provindo da pena dele.
  13. 13. O QUE DIZ O ESPÍRITO DE PROFECIA
  14. 14. “Uma mulher pode estar legalmente divorciada do marido pelas leis do país, mas não divorciada à vista de Deus e de acordo com a lei mais alta. Só há um pecado, o adultério, que pode pôr o esposo e a esposa em posição de se sentirem livres do voto matrimonial à vista de Deus. Embora as leis do país possam permitir o divórcio, à luz da Bíblia continuam como marido e esposa, segundo as leis de Deus.” O Lar Adventista, p.344.
  15. 15. “Vi que a irmã _____, por ora, não tem direito de desposar outro homem; mas se ela, ou qualquer outra mulher, obtiver um divórcio legal na base de adultério por parte do marido, então está livre para casar com quem quiser.” Manuscrito 2, 1863; Carta 4a, 1863. O Lar Adventista, p. 344.
  16. 16. → CORREMOS O SÉRIO RISCO DE REJEITAR OS TESTEMUNHOS POR COLOCAR DÚVIDAS QUANTO À VERACIDADE DO QUE ESTÁ ESCRITO NAS PUBLICAÇÕES ADVENTISTAS. → DEUS CUIDA DE NÓS E DE SUA PALAVRA! ELE NÃO NOS DEIXOU SEM SEGURANÇA!
  17. 17. → SOMOS MESMO (AINDA) SEGUIDORES DA FÉ DOS PIONEIROS ADVENTISTAS? → QUEREMOS SER O REMANESCENTE FINAL, PORÉM DIFERENTE DO REMANESCENTE INICIAL? → ESTAMOS GUARDANDO AS CRENÇAS ORIGINAIS OU CRIANDO NOSSAS PRÓPRIAS DOUTRINAS E CRENÇAS?
  18. 18. Não tem DEUS poder para guardar Sua Palavra? “Disse-me o SENHOR: Viste bem, porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir.” Jeremias 1:12
  19. 19. “Sou eu apenas Deus de perto, diz o Senhor, e não também Deus de longe? Esconder-se-ia alguém em esconderijos, de modo que eu não o veja? Diz o Senhor. Porventura não encho eu os céus e a terra? Diz o Senhor.” Jeremias 23:23-24.
  20. 20. “O último engano de Satanás será exatamente anular o testemunho do Espírito de Deus. "Não havendo profecia, o povo se corrompe." Prov. 29:18. Satanás trabalhará engenhosamente, por diferentes maneiras e por instrumentos diversos, para perturbar a confiança do povo remanescente de Deus no testemunho verdadeiro. Introduzirá visões falsas para desencaminhar, e misturará o falso com o verdadeiro, e assim desgostará o povo para que considerem tudo quanto traz o nome de visões como uma espécie de fanatismo; as almas sinceras, porém, comparando o falso com o verdadeiro, serão habilitadas a distinguir entre elas. ...” ME, v. 2, p.78.
  21. 21. “Conheço seu perigo. Se perder a confiança nos testemunhos, cairá das verdades da Bíblia. Tenho temido que muitos assumiriam uma atitude questionadora, duvidosa, e em minha aflição por sua salvação, quero adverti-lo. Quantos atenderão à advertência? De acordo com sua atitude atual para com os testemunhos, porventura no caso de lhe ser dado um testemunho contrário a seu pensar, corrigindo seus erros, você se sentirá na perfeita liberdade de aceitar ou rejeitar qualquer parte, ou todo ele? Aquilo que menos inclinado se acha a receber pode ser justamente a parte mais necessária. Deus e Satanás jamais trabalham em parceria. Os testemunhos, ou trazem a aprovação de Deus, ou de Satanás. Uma árvore boa não pode produzir fruto mau, nem pode uma árvore má produzir bom fruto. “Pelos seus frutos os conhecereis.” Mateus 7:20. Foi Deus quem o disse. Quem tremeu ante Sua Palavra?” 5 T, p. 98.
  22. 22. “Vi a necessidade dos mensageiros, especialmente, vigiar e conter todo fanatismo onde quer que o vejam surgir. Satanás está fazendo pressão por todos os lados, e a menos que o vigiemos e tenhamos os olhos abertos para os seus enganos e laços, lançando nós mão de toda armadura de Deus, os dardos inflamados do maligno nos atingirão. Há muitas verdades preciosas contidas na Palavra de Deus, mas é a “verdade presente” que o rebanho necessita agora. Tenho visto o perigo de os mensageiros se afastarem dos importantes pontos da verdade presente, para se demorarem em assuntos que não são de molde a unir o rebanho e santificar a alma. Satanás tirará disto toda vantagem possível para prejudicar a Causa.” PE 63.
  23. 23. “Há na natureza humana a tendência de pender para os extremos, e de um extremo a outro inteiramente oposto. Muitos são fanáticos. São consumidos por um ardente zelo, o qual é tomado por religião; mas o caráter é a verdadeira prova do discipulado. Têm eles a mansidão de Cristo? Têm Sua humildade e suave benevolência? Está o templo da alma vazio de orgulho, arrogância, egoísmo e crítica? Caso não seja assim, eles não sabem de que espírito são. Não compreendem que o verdadeiro cristianismo consiste em produzir muito fruto para a glória de Deus.” T5 305.
  24. 24. “O Senhor tem atuado entre vocês, mas Satanás também se tem insinuado, para introduzir o fanatismo. Há outros males ainda a serem evitados. Alguns estão em risco de ficar satisfeitos com os vislumbres que têm tido da luz e do amor de Deus, cessando, portanto, de avançar. A vigilância e a oração não têm sido mantidas. Ao próprio tempo em que se faz a aclamação: “Templo do Senhor, templo do Senhor é este” (Jeremias 7:4), entram tentações, e as trevas se adensam ao redor da alma — mundanismo, egoísmo e exaltação própria. Há necessidade de que o próprio Senhor comunique Suas ideias à pessoa. Que pensamento! — que em lugar de nossas pobres ideias e planos acanhados, terrenos, o Senhor nos comunique Suas ideias, Seus pensamentos nobres, largos, de vasto alcance, sempre apontando para o Céu!” T5 485.
  25. 25. Deixemos que somente Deus possa unir e separar quem Ele deseja. Deixemos que Ele chame muitos casais, ligados pelos laços do casamento bíblico, para trabalhar unidos para a obra de Deus!
  26. 26. Projeto PREPARAR UM POVO marildabarcellos@hotmail.com

×