Gramática exercícios

4.543 visualizações

Publicada em

exercícios de revisão com soluções

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.543
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.714
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
96
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gramática exercícios

  1. 1. REVISÕES
  2. 2.  a) As redes sociais são um fenómeno decomunicação ligado à tecnologia. b) As mulheres portuguesas usam as redessociais frequentemente. c) Infelizmente, as relações pessoais sãomenos autênticas.a) sujeito; b) modificador do grupo verbal;c) predicativo do sujeito
  3. 3.  a) A Netsonda apresentou resultadosinteressantes. b) Eu li um artigo ao João sobre as vantagensdas redes sociais. c) Os jovens gostam das redes sociais. a) Complemento direto; b) complementoindireto; c) complemento oblíquo
  4. 4.  Identifica os sujeitos das frases seguintes eclassifica-os. a) Eu estou com uma infeção nos olhos. b) Os médicos e os farmacêuticos contactamcom inúmeros doentes. c) Todos os dias, dão conselhos aos doentes. a) “Eu” – sujeito simples; b) “Os médicos e os farmacêuticos” – sujeitocomposto; c) (eles) sujeito nulo subentendido.
  5. 5.  Na frase, “No sábado, realiza-se a Rota doContrabando em Vilar de Perdizes”, o gruposublinhado desempenha a função sintática de (A) complemento oblíquo. (B) complemento indireto. (C) modificador do grupo verbal. (D) complemento direto. (C)
  6. 6.  a) A chuva cai sobre o imenso vale doZambeze. b) O governo moçambicano apoiou osprojetos de desenvolvimento. c) Alegremente, a mulher africana transportaos filhos às costas. d) Sr. Presidente, é preciso alimentar bem apopulação.a) Complemento oblíquo; b) sujeito ecomplemento direto; c) modificador do grupoverbal; d) vocativo.
  7. 7.  a) A liberdade está nas tuas mãos. b) Vou reler cuidadosamente o poema de Pascoald’Artagnan. c) Infelizmente, o ser humano nem sempre évalorizado. d) Li até ao fim um livro de poesia de ManuelAlegre. a) predicativo do sujeito; b) modificador do grupo verbal; c) modificador de frase; d) modificador do grupo verbal.
  8. 8.  a) O Sábio prosseguiu a sua viagem em direçãoao Reino das Sombras. b) O Mendigo foi à aldeia. c) Honestamente, o Sábio era uma personagemcontroversa. d) O público achou a peça muito interessante. a) complemento direto; b) complemento oblíquo; c) modificador de frase; d) predicativo do complemento direto.
  9. 9.  a) Felizmente, José Félix era um criadodedicado. b) Amália espera a compreensão do pai. c) Joaquina sai de cena. d) Duarte considera Amália paciente. a) modificador de frase; predicativo do sujeito; b) sujeito; complemento direto; c) complemento oblíquo; d) predicativo do complemento direto.
  10. 10.  a) Os planetas são, provavelmente, tãonumerosos quanto as estrelas. b) Na opinião dos investigadores, a presençade um planeta em torno de uma estrela seráuma regra. c) Na sala, um silêncio ficou suspenso. a) modificador de frase; b) modificador de frase; c) predicativo do sujeito.
  11. 11.  Classifica o elemento de ligação em cada uma das frases. As planícies de inundação do Zambeze têmum solo muito rico, mas a população éobrigada a abandoná-las no tempo daschuvas. O rio Zambeze, que tem muita água, nascena Zâmbia. “mas”, conjunção coordenativa adversativa;“que”, pronome relativo.
  12. 12.  Classifica as orações sublinhadas. As planícies de inundação do Zambeze têmum solo muito rico, mas a população éobrigada a abandoná-las no tempo daschuvas. O rio Zambeze, que tem muita água, nascena Zâmbia. Oração coordenada adversativa; Oração subordinada adjetiva relativa explicativa.
  13. 13.  A frase « O contrabando era uma “forma devida” porque as pessoas viviam essencialmenteda agricultura»: (A) contém uma oração coordenada. (B) contém uma oração subordinada adverbialfinal. (C) contém uma oração coordenativa. (D) contém uma oração subordinada adverbialcausal. (D)
  14. 14.  Divide e classifica as orações desta frasecomplexa: Na biblioteca, os livros conversavam entresi, contavam histórias de leitores estranhos,falavam dos seus sentimentos. Na biblioteca, os livros conversavam entre si, /contavam histórias de leitores estranhos, /falavam dos seus sentimentos. Orações coordenadas assindéticas (sem conjunção)
