Resumo de História Antigo Regime

14.656 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
2 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.656
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
2
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resumo de História Antigo Regime

  1. 1. O Antigo Regime O Antigo Regime ocorreu entre os séculos XVI e XIX.
  2. 2. O Antigo Regime O regime político adotado foi o Absolutismo.
  3. 3. O Antigo Regime As principais atividades económicas eram a agricultura, o comércio e a indústria manufatureira.
  4. 4. O Antigo Regime As medidas defendidas pelo Mercantilismo eram a acumulação de metais preciosos, balança comercial favorável, criação de indústrias manufatureiras e criação de leis pragmáticas.
  5. 5. O Antigo Regime A sociedade organizava-se da seguinte forma:
  6. 6. Mercantilismo O ministro português defensor do Mercantilismo do reinado de D. Pedro II foi o Conde da Ericeira e do reinado de D. José I foi o Marquês de Pombal.
  7. 7. Medidas para defesa da economia nacional
  8. 8. Cláusulas do Tratado de Methuen A Inglaterra ameaçou Portugal que deixava de comprar os vinhos do Douro.
  9. 9. Consequências da descoberta de ouro do Brasil D. João V pôde sustentar uma corte faustosa; Consequências boas Proteger as artes e a cultura.
  10. 10. Consequências da descoberta de ouro do Brasil Estagnação da economia portuguesa Consequências más Portugal passou a viver à custa do ouro e deixou de produzir
  11. 11. Depois de tudo isto... A exportação de tecidos ingleses aumentou; A produção nacional de cereais diminuiu; A produção manufatureira era insuficiente para as necessidades do país.
  12. 12. Terramoto de 1755... No dia 1 de novembro de 1755, às 09h00, Lisboa foi abalada por um tremor de terra que durou nove minutos.
  13. 13. Locais atingidos... Os locais do país mais atingidos por esta catástrofe foram Lisboa, a Costa Alentejana e o Algarve.
  14. 14. Outros cataclismas... Incêndio causado pela queda de candeeiros e candelabros. Tsunami.
  15. 15. Resoluções do Marquês de Pombal Para a reconstrução de Lisboa utilizaram o tipo de planta ortogonal.
  16. 16. Resoluções do Marquês de Pombal Os edifícios eram construídos a partir de uma armação chamada de gaiola, com vigas em madeira, que depois eram cobertas com as paredes de areia e cal. Os edifícios eram, em regra, de quatro pisos, com um rés-do-chão alto.
  17. 17. Resoluções do Marquês de Pombal As ruas passaram a ser largas, retas e paralelas e perpendiculares umas às outras.
  18. 18. Medidas tomadas pelo Marquês de Pombal para dominar as ordens privilegiadas Expulsou a companhia de Jesus ou os Jesuítas para acabar com o monopólio da igreja no ensino e na missionação (1759). Perseguiu e condenou membros de famílias da alta nobreza, como por exemplo, a execução dos Távora.
  19. 19. Medidas tomadas pelo Marquês de Pombal para reforço do Estado Criou novos órgãos da administração pública:  Junta do comércio – para controlar o comércio e icentivar as manufaturas.  Real mesa censória – para controlar publicações de livros e jornais.  Itendência geral da polícia – para garantir a segurança pública.  Erário régio – para controlar as finanças.
  20. 20. FIIIIIM (: Catarina

×