MELHOR GESTÃOMELHOR ENSINOFORMADORA: PRISCILACRISTINA RIBEIROSARMENTOTURMA 2 – MAIO/2013
Professoras envolvidas na construção dasequência didática direcionada para o 6º ano.Analú Cristina Cerozzi da Silva Vieira...
AVESTRUZ, de Mário Prata.O filho de uma grande amiga pediu, de presente pelos seus 10 anos, um avestruz. Cismou, fazer o q...
Ativação de conhecimentos de mundo; antecipação oupredição; checagem de hipóteses.TEMPESTADE DE IDEIAS.Para que possamos t...
Localização de informações; comparação deinformações; generalizações.CONSTRUÇÃO DE FICHATÉCNICA.Nesta etapa é chegada a ho...
FICHA TÉCNICANome do bicho:____________________________________________Peso:______________________________________________...
Após o registro da ficha técnica e sistematização acerca do animal emquestão, os alunos serão organizados em grupo e receb...
Recuperação do contexto de produção; definição definalidades e metas da atividade da leitura.PRODUÇÃO TEXTUAL.Nesta etapa,...
A próxima etapa consiste em criar uma forma de registro artístico.Sendo assim, cada aluno fará uma tira para expor a produ...
RODA DE LEITURA.Para finalização da sequência didática os alunossocializarão as produções criadas em sala de aulaatravés d...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sequencia didatica de maria clara

548 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
548
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
55
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sequencia didatica de maria clara

