IMPERIALISMO (I)
Profa. Margareth C. Franklim
Metralhadora Maxim com o seu inventor
Máscara Nigéria
“Não há um
documento da
cultura que não
seja, ao mesmo
tempo, um
documento da
barbárie.” (W.
Benjamin)
Picasso- les demoiselles d'avignon 1907
O período que antecedeu a Primeira Guerra Mundial
(1914-1918) foi marcado por uma exacerbação do
nacionalismo.
Isso significou
considerar a
Nação a que se
pertencia
melhor do que
as demais
nações e,
portanto, com
mais Direitos.
Cecil...
São manifestações extremadas do
Nacionalismo a xenofobia, o racismo e
a arrogância imperial.
Gaza, 2012
O nacionalismo
nas Grandes
Potências, e sua
pretensão de
superioridade
nacional
redundaram em
políticas
expansionistas e
a...
A disputa capitalista eliminou as empresas mais
fracas. O capitalismo entrou em nova fase, a fase
monopolista.
:
Hoje é muito mais comum o oligopólio - um grupo
de empresas e suas manobras a fim de se posicionar no
topo de seu segmento.
Truste – Um grupo econômico domina
várias unidades produtivas
Cartel – Empresas poderosas, conservando sua
autonomia, combinam repartir o mercado e ditam
os preços dos produtos que fab...
Holding – Uma empresa central,
geralmente uma financeira, detém o controle das
ações de várias outras empresas.
Em fins do século XIX o capitalismo monopolista
adotou a forma de imperialismo, cujo desdobramento
mais visível foi a expa...
Ter colônias :
Razões econômicas: busca crescente de
lucros com a exploração de minas,a
eletrificação de cidades, construç...
Razões políticas : dominação quase sempre estabelecida
através da conquista militar, nova forma de Colonialismo.
Grupo de soldados do Senegal, então colônia francesa
Razões Militares: mais recursos e mais homens
para os exércitos
Razões religiosas(missionários): converter
africanos e asiáticos.
Razões ideológicas: ideologias racistas com status
de ci...
Com a formação dos
Impérios Coloniais,
prevaleceu a crença
na inferioridade de
povos e culturas locais
e até a ideia de qu...
De 1880 até 1935, a África, um continente com cerca
de trinta milhões de quilômetros quadrados, se viu
retalhada, subjugad...
África antes de
1880: apenas
as bordas do
continente
eram
integradas aos
negócios
europeus.
Ate 1880, em cerca de 80% do seu território,
a África era governada por
seus próprios reis, rainhas, chefes de clãs e
de l...
Em 1914, com a única exceção
da Etiópia e da Libéria, a África inteira vê-se
submetida a dominação de potencias europeias ...
Bob Marley e a influência de Selassie na Jamaica e no mundo
Leopoldo II , rei da Bélgica, deu
grande impulso ao colonialismo
em 1876 sob pretexto de
incentivar sociedades geográficas...
A expedição de
Henry Morton
Stanley ,
jornalista e
aventureiro dos
EUA de 1871,
incentivou os
planos do rei
belga
Mapa das famosas expedições empreendidas por Henry Morton Stanley
pelo interior da África entre 1871 e 1889.
Leopold financiou uma
expedição multinacional,
“humanitária e científica “
para explorar a região
do Congo, quase
desconhe...
Na prática, Leopoldo II estava lançando os alicerces da
apropriação como propriedade particular de um território
cuja exte...
Caricatura inglesa -1906
As Aventuras de Tintim,
cartoon produzido pelo belga
Georges Rémi Hergé, e
lançado em 1931.
A Conferência de Berlim realizada entre novembro de
1884 e fevereiro de 1885 teve como objetivo
“organizar” a ocupação de ...
Bismarck repartindo a África como um bolo. De: L'Illustration, 1885 / I
Imperialismo (i)
Imperialismo (i)
Imperialismo (i)
Imperialismo (i)
Imperialismo (i)
Imperialismo (i)
Imperialismo (i)
Imperialismo (i)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Imperialismo (i)

301 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
301
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Máscara Nigéria
  • Picasso- 1907
  • Cecil Rhodes e a África- Charge de 1892
  • Gaza, 2012
  • Máscaras- Nigéria
  • África antes de 1880: apenas as bordas do continente eram integradas aos negócios europeus.
  • Bob Marley e a influencia de Selassie na Jamaica e no mundo
  • Trabalhadores escravizados no Congo
  • Caricatura inglesa -1906
  • Imperialismo (i)

