Fernando Pessoa, Mensagem
Plural 9, Raiz Ed., pág. 217
Resolução do questionário
1ª estrofe
 1.1. O sujeito poético dirige-se ao mar.
 “Ó mar salgado, quanto do teu sal/ São lágrimas de
Portugal!” […] ...
2ª estrofe
 2.1. Valeu a pena (esse imenso sofrimento)?
 2.2. “Tudo vale a pena/ Se a alma não é pequena”
 a) Todos os ...
2ª estrofe
 2.3. “Quem quer passar além do Bojador / Tem que
passar além da dor.”
 O Bojador é um dos espaços que, simbo...
2ªestrofe
 2.4. Em síntese:
 O enorme
sofrimento causado
pelas viagens de
descoberta de
caminhos marítimos
valeu a pena ...
Mar Português, Mensagem, Fernando Pessoa, raiz Editora, 9º ano
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mar Português, Mensagem, Fernando Pessoa, raiz Editora, 9º ano

6.610 visualizações

Publicada em

Mar Português, Mensagem, Fernando Pessoa, questionário, raiz Editora, 9º ano

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.610
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.082
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mar Português, Mensagem, Fernando Pessoa, raiz Editora, 9º ano

  1. 1. Fernando Pessoa, Mensagem Plural 9, Raiz Ed., pág. 217 Resolução do questionário
  2. 2. 1ª estrofe  1.1. O sujeito poético dirige-se ao mar.  “Ó mar salgado, quanto do teu sal/ São lágrimas de Portugal!” […] “Para que fosses nosso, ó mar!”  1.2. Ao longo da estrofe utilizam-se frases do tipo exclamativo.  1.3. Estes versos são particularmente expressivos porque nos dão de forma muito intensa, a noção do muito que se chorou em Portugal e nas viagens, a ponto de as lágrimas portuguesas contribuírem para aumentar o sal que há no mar.  1.4. Nesta estrofe evidencia-se um imenso sofrimento, dor, perda.
  3. 3. 2ª estrofe  2.1. Valeu a pena (esse imenso sofrimento)?  2.2. “Tudo vale a pena/ Se a alma não é pequena”  a) Todos os esforços valem a pena para quem tem o desejo de ir sempre mais além, de fazer sempre mais e melhor.
  4. 4. 2ª estrofe  2.3. “Quem quer passar além do Bojador / Tem que passar além da dor.”  O Bojador é um dos espaços que, simbolicamente, representa os perigos do mar que os portugueses tinham de vencer para alcançar os seus objetivos.  Quem quer vencer, quem tem sempre um novo objetivo a atingir, um novo sonho a alcançar tem de ultrapassar obstáculos, tem de saber enfrentar a dor. Nada se alcança sem esforço, determinação e sofrimento.
  5. 5. 2ªestrofe  2.4. Em síntese:  O enorme sofrimento causado pelas viagens de descoberta de caminhos marítimos valeu a pena pela concretização de um sonho – abrir ao mundo as portas de um novo mundo.

×