  1. 1. MELHOR GESTÃOMELHOR ENSINOFORMADORA: PRISCILACRISTINA RIBEIROSARMENTOTURMA 2 – MAIO/2013
  2. 2. Professoras envolvidas na construção dasequência didática direcionada para o 6º ano.Analú Cristina Cerozzi da Silva VieiraAndréia CambiraAneleh Thaís da SilvaCintia de Cássia GabrielJanai Nascimento SantosKátia Cristina AraújoMaria Clara de Oliveira MirandaMaria Lúcia F. Martins BragaNeusa de Almeida Coutinho PotonyaczValéria Menezes
  3. 3. AVESTRUZ, de Mário Prata.O filho de uma grande amiga pediu, de presente pelos seus 10 anos, um avestruz. Cismou, fazer o quê? Moramem um apartamento em Higienópolis, São Paulo. E ela me mandou um e-mail dizendo que a culpa era minha. Sim, porquefoi aqui ao lado de casa, em Floripa, que o menino conheceu os avestruzes. Tem uma plantação, digo, criação deles.Aquilo impressionou o garoto.Culpado, fui até o local saber se eles vendiam filhotes de avestruz. E se entregavam em domicílio.E fiquei a observar a ave. Se é que podemos chamar aquilo de ave. O avestruz foi um erro da natureza, minhaamiga. Na hora de criar o avestruz, Deus devia estar muito cansado e cometeu alguns erros. Deve ter criado primeiro ocorpo, que se assemelha, em tamanho, a um boi. Sabe quanto pesa um avestruz? Entre 100 e 160 quilos, fui logoavisando a minha amiga. E a altura pode chegar a quase 3 metros - 2,70 para ser mais exato.Mas eu estava falando da sua criação por Deus. Colocou um pescoço que não tem absolutamente nada a vercom o corpo. Não devia mais ter estoque de asas no paraíso, então colocou asas atrofiadas. Talvez até sabiamente paraevitar que saíssem voando em bandos por aí, assustando as demais aves normais.Outra coisa que faltou foram dedos para os pés. Colocou apenas dois dedos em cada pé. Sacanagem, Senhor!Depois olhou para sua obra e não sabia se era uma ave ou um camelo. Tanto é que, logo depois, Adão, dando osnomes a tudo o que via pela frente, olhou para aquele ser meio abominável e disse: Struthio camelus australis. Que é onome oficial da coisa. Acho que o struthio deve ser aquele pescoço fino em forma de salsicha.Pois um animal daquele tamanho deveria botar ovos proporcionais ao seu corpo. Outro erro. É grande, mas nemtanto. E me explicava o criador que os avestruzes vivem até os 70 anos e se reproduzem plenamente até os 40, entrandodepois na menopausa. Não têm, portanto, TPM. Uma fêmea de avestruz com TPM é perigosíssima!Podem gerar de dez a 30 crias por ano, expliquei ao garoto, filho da minha amiga. Pois ele ficou mais animadoainda, imaginando aquele bando de avestruzes correndo pela sala do apartamento.Ele insiste, quer que eu leve um avestruz para ele de avião, no domingo. Não sabia mais o que fazer.Foi quando descobri que eles comem o que encontram pela frente, inclusive pedaços de ferro e madeiras.Joguinhos eletrônicos, por exemplo. Máquina digital de fotografia, times inteiros de futebol de botão e, principalmente,chuteiras. E, se descuidar, um mouse de vez em quando cai bem.Parece que convenci o garoto. Me telefonou e disse que troca o avestruz por cinco gaivotas e um urubu.Pedi para a minha amiga levar o garoto a um psicólogo. Afinal, tenho mais o que fazer do que ser gigolô deavestruz.
  4. 4. Ativação de conhecimentos de mundo; antecipação oupredição; checagem de hipóteses.TEMPESTADE DE IDEIAS.Para que possamos trabalhar o texto mencionado anteriormentecomeçaremos com a tempestade de ideias que consiste em o alunodizer tudo o que lhe vem à cabeça quando dizemos ou pensamosem AVESTRUZ.Exemplo: mamífero, grandão, pescoço grande, vive 20 anos,herbívoro, carnívoro, anfíbio, agressivo, come na mão...Observação: neste momento não deve haver censura sobre o queo aluno está falando e nem deve ocorrer intervenções nesta etapa.O pensamento é livre.
  5. 5. Localização de informações; comparação deinformações; generalizações.CONSTRUÇÃO DE FICHATÉCNICA.Nesta etapa é chegada a hora de construirmos juntos umaficha técnica que sistematize todas as informações científicas arespeito do animal, ou seja, iremos comparando as informaçõesapresentadas na “tempestade de ideias” com as que o professortrouxer (texto científico, porém com uma linguagem acessível) arespeito do animal em questão.Por último, todos registrarão as informações sobre o mesmono caderno.
  6. 6. FICHA TÉCNICANome do bicho:____________________________________________Peso:____________________________________________________Comprimento:_____________________________________________Onde vive:________________________________________________Alimentação:______________________________________________Tempo de vida:____________________________________________Características:____________________________________________Você sabia?_______________________________________________________________________________________________________Ilustre o animal em questão.
  7. 7. Após o registro da ficha técnica e sistematização acerca do animal emquestão, os alunos serão organizados em grupo e receberão o textoAVESTRUZ todo recortado e embaralhado.Em grupo, deverão organizar o texto de forma que o mesmo se tornecompreensível.Assim que finalizarem a organização do texto o professor solicitaráque os alunos pesquisem palavras desconhecidas por eles nodicionário.E como etapa seguinte, o professor fará a leitura do texto resgatando ahistória oralmente e coletivamente. É uma ótima oportunidade pararetomar os elementos da narrativa.
  8. 8. Recuperação do contexto de produção; definição definalidades e metas da atividade da leitura.PRODUÇÃO TEXTUAL.Nesta etapa, cada aluno produzirá um final para o texto lido. Elepoderá escolher entre as duas propostas abaixo:1ª proposta: criar uma narrativa que ilustre a nova escolha do menino– criar cinco gaivotas e um urubu (dentro do apartamento);2ª proposta: criar uma narrativa que conte que a mãe do menino nãoaceitou a troca, o levou ao psicólogo e o desfecho acerca destavisita.
  9. 9. A próxima etapa consiste em criar uma forma de registro artístico.Sendo assim, cada aluno fará uma tira para expor a produção escrita.CONSTRUÇÃO DE TIRA.
  10. 10. RODA DE LEITURA.Para finalização da sequência didática os alunossocializarão as produções criadas em sala de aulaatravés da roda de leitura.

×