    1. 1. IMPERIALISMO (I) Profa. Margareth C. Franklim Metralhadora Maxim com o seu inventor
    2. 2. Máscara Nigéria “Não há um documento da cultura que não seja, ao mesmo tempo, um documento da barbárie.” (W. Benjamin)
    3. 3. Picasso- les demoiselles d'avignon 1907
    4. 4. O período que antecedeu a Primeira Guerra Mundial (1914-1918) foi marcado por uma exacerbação do nacionalismo.
    5. 5. Isso significou considerar a Nação a que se pertencia melhor do que as demais nações e, portanto, com mais Direitos. Cecil Rhodes e a África- Charge de 1892
    6. 6. São manifestações extremadas do Nacionalismo a xenofobia, o racismo e a arrogância imperial. Gaza, 2012
    7. 7. O nacionalismo nas Grandes Potências, e sua pretensão de superioridade nacional redundaram em políticas expansionistas e agressivas no final do século XIX
    8. 8. A disputa capitalista eliminou as empresas mais fracas. O capitalismo entrou em nova fase, a fase monopolista. :
    9. 9. Hoje é muito mais comum o oligopólio - um grupo de empresas e suas manobras a fim de se posicionar no topo de seu segmento.
    10. 10. Truste – Um grupo econômico domina várias unidades produtivas
    11. 11. Cartel – Empresas poderosas, conservando sua autonomia, combinam repartir o mercado e ditam os preços dos produtos que fabricam.
    12. 12. Holding – Uma empresa central, geralmente uma financeira, detém o controle das ações de várias outras empresas.
    13. 13. Em fins do século XIX o capitalismo monopolista adotou a forma de imperialismo, cujo desdobramento mais visível foi a expansão neocolonialista.
    14. 14. Ter colônias : Razões econômicas: busca crescente de lucros com a exploração de minas,a eletrificação de cidades, construção de portos, pontes, canais e ferrovias, que favoreciam empresas e nações europeias.
    15. 15. Razões políticas : dominação quase sempre estabelecida através da conquista militar, nova forma de Colonialismo.
    16. 16. Grupo de soldados do Senegal, então colônia francesa Razões Militares: mais recursos e mais homens para os exércitos
    17. 17. Razões religiosas(missionários): converter africanos e asiáticos. Razões ideológicas: ideologias racistas com status de científicas. Razões científicas: explorações e pesquisas
    18. 18. Com a formação dos Impérios Coloniais, prevaleceu a crença na inferioridade de povos e culturas locais e até a ideia de que seriam seres humanos distintos e mesmo inferiores.
    19. 19. De 1880 até 1935, a África, um continente com cerca de trinta milhões de quilômetros quadrados, se viu retalhada, subjugada e efetivamente ocupada pelas nações industrializadas da Europa. Máscaras- Nigéria
    20. 20. África antes de 1880: apenas as bordas do continente eram integradas aos negócios europeus.
    21. 21. Ate 1880, em cerca de 80% do seu território, a África era governada por seus próprios reis, rainhas, chefes de clãs e de linhagens, em impérios, reinos, comunidades e unidades políticas de porte e natureza variados.
    22. 22. Em 1914, com a única exceção da Etiópia e da Libéria, a África inteira vê-se submetida a dominação de potencias europeias e dividida em colônias de dimensões diversas Haile Selassie I, Ras Tafari Makonnen
    23. 23. Bob Marley e a influência de Selassie na Jamaica e no mundo
    24. 24. Leopoldo II , rei da Bélgica, deu grande impulso ao colonialismo em 1876 sob pretexto de incentivar sociedades geográficas para difundir a civilização ocidental. caricatura do Leopold II , 1905
    25. 25. A expedição de Henry Morton Stanley , jornalista e aventureiro dos EUA de 1871, incentivou os planos do rei belga
    26. 26. Mapa das famosas expedições empreendidas por Henry Morton Stanley pelo interior da África entre 1871 e 1889.
    27. 27. Leopold financiou uma expedição multinacional, “humanitária e científica “ para explorar a região do Congo, quase desconhecida.
    28. 28. Na prática, Leopoldo II estava lançando os alicerces da apropriação como propriedade particular de um território cuja extensão territorial superou em dezenas de vezes a da Bélgica. Trabalhadores escravizados no Congo
    29. 29. Caricatura inglesa -1906
    30. 30. As Aventuras de Tintim, cartoon produzido pelo belga Georges Rémi Hergé, e lançado em 1931.
    31. 31. A Conferência de Berlim realizada entre novembro de 1884 e fevereiro de 1885 teve como objetivo “organizar” a ocupação de África pelas potências coloniais. Sessão da Conferência de Berlim
    32. 32. Bismarck repartindo a África como um bolo. De: L'Illustration, 1885 / I

    ×