Maturidade afetiva

641 visualizações

Publicada em

Formação sobre Maturidade afetiva

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
641
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
310
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Maturidade afetiva

  1. 1. Maturidade Afetiva Juvecc 2015
  2. 2. O que é maturidade? • É levar a plenitude as potencialidades e capacidade humanas, espirituais e sociais. • É processual e não se cristaliza • Não está vinculada a idade mas sim a etapas ▫ Infancia: Egocentrismo ▫ Adolescencia: ▫ Vida Adulta • Nós amadurecemos naturalmente ou precisamos educar os nossos afetos para conquistar a maturidade afetiva? • Não! Muita coisa pode atrapalhar ou até mesmo travar esse processo de amadurecimento humano. ▫ Ex.: Sindrome de Peter pan ▫ Fixação na adolescencia ▫ Infantilização da vida adulta
  3. 3. Etapas • Infancia – Puberdade – Vida adulta • Não necessariamente tem haver com a idade cronologica. • A pessoa pode ter um alto nivel intelectual e um analfabetismo afetivo. • Jung fala de duas etapas: ▫ 1- encontra sua identidade, é capaz de enfrentar o mundo, e fortalece o self. ▫ 2- Relativisa a pessoa, reconhece e aceita suas sombras, integra dentro de si Anima e animus, desapega-se de seu ego e reconhece que apenas um estabulo onde Deus nasce.
  4. 4. • Recebe amor 100% • Recebe amor e doa de si • • Doa de si
  5. 5. Maturidade no amor • Como nós sentimos realizados? • Quanto mas nosso amor estiver distante do utilitarismo, do egoísmo, e proximo da comunhão, e da verdadeira entrega como dom de si para o outro. • Como amadurecer o amor: ▫ Construir sua vida afetiva sob bases solidas ▫ Capacidade de olhar o outro de forma realista sem idealizações ▫ Considera os afetos como dinamicos e as pessas com ser humano em contrução
  6. 6. Educar os afetos • Educar ou reeducar? • Liberdade e autonomia • “O homem só se torna maduro quando enfrenta sua própria solidão!” (Bento XVI). • Os relacionamento sem maturidade são destrutivos. • A maturidade afetiva integra a razão e a emoção e as coloca a serviço da felicidade da pessoa. • Capacidade de lidar bem consigo mesma e com as outras pessoas. • É um reconciliado com a vida e com sua felicidade, portanto, apresenta um semblante confiante e sereno.
  7. 7. Caracteristica da maturidade • Discernimento • Liberdade e responsabilidade • Damos as coisas a importancia que elas tem. • Percebe a presença de Deus na corporeidade e no mundo. • Admiti suas necessidades e decide livremente satisfazer ou se quer renunciar. • Se orienta por sua escala de valores e não pelas expectativas dos outros. • Aceitação de si mesmo com todas as suas fragilidades. • Otimismo com sua historia pessoal e famíliar. • Não tem medo de pedir perdão. • Ama o que tem agora e não fica esperando algo para aí sim se realizar. • Capacidade de vivencias momentos de solidão.
  8. 8. Imaturo • Coloca facilmente sua felicidade e suas escolhas na mão dos outros. • Medo da intimidade • Caracteristicas da família, dos grupos, podem proporcionar verdadeiras alavancas de maturidade ou atrasos nesse processo. • Coloca culpa sempre fora de si. • Foge sempre para um mundo imaginario. • Vive muito preso ao passado. • Tem comportamentos rigidos e dificuldade de adaptar-se as mudanças. • Desconhecimento de si mesmo • Instabilidade emocional • Não gosta de assumir responsabilidades • Visão distorcida da realidade.
  9. 9. Co-dependecia afetiva • Adoecimento afetivo que forma um ciclo viciante onde de um lado está uma personalidade dominadora e do outro o dependente. • A personalidade Dependente • A personalidade agressiva • Cortar o “cordão umbilical” -> diferenciar-se • Alteridade e autonomia • Como se livrar da co-dependência ▫ Admitir ▫ Abrir jogo ▫ Oração e cura interior ▫ Sacramentos ▫ Acompanhamento e orientação
  10. 10. Debates finais • “O homem é uma sintese de infinito e finito, temporal e eterno, de liberdade e necessidade, é em resumo, uma sintese” (Kierkegaard). • "A verdadeira maturidade é atingir a seriedade de uma criança brincando." (SørenKierkegaard) • Mudança acontece quando alguém se torna o que é, e não quando tenta ser como não é, mas acha que deveria ser. Somente deixando de querer mudar algo, entregando-nos plenamente à nossa situação real atual, uma mudança ordenada e coerente torna-se possível. • A maturidade pode ser contatada nos frutos do Espírito Gl 5,22 • Rir de si mesmo é um grande sinal de maturidade. • Jonas e lição da mamoreira (Jn 4,1-11) • O amadurecimento requer ambos o reconhecimento da realidade de alguém, de seus verdadeiros dons e talentos e dos seus limites.

×