CLC5 – Fundamentos de Cultura, Língua e
Comunicação
Cultura, Comunicação e Media
A Arte Digital
Os Museus Virtuais
A Arte ...
O conceito de arte digital engloba toda e qualquer manifestação artística
produzida através de processos virtuais e em amb...
A Arte Digital
Exemplos
O museu virtual é essencialmente um museu sem fronteiras, capaz de criar
um diálogo virtual com o visitante, dando-lhe uma...
https://www.google.com/culturalinstitute/home?view=grid
Os Museus Virtuais
http://mv.vatican.va/3_EN/pages/MV_Visite.html
Os Museus Virtuais
Os Museus Virtuais
http://www.valentinogaravanimuseum.com//
http://museu.gulbenkian.pt/Museu/pt/Museu/VisitaVirtual
(Museu Gulbenkien)
http://www.moma.org/interactives/destination/
(...
Arte interativa é a forma de arte que envolve a participação do
espectador. Alguns criativos de arte interativa conseguem ...
Vários artistas adotaram cedo novas interfaces e técnicas para obter a participação
do espectador; novos meios de expor a ...
Arte interativa
Antonin Fourneau_Água Light
Graffiti
Arte interativa
O artista Chris O'Shea que, junto com a Nexus
Interactive Arts, criou a parte interativa digital na nova
a...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho 2

282 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
282
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
127
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho 2

  1. 1. CLC5 – Fundamentos de Cultura, Língua e Comunicação Cultura, Comunicação e Media A Arte Digital Os Museus Virtuais A Arte Interativa Dulce Varino Velho 2014-05-15 Digital Art Of Adam Martinakis
  2. 2. O conceito de arte digital engloba toda e qualquer manifestação artística produzida através de processos virtuais e em ambiente gráfico computacional. Tem por objetivo criar obras de arte multimídia por intermédio de software e hardware, em um espaço virtual. Existem diversas categorias de arte digital, tais como: Os resultados podem ser apreciados depois de "impressos" em um suporte 2D ou em um objeto 3D. As primeiras experiências começaram na década de 1960 e deram início a um longo processo de aprendizagem para os artistas, que passaram do material convencional para as simulações criadas a partir de ordens numéricas de 0 e1. A Arte Digital pintura digital impressão digital modelagem digital fotografia digital animação digital vídeo digital
  3. 3. A Arte Digital Exemplos
  4. 4. O museu virtual é essencialmente um museu sem fronteiras, capaz de criar um diálogo virtual com o visitante, dando-lhe uma visão dinâmica, um contacto interativo com a uma coleção e com o espaço expositivo através da internet. É também conhecido como museu online, museu eletrónico, hypermuseu, museu digital, cibermuseu ou museu na web. É um museu paralelo e complementar, que privilegia a comunicação como forma de envolver e dar a conhecer determinado património. Os visitantes virtuais podem consultar toda a informação que pretendem antes ou depois da visita física. A visita virtual poder ser um complemento à visita física. Os museus virtuais são aqueles que trabalham o património por meio de ações museológicas, mas que não necessariamente têm suas portas abertas ao público em seu espaço físico. OS Museus Virtuais
  5. 5. https://www.google.com/culturalinstitute/home?view=grid Os Museus Virtuais
  6. 6. http://mv.vatican.va/3_EN/pages/MV_Visite.html Os Museus Virtuais
  7. 7. Os Museus Virtuais http://www.valentinogaravanimuseum.com//
  8. 8. http://museu.gulbenkian.pt/Museu/pt/Museu/VisitaVirtual (Museu Gulbenkien) http://www.moma.org/interactives/destination/ (Modern Art in New York City) http://museu.rtp.pt/#/pt (Museu RTP) http://www.vatican.va/various/cappelle/sistina_vr/index.html (Capela Sistina) http://www.360tr.com/kudus/kiyamet_eng/index.html (Igreja do Santo Sepulcro) http://museu.presidencia.pt/vv/ http://www.virtualshoemuseum.com (Museu do sapato) OS Museus Virtuais Hyperlink
  9. 9. Arte interativa é a forma de arte que envolve a participação do espectador. Alguns criativos de arte interativa conseguem que o espectador ande pela obra, como grandes esculturas ou instalações, ou mesmo fazendo o espectador literalmente vestir a obra como uma peça de roupa. Outros trabalhos incluem computadores e sensores para responder a movimento, sons, calor ou outros tipos de estímulo. Muitas obras de arte na Internet ou arte eletrónica são altamente interativas, fazendo o visitante navegar por hipertextos, aceitando que a participação ou a influência da audiência local ou remota altere o curso da obra. Se distingue pelo diálogo entre a peça e o participante, que muitas vezes é convidado a interagir com a obra, que, por sua vez, permite a interação. Arte interativa não deve ser confundida com outros tipos de arte que não permitem este diálogo. Arte interativa
  10. 10. Vários artistas adotaram cedo novas interfaces e técnicas para obter a participação do espectador; novos meios de expor a obra, como vídeos, laser, mecatrônica; novas formas de interação humano-humano e humano-máquina, como telecomunicações, jogos eletrónicos e Internet; e novos contextos sociais de interatividade, como crítica social, liberação e política. Arte interativa Aaron Sherwood - Firewall
  11. 11. Arte interativa Antonin Fourneau_Água Light Graffiti
  12. 12. Arte interativa O artista Chris O'Shea que, junto com a Nexus Interactive Arts, criou a parte interativa digital na nova ala infantil do Royal Hospital de Londres. http://file.org.br/interactive_installation/kasia-molga-erik-overmeire-entropy/ http://file.org.br/interactive_installation/lawrence-malstaf/

×