  15. 15.  Classifica as orações iniciadas pela conjunção. a) Aquele livro era pouco requisitado, pois eradesinteressante. b) Um professor requisitava o livro de música eanotava as pautas. c) Alguns leitores estragaram os livros, masforam expulsos da biblioteca. a) pois era desinteressante - oração coordenadaexplicativa; b) e anotava as pautas – oração coordenadacopulativa; c) mas foram expulsos da biblioteca – oraçãocoordenada adversativa.
  16. 16.  a) Provavelmente os jovens que praticam umdesporto conseguem concentrar-se mais nasaulas. b) Os meus pais, que me amam, não mefazem todas as vontades. a) oração subordinada adjetiva relativarestritiva; b) oração subordinada adjetiva relativaexplicativa.
  17. 17.  Identifica os três enunciados da coluna B queestabelecem uma relação de subordinação temporalcom o enunciado da coluna A. b. d.; h.
  18. 18.  Reescreve a fraseO governo moçambicano apoiou os projetos dedesenvolvimento.substituindo as expressões sublinhadas pelospronomes pessoais correspondentes. Ele apoiou-os. Reescreve a frase no condicional. Ele apoiá-los-ia.
  19. 19.  Substitui os complementos indicados pelas formasadequadas dos pronomes pessoais. a) O Rui leu, com atenção, o folheto domedicamento. (complemento direto) b) Ao princípio, ele não deu importância aosconselhos do médico. (complemento indireto) c) Durante quinze dias, a mãe dará ao filho amedicação. (complemento direto e complementoindireto) a) O Rui leu-o, com atenção. b) Ao princípio, ele não lhes deu importância. c) Durante quinze dias, a mãe dar-lha-á.
  20. 20.  No processo de formação da palavra“Ecomuseu”: (A) verifica-se a junção de um radical com apalavra ”museu”. (B) verifica-se que resulta de um acrónimo. (C) verifica-se a adoção de elementos lexicaisestrangeiros. (D) verifica-se a fusão de um elemento dapalavra “ecologia” com outra palavra. (D)
  21. 21.  As palavras que se seguem são formadas peloprocesso de parassíntese, exceto uma.Identifique-a. 1. acampar 2. embelezar 3. engordar 4. dignidade 5. alisar dignidade (derivada por sufixação)
  22. 22.  Integra nos grupos A, B, C e D, cada uma das palavrasseguintes, de acordo com o respetivo processo deformação.
  23. 23.  Seleciona a opção que corresponde à única afirmaçãoverdadeira. Na frase “ A iniciativa acontece pelo sétimoano consecutivo”, a palavra sublinhada: (A) pertence à classe dos adjetivos numerais. (B) é um adjetivo qualificativo. (C) pertence à classe dos determinantes. (D) é um nome comum. (A)
  24. 24.  Indica a classe e a subclasse das palavrassublinhadas. a) Qualquer homem deseja a paz. b) Algumas mãos semeiam a guerra. c) A esperança mora em cada um de nós. a) quantificador universal; b) quantificador existencial; c) quantificador universal.
  25. 25.  a) Quando era pequeno, tinha vários animais deestimação. b) A mãe ralhou-me tanto que nunca mais maltrateios bichos-da-seda. c) Se aprendi algo novo contigo, foi por esperar compaciência. d) A fim de poder conhecer melhor o bicho-da-seda,decidi ler artigos científicos sobre estes animais. e) O miúdo correu mais rápido do que o pai. quando – conjunção subordinativa temporal; que – conjunção subordinativa consecutiva; se – conjunção subordinativa condicional; a fim de – locução subordinativa final; do que – locução subordinativa comparativa.
  26. 26.  a) Quantos planetas existem na Via Láctea? b) Os cientistas terão ainda muitas surpresaspor descobrir. c) Haverá mundos como o nosso noutrosplanetas? a) Determinante interrogativo; b) Determinante indefinido; c) Pronome possessivo.
  27. 27.  a) O Sábio prosseguiu a sua viagem em direçãoao Reino das Sombras. b) O Mendigo foi à aldeia. c) Honestamente, o Sábio era uma personagemcontroversa. d) O público achou a peça muito interessante. a) viagem – nome comum; b) à – contração da preposição simples “a” com odeterminante artigo definido “a”; c) honestamente – advérbio de frase; d) interessante – adjetivo qualificativo.
