Escola no estado novo

299 visualizações

Publicada em

trabalho de historia

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
299
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • A escola era muito rigorosa
  • Escola no estado novo

    1. 1. Catarina cunha 6va nº14 Prof: cristina vinagre HGP Escola secundaria de vilela
    2. 2. • A escola no estado nova era muito diferente da do nosso tempo. Quando os nossos avós andavam na escola, os pais deles não os iam levar nem buscar. Só iam à escola quando entravam para a primeira classe, no dia da abertura das aulas, ou quando os professores lá os chamavam, porque trabalhavam no campo e não podiam faltar ao trabalho. A escola tinha uma sala de aulas para os rapazes e outra para as raparigas. Os meus avós iam para a escola a pé, fosse longe ou perto, chovesse ou fizesse sol. Quando chovia, chegavam molhados à escola. A braseira pouco aquecia e eles ficavam com frio e molhados várias horas. A maioria dos meninos no tempo dos nossos avós, andavam descalços, porque os pais não tinham dinheiro para lhes comprar umas botas ou sapatos
    3. 3. • Os móveis da sala de aula eram poucos, apenas carteiras, a mesa, a cadeira da professora e armários. As carteiras tinham tampo inclinado com uma ranhura para meter os lápis e as canetas e um buraco para meter o tinteiro das canetas. Nas paredes havia mapas .Todos os dias tinham de rezar e de cantar o Hino nacional .Os professores eram muito respeitados pelos pais que lhes davam a liberdade de castigar os seus filhos. Os castigos podiam ser desde puxões de orelhas a bofetadas e até mesmo a reguadas! A maior parte da matéria era para ser decorada e recitada na pontinha da língua: 2x2=4, 2x3=6, 2x4=8…A maior parte das crianças abandonava a escola após a quarta classe, pois os pais não tinham dinheiro para que eles continuassem o seu percurso escolar e precisavam da ajuda dos filhos para as diversas actividades do campo e domésticas.

    ×