Ativ2 plano-de-aula-midia-digital

7.432 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.432
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
225
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
58
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ativ2 plano-de-aula-midia-digital

  1. 1. PLANEJANDO AULA EM POWER POINT
  2. 2. TEMA: MEMÓRIAS DE PORTO NACIONAL
  3. 3. <ul><li>Série: 8º ano </li></ul><ul><li>Disciplina: Língua Portuguesa </li></ul><ul><li>Professora: Maria das Mercês Dias G. da Silva </li></ul><ul><li>Vídeo escolhido: Águas de todas as águas do Tocantins </li></ul><ul><li>Conteúdos ministrados: </li></ul><ul><li>_Gênero: Memórias literárias </li></ul><ul><li>_Uso do pretérito perfeito e imperfeito no texto de memórias. </li></ul><ul><li>_Uso da vírgula, travessão e exclamação no texto de memórias. </li></ul><ul><li>_Vocabulário: uso de palavras e expressões usadas para remeter ao passado. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Objetivos: </li></ul><ul><li>_Oportunizar o contato dos alunos com vários textos de memórias; </li></ul><ul><li>_Apresentar os recursos linguísticos utilizados pelos autores nos textos de memórias; </li></ul><ul><li>_Incentivar a produção de memórias do lugar de vivência dos alunos. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>1ª atividade _ Dividir a turma em 7 grupos </li></ul><ul><li>Vocês foram convidados a ajudar organizar um concurso de frase com a temática “O que em meu município tem valor para toda a comunidade local”. Anunciem o concurso de frases aos alunos da escola. O primeiro passo é a produção de um cartaz com as informações aos participantes. Elaborem o cartaz apresentando o nome do concurso, premiação, data e local da inscrição, um texto que estimule a produção da frase e uma ilustração da cidade. </li></ul>
  6. 6. Questões levantadas para provocar reflexão: <ul><li>2ª atividade: </li></ul><ul><li>_Exibição do vídeo “ Águas de todas as águas do Tocantins”; </li></ul><ul><li>_Dinâmica: Dividir a turma em pequenos grupos e sugerir que façam uma viagem no tempo e resgatem as lembranças do Rio Tocantins : </li></ul><ul><li>__Que recordações esse vídeo traz a você? Você chegou a conhecer o Rio Tocantins em seu município? Tomou banho na praia Porto real? </li></ul><ul><li>_Tem alguma lembrança, objeto ou foto antigo que lembre esse Rio? </li></ul><ul><li>__Sabendo que pessoas são as mais ricas fontes de memória, existe alguém em sua comunidade que tem uma memória rica do Rio Tocantins ? </li></ul>
  7. 7. <ul><li>3ª atividade: Dividir a turma em grupos e propor uma conversa com pessoas idosas de Porto Nacional sobre a construção do lago, depois selecionar as informações mais importantes e socializar. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>4ª atividade: </li></ul><ul><li>Produção do primeiro texto individual para intervir no processo de aprendizagem do aluno com base no diagnóstico inicial </li></ul><ul><li>Escrita das memórias de uma das pessoas com quem conversaram, colocando-se no lugar dela , como se fosse o entrevistado. Você terá a incumbência de contar como Porto Nacional foi parcialmente inundada, prejudicando a comunidade ribeirinha e destruindo totalmente a maior fonte de lazer do município “as praias do Rio Tocantins”. </li></ul>
  9. 9. Gênero “Memórias literárias”. <ul><li>São textos que recuperam uma época com base em lembranças pessoais. Quem as produz, em geral, são escritores convidados por editoras para narrar suas memórias de modo literário. Esse texto tenta despertar as emoções do leitor por meio da beleza e da profundidade da linguagem. Quem escreve quer envolver quem lê com as memórias que estão sendo contadas. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Nas memórias literárias, o que é contado não é a realidade exata. A realidade dá base ao que está sendo escrito, mas o texto traz boa dose de inventividade. </li></ul><ul><li>Algumas marcas comuns aos textos de memórias são: </li></ul><ul><li>*Expressões em primeira pessoa usadas pelo narrador, como eu lembro... </li></ul><ul><li>*Verbos que remetem ao passado; </li></ul><ul><li>*Palavras utilizadas na época evocada; </li></ul><ul><li>*Expressões que ajudam a localizar o leitor na época narrada, como “naquele tempo”; </li></ul><ul><li>*Participação de outros personagens; de pessoas presentes nas lembranças dos entrevistados. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>5ª atividade : </li></ul><ul><li>As memórias podem falar sobre vários aspectos: o modo de vida das pessoas, como era a escola, as brincadeiras de infância, a transformação da cidade ou do lugar, as festividades, os episódios pitorescos ou acontecimentos marcantes. Com essa visão produzam textos baseados nos comandos recebidos. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Dividir a turma em grupos e propor as atividades de estudo do texto: </li></ul><ul><li>1º grupo: </li></ul><ul><li>Realize a leitura do capítulo X do Romance “Pedras de fogo” de Edivaldo Rodrigues, escolha trechos que descrevem a igreja Nossa Senhora das Mercês e apresente aos colegas. Lembrem-se para se fazer uma boa descrição é importante trazer à lembrança sensações, impressões e informações captadas pelos nossos sentidos: cheiros, sabores, formas, cores, sons. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>2º grupo: Quando escrevemos, usamos a entonação para expressar o que queremos. Na escrita são os sinais de pontuação que organizam o pensamento e facilitam a compreensão de quem lê. O travessão serve entre outras coisas para destacar ou explicar trechos desconhecidos do leitor. Saboreiem a leitura do trecho do Romance de Edvaldo Rodrigues sobre a inauguração da Catedral Nossa Senhora das Mercês e em seguida escolham um trecho que tenham palavras que vocês consideram desconhecidas para o leitor e reescrevam o trecho usando o travessão para intercalar a explicação do termo desconhecido. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>3º grupo: Ao escreverem memórias, os escritores se preocupam em caracterizar os lugares e pessoas do passado. Eles também fazem a comparação entre o tempo antigo e o atual, mostrando a diferença. Degustem o trecho do Romance “Pedras de Fogo” de Edvaldo Rodrigues. Esse trecho nos remete a inauguração da igreja Nossa Senhora das Mercês. Escolham um fragmento e faça comparações entre a Catedral e seus arredores no ano de inauguração e dos dias de hoje. </li></ul>
  15. 15. 6ª atividade: Produção final das memórias de Porto Nacional
  16. 16. <ul><li>1º grupo: Imagine que você é morador do município de Porto nacional e foi convidado a produzir um texto de memória narrando o tombamento do Centro Histórico do município. Capriche! Seu texto será publicado no jornal da cidade. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>2º grupo:Terminada as saudações à Ressurreição de Cristo, os Portuenses iniciam um novo culto. Dessa vez para homenagear a terceira pessoa da Santíssima Trindade. O Espírito Santo será glorificado ao longo de 40 dias, em rituais religiosos, que vão culminar, na grande festa do Divino, uma das mais importantes manifestações culturais da região. Imagine que você seja um foleão que acompanha esta festa e redija uma memória narrando todo o ritual. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>3º grupo: No dia 24 de setembro é comemorado da padroeira de Porto Nacional (Nossa Senhora das Mercês). Imagine que você participa todos os anos das manifestações culturais e religiosas dessa festa. Produza uma memória narrando esse evento. </li></ul>

×