  28. 28.  Indica a subclasse dos pronomes sublinhados: “Via-os a cores e em movimento; algunsfugidios, teimando em não se fixarem, comopersonagens de sonhos breves, outros tãonítidos que lhe pareciam amigos de sempre,vizinhos encontrados todos os dias ao sair decasa.”Ana Saldanha, Escrito na Parede, Caminho os, se, lhe – pronomes pessoais; alguns, outros –pronomes indefinidos.
  29. 29.  Indica a subclasse dos determinantes sublinhados: “O Daniel olhava de soslaio para aquela leitora enão via a mãe do Nicolau, a patroa da sua mãe.Via bruxas, coelhos falantes, meninosdesobedientes e atrevidos, um cavalo negro, umcão que puxava trenós.”Ana Saldanha, Escrito na Parede, Caminho aquela – demonstrativo; a – artigo definido;sua – possessivo; um – artigo indefinido.
  30. 30.  Nas frases seguintes, identifica todos osadjetivos, colocando-os no respetivo lugar doquadro. Aretusa não era uma ninfa marinha, mas umajovem caçadora muito bela. Era a primeira vezque mergulhava naquele rio de águas cristalinas.
  31. 31.  a) As caravanas que percorrem a Rota da Seda. b) O apogeu do comércio entrou em declíniodevido às convulsões políticas. c) Os tecidos de seda custarão mais por causa doaumento do IVA. d) Para que haja mais exportações, é precisoaumentar a qualidade do calçado. e) Se eu investisse no negócio dos tecidos, agorateria um bom negócio.a) presente do indicativo; b) pretérito perfeito doindicativo; c) futuro do indicativo; d) presente doconjuntivo; e) pretérito imperfeito do conjuntivo.
  32. 32.  a) Os investigadores franceses catalogam osexoplanetas sempre que recebem aconfirmação da Nasa. (pretérito perfeitocomposto) b) Os olhos do menino já eram balões quandoa professora lhe ordenou que saísse.(pretérito mais-que-perfeito composto) a) … têm catalogado … b) …tinham sido…
  33. 33.  a) Os pais (pôr) os medicamentos num localseguro por causa das crianças. (pretérito perfeitosimples do indicativo) b) No armário dos medicamentos, (haver) váriosfrascos com etiquetas. (pretérito imperfeitosimples do indicativo) c) O médico (crer) que o doente poderáregressar a casa brevemente. (presente doindicativo) d) Eles tudo (fazer) para que a recuperação sejarápida. (futuro do indicativo) a) puseram; b) havia; c) crê; d) farão.
  34. 34.  a) O general tem sido generoso com o seucriado. b) A peça teria acabado mal, se José Félixnão tivesse ajudado Duarte. a) tem sido – pretérito perfeito composto; b) teria acabado – condicional composto;tivesse ajudado – pretérito mais-que-perfeito doconjuntivo
  35. 35.  Reescreve a frase, fazendo as alteraçõesindicadas: “Despiu-se e meteu-se na águadeliciosamente fresca.” a) na negativa; b) no futuro simples do indicativo; c) no condicional simples. a) Não se despiu e não se meteu na água… b) Despir-se-á e meter-se-á na água… c) Despir-se-ia e meter-se-ia na água…
  36. 36.  a) Duarte diz muitas mentiras. b) Duarte será ajudado por José Félix. c) Tu dramatizaste a peça de AlmeidaGarrett. a) Muitas mentiras são ditas por Duarte. b) José Félix ajudará Duarte. c) A peça de Almeida Garrett foi dramatizada porti.
  37. 37.  Escreve no discurso direto a seguinte frase: O Nicolau disse ao Daniel que a sua mãe erauma escritora a fingir. Perguntou-lhe se, nasemana seguinte, ele queria ir lá a casaouvir mais histórias que a mãe dele contava. O Nicolau disse ao Daniel:- A minha mãe é uma escritora a fingir. Napróxima semana, queres vir cá a casa ouvir maisuma das histórias que a minha mãe conta?
  38. 38.  Indica a alínea que reproduz corretamente emdiscurso indireto a seguinte frase:- Ontem fui a casa do Nicolau e a mãe deleleu-nos uma história – contou o Daniel. a) O Daniel contou que, ontem, tinha ido a casa doNicolau e que a mãe dele lhes tinha lido umahistória. b) O Daniel contou que tinha ido a casa do Nicolauno dia anterior e que a mãe dele lhes leu umahistória. c) O Daniel contou que, no dia anterior, tinha ido acasa do Nicolau e que a mãe dele lhes tinha lidouma história. c)
  39. 39.  Prova superada! Para aprofundares os teus conhecimentos, consultatambém as páginas da Gramática do teu manual e revê osexercícios do Caderno do Aluno.

×